05 novembro 2019

AS TRÊS DESCULPAS


Na hora do banquete, mandou seu empregado dizer aos convidados: venham, pois tudo está pronto (Lc 14, 16)
05 de novembro de 2019
Não faltam desculpas para quem não quer participar da Igreja. Não encontra tempo para ir à Missa, não encontra motivação para viver em comunidade a sua fé.  “Ah, não posso, não tenho tempo, ando muito ocupado. Ou: vivo para o trabalho, quando chego em casa não tenho mais ânimo pra nada. Ou ainda: ah, quem tem família, com filhos pequenos ainda, não tem condições de participar”. Essas desculpas já eram dadas no tempo de Jesus.
E o próprio Mestre ilustrou uma história com as três desculpas que ele ouvia sempre. Alguém preparou uma bela festa e convidou um bocado de gente. Um disse que não podia ir porque tinha comprado uma terra e estava louco pra ver o novo sítio. Outro tinha adquirido cinco juntas de bois para lavrar a terra e ia começar o serviço. Um terceiro tinha se casado e, claro, mandou pedir desculpas, não podia ir à festa. Ninguém foi, que decepção!
O que tinha comprado o campo representa bem os que têm muitos bens e não se lembram de nada mais fora deles. Pode ser uma casa, uma empresa, uma fazenda, um negócio. Se não se tomar cuidado, os bens podem virar donos da gente, serem  nossos senhores. A gente é que tem que ser dono das coisas, não o contrário. Os bens materiais podem se tornar um verdadeiro deus ao qual me sacrifico ou sacrifico os outros. E Jesus disse bem claro que não se pode servir a dois senhores, a Deus e aos bens materiais, representados no dinheiro. O apego aos bens materiais leva muita gente a não frequentar a Igreja, a não se lembrar do Deus verdadeiro. Já tem seu próprio deus.
O que ia lavrar a terra com seus novos bois bem pode representar os que não acham tempo para Deus por causa do trabalho. O trabalho parece que é tudo, não dá mais tempo para fazer nada. Uma boa desculpa para não pisar na Igreja. Diz que não dá tempo, que está cansado. Mas a pessoa não vive só para trabalhar. No início da Bíblia, se diz que Deus trabalhou seis dias na criação do mundo e no sétimo, descansou (Gn 1). E o livro do Êxodo comenta: “Seis dias trabalharás, no sétimo descansarás, que é o repouso do teu Deus” (Ex 10).  Parar, celebrar, ir à Igreja é um modo de reconhecer o senhorio de Deus em nossa vida. Não somos escravos. Por isso, paramos, pausamos o trabalho, celebramos a liberdade dos filhos de Deus. Reconhecemos que Deus é o nosso único Deus e Senhor.
Aquele que disse que tinha se casado e por isso não podia ir à festa representa os que têm responsabilidade na família e por isso se consideram impedidos de ir à Igreja. Então, a família tomou o lugar de Deus? E Jesus tinha alertado: “Quem amar seu pai e sua mãe mais do que a mim não é digno de mim. Quem amar seu marido ou sua esposa ou seus filhos mais do que a mim, não é digno de mim”. Se Deus é o mais importante, então uma visita em casa não pode me impedir de ir à Missa. Nem uma festinha em família, ou uma criança pequena. Deus é Deus e merece o melhor de mim, do meu tempo, do meu amor. “Amar a Deus sobre todas as coisas, acima de todas as pessoas”, este é o mandamento.
Não faltam desculpas para quem não quer participar da Igreja. Os bens materiais que me prendem, o trabalho que me toma todo o tempo, a família que precisa de mim. Apesar da resposta negativa de muitos, Deus continua nos chamando para a festa, que é o Reino de Deus. E abrindo suas portas para outros mais desapegados, mais disponíveis, mais fiéis.
Guardando a mensagem
Jesus comparou o Reino de Deus com o banquete que um pai de família preparou e para o qual convidou muita gente. Os primeiros convidados não compareceram. Esses faltosos alegaram razões para sua ausência: a compra de um sítio, o plantio com uma junta de bois, o casamento recente. Essas três desculpas podem representar grande parte das nosssa desculpas para vivermos ausentes da vida da Igreja: o apego aos bens materiais, os compromissos do trabalho, os apelos da vida em família. Mas, nada pode nos afastar de Deus ou nos impedir de participar dos atos religiosos, pelos quais, como Igreja, adoramos o Senhor nosso Deus. A mesa está pronta, nos avisa o Senhor. Não nos esquivemos deste maravilhoso convite. Nada de desculpas.
Na hora do banquete, mandou seu empregado dizer aos convidados: venham, pois tudo está pronto (Lc 14, 16)
Rezando a palavra
Senhor Jesus,
Foram três desculpas pelas quais os primeiros convidados se disseram impedidos de participar do banquete. Um tinha comprado uma terra e queria vê-la; outro ia testar cinco juntas de bois que tinha comprado para arar a terra; e o outro, estava de lua de mel. Gente voltada para seus negócios e para o seu casamento, sem tempo para participar do banquete de Deus. Senhor, não queremos repetir isso em nossas vidas. Não queremos perder esse convite maravilhoso para participar do Reino de Deus. Queremos estar contigo, ao redor da tua mesa, participando de tua alegria. Bendito seja o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.
Vivendo a palavra
Pense um pouco... Peça a ajuda do Santo Espírito de Deus. Qual é a sua desculpa número um para não participar da vida da Igreja? 
Se, perto de você, não houver uma rádio que transmita o nosso programa diário TEMPO DE PAZ, baixe a nossa rádio no seu celular. Na lojinha de aplicativos do androide, procure e baixe Rádio Tempo de Paz. 
Pe. João Carlos Ribeiro – 05 de novembro de 2019

20 comentários:

  1. BOM dia!!! Padre João Carlos Deus abençoe nossa quinta feira o Evangelho de hoje é pra nós sabemos que ninguém deve se apega os bem matérias e devemos ir a missa todos os Domingos a palavra de Deus é muito Importante suas meditação eu gosto muito obrigado pelas as palavras abençoada que Deus abençoe sempre 🙏🙏🙏🙏

    ResponderExcluir
  2. Amém!
    Homilia abençoada e muito válida para refletirmos sobre nossas constantes desculpas.

    ResponderExcluir
  3. Acolhei aquele que é fraco na fé. Com bondade. ( RM) Maria Emilia

    ResponderExcluir
  4. Padre João Carlos,tenha um dia abençoado junto com sua família na paz de Jesus e no amor de Maria,obrigada por mais esta meditação. sua bênção.

    ResponderExcluir
  5. Amém padre João Carlos, bom dia ,obrigada pelas suas palavras.

    ResponderExcluir
  6. Abençoada está reflexão.

    ResponderExcluir
  7. Atualmente não há condições físicas para ir a missa. Anteriormente fui expulsa da igreja por ter levado meu filho pequeno e ele começou a chorar.

    ResponderExcluir
  8. A palavra de hoje me fez refletir sobre minhas desculpas. Só tenho a agradecer pela homilia. Que Nosso Bondoso Deus abençoe sempre nossas vidas. Amém!

    ResponderExcluir
  9. Bem isso o povo tem tempo pra tudo menos pra Deus

    ResponderExcluir
  10. Pe. João Carlos!!! Tenha uma abençoada terça feira s/proteção da Santíssima Trindade, abraços 😇😇😇

    ResponderExcluir
  11. Amém Padre ,q Deus nos abençoe sempre 🙏🙌

    ResponderExcluir
  12. Ação de Graças por sucesso de uma cirurgia. Deus seja Louvado .

    ResponderExcluir
  13. Bom dia Padre João Carlos e que Deus seja louvado hoje e sempre amém.

    ResponderExcluir
  14. Boa tarde Padre João!
    Homilia abençoada 🙏🙏

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde, Padre João Carlos. Desejo que Deus lhe proporcione um dia iluminado com muita saúde e muita paz... É sempre maravilhoso receber a MEDITAÇÃO DA PALAVRA DO SENHOR. A MEDITAÇÃO nos fala que: Deus é Deus e merece o melhor de nós, do nosso tempo, do nosso amor."Amar a Deus sobre todas coisas, acima de todas as pessoas", este é o mandamento. Na homilia, Padre João Carlos fala que não devemos nos apegar às coisas materiais e ir sempre à missa pedir a Deus que fortaleça nossa Fé. Peço perdão a Deus pelas minhas desculpas na hora de frequentar a igreja... DEUS!!! Derrama sobre Padre João Carlos, muitas graças, proteção e infinitas bênçãos para que ele possa continuar firme na FÉ... Ester de Campinas São Paulo

    ResponderExcluir
  16. Deus Todo Poderoso e eterno, eu LHE agradeço pela santa missa. Contudo, me ajude está unido ao meu REDENTOR. Me ajude colocar os meus dons e os meus talentos a serviço da comunidade. Me ajude fazer caridade com simplicidade. Me ajude presidir as celebrações com solicitude. Me ajude praticar as obras de misericórdia com alegria. Me ajude amar com sinceridade. Me ajude evitar o mal e a fazer o bem. Me ajude viver o amor fraterno com todos. Me ajude ser zeloso, diligente, fervoroso de espírito, servindo sempre ao Senhor. Me ajude ser alegre por causa da esperança, forte nas tribulações e perseverante na oração. Me ajude socorrer os necessitados. Me ajude abençoar os que me perseguem. Me ajude alegrar-me com os que se alegram e a chorar com os que choram. Me ajude ser humilde e hospitaleiro. Me ajude participar da melhor forma possível do VOSSO santo banquete. Isso eu LHE peço em nome de Jesus Cristo. Amém.

    ResponderExcluir
  17. Glória a vós senhor senhor tu és o meu maior bem aumenta a minha fé

    ResponderExcluir
  18. Abençoado seja o padre Joãozinho com sua mensagem tão clara do evangelho diário

    ResponderExcluir
  19. Obrigado por tudo que você com este programa maravilhoso amém fica na paz de Deus

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@hotmail.com ou o whatsapp 81 9.9780-8230