PADRE JOÃO CARLOS - MEDITAÇÃO DA PALAVRA: O amor exige renúncia

O amor exige renúncia

 


   30 de maio de 2023.  

Terça-feira da 8ª Semana do Tempo Comum


     Evangelho.    


Mc 10,28-31

Naquele tempo, 28começou Pedro a dizer a Jesus: “Eis que nós deixamos tudo e te seguimos”. 29Respondeu Jesus: “Em verdade vos digo, quem tiver deixado casa, irmãos, irmãs, mãe, pai, filhos, campos, por causa de mim e do Evangelho, 30receberá cem vezes mais agora, durante esta vida — casa, irmãos, irmãs, mães, filhos e campos, com perseguições — e, no mundo futuro, a vida eterna. 31Muitos que agora são os primeiros serão os últimos. E muitos que agora são os últimos serão os primeiros”.

     Meditação.    


Nós deixamos tudo e te seguimos (Mc 10, 28)

O jovem rico foi um mau exemplo de seguidor de Jesus. Ele não renunciou a nada. Um sujeito que amava mais o seu dinheiro do que o Reino de Deus. Tinha mais confiança nos seus bens do que na palavra do Senhor. Preferiu a segurança do seu status à aventura do seguimento de Jesus. Um mau exemplo.

Pedro e seus companheiros representam um bom exemplo de seguidores de Jesus. Eles deixaram tudo. Eles colocaram o Reino de Deus em primeiro lugar. Deixaram sua organização de pesca, seus barcos, sua profissão, suas famílias, a segurança de suas casas e puseram-se a caminho com Jesus. Colocaram sua confiança em Deus e aceitaram o desafio do seguimento. Um bom exemplo.

É, o amor exige renúncia. E pelo tamanho da renúncia se diz o quanto se ama. A jovem esposa acompanha o marido que foi transferido para um estado muito distante. Fica longe de tudo o que ela conhece e ama, seus pais, seus lugares preferidos, sua terra. Renuncia muito, porque ama muito. O pai, por causa dos filhos, de bom grado não frequenta mais as rodas de amigos no bar da esquina. Renuncia a boa conversa, regada a uma boa cerveja, para estar com os filhos, para brincar com eles, para sair com eles. Renuncia muito, porque ama muito. Aquela senhora já não está podendo mais ir a uma festa, fazer as viagens que fazia. Fica tomando conta da mãezinha idosa. Renuncia muito, porque ama muito.

O jovem rico amava pouco. Não deixou nada. Não abriu mão do seu dinheiro. Foi-se embora, entristecido. Fracassou o aprendiz de seguidor de Jesus. Pelo tamanho da renúncia se sabe o tamanho do amor. O jovem Francisco de Assis também era rico, de família importante, estudado, culto. Sentiu no coração um amor imenso por Jesus crucificado e pelos pobres que encarnavam o seu sofrimento. Renunciou seu prestígio, suas riquezas, seu título de nobreza. Fez-se um seguidor do Mestre pelos caminhos da pobreza e da oração. Pelo tamanho da renúncia se sabe o tamanho do amor.

Pedro e seus companheiros que deixaram tudo fizeram uma pergunta a Jesus: “O que nós vamos ganhar com isso?” A resposta de Jesus foi maravilhosa: ‘Nessa vida, cem vez mais do que deixaram. E na outra, a vida eterna’. Deus não se deixa vencer em generosidade. Você oferece 10, ele devolve 100. Eu mesmo deixei de constituir família, pensei que ia ficar sozinho. Nada, ele me tantas mães, tantos pais, tantos filhos, que já estou perdendo a conta.

E você, tem sido generoso/a com Deus? Tem confiado mais nele do que nos seus trocados? Tem renunciado alguma coisa para não faltar à missa, para fazer seu momento diário de oração, para observar os seus mandamentos? Pelo tamanho de sua renúncia se sabe o tamanho do seu amor por ele.




Guardando a mensagem

Jesus chamou um jovem para segui-lo, deixando tudo. No apego aos seus bens e à segurança de suas posses, ele não foi capaz de renunciar tudo e seguir Jesus. Pedro e seus companheiros também receberam o mesmo convite. Deixaram tudo e seguiram Jesus. Vão ficar sem nada? Jesus garantiu: cem vezes mais aqui na terra, com perseguições e a vida eterna, no mundo futuro. Pelo tamanho da renúncia, se sabe o tamanho do nosso amor a Jesus.

Nós deixamos tudo e te seguimos (Mc 10, 28)

Rezando a palavra

Senhor Jesus,
sempre nos vem à lembrança a pergunta que fizeste a Pedro: ‘Simão, tu me amas?’ Pedro, mesmo tendo fraquejado nos dias de tua paixão, te tinha um grande amor. E sofreu muito por não ter sido fiel cem por cento, como deveria. Certamente, isso lhe deu mais condições de compreender os seus irmãos e irmãs, em suas fragilidades e deslizes. E porque te amava tanto – deixou tudo para te seguir - , deste a ele a responsabilidade de cuidar do teu rebanho. Senhor, que o nosso amor por ti se comprove nas provações, nas dificuldades e nas horas em que seguir-te signifique renunciar alguma coisa ou a muitas coisas. Seja o teu nome bendito, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

O evangelho de hoje é muito motivador para todos nós, nesse ano vocacional. Você conhece alguém que deixou muita coisa para seguir Jesus. Reze por ele ou por ela. Você conhece alguém que não conseguiu renunciar a muita coisa para seguir Jesus. Reze por ele ou ela também.

Comunicando

Caso você não tenha visto o programa de ontem no Youtube, dê uma olhadinha. Canal Padre João Carlos. Amanhã, vamos realizar a peregrinação ao Santuário de Nossa Senhora Auxiliadora, em Jaboatão, área metropolitana do Recife. Você vai poder nos acompanhar pelo rádio ou pelo Youtube. 

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

18 comentários:

  1. Bom dia! Concordo renunciar só com exige grande amor, como mãe só tive renúncias e muito amor aos filhos e marido. O Senhor Deus Todo Poderoso me deu muitas vezes mais com filhos verdadeiros querubins, hoje octogenária meus hos me tratam com muito carinho muito s presentes e generosos. muito carinho pra comigo. sua mãe Denise Campina Gande

    ResponderExcluir
  2. Que a paz do nosso senhor Jesus nos abençoe nesse dia.
    Que Maria nossa mãe Maria passa à frente.
    Pesso em minha oração hoje livramento amém

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Paz e Bem a todos

    ResponderExcluir
  4. Bom dia 🌸 paz e bem! Sim pra seguir a jesus muitas vezes exige renuncia,mas quando amamos a Deus 🙏🏻 tudo isso é prazeroso pra com ele🙏🏻🙏🏻🙏🏻

    ResponderExcluir
  5. AMÉM 🙇 🙏 O AMOR É TUDO QUE PRECISAMOS PRA SEGUIR JESUS!

    ResponderExcluir
  6. Glória a Vós Senhor!
    A Promessa de DEUS proclamada por Jesus diz "agora", durante esta vida, porém com perseguições e no "futuro", a vida eterna".
    Não consigo imaginar pra nós, retribuição melhor prometida, por termos sidos fiéis, determinados e perseverantes até o fim, por amar a DEUS sobre todas as coisas, respeitando os Seus mandamentos e escolhendo viver mais pelas coisas do alto, caminhando com Jesus e O seguindo sempre, buscando transmitir a Vossa Palavra anunciando a Boa nova, "o glória a certeza do céu, do descanso eterno".
    Aí também podemos compreender a importância da comunhão, da Santa celebração da Santa Missa, dos cultos, da importância da obediência aos Seus ensinamentos, da paciência e da bondade, do amor que devemos ter com os irmãos, enfim da nossa parte como Cristãos,.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia com alegria! Sejamos gratos a Jesus por nos amar tanto. E aprendamos com Ele a amar sem medidas. O Seu segmento exige renúncia mas nos torna pessoas felizes. Grande abraço Padre João Carlos. Deus abençoe sua vida e missão.

    ResponderExcluir
  8. Amém 🙏 🙏 jesus seja louvado

    ResponderExcluir
  9. Graças a Deus, é uma lição de vida, para se alcançar o Reino de Deus, é preciso renunciar o que mais gostamos, e dedicando o nosso amor ao Senhor.

    ResponderExcluir
  10. Bom dia, meu nome é Celso Anghinoni, moro no Assentamento Pontal do Tigre de Querência do Norte Paraná, não é fácil seguir Jesus, amar Jesus é amar o próximo na pessoa do irmão, principalmente os mais necessitados, os excluídos, os sem terras, os marginalizados, vivemos numa sociedade que criminaliza os mais pobres e com facilidade se alia aos mais ricos, principalmente os que deviam dar exemplo, que são os religiosos, num país como o Brasil com uma gigantesca desigualdade social, onde poucos tem muito e muitos tem pouco e nada é difícil entender como um país que você encontra igrejas em todos os cantos, religiosos em todos locais e canais de televisão, a pergunta é? Estamos vivendo o CRISTIANISMO descrito lá no ATO DOS APÓSTOLOS?? porque os religiosos não denunciam este pecado mortal que é a desigualdade social?

    ResponderExcluir
  11. Bom dia padre , Deus na sua infinita bondade nos proteja e abençoe a mim , meus filhos e toda a minha família, tende piedade e mesericordia , obrigada senhor

    ResponderExcluir
  12. Viviane Santos Lisboa Borges... Deus na sua infinita misericórdia fará que minha família faça renuncia em nome de Jesus 🙏

    ResponderExcluir
  13. Bom dia,sou muito feliz com meus filhos e netos,mãe de quatro filhos, duas netas,todo dia procurando seguir jesus,nos seus mandamentos, e os meus filhos também procurando viver os ensinamentos do pai.

    ResponderExcluir
  14. Amém! DEUS abençoe sempre a todos nós 🙏

    ResponderExcluir
  15. Senhor não deixa eu perder minha fé por ver tanta injustiça que eu possa ter sabedoria para viver no meio de tanta iproquesia que eu possa viver a tua palavra há cada estante🙏🙏

    ResponderExcluir
  16. Bom dia e obrigada pela meditação. Deus nunca disse que seria fácil, mas que Ele estaria sempre ao nosso lado. Fico revoltada qdo vejo gente passando fome, morando nas ruas... dói muito. Principalmente pelas crianças. Rezo muito e peço que isso mude e sei que depende um pouquinho de cada um. Peço que Deus ajude a mim e à minha família a segui-Lo sempre. Obrigada por tudo Senhor amém

    ResponderExcluir
  17. Obrigada Padre Joao Carlos pela meditação

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 3224-9284.

Postagem em destaque

Não deixe ninguém para trás.

  21 de abril de 2024 4º Domingo da Páscoa    Domingo do Bom Pastor.  61º Dia Mundial de Oração pelas Vocações     Evangelho   Jo 10,11-18 N...

POSTAGENS MAIS VISTAS