Mostrando postagens com marcador Izabel. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Izabel. Mostrar todas as postagens

20191218

O PROJETO DE DEUS PARA JOSÉ DE NAZARÉ

Ela dará à luz um filho, e tu lhe darás o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados (Mt 1, 21)


18 de dezembro de 2019

Eles estavam noivos e ela apareceu grávida. Na verdade, já tinham feito as demoradas cerimônias de casamento. Mas, como era costume, não se ia logo morar juntos. Foi nesse tempo, em que ela ainda estava com os pais, que apareceu grávida. Mas, não era dele. Ele ficou desnorteado. Por que ela fez isso comigo? Casamento pronto, tudo arrumado... Num caso como esse, a Lei previa que ele deveria denunciá-la ao conselho dos anciãos de sua vila, no caso Nazaré. Ela seria julgada e sentenciada. Certamente, o caso seria reconhecido como adultério.... e a Lei era rigorosa com esse gravíssimo deslize. Devia ser apedrejada. José estava triste e confuso. O casamento estava acabado. E o que ele iria fazer? Denunciá-la? Não, isso não, de jeito nenhum. Ele amava demais sua noiva para fazer isso. Resolveu fugir... a culpa recairia sobre ele. Iria tentar a vida bem longe. Era melhor. Ela criaria seu filho, com o apoio da família. Ele sairia por mau e irresponsável. Foi dormir, assim, triste, sofrido, com essa decisão na cabeça.

Dormindo, José teve um sonho. O anjo do Senhor veio lhe explicar que o que aconteceu com Maria foi da vontade de Deus, que ela concebeu pela ação do Espírito Santo; que ele não tivesse medo de recebê-la como esposa; e que desse ao filho o nome de Jesus. José acordou assustado, mas decidido. Fez como o anjo do Senhor havia mandado.

No sonho, através do anjo, foi manifesta a vontade de Deus a José. Ele devia receber Maria por esposa. Estar ao lado de Maria, em sua gravidez, na educação do seu filho e em tudo, como esposo, companheiro, apoiando-a, protegendo-a, partilhando com ela as responsabilidades de uma família. José também deveria por o nome no menino. A missão do menino já estava expressa no seu nome: salvar o seu povo dos seus pecados. Dar o nome ao menino significava reconhecê-lo publicamente como filho, garantir sua pertença à família de Davi. 





Ela dará à luz um filho, e tu lhe darás o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados (Mt 1, 21)

5º Dia da Novena do Natal


O TESTEMUNHO DOS IDOSOS


Tu ficarás alegre e feliz, e muita gente se alegrará com o nascimento do menino (Lc 1, 14).


Apresentação do tema


Zacarias e Isabel são testemunhas de Cristo. Conhecem os segredos da concepção do seu filho João, que veio por uma intervenção divina operando na fraqueza humana: a esterilidade dela e a idade avançada dos dois. Seu filho João vai preparar os caminhos do Messias, vai reconciliar os pais com os filhos, vai preparar um povo bem disposto para o Senhor que está chegando. Durante toda a gravidez de Isabel, Zacarias ficou mudo. Mas, depois, depois abriu a boca para louvar o Senhor Deus que fez de seu filho o profeta do Altíssimo.

Em Zacarias e Isabel, contemplamos como Deus valoriza e integra também os idosos no seu projeto de salvação. Eles foram os pais de João, o profeta que preparou os caminhos de Jesus. Eles o geraram e o educaram para responder generosamente à sublime vocação de anunciador do Messias que estava chegando. 

Os idosos testemunham, com sua experiência, que Deus conduz a história. Eles dão testemunho da ação de Deus em suas vidas, sustentando os seus no caminho de Jesus com seu exemplo, com sua fé e com suas orações.


Oração do dia

Senhor Jesus,

O anjo trouxe para Zacarias uma notícia boa. Disse que ele se preparasse, porque iria viver dias de muita alegria e felicidade. Suas preces, a dele e a de sua esposa Isiabel, tinham sido ouvidas. Deus lhes mandaria um filho, com uma linda missão. O seu nascimento iria ser motivo de alegria pra muita gente. Manda, Senhor, teu anjo trazer notícias boas para os nossos idosos também. Eles precisam saber como são amados, como Deus conta com eles e como nós os estimamos e precisamos deles. Abençoa, Senhor, os nossos avós. Eles são nossos primeiros evangelizadores. Abençoa nossas famílias. A família é a primeira comunidade cristã que nos acolhe e evangeliza. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Bênção

O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Vivência

O que os idosos de nossa família e de nossa comunidade têm a nos ensinar em relação à nossa fé?

Amanhã, a gente se encontra para o 6º dia da novena.

Pe. João Carlos Ribeiro – 18 de dezembro de 2019

20191007

GENEROSA RESPOSTA

Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra (Lc 1, 38)
07 de outubro de 2019.
Primeiro, Maria  ficou assustada. De repente, o anjo com uma saudação estranha. “Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo”. O que está acontecendo? O que isso significa? ‘Não tenha medo, Maria. Deus está muito feliz com você. Você vai conceber e gerar o filho dele, o filho que vai herdar o trono de Davi’. Maria ainda estava assustada, mas já tinha uma resposta. Deus estava feliz com ela e comunicando-lhe uma grande missão.
Depois do susto, veio a dúvida. ‘Não é possível uma coisa dessas... eu nem casada sou. Como é que uma virgem pode ser mãe?’ E o anjo: ‘Para Deus não tem isso não, Maria, tudo é possível para ele. Quer um exemplo? Izabel. Estéril, idosa, agora está grávida de seis meses’. ‘Como Deus é grande, como ele é bom’, pensou Maria. Desvaneceu-se a dúvida. Ele é o todo-poderoso. Ele faz maravilhas.
Passado o susto, ela dialogou responsavelmente para ver o alcance do que lhe estava sendo comunicado. A dúvida foi esclarecida. Vem agora a entrega. “Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra”. Entrega-se ao cumprimento da vontade do Senhor manifestada na palavra do anjo. Realizará a vontade do Senhor, como serva. Entrega humilde, generosa, total.
É, Deus sempre nos surpreende. Manda-nos seus recados. Ele nos pega de surpresa. Suas propostas alteram profundamente a normalidade do nosso caminho, de nossa vida. Ele tem planos  diferentes dos nossos. Mas, não é uma ordem do dia, uma distribuição aleatória de tarefas que se dá a qualquer um. É, antes de tudo, uma escolha amorosa. É um voto de confiança de quem ama a quem ele cumula de toda graça, de toda bênção. A escolha é antes de tudo um sinal distintivo do seu amor. “Não foram vocês que me escolheram, fui eu que escolhi vocês”, afirmou Jesus.
Guardando a mensagem
O sim de Maria foi muito especial. Depois do susto, ela procurou saber o alcance daquele convite tão especial da parte de Deus. Convenceu-se de que ele pode tudo e que, com ele, ela poderia vencer qualquer obstáculo, começando por fazer fecunda a sua virgindade. Teve fé. Izabel fez-lhe um elogio por sua fé: “Bem-aventurada a que acreditou, pois o que lhe foi dito da parte do Senhor se cumprirá”. A primeira reação à entrada surpreendente de Deus em nossa vida, integrando-nos ao seu projeto de salvação, é o susto, a surpresa. Depois vem a dúvida. E por fim, a resposta. Às vezes, ela não é como a de Maria, a de entrega generosa e humilde. Às vezes, é presunçosa e egoísta. É, muitas vezes, Deus tem recebido um “não”. ‘Não vou, porque já tenho o meu projeto, vou cuidar da minha vida ao meu modo’... Mas hoje, dia de Nossa Senhora do Rosário, não é dia de “não”, hoje é dia de “sim”, do “sim” de Maria e do “sim” generoso e fiel de muitos e muitas como ela.
Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra (Lc 1, 38)
Rezando a palavra
Senhor Jesus,
Tu nos chamas ao teu seguimento. “Vem e segue-me!”. Esta é a vocação para a qual tu nos convocas: ser cristãos. Nossa vocação é viver como teus discípulos e missionários do teu evangelho. Na resposta ao teu chamado, queremos nos espelhar em Maria, tua santa mãe. Concede, Senhor, que a nossa resposta ao teu chamado seja generosa, humilde e fiel como o de nossa mãe, Maria Santíssima. Na Senhora do Rosário, celebramos a obra de Deus em nossa história, atribuindo à sua intercessão o livramento de tua Igreja em momentos de grave perseguição. A ela, queremos recomendar hoje o Sínodo da Amazônia, em seu primeiro dia de trabalho e o encerramento da Semana Nacional da Vida, celebrando hoje o Dia do Nascituro. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.
Vivendo a palavra
Neste dia de Nossa Senhora do Rosário, faça todo esforço para rezar o Terço, hoje meditando os mistérios gozosos.
Hoje, você vai conhecer a segunda faixa do meu EP CONFIAR EM DEUS. É quase uma meditação sobre o evangelho de hoje. Chama-se ESSAS PALAVRAS. No seu whatsapp, veja como ficou bonito o clipe desta canção mariana.
Pe. João Carlos Ribeiro – 07 de outubro de 2019.

20181221

7º dia da novena - O TESTEMUNHO DE ISABEL

Bendita és tu entre as mulheres (Lc 1, 42)
21 de dezembro de 2018.
Apresentação do tema
Izabel está radiante com a visita inesperada de Maria. Seu bebê de seis meses de gestação esperneia de contentamento. Izabel, cheia do Espírito Santo, festeja a chegada da jovem prima: "Bendita és tu entre as mulheres. Bendito é o fruto do teu ventre". A saudação de Izabel continua de boca em boca, cumprindo a profecia da Virgem: "Todas as gerações me chamarão bem-aventurada". E ela mesma deu a razão: "porque o Senhor fez em mim maravilhas".
A Igreja proclama as maravilhas que Deus fez em Maria. Uma delas foi a imaculada conceição. Todos nós nascemos com o pecado original, somos herdeiros da distância em que o ser humano se colocou de Deus. Ela foi preservada desse estado de separação de Deus, desde a sua concepção.
Ela é a “cheia de graça”. A concepção virginal também é obra do Senhor na vida de sua humilde serva. O filho de Deus foi gerado no seu seio por obra e graça do Espírito Santo. "Santa Maria, mãe de Deus, rogai por nós, pecadores". Mãe de Deus: foi o reconhecimento dos cristãos reunidos no Concílio de Éfeso no ano 431. Jesus é homem e Deus, ao mesmo tempo, filho de Deus e de Maria. Ela é mãe do Filho, em quem o humano e o divino estão unidos. Ao término de sua vida terrestre, ela foi levada à glória celeste em corpo e alma. Chamamos isso de Assunção. Maria acompanha a condição de seu Filho. Está ressuscitada com ele, como nós estaremos um dia. Quando fazemos festa para Maria, na verdade, festejamos quem nela fez maravilhas.
Bendita és tu entre as mulheres (Lc 1, 42)
Oração do dia
Unamo-nos a todas as gerações que a proclamam bendita e façamos nossa a prece do anjo Gabriel, de Izabel e de toda a Igreja:
Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus.
Santa Maria, mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
Bênção
O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.
Para você viver a palavra deste 7º dia da novena:
- O que você mais admira na pessoa da mãe de Jesus e nossa?
Amanhã, a gente se encontra para o 7º dia da novena.

Pe. João Carlos Ribeiro – 21.12.2018

20181219

5º DIA DA NOVENA - O TESTEMUNHO DOS IDOSOS


Tu ficarás alegre e feliz, e muita gente se alegrará com o nascimento do menino (Lc 1, 14).

19 de dezembro de 2018.

Apresentação do tema

Zacarias e Izabel são testemunhas de Cristo. Conhecem os segredos da concepção do seu filho João, que vem por uma intervenção divina operando na fraqueza humana: a esterilidade dela e a idade avançada dos dois. Seu filho João vai preparar os caminhos do Messias, vai reconciliar os pais com os filhos, vai preparar um povo bem disposto para o Senhor que está chegando. Durante toda a gravidez de Izabel, Zacarias ficou mudo. Mas, depois, depois abriu a boca para louvar o Senhor Deus que fez de seu filho o profeta do Altíssimo.

Em Zacarias e Izabel, contemplamos como Deus valoriza e integra também os idosos no seu projeto de salvação. Eles foram os pais de João, o profeta que preparou os caminhos de Jesus. Eles o geraram e o educaram para responder generosamente à sublime vocação de anunciador do Messias que estava chegando. Os idosos testemunham, com sua experiência, que Deus vem conduzindo a história. Eles dão testemunho da ação de Deus em suas vidas, sustentando os seus no caminho de Jesus com seu exemplo, com sua fé e com suas orações.

Oração do dia
Senhor Jesus,
O anjo trouxe para Zacarias uma notícia boa. Disse que ele se preparasse porque iria viver dias de muita alegria e felicidade. Suas preces tinha
m sido ouvidas. Deus lhes mandaria um filho, com uma linda missão. O seu nascimento iria ser motivo de alegria pra muita gente. Manda, Senhor, teu anjo trazer notícias boas para os nossos idosos também. Eles precisam saber como são amados, como Deus conta com eles e como nós os estimamos e precisamos deles. Abençoa, Senhor, os nossos avós. Eles são nossos primeiros evangelizadores. Abençoa nossas famílias. A família é a primeira comunidade cristã que nos acolhe e evangeliza. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.


Bênção

O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Para viver a palavra deste 5º  dia da novena

- O que os idosos de nossa família e de nossa comunidade têm a nos ensinar em relação à nossa fé?

Amanhã, a gente se encontra para o 6º dia da novena.

Pe. João Carlos Ribeiro – 19.12.2018

20181212

A VISITA DE MARIA E A VISITA DE JESUS


Como posso merecer que a mãe do meu Senhor me venha visitar? (Lc 1, 43)
12 de outubro de 2018.
Foi assim que Izabel mostrou a sua alegria ao receber Maria em sua casa. Aliás, tudo o que Izabel disse naquele encontro foi muito precioso, porque, diz o evangelho, ela ficou cheia do Espírito Santo. E uma das coisas que ela disse foi: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre”, louvação à Virgem que nós continuamos a fazer na Ave Maria.
Izabel tinha sido agraciada com a maternidade e já estava no sexto mês de gravidez. Ela estava vivendo dias de graça, de bênçãos. Depois de uma vida de humilhações pela esterilidade, já em idade avançada,  estava gerando um filho anunciado pelo Anjo a Zacarias, seu esposo. Sua vida é, agora, uma emoção só. E com a chegada de Maria, ela se sente tomada de alegria, cheia do Espírito Santo, como diz o Evangelho.
Ao chegar, Maria lhe fez a saudação de praxe, o Shalom, a paz de Deus. E essa saudação provocou uma enorme alegria em Izabel e na sua criança que estremeceu em seu ventre, pulando de alegria. A visita de Maria não foi uma simples visita. Na Bíblia, o povo fala da intervenção salvadora de Deus como de uma visita. Quando Jesus esteve em Naim, e ressuscitou o filho da viúva, espalhou-se o comentário: “Deus visitou o seu povo”. A visita de Maria é a visita de Deus. Ela leva a bênção de Deus, aliás, ela leva Deus mesmo, pois estava grávida de Jesus.
Maria foi à casa de Izabel, viajando de tão longe, para servir à sua prima idosa, naquela hora delicada de sua vida. Foi para oferecer sua companhia e seus préstimos, amparando a vida que estava chegando e a saúde de sua parenta. Foi também levar o testemunho silencioso da obra de Deus em sua vida. E demorou-se por lá por três meses, os últimos meses de gravidez de Izabel até o parto. Talvez não haja nenhuma ligação, mas note que a visita de Jesus, isto é o seu ministério público, demorou três anos.
Guardando a mensagem

Como foi preciosa a visita da mãe do Senhor à família de Izabel. Ela não levou nenhum presente especial, a não ser o filho de Deus em suas primeiras semanas de gestação. Izabel reconheceu na visita de Maria uma graça especial de Deus, ficou radiante, sua criança pulou de alegria. Quem deu a Izabel o conhecimento de que Maria era a mãe do seu Senhor? O Espírito Santo. Precisamos hoje do Espírito Santo para reconhecer a graça da visita do Senhor. Celebramos hoje, com a Igreja, a Virgem que apareceu no México ao índio Juan Diego, um catequista santo, em sinal de proteção aos pequenos e oprimidos: Nossa Senhora de Guadalupe.  Essa aparição foi como uma visita de Maria ao povo sofrido da América Latina, de quem agora é padroeira. Ela nos traz Jesus e o seu evangelho, evangelho da vida e da fraternidade.

Como posso merecer que a mãe do meu Senhor me venha visitar? (Lc 1, 43)
Rezando a palavra
Senhor Jesus,
A visita de tua mãe Maria à sua prima necessitada, em sua condição de idosa e gestante, era já uma imagem de tua visita à nossa humanidade. Inclusive, ela se demorou lá por três meses, como te demoraste por três anos em teu ministério público. Na oração diária, sempre repetimos as palavras do canto de Zacarias: “Bendito seja o Senhor Deus de Israel, porque visitou e redimiu o seu povo”. Tua primeira vinda foi celebrada, então, como uma visita,
“a visita do sol nascente que vem iluminar os que estão nas trevas”. Queremos te recomendar, Senhor, as visitas que faremos ou receberemos neste final de ano. Que, em todas elas, possamos, como Maria, te levar aonde formos; e como Izabel, reconhecer a graça de Deus que nos visita. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.
Vivendo a palavra
No seu caderno espiritual, faça uma lista das pessoas que pretende saudar ou visitar neste final de ano. Firme o propósito de em cada visita, abrir portas para a visita de Jesus.
Pe. João Carlos Ribeiro – 12.12.2018

20171219

OLHA COMO DEUS VALORIZA OS IDOSOS!


MEDITAÇÃO
PARA A TERÇA-FEIRA,
DIA 19 DE DEZEMBRO
Tu ficarás alegre e feliz, e muita gente se alegrará com o nascimento do menino (Lc 1, 14).
Nestes dias que precedem o natal, trazemos à memória uma figura muito especial:  Zacarias.  Os acontecimentos  na vida do sacerdote  Zacarias nos dizem que Deus conta com todos nós, independentemente da idade. Aliás, os idosos, precisamente estes, têm uma contribuição muito especial a dar no plano de salvação  do nosso Deus. Vamos ao texto de hoje.
O sacerdote Zacarias está no Templo oferecendo o incenso. De repente, aparece-lhe o anjo do Senhor. Ele lhe traz uma boa notícia: o filho que ele tanto quis, e não pode, agora vai chegar. Zacarias já tinha perdido a esperança. Já estava velho. E sua mulher Izabel, além de idosa, era estéril. Zacarias duvidou. Será?! Como é que eu vou ter certeza disso?  Tá certo, Zacarias. Aqui está o sinal. Você, por não acreditar, vai ficar mudo, até o menino nascer.  O anjo Gabriel aproveitou pra dizer a Zacarias qual seria a missão do seu filho:  preparar os caminhos do Messias.
Na vida de Zacarias e Izabel, está esse grande testemunho:  mesmo com nossos limites e deficiências, Deus conta conosco no seu projeto. Aliás, fica claro nessa história de Zacarias que não é por obra de mãos humanas, mas por obra do próprio Deus que nos chega a salvação. A salvação é obra de Deus em nossas vidas, com nossa humilde e frágil participação.
Zacarias é uma testemunha de Cristo. Conhece os segredos da concepção do seu filho, que vem por uma intervenção divina operando na fraqueza humana: a esterilidade de Izabel e a idade avançada dos dois.  Seu filho João vai preparar os seus caminhos, vai reconciliar os pais com os filhos, vai preparar um povo bem disposto para o Senhor que está chegando. Durante toda a gravidez de Izabel, Zacarias ficou mudo. Mas, depois, depois abriu a boca para louvar o Senhor Deus que fez de seu filho o profeta do Altíssimo.
E você fica pensando... será que Deus conta comigo também no seu plano de salvação? Pode ter certeza. Ele conta com você, como contou com Zacarias e Izabel. Agora, por favor, não diga, ah estou de idade...  ou, não tenho muito estudo... ou, meu tempo é muito pouco... nem diga: eu não ninguém... quanto mais fracos somos, mais se manifesta que é Deus que realiza a obra. Mas,  a obra de Deus , que é a nossa salvação em Cristo,  a nossa e a de outros, passa pelas nossas mãos, pela nossa voz, pela nossa humilde colaboração. Sem os poucos pães que o menino partilhou não haveria multiplicação dos pães. Você entendeu? Deus conta com você.
Vamos guardar a mensagem de hoje

Postagem em destaque

Vá e faça a mesma coisa

Eu já andava desconfiado que o bom samaritano do evangelho fosse Jesus. Agora, já não tenho mais dúvidas. Bom, Jesus contou a históri...