PE. JOÃO CARLOS - BLOG DA MEDITAÇÃO DA PALAVRA: SANTA MARIA, MÃE DA IGREJA

SANTA MARIA, MÃE DA IGREJA





06 de junho de 2022

Segunda-feira depois de Pentecostes

Maria, Mãe da Igreja



EVANGELHO



Jo 19,25-34

Naquele tempo, 25perto da cruz de Jesus, estavam de pé a sua mãe, a irmã da sua mãe, Maria de Cléofas, e Maria Madalena.
26Jesus, ao ver sua mãe e, ao lado dela, o discípulo que ele amava, disse à mãe: “Mulher, este é o teu filho”. 27Depois disse ao discípulo: “Esta é a tua mãe”. Daquela hora em diante, o discípulo a acolheu consigo.
28Depois disso, Jesus, sabendo que tudo estava consumado, e para que a Escritura se cumprisse até o fim, disse: “Tenho sede”.
29Havia ali uma jarra cheia de vinagre. Amarraram numa vara uma esponja embebida de vinagre e levaram-na à boca de Jesus. 30Ele tomou o vinagre e disse: “Tudo está consumado”. E, inclinando a cabeça, entregou o espírito.
31Era o dia da preparação para a Páscoa. Os judeus queriam evitar que os corpos ficassem na cruz durante o sábado, porque aquele sábado era dia de festa solene. Então pediram a Pilatos que mandasse quebrar as pernas aos crucificados e os tirasse da cruz.
32Os soldados foram e quebraram as pernas de um e depois do outro que foram crucificados com Jesus.
33Ao se aproximarem de Jesus, e vendo que já estava morto, não lhe quebraram as pernas; 34mas um soldado abriu-lhe o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água.



MEDITAÇÃO


Daquela hora em diante, o discípulo a acolheu consigo (Jo 19, 27)

Nesta segunda-feira, estamos celebrando a memória de Maria, Mãe da Igreja. Essa comemoração é nova na Igreja e se deve à iniciativa do Papa Francisco. Celebrada após Pentecostes, recordamos como Maria deixou-se habitar pelo Espírito Santo. Como João a acolheu aos pés da cruz, também nós a acolhamos como mãe da comunidade dos seguidores de Jesus.

Vamos prestar bem atenção ao texto de hoje, em João capítulo 19. “Perto da cruz de Jesus, estavam de pé a sua mãe, a irmã da sua mãe, Maria de Cléofas, e Maria Madalena. Jesus, ao ver sua mãe e, ao lado dela, o discípulo que ele amava, disse à mãe: “Mulher, este é o teu filho”. Depois disse ao discípulo: “Esta é a tua mãe”. Daquela hora em diante, o discípulo a acolheu consigo”.

Vamos observar com cuidado a cena. Quem estava de pé, perto da cruz de Jesus? Você disse ‘Maria?’ Acertou. Mas, não disse tudo... Do texto se deduz que estavam de pé quatro pessoas: Maria, sua mãe; a irmã de sua mãe, Maria de Cléofas; Maria Madalena; e João, o discípulo amado. O número quatro é um número simbólico, indicando totalidade, tudo, todos. É a Igreja toda que está aos pés da cruz do Senhor. Ali é o nosso lugar.

O número quatro também está presente na partilha que os soldados fizeram das roupas de Jesus. Dividiram suas vestes em quatro partes, uma para cada soldado. É a sua herança que se espalha pelos quatro cantos do mundo.

Então, aos pés da cruz de Jesus, de pé, estão Maria, sua mãe; a irmã de sua mãe, Maria de Cléofas; Maria Madalena e João. Nestes quatro, podemos sentir uma representação da comunidade que nasceu da morte redentora de Jesus. Sua mãe, os parentes que aderiram ao evangelho representados por sua tia ou parenta de sua mãe, os discípulos libertados do mal representados em Madalena e os discípulos do seu grupo menor de apóstolos representados por João. Ali, aos pés da cruz está a Igreja. Igreja unida a Jesus, no seu sacrifício. Igreja que nasce do seu sacrifício redentor. Igreja de pé, em atitude oferente e vitoriosa sobre a morte. Igreja que acolhe a graça que desce da cruz como um rio de água viva, o Espírito Santo, que escorre do seu coração aberto pela lança. Igreja de ressuscitados e vitoriosos com Cristo sobre o mal, o pecado e a morte.

Aos pés da cruz, Maria torna-se mãe da comunidade gerada no sacrifício da cruz. Na anunciação, tinha se tornado mãe de Jesus. No calvário, tornou-se mãe da Igreja. “Mulher, eis aí o teu filho. Filho, eis aí a tua mãe”. Curiosamente, Jesus não a chama de mãe, mas de ‘mulher’. Ela é a nova Eva, mãe da nova humanidade redimida na cruz.


Guardando a mensagem

A memória de Maria, Mãe da Igreja é a celebração da maternidade de Maria, mãe da nova comunidade nascida do sacrifício redentor de Jesus e da efusão do seu Espírito, derramado como água viva do seu coração. Ela está aos pés da cruz, unida ao sacrifício redentor do Filho, oferecendo-se com ele, em completa obediência ao Pai, fazendo-se assim mãe da comunidade redimida pelo sangue redentor. Suas dores são as dores do parto da nova humanidade que nasce aos pés da cruz. Os quatro, ali no Calvário, nos representam. Somos a Igreja do Senhor, com Maria. Ela é nossa mãe.

Daquela hora em diante, o discípulo a acolheu consigo (Jo 19, 27)

Rezando a palavra

Senhor Jesus,
hoje, contemplamos tua Mãe aos pés da cruz. Tu a entregaste como mãe a João, o discípulo amado. Ele nos representa, nós somos os teus discípulos amados. Obrigado pela boa mãe que nos deste. Igualmente entregaste à tua mãe o teu discípulo João como seu filho. Queremos ser bons filhos de tua santa mãe. Ela nos guie, nos conforte, nos sustente no caminho da fidelidade ao teu evangelho. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.


Vivendo a palavra

Esta segunda-feira é um dia especial para recomendarmos a Nossa Senhora, a Igreja de Jesus: cada batizado aí de sua casa, as lideranças leigas de sua comunidade, nossos padres, bispos e o Papa Francisco.

Comunicando

Depois de um final de semana abençoado em Fortaleza, nos preparamos para uma visita a Juazeiro do Norte, também no Ceará. No próximo sábado, celebrarei a Santa Missa com os Ouvintes da FM Padre Cícero, no Santuário do Sagrado Coração de Jesus, paróquia dos Salesianos, em Juazeiro, às 18 horas.

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

22 comentários:

  1. Anônimo5/6/22 22:34

    Meu Deus como sou grata de ter a sua palavra todos os dias,espírito santo de Deus mim alimenta e miml abençoa com a sua palavra,os seus ensinamentos é tudo nesse momento para mim obg Jesus

    ResponderExcluir
  2. Anônimo5/6/22 23:30

    Obrigada, Pe J. Carlos, por me oportunizar conhecer a Palavra de Deus!
    Louvado seja Deus, por sua vida!
    Sou fã do cantor e "devota" do Padre, evangelizador!



    ResponderExcluir
  3. Que Maria nossa mãe e mãe da igreja, nos ajude a viver a palavra de seu filho querido. Amém.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo6/6/22 05:38

    Obrigado Padre João Carlos pela MEDITAÇÃO DA PALAVRA, que alimenta minha alma diariamente 🙏

    ResponderExcluir
  5. Anônimo6/6/22 06:11

    Bom dia padre João Carlos. Obrigada pela palavra que Maria santíssima cubra a humanidade com o manto sagrado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo6/6/22 09:24

      Obrigada padre por nós ajudar na caminhada.Deus o abençoe.

      Excluir
  6. Anônimo6/6/22 06:17

    Bom dia, padre João Carlos! Todos os dias, recebido de um amigo, leio o Evangelho, e me conforto com as suas Meditações: excelentes, primorosa. Florival Primo. M. Claros - MG.

    ResponderExcluir
  7. Anônimo6/6/22 06:59

    Sejamos Igreja viva, tendo a mãe como aquela que cuida dos seus filhos com carinho. MÃE, que possamos viver de acordo com os ensinamentos de seu filho.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo6/6/22 07:10

    Obg padre por ouvir suas palavras cheias de bênçãos e que nos encher de amor e paz. Amém

    ResponderExcluir
  9. Anônimo6/6/22 07:22

    Amém padre João Carlos bom dia padre, obrigada pelas suas palavras tão lindas que Deus nosso senhor Jesus Cristo nos abençoe e livre nos de todo mal.mãezinha obrigada pelo teu amor .

    ResponderExcluir
  10. Anônimo6/6/22 07:27

    0brigada Padre João Carlos por suas palavras de interpretação da palavra de Deus nos ensinando a sermos a Igreja viva.Santa Maria rogai por nós.

    ResponderExcluir
  11. Anônimo6/6/22 07:31

    Bom dia Padre João Carlos. Que o Espírito Santo de Deus o abençoe infinitamente e lhe dê saúde e paz neste dia...Uma semana abençoada por Deus e repleta do amor de Deus na sua vida e no seu coração...

    ResponderExcluir
  12. Anônimo6/6/22 07:59

    Coloque me no grupo bpara todos os dias ouvir a meditação diária

    ResponderExcluir
  13. Amém bom dia padre João Carlos sua benção 🙌

    ResponderExcluir
  14. Anônimo6/6/22 08:24

    Obrigada meu Deus por tudo que tem feito na minha vida. Peço ao esperito Santo que me capacite e seja o meu guia todos os dias da minha vida.

    ResponderExcluir
  15. Anônimo6/6/22 08:32

    Amém! 🙏🏻

    ResponderExcluir
  16. Anônimo6/6/22 08:48

    A Palavra de Deus comentada pelo Padre João Carlos nos leva a uma bela meditação,nos faz ficar em clima de oração,nos deixa em sintonia com o Cristo ressuscitado ,como é bom e proveitoso esses momentos🙏

    ResponderExcluir
  17. Anônimo6/6/22 08:50

    Eu creio que está cena aos pés da Cruz de Cristo, “Mulher este é o teu filho, filho está é tua Mãe; queira também expressar que o Amor ao discípulo mui amado os fizeram uma só Carne.

    ResponderExcluir
  18. Anônimo6/6/22 13:57

    Boa tarde. A paz do Senhor esteja sempre convoscp. Padre João pelo meus estudos e debates na PUC-RJ no curso de Mestrado em Teologia, não se tem garantia de que o "discípulo amado" é o discipulo João.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo6/6/22 15:37

      João escreve: e o Verbo se fez Carne
      Escreve também Apocalipse

      Excluir
    2. Anônimo6/6/22 15:41

      Outra evidência: é o único dos Apóstolos que não morreu de martírio

      Excluir
  19. Anônimo6/6/22 15:05

    Boa tarde padre João Carlos Rosa Maria ontem foi maravilhoso só misericórdia dia do espírito santo um momento abençoado foi lindo especial 🙏

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 9.9964-4899.

Postagem em destaque

Ó Maria, concebida sem pecado!

  08 de dezembro de 2022 Solenidade da Imaculada Conceição de Nossa Senhora  EVANGELHO Lc 1,26-38 Naquele tempo, 26no sexto mês, o anjo Gabr...

POSTAGENS MAIS VISTAS