PADRE JOÃO CARLOS - MEDITAÇÃO DA PALAVRA: Entre vocês, não deve ser assim.

Entre vocês, não deve ser assim.


  29 de maio de 2024.  

Quarta-feira da 8ª Semana do Tempo Comum

  Evangelho.  


Mc 10,32-45

Naquele tempo, 32os discípulos estavam a caminho, subindo para Jerusalém. Jesus ia na frente. Os discípulos estavam espantados, e aqueles que iam atrás estavam com. medo. Jesus chamou de novo os Doze à parte e começou a dizer-lhes o que estava para acontecer com ele: 33“Eis que estamos subindo para Jerusalém, e o Filho do Homem vai ser entregue aos sumos sacerdotes e aos doutores da Lei. Eles o condenarão à morte e o entregarão aos pagãos. 34Vão zombar dele, cuspir nele, vão torturá-lo e matá-lo. E depois de três dias ele ressuscitará”. 35Tiago e João, filhos de Zebedeu, foram a Jesus e lhe disseram: “Mestre. queremos que faças por nós o que vamos pedir”. 36Ele perguntou: “Que quereis que eu vos faça?” 37Eles responderam: “Deixa-nos sentar um à tua direita e outro à tua esquerda, quando estiveres na tua glória!” 38Jesus então lhes disse: ‘Vos não sabeis o que pedis. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber? Podeis ser batizados com o batismo com que vou ser batizado?” 39Eles responderam: “Podemos”. E ele lhes disse: “Vós bebereis o cálice que eu devo beber e sereis batizados com o batismo com que eu devo ser batizado. 40Mas não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. É para aqueles a quem foi reservado”. 41Quando os outros dez discípulos ouviram isso, indignaram-se com Tiago e João. 42Jesus os chamou e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações as oprimem e os grandes as tiranizam. 43Mas, entre vós, não deve ser assim: quem quiser ser grande seja vosso servo; 44e quem quiser ser o primeiro seja o escravo de todos. 45Porque o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate para muitos.”

  Meditação.  


Entre vocês não deve ser assim (Mc 10, 42)

Olha o papelão que fizeram Tiago e João, apóstolos de Jesus. Caladinhos, falaram com Jesus para quando ele tomasse posse no seu reino, um deles se sentar à sua direita e o outro à sua esquerda. Serem comandantes, ao lado de Jesus. Eh, já estão contaminados pelo vírus do poder. Quando os colegas souberem disso, sei não, vai dar confusão.

Você pode até pensar: esse negócio de poder não tem nada a ver comigo. É um assunto para quem ocupa altos cargos na Igreja ou para os políticos de Brasília. É aí que você se engana. Todo mundo tem uma relação com o poder. Mesmo que não esteja em uma função de comando, está numa relação com quem comanda. E aí se mostra qual é a sua concepção de poder: o poder-prestígio ou o poder-serviço. O poder no mundo chega a ser um ídolo. Uns se fazem de deuses e outros de seus adoradores. Para cada mandão, há um séquito de pessoas subservientes, bajuladoras, infantilizadas e avessas ao diálogo e ao espírito comunitário.

Apesar do exemplo de Jesus, os seus colaboradores mais próximos, os apóstolos, estão também tentados pela sede de poder. E já começam a disputar cargos, posição, prestígio. Aqueles dois claramente pretendem uma posição privilegiada (um à direita e outro à esquerda) ao lado de Jesus e, claro, acima dos outros. E essa pretensão logo espalha um mal-estar na comunidade dos apóstolos. O poder como prestígio, irmão gêmeo do enriquecimento duvidoso, semeia logo a discórdia, a desunião, a inveja e a competição doentia. É que ele agride gravemente o espírito comunitário. Essa tentação do poder-prestígio é um perigo para um cristão, pois o faz renunciar ao que aprendeu no Evangelho: o amor solidário, o respeito pela dignidade do outro, o espírito de serviço.

Os discípulos têm diante de si o exemplo de Jesus e o modelo da própria sociedade. O mau exemplo vem dos fariseus, da turma do Templo, do próprio ambiente religioso. E nisso, é claro, imitam-se as disputas de poder da classe dominante, da corte de Herodes, do Sinédrio. Jesus, no jejum do deserto, tinha enfrentado essa tentação. O diabo tinha oferecido o poder sobre todos os reinos do mundo, se o adorasse. Jesus reagiu. Submeter-se só à vontade de Deus. Nada de aliança com o mal. O poder-prestígio é sustentado por alianças perigosas e concessões à falcatrua, à propina, à troca de favores.

O exemplo de Jesus é bem outro. Ele dá exemplo com sua vida, suas escolhas e deixou esse precioso ensinamento: eu não vim para ser servido, mas para servir. O exercício do poder em Jesus não afastava as pessoas e nem o isolava dos outros. Como Mestre no seu grupo de discípulos, puxava o diálogo, responsabilizava cada um e, para admiração de todos, lavou os seus pés como um empregado fazia. Servir - essa palavra deve marcar a vida de um cristão em cargos de liderança ou em postos de comando. Servir. Não ser servido. Colocar-se a serviço dos outros, do bem, da justiça, diferentemente do poder-prestígio que se serve dos outros, que busca o seu benefício pessoal, que quer ser o maior.

Guardando a mensagem

A tentação do poder-prestígio estava presente também no grupo dos discípulos de Jesus. Jesus exerceu o poder-serviço. E o ensinou claramente. Não veio para ser servido, mas para servir. E disse mais: Vejam como o poder é exercido na sociedade, percebam a opressão dos grandes. Entre vocês, não deve ser assim. Quem quiser ser o primeiro, seja o servo de todos.

Entre vocês não deve ser assim (Mc 10, 42)

Rezando a palavra

Senhor Jesus,
somos a tua Igreja e nossa presença na sociedade precisa ser pautada pelo espírito de serviço. Animados por teu evangelho, queremos fomentar a fraternidade em nosso ambiente de trabalho, de convivência, em nossas famílias, pois, servir é a marca do cristão. Ajuda-nos, Senhor, a não ceder, na Igreja, à tentação do poder-prestígio do mundo. Antes, levemos para a sociedade nossa experiência de poder-serviço vivido na família e na comunidade cristã. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a Palavra

Vale, hoje, um exame de consciência sobre que tipo de liderança você exerce ou apoia: mais parecida com Jesus ou mais parecida com o espírito do mundo?

Comunicando

Tivemos, ontem à noite, uma reunião virtual com o grupo que vai comigo à Itália, no próximo mês de outubro. Vamos visitar Roma, Assis e Turim, percorrendo os lugares de São Francisco de Assis e de Dom Bosco. Temos ainda algumas vagas. Para fazer contato com a nossa equipe, ligue ou mande mensagem para 81 9 9964-4899.

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

17 comentários:

  1. Deus abençoe sempre nossa família nossa casa amém

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jesus aumenta minha fé Marcelo 🙏🏻🙏🏻🙏🏻🙏🏻🙏🏻🙏🏻🙏🏻🙏🏻

      Excluir
  2. Que a paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja com todos!
    Jamais apoie a maléfica TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO ! Por favor meu irmão informe-se sobre ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São José aumenta minha fé 🙏🏻🙏🏻🙏🏻🙏🏻🙏🏻🙏🏻🙏🏻

      Excluir
  3. Que sigamos o exemplo de Jesus, para sempre em nossas vidas!

    ResponderExcluir
  4. A paz se Jesus em todos os corações.Amar é servir

    ResponderExcluir
  5. Glória a Vós Senhor!
    Imaginemos Jesus, o Justo Juíz, a decidir um pedido tão importante como este, com certeza Ele não podia tomar decisão diante os 12 apóstolos, porque Ele sabe que todos temos os mesmos valores para DEUS Pai, assim sabemos que o único que pode medir a nossa fé, o nosso nível de servir para afirmar que somos fiéis ou não, é DEUS o todo Poderoso Criador do céu e da Terra, só Ele mesmo para decidir quem sentará a Sua direita ou à Sua esquerda.
    Não devemos fazer nada pensando em nossa glória ou na glória dos homens, pelo contrário, devemos em tudo agradecer reconhecendo que tudo é Graça para honra e Glória de DEUS, pois quando trazemos para nós mesmos, a exaltação, o orgulho do sucesso nos domina e aos poucos vamos perdendo a essência, a humildade, perdendo o temor e esquecendo de DEUS,.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Pe João Carlos, sua benção , servir é a marca do cristão, que Deus Nosso Senhor Jesus Cristo nos abençoe a sermos solidários com nossos irmãos, com muita paz, amor, fraternidade e que mim fortaleça a minha família também com amor, paz, saúde e fé. Que Deus abençoe nosso Pe João Carlos, em sua caminhada de fé. Amém 🙏 🙏🙏

    ResponderExcluir
  7. Dorvina Figueiredo29/5/24 08:29

    JESUS CONDUZ-NOS ❤️A SERMOS VOSSOS SERVIDORES ❤️ NOS NOSSOS RELACIONAMENTOS NA NOSSA FAMÍLIA EM NOSSA VIDA 🙏🏾🙌🏾🌹

    ResponderExcluir
  8. SENHOR JESUS! Eu te amo de todos meus coração. Sempre lhe peço mais do que fazer pelo irmão. Aumentai a minha fé para que eu possa ser exemplo. Te peço oh Pai pela minha recuperação e de meu filho Ivan. Pela reconciliação de meu filho e nora. Abençoai a minha família e todas as outras. Amém 🙏

    ResponderExcluir
  9. Bom dia , Deus nós abençoe, senhor obrigada pelo dom da vida minha e dos meus filhos e Lucas e Gabriel, vós proteja e afaste todo mal de oerto de nós evtoda a minha família, peco pela cura do meu irmão neném, e também pedir proteção para tida a minha família e que seja feitoba sua vontade , amém

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde abençoada para todos nós!
    Que a vida sadia de Jesus, que flui para o nosso Interior nos proteja sempre e, nos conduza

    ResponderExcluir
  11. Me chamo Inês e quero agradecer pela meditação Padre João Carlos. Agradeço a Deus por tudo que nos dá todas os dias. Emespwcial pela volta do meu filho, do Rio Grande do Sul e pela melhora do meu netinho Bento. E te peço saúde para mim e toda minha família e muita força palavrinha filha Paula que tem o filhinho especial. Senhor aumenta sempre a nossa fé amém.

    ResponderExcluir
  12. Ó Deus das promessas, eu LHE agradeço pela vida de Santa Úrsula. Todavia, me ajude fugir do pecado. Me ajude seguir o caminho do amor, do serviço, do discipulado, da verdade, da obediência, da purificação, da fé, da ressurreição e da esperança. Me ajude glorificá-Lo. Me ajude viver e anunciar o evangelho. Me ajude vencer o medo, o sofrimento e a opressão. Me ajude viver o meu batismo. Isso eu LHE peço em nome de Jesus Cristo. Amém.

    ResponderExcluir
  13. Paz e bem!senhor aumenta minha fé Glória a vós senhor

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 3224-9284.

Postagem em destaque

Seu "sim" seja SIM.

  15 de junho de 2024 .   Sábado da 10ª Semana do Tempo Comum   Evangelho   Mt 5,33-37 Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:33 &qu...

POSTAGENS MAIS VISTAS