PADRE JOÃO CARLOS - MEDITAÇÃO DA PALAVRA: O HIDRÓPICO QUE FAZ A DIFERENÇA

O HIDRÓPICO QUE FAZ A DIFERENÇA



30 de outubro de 2020

EVANGELHO


Lc 14,1-6

Aconteceu que, num dia de sábado, Jesus foi comer na casa de um dos chefes dos fariseus. E eles o observavam. 2Diante de Jesus, havia um hidrópico. 3Tomando a palavra, Jesus falou aos mestres da Lei e aos fariseus: “A Lei permite curar em dia de sábado, ou não?” 4Mas eles ficaram em silêncio. Então Jesus tomou o homem pela mão, curou-o e despediu-o. 5Depois lhes disse: “Se algum de vós tem um filho ou um boi que caiu num poço, não o tira logo, mesmo em dia de sábado?” 6E eles não foram capazes de responder a isso.

MEDITAÇÃO


Se algum de vocês tem um filho ou um boi que caiu num poço, não o tira logo, mesmo em dia de sábado? (Lc 14, 5)

A gente sempre vê o evangelho falando mal dos fariseus. Mas, na cena de hoje, a gente descobre um pouco mais. Era um dia de sábado e Jesus estava numa refeição na casa de um dos chefes dos fariseus. Olha que surpresa. Um líder fariseu convidou Jesus para ir comer na casa dele. Um gesto bonito! E Jesus aceitou. Está lá comendo com eles: mestres da lei e fariseus. E você sabe que comer juntos era uma coisa muito forte na cultura do povo de Jesus! Comer juntos é sinal de comunhão. Lembre que eles não comiam junto com pagãos.

Então, podemos pensar que havia certa aproximação entre Jesus e os fariseus. Ao menos, alguns tinham certa simpatia por Jesus e Jesus os acolhia com muito boa vontade. Essa refeição na casa de um dos chefes dos fariseus está nos dizendo isso.

E você lembra que era um dia de sábado. Esse detalhe de ser num ‘sábado’ deve ser importante, porque essa informação se repete por três vezes nesse pequeno texto. Sábado era uma marca muito forte na religião deles. Os fariseus matavam e morriam pra todo mundo respeitar o sábado. Era o dia do descanso, nada de trabalho. E, você sabe, isso é maravilhoso, porque é uma afirmação da dignidade do trabalhador. O ser humano, como o Senhor Deus, pára para contemplar a sua obra. É senhor do seu trabalho, não é escravo. O sábado era também o dia do culto a Deus. Todo mundo se encontrava na sinagoga, para cantar os salmos e ouvir as Escrituras. Nisso tudo, Jesus, que era um bom judeu, estava também de acordo.

A refeição, talvez fosse um jantar, estava indo bem. Jesus e os fariseus cordialmente à mesa. Maravilha! Honrando o sábado. Tudo certo. Estranhamente, ali na frente de Jesus tem um hidrópico, um doente do barrigão, coitado. Aqui mostra-se a diferença entre Jesus e os religiosos do seu tempo. Está ali um filho de Deus sofrendo, um desgraçado estendendo a mão, pedindo ajuda a Jesus. E aí? Dia de sábado é dia de socorrer o irmão ou não? Foi a pergunta de Jesus. Ficaram calados. E se fosse um filho de vocês que caísse num poço, sendo sábado, vocês iriam ou não socorrê-lo logo? Ficaram confusos. E Jesus curou o hidrópico. Tomou-o pela mão, curou-o e o despediu.

Nós católicos temos muitas diferenças com outras igrejas, outros grupos religiosos e mesmo com pessoas que não têm fé. Mas, podemos e devemos ser amigos, parceiros, convivendo com respeito, diálogo, amizade, não é verdade? O que, de verdade, vai por a prova nossa amizade e nossa comunhão não será a doutrina, que tem, claro, diferenças. Mas a verdadeira prova, como foi para Jesus e os fariseus, é o hidrópico. Diante do colossal sofrimento do irmão marginalizado, explorado, excluído, o nosso sábado nos compromete com ele, ou, em seu nome, lavamos as mãos e nos omitimos. O sábado pode representar nossas práticas religiosas, nossas tradições. Nossa religiosidade (o sábado) nos impulsiona a retirar o filho que caiu no poço ou nos faz omissos diante do irmão que caiu à beira da estrada, como foi o caso do sacerdote e do levita na parábola do bom samaritano?

Guardando a mensagem

Jesus aceitou o convite para uma refeição na casa de um líder fariseu, num dia de sábado. Os fariseus foram gentis ao convidar Jesus. Isso mostra uma certa aproximação desse grupo com o grupo de Jesus. Comer juntos era um gesto de comunhão e amizade. Ia tudo bem, mas eis que apareceu um irmão doente, precisando de ajuda: um hidrópico. Jesus perguntou se o sábado, onde era proibido fazer qualquer trabalho, permitia que se desse socorro a ele. Eles não souberam responder. E Jesus o curou. Pelo ecumenismo com outras igrejas, nos sentamos à mesma mesa de refeição. O que vai marcar a diferença, vai ser a prova dos nove, para eles e para nós, é se o nosso sábado ou seja nossa religiosidade nos faz comprometidos ou omissos diante do sofrimento dos irmãos.

Se algum de vocês tem um filho ou um boi que caiu num poço, não o tira logo, mesmo em dia de sábado? (Lc 14, 5)

Rezando a palavra

Senhor Jesus,
Tu também respeitavas o sábado dos judeus. E, como se tratava do dia de dar glória a Deus, mostravas como a fé se manifesta na louvação a Deus e na restauração dos humilhados. Assim, vivias e ensinavas o amor a Deus e ao próximo. Obrigado, Senhor, por tuas lições de fé e de vida. Impactados por tua ressurreição na manhã do primeiro dia da semana, nós teus seguidores guardamos o domingo, como o Dia do Senhor, o dia de nossa páscoa, de nossa libertação. Dá-nos, Senhor, que façamos desse dia uma afirmação de nossa adesão ao teu evangelho, que nos ensina a acolher o amor do Pai e a praticar esse amor como solidariedade e compromisso com o bem e a vida de todos. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

Para estimular o entendimento e a prática da palavra, sugiro que você leia em sua Bíblia o evangelho de hoje (Lc 14, 1-6). Para facilitar este acesso diário à Palavra de Deus, você que recebe pessoalmente a Meditação tem visto que estamos enviando sempre um link pra você ler o texto bíblico e também a Meditação. É só clicar no link.

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

18 comentários:

  1. Bendito seja o teu santo nome o meu Deus que a paz do senhor esteja sempre conosco 🙏🙌 bom dia meus irmão em Cristo que Deus nós abençoe amém 🙏

    ResponderExcluir
  2. Amém padre João Carlos bom dia obrigada pelas suas palavras tão lindas

    ResponderExcluir
  3. BOM DIA!!! padre João Carlos, sua bênção. acordar ouvindo a 9 de julho com o tempo de paz as 6hs da manhã, é uma verdadeira graça de DEUS, gostei muito de ouvir a Joana e o Maciel, nossas orações por vocês. obrigada.

    ResponderExcluir
  4. José Lúcio30/10/20 08:09

    Que tenhamos discernimento para enxergar os "hidrópicos" que aparecem nas nossas vidas, a fim de ajudá-los independente das circunstâncias e preconceitos.

    ResponderExcluir
  5. É maravilhoso, logo cedo receber a Palavra de Deus e a meditação, para que tenhamos um dia lindo e abençoado, iluminado pelo Espírito Santo. Obrigada

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Padre João Carlos. Paz e amor na sua vida hoje e sempre.

    SENHOR JESUS, que possamos ouvir e viver as palavras do teu Evangelho que nos orienta no caminho da verdade e da vida, que nos ensina a acolher o amor do PAI e a praticar esse amor como solidariedade e compromisso com o bem e vida de todos.
    Tenham todos uma sexta-feira abençoada.
    Ester de Campinas São Paulo.

    ResponderExcluir
  7. Que sejamos uma Igreja samaritana! Que tenhamos o olhar da caridade e e não da injustiça, do julgamento... que "nossos sábados" não sejam de comodismo, e indiferença, mas de compaixão e amor para com o irmão.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia padre João Carlos que o senhor tenha um ótimo dia abençoado e iluminado que papai do céu te proteja e nossa senhora auxiliadora envolve o senhor no seu caminho 🙌😇🌟🌟🌹
    Deus pai, que o foco da minha vida seja sempre buscar a ti.
    Quando me encontrar com outras pessoas de religião diferente da minha, que eu compartilhei a o pode da tua graça salvadora, é o próprio Jesus, ele é a recompensa, aqueles que
    o buscar e o esperam.
    E transbordem em boa obras como jesus fez aqui na terra, ir até os doentes, feridos e desespero.
    Quero ajudar os corações cansados a encontrar descanso em ti.
    Te amo meu Jesus 🌹🐑🙌💕

    ResponderExcluir
  9. Que sejamos uma igreja de mais olhares,voltados para a sabedoria, caridade, compaixão para com o irmão.

    ResponderExcluir
  10. O Amor, é o ponto chave de nossas interrogações...Qdo a palavra de Deus nos afeta, nos transforma, qdo falamos e modelamos nossa vida pelo Amor de Cristo afetamos o nosso irmão, penso que O verbo vivo, nos inquieta, nos conforma, nos ajuda a ser igreja e como igreja acolhemos nosso Deus com Amor e convivemos com toda as criaturas com respeito

    ResponderExcluir
  11. Saber o que se passava na cabeça de jesus era o que todos queriam,mas ele só pronunciava sua opinião quando era necessário,bonito né?Mas Ele também tinha uma comprensão gigante para com o próximo.Passava pôr cima das negras com o único objetivo,salvar vidas!A cultura daquele lugar lutou muito para gozar do direito ao descanso,mas Cristo ainda não considerava um descanso verdadeiro,pois como alguém doente poderá usufruir da dignidade?Levanta-te,está curada!Bela ação que foi fundamental para nossas práticas cristãs da atualidade,aceitar o convite de um povo de fé diferente,outra marca de Deus na pessoa de Cristo!Comer é um momento de profunda intimidade!Ele se prontifica ao convite em momento propício justifica sua presença.Isso alegra aos seus amigos.Que possamos fazer parte da constelação de Deus na vida aqui entre pessoas diferentes sem perder de vista o verdadeiro sentido das atividades humanizadas.

    ResponderExcluir
  12. Ives da Silva Bispo Ventura30/10/20 12:17

    Este estilo de leitura, meditação, oração e prática do Evangelho é o que se chama de Lectio Divina?

    ResponderExcluir
  13. Boa sexta-feira Padre João Carlos e obrigado pelas palavras, continuemos na Oração e que o Espírito Santo do Amor nos ajude a realizar em nós e nos próximos o Amor sem fim. Salve Maria.🙏

    ResponderExcluir
  14. Peço q Deus abençoe q minha filha desenvolva a fala ,rogo pelo desempregado cem teto desanimado endividado doente abatidos ,misericórdia senhor,peço saúde e paz de toda minha família e amigos fim da pandemia ,gratidão por tudo senhor na minha vida

    ResponderExcluir
  15. Obrigada pela palavra padre João Carlos

    ResponderExcluir
  16. Como é bom ouvir a palavra do Senhor , pois nos ensina a viver melhor, sabendo ouvir,amar,e respeitar os seus ensinamentos para vivermos em comunhao.

    ResponderExcluir
  17. Pai santo e fonte de toda santidade, eu LHE agradeço por ser cristão. Entretanto, me ajude servi-Lo com amor. Me ajude seguir o caminho da graça e da paz. Me ajude agradecê-Lo diuturnamente. Me ajude rezar por todos, com alegria. Me ajude evangelizar com sabedoria. Me ajude seguir o caminho da perfeição, da pureza e da justiça. Me ajude fazer boas obras. Me ajude amar todas as pessoas. Me ajude vencer o sofrimento. Me ajude glorificá-Lo e louvá-Lo com sinceridade. Me ajude com a saúde do corpo e da alma. Isso eu LHE peço pela intercessão de Jesus Cristo, VOSSO querido filho e meu amado SALVADOR. Amém.

    ResponderExcluir
  18. Boa noite padre João Carlos sua mensagem linda gostei muito de ouvir Joanna e Maciel Melo a nossa religião não deixaria de salvar o filho porque era dia de sábado nem tão pouco o irmão que caiu na beira estrada Jesus não deixa sofreu seus filhos gratidão Deus e maria santissima lhe abençoar na sua caminhada de evangelizar paz e bem

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 3224-9284.

Postagem em destaque

Não deixe ninguém para trás.

  21 de abril de 2024 4º Domingo da Páscoa    Domingo do Bom Pastor.  61º Dia Mundial de Oração pelas Vocações     Evangelho   Jo 10,11-18 N...

POSTAGENS MAIS VISTAS