08 agosto 2019

CAINDO EM TENTAÇÃO


Vai para longe, Satanás! Tu és para mim uma pedra de tropeço (Mt 16, 23)
 08 de agosto de 2019 – Dia de São Domingos de Gusmão.
 Jesus estava explicando aos discípulos que ele devia ir a Jerusalém e sofrer muito. Notou isso? “Sofrer muito”. Seria rejeitado pelos líderes do seu povo que o entregariam à morte, mas ressuscitaria ao terceiro dia. Essa era uma passagem difícil do caminho de Jesus: a rejeição e a morte. E ele não queria fugir desse momento. Estava resolvido a enfrentar esse sofrimento, com a doação de sua vida e com total confiança no Pai.
Se dependesse de Pedro, a história de Jesus teria sido outra. Ele dispensaria o capítulo da paixão e da morte. Jesus realizaria toda a sua missão sem sofrimento, sem precisar passar pelo vexame da cruz. O que Pedro queria é o que nós queremos. Não queremos assumir os sofrimentos, as provações que vêm junto com nossa opção por Jesus Cristo e por seu evangelho. Seguir Jesus, tudo bem. Sofrer como ele, não. Triunfo, sim; cruz, não. Na primeira crise, o casamento deságua em divórcio. Numa avaliação mais rigorosa de um professor, abandona-se a faculdade. No meio de uma crise existencial, o reverendo abandona o ministério.  Basta uma cara feia do coordenador de minha pastoral que eu desisto, não estou aqui para sofrer. Fugimos de qualquer sofrimento.
Pedro chamou Jesus à parte e o repreendeu. “Não diga uma coisa dessas. Tire esse negócio de se dar mal em Jerusalém da cabeça. Deus não vai permitir uma desgraça dessa. Isso não vai lhe acontecer”. A reação de Jesus espantou os discípulos: “Vade retro, satanas! Sai daqui, afaste-se! Você não está pensando segundo o que Deus quer, mas segundo a vontade do homem”. Foi um choque para Pedro e para os seus colegas. Um pouco antes, Pedro tinha sido elogiado porque tinha reconhecido que Jesus era o Messias, o filho do Deus vivo. E agora, Jesus o estava tratando como satanás, o tentador.  É isso mesmo! Quem aconselha a desistir ou a não enfrentar as dificuldades, com medo do sofrimento, está agindo como o tentador, o diabo. Quem proclama que Jesus é o Messias e nega-se a subir com ele ao calvário está caindo na tentação.
 Todo o evangelho é um convite a nos tornarmos seguidores de Jesus. Seguidor é o que pega a mesma estrada de Jesus, quem faz o seu caminho.  No caminho de Jesus tem a cruz, a rejeição do seu povo, a traição dos amigos, a inveja dos chefes, a violência dos dominadores. Discípulo é quem o segue. E quem o segue, por causa de sua fé, por causa do Reino que Jesus pregou, vai passar também por alguma dificuldade, por algum sofrimento por causa de sua fé e do seu amor a Cristo. Por isso, Jesus disse: “quem quiser me seguir, tome sua cruz e me siga”.
Guardando a mensagem
Ninguém quer sofrer. Todo mundo foge do sofrimento. Vivemos a ‘civilização do analgésico’. O evangelho nos faz um convite: seguir Jesus. Jesus nos alerta sobre o sofrimento que existe no seu caminho. Quem o quiser seguir, precisa renunciar a ser o centro de sua vida, para realizar a vontade de Deus. Claro, a vontade de Deus não é que a gente sofra. E não é de qualquer sofrimento que Jesus está falando. Trata-se do sofrimento que é inerente à nossa escolha, à nossa opção de viver como seguidores de Jesus. Quem o quiser seguir, tem que estar pronto para participar também da travessia difícil do sofrimento que vem por causa da fé e do evangelho que se abraça. São as renúncias a se fazer, o peso da fidelidade e da perseverança nas horas difíceis, a incompreensão, a discriminação, até a perseguição... Seguir com Jesus não é estar com ele só no triunfo, é estar com ele também na paixão.
Vai para longe, Satanás! Tu és para mim uma pedra de tropeço (Mt 16, 23
Rezando a palavra
Senhor Jesus,
O mundo de facilidades que temos hoje, comparando com outros tempos, podem nos tentar a desistir de nossas opções, quando as dificuldades aparecem. Não procuramos sofrimentos, mas pagamos sempre um preço por nossas escolhas. Sermos teus seguidores tem também seu preço. Tu, Senhor Jesus, fizeste a escolha de comunicar a vida de Deus aos pecadores e a realizaste com absoluta fidelidade. A cruz que te impuseram, tu a abraçaste com amor. Deste a tua vida por nós. Ensina-nos a trilhar o teu caminho. Seja  bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.
Vivendo a palavra
Pode ser que hoje apareça uma oportunidade para você aconselhar alguém num momento de dificuldade. Aconselhe a fazer como Jesus, a não desistir dos seus sonhos e dos sonhos de Deus.  

Pe. João Carlos Ribeiro – 08 de agosto de 2019.

30 comentários:

  1. é assim nada vai me separar do amor de Deus porque Deus me ama e Deus é amor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que eu seja sempre um fiel seguidor de Jesus em todos os mimentos🙏

      Excluir
  2. Deus é amor....Deus é tudo de Bom..

    ResponderExcluir
  3. A sua bênção padre João !
    Só tenho a agradecer obrigado senhor Jesus . Amém !!!!

    ResponderExcluir
  4. Eu já tive TDS as provas necessárias p crer ,que somente em Deus ,conseguirei vencer tds td dificuldades ...Obg!! Meus Deus ...!

    ResponderExcluir
  5. Tudo posso naquele que me fortalece

    ResponderExcluir
  6. O Senhor é meu Pastor e nada me faltarárea!

    ResponderExcluir
  7. Anônimo8/8/19 07:47

    Assim acredito e sigo o Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém!

    ResponderExcluir
  8. Amém Bom Dia padre a sua benção!Que Deus mim dê força, saúde e sabedoria pra enfrentar os desafios da vida

    ResponderExcluir
  9. Senhor Jesus ensiname a trilhar o teu caminho.

    Amém amém amém

    ResponderExcluir
  10. Muito obrigado por presenteia Com Esta Reflexão Tão Clara Deus Esteja Sempre Presente Em Nós

    ResponderExcluir

  11. Pai Eterno e Todo Poderoso, eu LHE agradeço por todos os papas da VOSSA igreja. No entanto, me conceda a graça de interceder pelo próximo. Me conceda a graça de adorá-Lo e glorificá-Lo da melhor forma possível. Me conceda a graça de obedecê-Lo com amor. Me conceda a graça de ter mais fé e confiança no meu REDENTOR. Me conceda a graça de procurar o caminho da santidade. Me conceda a graça de ser VOSSO discípulo missionário. Me conceda a graça de viver o meu profetismo batismal. Me conceda a graça de ter o dom da sabedoria e do conhecimento. Me conceda a graça de colaborar com a construção da VOSSA igreja. Me conceda a graça de vencer o sofrimento. Me conceda a graça de fugir do pecado. Me conceda a graça de pensar as coisas de Deus. Isso eu LHE peço pela intercessão de Jesus Cristo, VOSSO querido filho e meu amado SALVADOR. Amém.

    ResponderExcluir
  12. Senhor me ensina. a segui-lo

    ResponderExcluir
  13. Senhor que sejamos perseverantes em nossa caminhada. Pe. João Carlos orai pra nós.

    ResponderExcluir
  14. Gloria seja dado a todo aquele que respeitar o projeto salvifico de Jesus.
    Ele aceitou tudo para grantor a nossa salvacao.

    ResponderExcluir
  15. parabéns. desejo receber todos os dias. Pe. clesio dos santos porto seguro bahia

    ResponderExcluir
  16. Que Deus nos conceda a graça com amor e com coragem seguir os seus passos.
    Amém

    ResponderExcluir
  17. Não é fácil vencer os obstáculos no nosso caminho,eu que o diga,as aprovações são muitas, só com misericórdia de Deus e sua bênção,coseguimos

    ResponderExcluir
  18. Bom dia, Padre João Carlos! Sua bênção!

    É feliz aquele q consegue entender, que carregar a sua cruz no dia à dia, com alegria, lhe tratará a eterna felicidade.
    Obrigada por nós ensinar q sofrer com amor e por amor a Cristo, não leva a morte mais à vida.

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde padre que reflexão maravilha é verdade ninguém quer sofre

    ResponderExcluir
  20. Obrigada senhor por tudo! Amém!!!

    ResponderExcluir
  21. Senhor tende misericórdia de nós e do mundo inteiro abençoe minha familias 🙏

    ResponderExcluir
  22. Deus e bom e maravilhoso o tempo todo temos que ter sempre a fé em Deus e nunca deixar que o inimigo atrapalhe a nossa fé.. amém.

    ResponderExcluir

E você, o que pensa sobre isso?