Mostrando postagens com marcador zacarias e izabel. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador zacarias e izabel. Mostrar todas as postagens

20201218

IDOSOS NO PLANO DE DEUS


19 de dezembro de 2020


EVANGELHO


Lc 1,5-25


5Nos dias de Herodes, rei da Judeia, vivia um sacerdote chamado Zacarias, do grupo de Abia. Sua esposa era descendente de Aarão e chamava-se Isabel. 6Ambos eram justos diante de Deus e obedeciam fielmente a todos os mandamentos e ordens do Senhor. 7Não tinham filhos, porque Isabel era estéril, e os dois já eram de idade avançada.

8Em certa ocasião, Zacarias estava exercendo as funções sacerdotais no Templo, pois era a vez do seu grupo. 9Conforme o costume dos sacerdotes, ele foi sorteado para entrar no Santuário, e fazer a oferta do incenso. 10Toda a assembleia do povo estava do lado de fora rezando, enquanto o incenso estava sendo oferecido.

11Então apareceu-lhe o anjo do Senhor, de pé, à direita do altar do incenso. 12Ao vê-lo, Zacarias ficou perturbado e o temor apoderou-se dele. 13Mas o anjo disse: “Não tenhas medo, Zacarias, porque Deus ouviu tua súplica. Tua esposa, Isabel, vai ter um filho, e tu lhe darás o nome de João. 14Tu ficarás alegre e feliz, e muita gente se alegrará com o nascimento do menino, 15porque ele vai ser grande diante do Senhor. Não beberá vinho nem bebida fermentada e, desde o ventre materno, ficará repleto do Espírito Santo. 16Ele reconduzirá muitos do povo de Israel ao Senhor seu Deus. 17E há de caminhar à frente deles, com o espírito e o poder de Elias, a fim de converter os corações dos pais aos filhos, e os rebeldes à sabedoria dos justos, preparando para o Senhor um povo bem disposto”.

18Então Zacarias perguntou ao anjo: “Como terei certeza disto? Sou velho e minha mulher é de idade avançada”. 19O anjo respondeu-lhe: “Eu sou Gabriel. Estou sempre na presença de Deus, e fui enviado para dar-te esta boa notícia. 20Eis que ficarás mudo e não poderás falar, até o dia em que essas coisas acontecerem, porque não acreditaste nas minhas palavras, que se hão de cumprir no tempo certo”.

21O povo estava esperando Zacarias, e admirava-se com a sua demora no Santuário. 22Quando saiu, não podia falar-lhes. E compreenderam que ele tinha tido uma visão no Santuário. Zacarias falava por sinais e continuava mudo.

23Depois que terminou seus dias de serviço no Santuário, Zacarias voltou para casa. 24Algum tempo depois, sua esposa Isabel ficou grávida, e escondeu-se durante cinco meses. 25Ela dizia: “Eis o que o Senhor fez por mim, nos dias em que ele se dignou tirar-me da humilhação pública!”

MEDITAÇÃO


Tu ficarás alegre e feliz, e muita gente se alegrará com o nascimento do menino (Lc 1, 14).

Nestes dias que precedem o natal, trazemos à memória uma figura muito especial: Zacarias. Os acontecimentos na vida do sacerdote Zacarias nos dizem que Deus conta com todos nós, independentemente da idade. Aliás, os idosos, precisamente estes, têm uma contribuição muito especial a dar no plano de salvação do nosso Deus. Vamos ao texto de hoje.

O sacerdote Zacarias está no Templo oferecendo o incenso. De repente, aparece-lhe o anjo do Senhor. Ele lhe traz uma boa notícia: o filho que ele tanto quis, e não pode, agora vai chegar. Zacarias já tinha perdido a esperança. Já estava velho. E sua mulher Izabel, além de idosa, era estéril. Zacarias duvidou. Será?! Como é que eu vou ter certeza disso? Tá certo, Zacarias. Aqui está o sinal. Você, por não acreditar, vai ficar mudo, até o menino nascer. O anjo Gabriel aproveitou pra dizer a Zacarias qual seria a missão do seu filho: preparar os caminhos do Messias.

Na vida de Zacarias e Izabel, está esse grande testemunho: mesmo com nossos limites e deficiências, Deus conta conosco no seu projeto. Aliás, fica claro nessa história de Zacarias que não é por obra de mãos humanas, mas por obra do próprio Deus que nos chega a salvação. A salvação é obra de Deus em nossas vidas, com nossa humilde e frágil participação.

E você fica pensando... será que Deus conta comigo também no seu plano de salvação? Pode ter certeza. Ele conta com você, como contou com Zacarias e Izabel. Agora, por favor, não diga, ah estou de idade... ou, não tenho muito estudo... ou, meu tempo é muito pouco... nem diga: eu não sou ninguém... quanto mais fracos somos, mais se manifesta que é Deus que realiza a obra. Mas, a obra de Deus, que é a nossa salvação em Cristo, a nossa e a de outros, passa pelas nossas mãos, pela nossa voz, pela nossa humilde colaboração. Sem os poucos pães que o menino partilhou não haveria multiplicação dos pães. Você entendeu? Deus conta com você.

Guardando a mensagem

Em Zacarias e Izabel, contemplamos como Deus valoriza e integra também os idosos no seu projeto de salvação. Eles foram os pais de João, o profeta que preparou os caminhos de Jesus. Eles o geraram e o educaram para responder generosamente à sublime vocação de anunciador do Messias que estava chegando. Os idosos testemunham, com sua experiência, que Deus vem conduzindo a história. Eles dão testemunho da ação de Deus em suas vidas, sustentando os seus no caminho de Jesus com seu exemplo, com sua fé e com suas orações.

Tu ficarás alegre e feliz, e muita gente se alegrará com o nascimento do menino (Lc 1, 14).

Rezando a Palavra

Senhor Jesus,

O anjo trouxe para Zacarias uma notícia boa. Disse que ele se preparasse porque iria viver dias de muita alegria e felicidade. Suas preces tinham sido ouvidas. Deus lhes mandaria um filho, com uma linda missão. O seu nascimento iria ser motivo de alegria pra muita gente. Manda, Senhor, teu anjo trazer notícias boas para os nossos idosos também. Eles precisam saber como são amados, como Deus conta com eles e como nós os estimamos e precisamos deles. Abençoa, Senhor, os nossos avós. Eles são nossos primeiros evangelizadores. Abençoa nossas famílias. A família é a primeira comunidade cristã que nos acolhe e evangeliza. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

Uma sugestão para você assimilar ainda mais a mensagem de hoje: Dê um alô, hoje, para um idoso de sua família: ligue pra ele (pra ela) ou mande uma mensagem.  Mostre seu amor, seu respeito, sua consideração por essa pessoa.

Hoje é o 5º Dia da Novena de Natal. A Antífona de hoje é Ó RAIZ DE JESSÉ. Acompanhe a nossa novena às duas e meia da tarde, no Youtube e no Facebook. 

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb


20190623

O MENINO DA FOGUEIRA

Os vizinhos e parentes ouviram dizer como o Senhor tinha sido misericordioso para com Isabel, e alegraram-se com ela (Lc 1, 58).
Por causa da rotação da terra, o sol ilumina mais ou menos tempo, deixando o dia mais curto ou mais comprido. O inverno começa quando a noite fica maior do que o dia. É o solstício de inverno. Essa passagem anual de estação levou as populações nativas do continente americano a comemorarem essa data com muitas festas, segundo suas tradições. Com a chegada do cristianismo, quinhentos anos atrás, esses festejos de mudança de estação se juntaram com a mudança que Deus fez na história da humanidade, preparando a vinda de Jesus. Desse casamento entre tradições nativas do continente e o cristianismo nasceu a festa de São João.
A festa de São João celebra os acontecimentos em torno do nascimento do profeta João Batista, que preparou a chegada do Salvador, dando início a um tempo novo.  É por isso que a festa de São João é ligada ao mundo rural, com fogueira, comidas de milho e folguedos tradicionais da roça. Estamos no hemisfério sul. No hemisfério norte, o solstício de inverno é em dezembro, coincidindo com a festa de natal.
O evangelho de Lucas dá notícia da admiração e da alegria que tomaram conta de vizinhos e parentes da família de Izabel e Zacarias pelo que Deus fez em favor deles e do seu povo. Um casal maduro, idosos, sem filhos, ela estéril... de repente, a mulher engravida e, no meio de muitos sinais do poder de Deus, dá à luz um menino que marca o início do novo tempo, o tempo do Messias que estava chegando. O menino, nascido de Izabel, seria o mensageiro que iria preparar a chegada do Salvador.
Os sinais de Deus foram muitos: O anjo anunciou a Zacarias que sua mulher iria engravidar. O pai, sacerdote em função no Templo, achou muito difícil acontecer o que lhe fora anunciado, por isso ficou mudo. Sua mulher Izabel, idosa e estéril, engravidou. A boa notícia se espalhou pelos moradores das montanhas de Judá, onde eles moravam. Alguma coisa muito importante Deus estava preparando. A jovem Maria, prima de Izabel, chegou da Galileia e com ela uma alegria imensa inundou o coração de Izabel. Ela conheceu, pelo Espírito Santo, que Maria, sua parenta, também estava grávida e que era ela a mãe do Messias. Foi quando o bebê de Izabel, no sexto mês de gestação, estremeceu de alegria no ventre de sua mãe.
A idosa senhora deu à luz um menino. Que notícia boa para aquele casal sem filhos. Não havia pré-natal naquele tempo, então ninguém sabia se seria menino ou menina. Menino era garantia de continuação da família, segundo a organização do seu povo. Foi uma boa notícia. Deus estava mudando a vida daquela família, assegurando-lhe um futuro. Na hora de circuncidar o menino, aos oito dias, rito pelo qual a criança entrava em aliança com Deus como membro do povo eleito, outra surpresa. A tradição de colocar um nome de um parente foi quebrada. Deu-se um nome diferente, um nome novo. João. Essa criança é algo novo, em ruptura com os velhos tempos. A mãe queria assim. O pai confirmou, escrevendo numa tabuinha. Essa sintonia de Zacarias com o novo de Deus na vida de sua família restaurou sua comunhão com Deus. Voltou a falar. E glorificou a Deus, de uma maneira emocionada e feliz. Disse, com o coração cheio do Espírito Santo, que o seu filho, como profeta do Altíssimo, iria à frente do Messias, o Senhor que estava chegando, como sol nascente.
Tudo isso se espalhou pela vizinhança... Maria, claro, estava presente nesses acontecimentos. Espalhou-se o sentimento que algo novo estava acontecendo, Deus estava cumprindo as promessas feitas ao seu povo. Estava começando um tempo novo. Razão de alegria e contentamento para aquela gente.
Guardando a mensagem
O nascimento de João Batista foi um momento de grande alegria para parentes, vizinhos e amigos de Izabel e Zacarias. Eles entenderam que estava começando um novo tempo, por obra de Deus. Quando os cristãos plantaram a fé católica nas Américas, mesclaram essa alegria da chegada do profeta João Batista com as comemorações que os povos da terra faziam pela passagem do solstício, a mudança na natureza. Assim, na festa de São João temos uma festa com raízes rurais e com um grande sentimento de esperança. Enquanto, no coração do povo houver esperança e a certeza de que Deus está construindo um novo tempo, tem São João.
Os vizinhos e parentes ouviram dizer como o Senhor tinha sido misericordioso para com Isabel, e alegraram-se com ela (Lc 1, 58).
Rezando a palavra
Rezemos com as palavras do sacerdote Zacarias, após a circuncisão do seu filho João:
Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,
anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;
pelo amor do coração de nosso Deus,
sol nascente que nos veio visitar lá do alto
como luz resplandecente a iluminar
a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados
e para dirigir os nossos passos,
guiando-nos no caminho da paz.
Vivendo a palavra
Havendo uma oportunidade, nesta semana, faça um gesto de atenção em relação a uma família pobre e suas crianças.
Pe. João Carlos Ribeiro – 24 de junho de 2019.

20181219

5º DIA DA NOVENA - O TESTEMUNHO DOS IDOSOS


Tu ficarás alegre e feliz, e muita gente se alegrará com o nascimento do menino (Lc 1, 14).

19 de dezembro de 2018.

Apresentação do tema

Zacarias e Izabel são testemunhas de Cristo. Conhecem os segredos da concepção do seu filho João, que vem por uma intervenção divina operando na fraqueza humana: a esterilidade dela e a idade avançada dos dois. Seu filho João vai preparar os caminhos do Messias, vai reconciliar os pais com os filhos, vai preparar um povo bem disposto para o Senhor que está chegando. Durante toda a gravidez de Izabel, Zacarias ficou mudo. Mas, depois, depois abriu a boca para louvar o Senhor Deus que fez de seu filho o profeta do Altíssimo.

Em Zacarias e Izabel, contemplamos como Deus valoriza e integra também os idosos no seu projeto de salvação. Eles foram os pais de João, o profeta que preparou os caminhos de Jesus. Eles o geraram e o educaram para responder generosamente à sublime vocação de anunciador do Messias que estava chegando. Os idosos testemunham, com sua experiência, que Deus vem conduzindo a história. Eles dão testemunho da ação de Deus em suas vidas, sustentando os seus no caminho de Jesus com seu exemplo, com sua fé e com suas orações.

Oração do dia
Senhor Jesus,
O anjo trouxe para Zacarias uma notícia boa. Disse que ele se preparasse porque iria viver dias de muita alegria e felicidade. Suas preces tinha
m sido ouvidas. Deus lhes mandaria um filho, com uma linda missão. O seu nascimento iria ser motivo de alegria pra muita gente. Manda, Senhor, teu anjo trazer notícias boas para os nossos idosos também. Eles precisam saber como são amados, como Deus conta com eles e como nós os estimamos e precisamos deles. Abençoa, Senhor, os nossos avós. Eles são nossos primeiros evangelizadores. Abençoa nossas famílias. A família é a primeira comunidade cristã que nos acolhe e evangeliza. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.


Bênção

O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Para viver a palavra deste 5º  dia da novena

- O que os idosos de nossa família e de nossa comunidade têm a nos ensinar em relação à nossa fé?

Amanhã, a gente se encontra para o 6º dia da novena.

Pe. João Carlos Ribeiro – 19.12.2018