PE. JOÃO CARLOS - BLOG DA MEDITAÇÃO DA PALAVRA: A SOLIDARIEDADE DE JESUS NO LUTO

A SOLIDARIEDADE DE JESUS NO LUTO


Tendo dito isso, exclamou com voz forte: 'Lázaro, vem para fora!' (Jo 11, 43)

29 de março de 2020



A morte é uma realidade muito dolorosa. Quando se perde um parente ou mesmo uma pessoa amiga, vive-se momentos de muito sofrimento espiritual, mergulha-se numa grande tristeza. Quanto mais próxima a pessoa falecida - um pai, uma mãe, um irmão, um amigo do peito - mais dolorosa é a separação, o sentimento de impotência diante da morte, a sensação de perda irreparável. Ainda assim, a morte pode ser um momento de grande revelação de Deus em nossa vida. Foi assim com a família de Marta, Maria e Lázaro. 

Em um povoado perto de Jerusalém, chamado Betânia, morava essa família de quem Jesus era muito próximo. Marta, Maria e Lázaro eram amigos de Jesus. Lázaro caiu muito doente. E as irmãs mandaram avisar a Jesus, que estava longe. Jesus demorou a chegar. Quando chegou, o rapaz já estava morto há quatro dias. Tinha sido sepultado numa gruta fechada com uma pedra. Marta foi ao seu encontro. Jesus a consolou e a estimulou a crer nele. Maria também foi falar com Jesus e o comoveu com sua dor. Jesus quis ver o túmulo. Mandou rolar a pedra. Rezou ao Pai. E chamou Lázaro para fora. Foi uma grande comoção. Além das irmãs, estavam presentes também os discípulos de Jesus e muitos judeus. Nessa ocasião, muitos creram nele. 

Nós estamos lendo hoje o Evangelho de São João, capítulo 11, onde se conta essa linda história da ressurreição de Lázaro. É o final do chamado livro dos sinais (capítulos 1 a 11). Em todo o evangelho de João, estão descritos sete sinais. Os sinais nos ajudam a entender quem é Jesus, quem o enviou e como podemos viver a vida nova que ele nos trouxe. A ressurreição de Lázaro é o sétimo sinal, portanto uma manifestação muito especial de quem é Jesus, um convite a crermos nele. 

E quem estava precisando reconhecer Jesus, acolhê-lo como o enviado do Pai, crer nele? Quem está precisando fazer essa experiência de Deus que comunica a vida, por meio do seu filho Jesus? Marta, Maria, os discípulos, as pessoas amigas da família, você, eu... todo mundo está precisando fazer essa experiência. 

Os discípulos estavam precisando fazer essa experiência. Eles estavam paralisados com a preocupação da morte. Aconselharam Jesus a não ir a Betânia, por causa da perseguição. Na Judeia, Jesus já tinha se livrado de ser preso e de ser apedrejado. Diante dos argumentos de Jesus, Tomé concluiu: “Vamos nós também para morrermos com ele”. Olha o que Jesus disse, querendo que eles fossem com ele a Betânia: “para que vocês creiam”. Os discípulos estavam precisando crer. 

Marta também estava precisando fazer essa experiência. Ela, como discípula que era, acreditava em Jesus, sabia que ele estava muito próximo de Deus. Acreditava na ressurreição dos mortos no último dia. Mas, não sabia que Jesus é a ressurreição e a vida. Quem nele crê, mesmo morto, tem a vida. E se vive e nele crê, não morre. Olha a pergunta de Jesus a Marta: “Crês isto?”. Marta também estava precisando crer. 

E Maria, será que Maria estava precisando também fazer essa experiência? Ela foi avisada por Marta que Jesus tinha chegado. Os judeus a acompanharam. Ela correu e ajoelhou-se chorando aos pés de Jesus. Jesus ficou comovido, chorou também com eles. Maria o levou ao lugar do túmulo. Jesus mandou retirar a pedra. Ela discordou: “Não faça isso. Já está sepultado há quatro dia, cheira mal”. Olha a palavra de Jesus: “Não te disse: se creres, verás a glória de Deus?”. Então, Maria também estava precisando crer. 

E aquele povo que tinha ido consolar as irmãs enlutadas e estavam ali também diante do túmulo? Também aquela gente precisava fazer aquela experiência. Olha a oração de Jesus: 'Pai, eu sei que sempre me escutas. Mas digo isto por causa do povo que me rodeia, para que creia que tu me enviaste.' Também eles precisavam crer. 

Foi aí que Jesus deu um grito: “Lázaro, vem para fora”. E o morto saiu, todo enrolado com as faixas de pano... Jesus mandou alguém desatar aquelas faixas para ele poder andar. Veja o que o evangelista anotou: “Então, muitos dos judeus que tinham ido à casa de Maria e viram o que Jesus fizera, creram nele”.

Guardando a mensagem

Então, você notou, o foco dessa narrativa, desse sinal, não é o milagre. É a fé que quer suscitar. É a experiência de Deus que podemos fazer também nos momentos difíceis da morte de alguém muito querido. Se nós cremos, a morte não nos assusta mais. A fé nos une a Cristo, que é a ressurreição e a vida. Estando com ele, a morte biológica é apenas uma passagem, porque a vida plena e verdadeira, já a temos em nós. 

Tendo dito isso, exclamou com voz forte: 'Lázaro, vem para fora!' (Jo 11, 43)

Rezando a palavra

Senhor Jesus,

Estamos vivendo um momento muito doloroso no mundo, no meio de uma pandemia de um novo vírus que ainda não tem vacina nem remédio. O número de infectados e de mortes representa uma grande tragédia, Senhor. Em nosso país, estamos apenas começando. O número de infectados e de óbitos multiplica-se a cada dia. Estamos em isolamento social, tentando não receber e não passar adiante o vírus. Vamos passar mais esse domingo sem participar da Missa na igreja, só pelos meios de comunicação. Este teu evangelho de hoje nos traz alento, Senhor. A tua solidariedade com aquela família de Betânia, o teu sentimento pela perda do teu amigo Lázaro e o teu ensinamento sobre a ressurreição e a vida nos confortam. Senhor, te pedimos: aumenta a nossa fé, fortalece-nos na solidariedade, liberta-nos desse vírus. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

Reze, hoje, pelas pessoas que, mundo afora, faleceram nesses últimos dias, por conta dessa pandemia. Reze pelas vítimas, por suas famílias, pelos profissionais da saúde, da segurança, da limpeza, do comércio de alimentos e por todos os profissionais que estão trabalhando em funções essenciais para a população e por todas as lideranças civis. Deus nos conduza nesse momento tão difícil do país e do mundo.

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

12 comentários:

  1. Padre João Carlos, abençoado seja seu domingo e de todos por ai,Nossa Senhora os proteja, obrigada por esta meditação, nossas preces sempre.

    ResponderExcluir
  2. Amém glória a vós senhor!!

    ResponderExcluir
  3. meu nome é ornilda soares de areia Bom dia padre João Carlos vou rezar sim obrigado por todos dias ter sua meditação ficar na paz 🙌 🙌🙌

    ResponderExcluir
  4. Bom dia! Deus nos proteja e tenha misericórdia sobre toda essa nação.Wue possamos esperar e confiar em nosso Deus com a intercessão de Nossa Senhora, ROSITANIA, bahia

    ResponderExcluir
  5. Jesus é nossa esperança.Que Ele tenha misericórdia do seu povo que sofre.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia, que Jesus nos abençoe e nos misericórdia Pai!

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Padre João Carlos. Que Deus abençoe o seu dia , que seja de paz, fé, amor e sabedoria.
    Peçamos ao Deus de bondade que nos proteja dessa pandemia. SENHOR, te pedimos: aumenta a nossa Fé, fortalece-nos na solidariedade...tenhamos a certeza de que Deus está do lado da humanidade.
    SENHOR, que eu encontre Paz em tua vontade e te descubra no final de cada jornada .
    SENHOR, condusa Padre João Carlos nesse momento tão difícil do nosso País e do mundo... Abençoa e protege toda equipe da AMA. Um feliz domingo à todos.
    Ester de Campinas São Paulo

    ResponderExcluir
  8. Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, eu LHE agradeço por mais um domingo. Todavia, me conceda a graça da VOSSA proteção e do VOSSO amor. Me conceda a graça dos dons e dos frutos do Espírito Santo. Me conceda a graça de viver segundo o Espírito. Me conceda a graça de fugir do pecado. Me conceda a graça de ver a VOSSA glória. Me conceda a graça de ser VOSSO amigo. Me conceda a graça de ser VOSSO discípulo missionário. Me conceda a graça de vencer o sofrimento. Me conceda a graça de ter fé e confiança no meu REDENTOR. Me conceda a graça de consolar os sofredores. Me conceda a graça de alcançar a vida eterna. Me conceda a graça de adorá-Lo com sinceridade. Isso eu LHE peço pela intercessão de Jesus Cristo, VOSSO querido filho e meu amado SALVADOR. Amém.

    ResponderExcluir
  9. Padre João Carlos boa noite desejo-lhe muita paz saúde e que Deus e a Virgem Maria lhe acompanhe e lhe cubra de bênçãos muito obrigada por está sempre presente em nossa vida nos explicando o santo evangelho e nos dando força para irmos atravessando este tempo tão difícil desta pandemia causada por este viros tão perigoso e cruel não tem vacina,só Jesus Cristo pode se compadecer da umanidadaSáe daos proficionais da saúde os maédicos que estão aricando

    ResponderExcluir
  10. Boa noite Padre João Carlos, peço a Deus que lhe acompanhe onde o Senhor estiver. Padre, reze pela minha Saúde, estou com a coluna na graça, o nervo ciático inflamado, tenho que fazer fisioterapia e hidroterapia, mais com esse problema, vou ter que esperar. Agradeço pelas meditações e suas palavras de esperança, que Jesus te abençoe e te proteja de todos os MALES🙏🙏

    ResponderExcluir
  11. Que Deus tenha misericórdia de todos os filhos seus Amém

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 9.9964-4899.

Postagem em destaque

A AFLIÇÃO DE UMA MÃE

25 de junho de 2022 Imaculado Coração de Maria EVANGELHO Lc 2,41-51 41Os pais de Jesus iam todos os anos a Jerusalém, para a festa da Páscoa...

POSTAGENS MAIS VISTAS