20 setembro 2019

AS DISCÍPULAS DE JESUS

Os doze iam com ele; e também algumas mulheres que haviam sido curadas de maus espíritos e doenças (Lc 8, 1-2).
20 de setembro de 2019
A situação da mulher no tempo de Jesus não era das melhores. A gente hoje conhece um pouco mais dos costumes dos povos do Oriente Médio e vê que ainda hoje a mulher viva uma condição de grande submissão e inferioridade.  Na Palestina, a terra de Jesus, se vivia uma estrutura social patriarcal. O homem é que contava. Ele é quem mandava.
O evangelho é uma permanente proclamação de liberdade para os oprimidos, incluídas as mulheres. Ele foi proclamado e vivido por Jesus numa sociedade que discriminava a mulher. Jesus não estava de acordo com aquele jeito de a sociedade menosprezar a mulher e só dar valor ao homem. O evangelho o mostra conversando, no poço de Jacó, com uma mulher estrangeira, de outra religião, a samaritana. Ele hospeda-se na casa de Marta e Maria, suas amigas e discípulas. Algumas mulheres, inclusive, andavam com ele, no seu grupo de discípulos, e o evangelho guarda até o nome de algumas delas. É o que nos conta o evangelho de hoje. Diz o texto: “Jesus andava por cidades e povoados, pregando e anunciando a Boa Nova do Reino de Deus. Os doze iam com ele; e também algumas mulheres que haviam sido curadas de maus espíritos e doenças” (Lc 8, 1-2). E lista alguns nomes: Maria, chamada Madalena, da qual tinham saído sete demônios; Joana, mulher de Cuza, alto funcionário de Herodes; Susana, e várias outras mulheres que ajudavam a Jesus e aos discípulos com os bens que possuíam.
Para a sociedade daquele tempo, a mulher valia pela sua capacidade de gerar e criar filhos. Por isso, alguém elogiou a mãe de Jesus assim: "Feliz o ventre que te carregou e os seios que te amamentaram". Mas, Jesus não via só isso de importante na mulher. E em sua mãe via mais ainda. Por isso ele completou o elogio: "mais felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a põem em prática" (Lc 11). Maria era mais importante ainda porque praticava a Palavra de Deus, porque realizava bem a sua vontade.  
Na verdade, as mulheres são apresentadas no evangelho como as mais fiéis a Jesus. Foram elas que chegaram até o final do caminho, na cruz. Os discípulos homens, quase todos, desapareceram na hora da paixão. Restaram as mulheres, com toda fidelidade. E mais: numa cultura em que o testemunho da mulher não tinha valor, foram elas as primeiras testemunhas da ressurreição de Cristo. 
E nós temos que continuar trabalhando para que a novidade do evangelho que Jesus viveu e anunciou não se perca e acabemos reforçando os preconceitos que ainda persistem discriminando as mulheres. Temos que viver a grande novidade que ele nos legou. Jesus nos libertou para vivermos a igualdade e a fraternidade. Paulo escreveu em Gl 3, 28: "Não há mais diferença entre judeu e grego, entre escravo e homem livre, entre homem e mulher, pois todos vocês são um só em Jesus Cristo".   
Guardando a mensagem 
No evangelho, temos notícia que, além do grupo dos doze, também um grupo de mulheres integrava o grupo de Jesus e andava com ele. A valorização das mulheres é uma nota importante do seu ministério, particularmente sublinhado pelo evangelista Lucas. A discriminação da mulher continua ainda hoje, apesar das conquistas feitas pelas mulheres e também pelos homens. O papel dos cristãos é fermentar a sociedade com o bom fermento do evangelho. E o evangelho, que foi anunciado por Jesus dentro de uma sociedade patriarcal, liberta a mulher de sua condição de inferioridade e também o homem de sua condição de desumanização ao discriminar a mulher.
Os doze iam com ele; e também algumas mulheres que haviam sido curadas de maus espíritos e doenças (Lc 8, 1-2).
Rezando a palavra
Senhor Jesus, 
Homens e mulheres te seguimos, como teus discípulos e discípulas. Do grupo de mulheres mencionado no evangelho de hoje, está dito que tinham sido curadas e libertadas. De fato, nós que te seguimos conhecemos essa realidade. Nós, também, experimentamos a graça de Deus que nos alcançou em nossa pequenez, em nossa condição de pecadores.  Sustenta-nos, Senhor, no caminho de construção da fraternidade e da justiça, vencendo toda discriminação e reconhecendo-nos mutuamente como filhos e filhas de Deus, cidadãos e cidadãs do Reino. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém. 
Vivendo a palavra
Reze, hoje, por sua comunidade, para que ela seja casa onde todos, homens e mulheres, se sintam filhos e filhas amados de Deus, vivendo em fraternidade exemplar. 
Pe. João Carlos Ribeiro – 20 de setembro de 2019.

32 comentários:

  1. Gliria a vós Senhor! !

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Padre sua bença, peço que ore por minha vizinha Kilma que esta muito doente e pela saúde de minha mãe.

    ResponderExcluir
  3. Glória a vós Senhor!!!

    ResponderExcluir
  4. Glória a Deus. Muita saúde para minha família.

    ResponderExcluir
  5. OBRIGADA, Padre Joao Carlos, pelo sempre lindo comentário! Feud o abençoe e ilumine sempre!

    ResponderExcluir
  6. Desculpe meu erro ao digitar:onde se lê Feud,por favor, leiam: DEUS!

    ResponderExcluir
  7. O sentimento e de gratidão!
    Peço encarecidamente que o senhor pudesse por meu nome é de meu filho em oração Lorena e Arthur. Estou no processo de divórcio que se arrasta a três anos e nada .tenho passado por bastante dificuldades e principalmente emociona

    ResponderExcluir
  8. Obrigada meu Deus, por nos defender sempre, e apesar de ainda hoje existem homem que não valorizam suas mulheres, chegando até a tirar suas vidas.

    ResponderExcluir
  9. A sua bênção padre João ,obrigado meu Deus por mais um dia e seja feita a tua vontade amém !

    ResponderExcluir
  10. Padre sua benção,peço oração hoje,pela unificação da igreja,pela união e respeito uns pelos outros,dentro e fora da comunidade,que sejamos seguidores fiéis aos seus ensinamentos. Amém reze também por mim e,minha família.

    ResponderExcluir
  11. Homens e mulheres, um só em um dos em Jesus Cristo. Todos libertados no mesmo amor.

    ResponderExcluir
  12. Padre João Carlos DEUS te abençoe e ilumine muito,a Edsa eu e minha família estamos em oração pelo sr. e sua missão aí no Paraguai,abraços.

    ResponderExcluir
  13. Amém ! Seja feita tua vontade ��������

    ResponderExcluir
  14. Obrigado meu Deus por mais um dia de vida e que seja feito a tua vontade amém

    ResponderExcluir
  15. Maria Livre liberto pra seguir Jesus.

    ResponderExcluir
  16. Amém padre João Carlos

    ResponderExcluir
  17. Ana Maria20/9/19 14:32

    Obrigado Senhor, pelo dia de hoje! Meditar a Palavra de Deus, é muito bom! A cada dia, conhecemos mais e mais.

    ResponderExcluir
  18. lindas mensagens de deus,que possamos ser discípulo de Jesus,caminhar com ele sempre e evangelizar sempre, amém

    ResponderExcluir
  19. Maravilhosas palavras como seria bom se os homens seguissem o exemplo de Jesus valorizando as mulheres.

    ResponderExcluir
  20. Glória a vós senhor Jesus Cristo

    ResponderExcluir

  21. Pai Santo, eu LHE agradeço por ser VOSSO discípulo. Contudo, me ensine amar e obedecer a VOSSA santa palavra. Me ensine ser fiel, a verdadeira doutrina, conforme à piedade. Me ensine fugir do orgulho, da tentação da riqueza, da perdição, da cobiça do dinheiro, das invejas, das coisas perversas, das contendas e dos insultos. Me ensine ter uma mente equilibrada. Me ensine ficar satisfeito com o alimento e o vestuário. Me ensine ser um bom cristão. Me ensine procurar a justiça, a piedade, a fé, o amor, a firmeza, a mansidão, o bom combate e a conquista da vida eterna. Me ensine pregar e anunciar a Boa Nova do VOSSO REINO. Me ensine interceder pelos doentes do corpo e da alma. Me ensine ajudar os necessitados. Isso eu LHE peço pela intercessão de Jesus Cristo, VOSSO querido filho e meu amado REDENTOR. Amém.

    ResponderExcluir
  22. Respostas
    1. Assim seja.Oraçåo inspirada no E. Santo. Eu tomo posse quero td isso p mim. E santificação das famïlia.

      Excluir
  23. Padre João vou ao Paraguay, onde o Senhor está?

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@hotmail.com ou o whatsapp 81 9.9780-8230