PE. JOÃO CARLOS - BLOG DA MEDITAÇÃO DA PALAVRA: presépio
Mostrando postagens com marcador presépio. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador presépio. Mostrar todas as postagens

CELEBRAÇÃO DE NATAL COM SUA FAMÍLIA


Sugestão: realizar a celebração na noite de Natal ou no Dia de Natal.

Tema: 

O TESTEMUNHO DOS PASTORES


E todos os que ouviram os pastores ficaram maravilhados com aquilo que contavam (Lc 2, 18)



Apresentação do tema

Para a festa do natal, nos preparamos com o advento: uma caminhada de quatro semanas. O advento nos prepara para o encontro com o Senhor que vem. E essa peregrinação do advento nos leva à Gruta de Belém. Os pastores nos representam em nossa peregrinação à Belém. Vamos conferir o que está narrado no evangelho e ver se estamos no mesmo caminho.

Os pastores receberam o aviso, a boa notícia. Nós também a recebemos, pela evangelização. Despertos como estavam, assumiram uma nova atitude. Foram ao encontro do Senhor que veio em nossa humanidade. E o reconheceram em sua encarnação entre os pobres e desprezados desse mundo. Não o procuraram em Jerusalém, entre as elites, como os Magos o fizeram. Não se depararam com uma manifestação de grandeza, típica da lógica do poder. Eles o reconheceram na fragilidade de uma criança. E, assim, se tornaram testemunhas dessa maravilha: Deus veio a nós como nosso irmãozinho mais necessitado. O caminho dos Pastores há de ser o nosso. Eles são testemunhas de Jesus Cristo, em sua encarnação.

O Papa Francisco, em sua Carta Apostólica sobre o Presépio, comenta sobre a presença dos pastores. Escreveu o Pontífice: «Vamos a Belém ver o que aconteceu e que o Senhor nos deu a conhecer» (Lc 2, 15): assim falam os pastores, depois do anúncio que os anjos lhes fizeram. É um ensinamento muito belo, que nos é dado na simplicidade da descrição. Ao contrário de tanta gente ocupada a fazer muitas outras coisas, os pastores tornam-se as primeiras testemunhas do essencial, isto é, da salvação que nos é oferecida. São os mais humildes e os mais pobres que sabem acolher o acontecimento da Encarnação. A Deus, que vem ao nosso encontro no Menino Jesus, os pastores respondem, pondo-se a caminho rumo a Ele, para um encontro de amor e de grata admiração. É precisamente este encontro entre Deus e os seus filhos, graças a Jesus, que dá vida à nossa religião e constitui a sua beleza singular, que transparece de modo particular no Presépio".

E todos os que ouviram os pastores ficaram maravilhados com aquilo que contavam (Lc 2, 18)

Palavra de Deus  (Ler na Bíblia)

Lucas 2, 15-20
Partilha
- Conversa sobre o Evangelho;
- O que podemos aprender com os pastores de Belém?

Preces

Oração

Senhor Jesus, Neste natal, nos encontramos como família ao redor de tua manjedoura. Ao lado de Maria, de José, e de toda a criação representada pelos animais, nós te contemplamos em tua encarnação. Viemos, como os pastores de Belém, te visitar. Queremos, Senhor, que este natal nos anime a viver na fé e na esperança do teu evangelho. Com certeza, este é o maior presente que podemos te oferecer: renovar hoje nossa adesão ao teu evangelho e à tua Igreja. Derrama tuas santas bênçãos sobre cada um de nós e ajuda-nos a ser família segundo o modelo de tua santa família. Cuida, Senhor, de todos nós. Amém.

Pai Nosso




Bênção (dada pelo pai, mãe ou avós)

PAI OU MÃE: O Deus de infinita bondade que, pela encarnação de seu filho, expulsou as trevas do mundo e, com seu glorioso nascimento transfigurou este dia, expulse do nosso coração as trevas dos vícios e nos transfigure com a luz das virtudes. TODOS: Amém.

PAI OU MÃE: Aquele que anunciou aos pastores, pelo anjo, a grande alegria do nascimento do salvador derrame em nosso coração a sua alegria e nos torne mensageiros do evangelho. TODOS: Amém.

PAI OU MÃE: Aquele que pela encarnação do seu filho, uniu a terra ao céu nos conceda sua paz e seu amor e nos torne participantes da igreja celeste. TODOS: Amém.

TODOS: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.
Abraço de Natal

Confraternização


Pe. João Carlos Ribeiro, sdb 

Feliz Natal!

O SORRISO DO MENINO DEUS
Mensagem de natal do Pe. João Carlos para você

 Observe o que Deus fez no natal. Sendo nós quem somos, num gesto imenso de amor, Deus nos enviou seu próprio filho para nos resgatar. Deus foi imensamente generoso, vindo ao nosso encontro, dando o primeiro passo para a nossa reconciliação com ele. Mesmo sendo nós pecadores, ele nos amou primeiro.

Neste natal, ao menos neste natal, não feche o seu coração para quem supostamente lhe ofendeu. Dê o primeiro passo. Aproxime-se. Ofereça seu perdão. O que Deus fez com você, faça com os outros. Seja generoso, seja generosa. Ainda não aprendemos a lição do natal. O natal de Jesus apela para o crescimento de nossa própria humanidade. A visita de Deus nos humaniza. Nos diviniza.
        
         Neste Natal, seja mais acolhedor, mais acolhedora.

Na pousada, não havia lugar. Gente demais. Mas, na pobreza da gruta, a natureza ofereceu ao casal e à criança que estava chegando um lugar quentinho para se abrigar da frieza da noite. Desde a sua concepção, a criança não ocupava só um cantinho no útero da virgem, era o centro de sua vida, de suas atenções, de suas orações, de todo o seu ser. Ali na gruta, sem ninguém para ajudar no parto, ela mesma o recebeu com suas mãos trêmulas de dor e felicidade: o colocou nos braços, o envolveu com uns paninhos e o acomodou no coxo dos animais, na manjedoura. O pai que tinha procurado em vão um lugar melhor, estava ali, entre preocupado e feliz, ajeitando e ajudando no que podia. Seus braços foram um abrigo seguro para o bebê que chegara numa pobreza tão extrema. Lá fora, estava frio. Lá em Belém, na estalagem dos peregrinos, não havia lugar para eles. Mas, a gruta, a mãe, o pai, os animais: todos ofereceram colo ao recém-chegado. Foram acolhedores.

Neste natal, ao menos neste natal, seja mais acolhedor, mais acolhedora. Receba melhor quem chega à sua casa, quem bate à sua porta, quem lhe telefona, quem lhe procura. Acolha um amigo ou uma amiga a mais em sua vida. Abra mais seu coração. Seja mais acolhedor, mais acolhedora.

Postagem em destaque

A AFLIÇÃO DE UMA MÃE

25 de junho de 2022 Imaculado Coração de Maria EVANGELHO Lc 2,41-51 41Os pais de Jesus iam todos os anos a Jerusalém, para a festa da Páscoa...

POSTAGENS MAIS VISTAS