PE. JOÃO CARLOS - BLOG DA MEDITAÇÃO DA PALAVRA: AS DISCÍPULAS DE JESUS

AS DISCÍPULAS DE JESUS



17 de setembro de 2021

EVANGELHO


Lc 8,1-3

Naquele tempo, 1Jesus andava por cidades e povoados, pregando e anunciando a Boa Nova do Reino de Deus. Os doze iam com ele; 2e também algumas mulheres que haviam sido curadas de maus espíritos e doenças: Maria, chamada Madalena, da qual tinham saído sete demônios; 3Joana, mulher de Cuza, alto funcionário de Herodes; Susana, e várias outras mulheres que ajudavam a Jesus e aos discípulos com os bens que possuíam.


MEDITAÇÃO


Os doze iam com ele; e também algumas mulheres que haviam sido curadas de maus espíritos e doenças (Lc 8, 1-2).

A situação da mulher no tempo de Jesus não era das melhores. A gente hoje conhece um pouco mais dos costumes dos povos do Oriente Médio e vê que ainda hoje a mulher vive uma condição de grande submissão e inferioridade. Na Palestina, a terra de Jesus, se vivia uma estrutura social patriarcal. O homem é que contava. Ele é quem mandava.

O evangelho é uma permanente proclamação de liberdade para os oprimidos, incluídas as mulheres. Ele foi proclamado e vivido por Jesus numa sociedade que discriminava a mulher. Jesus não estava de acordo com aquele jeito de a sociedade menosprezar a mulher e só dar valor ao homem. O evangelho o mostra conversando, no poço de Jacó, com uma mulher estrangeira, de outra religião, a samaritana. Ele hospeda-se na casa de Marta e Maria, suas amigas e discípulas. Algumas mulheres, inclusive, andavam com ele, no seu grupo de discípulos e o evangelho guarda até o nome de algumas delas. É o que nos conta o evangelho de hoje. Diz o texto: “Jesus andava por cidades e povoados, pregando e anunciando a Boa Nova do Reino de Deus. Os doze iam com ele; e também algumas mulheres que haviam sido curadas de maus espíritos e doenças” (Lc 8, 1-2). E lista alguns nomes: Maria, chamada Madalena, da qual tinham saído sete demônios; Joana, mulher de Cuza, alto funcionário de Herodes; Susana, e várias outras mulheres que ajudavam a Jesus e aos discípulos com os bens que possuíam.

Para a sociedade daquele tempo, a mulher valia pela sua capacidade de gerar e criar filhos. Por isso, alguém elogiou a mãe de Jesus assim: "Feliz o ventre que te carregou e os seios que te amamentaram". Mas, Jesus não via só isso de importante na mulher. E em sua mãe via mais ainda. Por isso ele completou o elogio: "mais felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a põem em prática" (Lc 11). Maria era mais importante ainda porque praticava a Palavra de Deus, porque realizava bem a sua vontade.

Na verdade, as mulheres são apresentadas no evangelho como as mais fiéis a Jesus. Foram elas que chegaram até o final do caminho, na cruz. Os discípulos homens, quase todos, desapareceram na hora da paixão. Restaram as mulheres, com toda fidelidade. E mais: numa cultura em que o testemunho da mulher não tinha valor, foram elas as primeiras testemunhas da ressurreição de Cristo.

E nós temos que continuar trabalhando para que a novidade do evangelho que Jesus viveu e anunciou não se perca e acabemos reforçando os preconceitos que ainda persistem discriminando as mulheres. Temos que viver a grande novidade que ele nos legou. Jesus nos libertou para vivermos a igualdade e a fraternidade. Paulo escreveu em Gl 3, 28: "Não há mais diferença entre judeu e grego, entre escravo e homem livre, entre homem e mulher, pois todos vocês são um só em Jesus Cristo".

Guardando a Mensagem

No evangelho, temos notícia que, além do grupo dos doze, também um grupo de mulheres integrava o grupo de Jesus e andava com ele. A valorização das mulheres é uma nota importante do seu ministério, particularmente sublinhado pelo evangelista Lucas. A discriminação da mulher continua ainda hoje, apesar das conquistas feitas pelas mulheres e também pelos homens. O papel dos cristãos é fermentar a sociedade com o bom fermento do evangelho. E o evangelho, que foi anunciado por Jesus dentro de uma sociedade patriarcal, liberta a mulher de sua condição de inferioridade e também o homem de sua condição de desumanização ao discriminar a mulher.

Os doze iam com ele; e também algumas mulheres que haviam sido curadas de maus espíritos e doenças (Lc 8, 1-2).

Rezando a palavra

Senhor Jesus,
Homens e mulheres te seguimos, como teus discípulos e discípulas. Do grupo de mulheres mencionado no evangelho de hoje, está dito que tinham sido curadas e libertadas. De fato, nós que te seguimos conhecemos essa realidade. Nós, também, experimentamos a graça de Deus que nos alcançou em nossa pequenez, em nossa condição de pecadores. Sustenta-nos, Senhor, no caminho de construção da fraternidade e da justiça, vencendo toda discriminação e reconhecendo-nos mutuamente como filhos e filhas de Deus, cidadãos e cidadãs do Reino. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

Reze, hoje, por sua comunidade, para que ela seja casa onde todos, homens e mulheres, se sintam filhos e filhas amados de Deus, vivendo em fraternidade exemplar.

É hoje o quinto e último dia do Curso Bíblico. Mesmo que você não tenha participado nenhum dia, pode rever todas as aulas, quando quiser, pois está tudo gravado e disponível. No encontro de hoje, vamos reunir "As três lições da Carta de São Paulo aos Gálatas para nossa vida". Então, não é o caso de você perder, de jeito nenhum. Canal do Youtube Padre João Carlos, três da tarde. Eu vou esperar por você. 

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

10 comentários:

  1. Bom dia Padre João Carlos. Que Deus esteja sempre presente em sua vida e lhe dê saúde e paz.
    Tenha uma abençoada sexta-feira com Deus no seu coração...Fique com Deus

    ResponderExcluir
  2. Amém padre João Carlos bom dia obrigada pelas suas palavras tão lindas. que Deus nosso senhor Jesus Cristo nos abençoe e livre nos de todo mal.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Pe João Carlos, grata pela mensagem, saúde e muitas bençãos.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Padre João Carlos, gratidão por mais um dia, que Deus continue lhe abençoando sempre Amém

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Padre João Carlos, bênçãos e obrigado Sempre e parabéns ao curso Bíblico que está Show. Estaremos em Oração para o Amor na Fé e na Caridade e que possamos transmitir e partilhar. Salve Maria 🙏

    ResponderExcluir
  6. Padre João Carlos que o senhor tenha uma tarde abençoada e iluminada que papai do Céu te proteja sempre e nossa senhora auxiliadora envolve o senhor no seu caminho 🙏😇🌟🌟🌟🌹
    Padre João Carlos eu vou fazer um desabafo,tem homens quer tratar as mulheres com opressão e exclusão de tradições história da humanidade, histórico narrativo, isso é consequência da dominação passada.
    As mulheres não quer mais sofrer violência, nós exigimos relações respeitosas e não a discriminação.
    Homens e mulheres tem os mesmos direitos,nós vivemos em outra época,as mulheres faz tudo que os homens faz.
    Jesus da valor do ser humano independente de sua sexualidade.
    🙋🙏😍🌹💕

    ResponderExcluir
  7. Para compreender Jesus basta se colocar no lugar dos MENOS favorecidos,então?Todas as colocações feitas aos discípulo é exemplificado simplesmente na presença de quem defende, samaritana,prostituta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. , mulheres viúvas,filho prodígo, órfã e quem vc ele escolheu? Justamente homens de pouco prestígio social!Então seguir JESUS é uma condição consciente das pessoas abertas aos modelo de viver libertador!Hoje refletimos sobre os discípulos e ser um dele não há gênero,só basta ser fiel e as mulheres sabem desfrutar dessa característica que é agradável aos olhos da humanização.

      Excluir
  8. Boa noite padre João Carlos sua bênção obrigado por tudo que nós ajudem Deus te proteja sempre amém 🙏🙏 vc Nilza Maria de jardim paulista pe

    ResponderExcluir
  9. Obrigada Pe.João Carlos pela reflexão de ontem! Eu a ouvi três vezes! A igualdade entre homens e mulheres,cada um exercendo seu papael na sociedade!

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 9.9964-4899.

Postagem em destaque

Como deve ser a nossa oração de pedido

06 de outubro de 2022 Quinta-feira da 27ª Semana do Tempo Comum EVANGELHO Lc 11,5-13 Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 5“Se um...

POSTAGENS MAIS VISTAS