PADRE JOÃO CARLOS - MEDITAÇÃO DA PALAVRA: Seu "sim" seja SIM.

Seu "sim" seja SIM.


  15 de junho de 2024.  

Sábado da 10ª Semana do Tempo Comum



  Evangelho  


Mt 5,33-37

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:33 "Vós ouvistes o que foi dito aos antigos: 'Não jurarás falso', mas 'cumprirás os teus juramentos feitos ao Senhor'. 34 Eu, porém, vos digo: Não jureis de modo algum: nem pelo céu, porque é o trono de Deus; 35 nem pela terra, porque é o suporte onde apoia os seus pés; nem por Jerusalém, porque é a cidade do Grande Rei. 36 Não jures tão pouco pela tua cabeça, porque tu não podes tornar branco ou preto um só fio de cabelo. 37 Seja o vosso 'sim': 'Sim', e o vosso 'não': 'Não'. Tudo o que for além disso vem do Maligno".


  Meditação. 




"O sim de vocês seja sim. O não de vocês seja não. O mais vem do maligno" (Mt 5,37). Palavras sábias de Jesus. Programa de vida para os seus seguidores. Um sim que seja sim, um não que seja não. É o que ele quer de nós. Como educador, quero refletir com vocês numa aplicação muito clara e prática dessa Palavra do Senhor.

A gente observa hoje na educação dos filhos pequenos que os pais não sabem mais dizer sim ou não. Deixam tudo à escolha das crianças, como se elas tivessem já critérios para fazer opções duradouras. Os pais é que têm que ter critérios para escolhas sérias, responsáveis, duradouras. O perigo é que as crianças cresçam escolhendo sem critérios. Fazendo opções que não sejam opções verdadeiras estão na verdade correndo para o mais fácil, o prazeroso, o que está na moda. Isso não é fazer opção. Isso é cair em tentação.

Pais sem critérios para escolhas deixam os filhos em escolhas sem critérios. Pensemos, por exemplo, na escolha da escola em que a criança vai estudar. É claro que é interessante ouvir a criança a respeito disso, sobretudo no caso de uma mudança de escola. Mas, esperar que a escolha da criança seja a decisão final é abdicar da própria responsabilidade. Pais e mães têm responsabilidade na educação dos filhos, têm obrigação de providenciar o melhor, dentro de suas condições. E o melhor pode não ser o que parece melhor à criança que ainda não tem uma visão global da vida, nem suspeita o que a vida vai lhe cobrar amanhã ou o que cabe no bolso dos pais. Isso vale também para outras escolhas: a alimentação, como vai ocupar o final de semana, onde vai passar as férias, a hora de estudar e de brincar. Vale particularmente para a sua educação religiosa. A criança precisa ser ouvida, mas não está correto que tome decisões importantes, como se já fosse gente grande.

Aliás, muita gente grande sem critérios para escolhas vai sendo conduzida na vida pelos instintos, pelo faro, pela mera busca de prazer. Não pensa, não pesa, não escolhe. Vai no impulso, procura o mais fácil, o que lhe pode trazer mais satisfação momentânea. Por isso, suas escolhas são passageiras, irresponsáveis, interesseiras. É bem possível que essa seja a raiz de muita escolha fracassada. Matricula-se e logo abandona a faculdade. Começa uma academia e não termina o primeiro mês. Casa-se e se separa com a facilidade de quem despreza o brinquedo que perdeu a graça. Vai ver é gente que nunca fez escolhas verdadeiras, não foi preparada para escolhas responsáveis, para opções duradouras.




Guardando a mensagem

Essa palavra de Jesus, hoje, sobre a seriedade do ‘sim’ e do ‘não’ nos faz olhar de maneira especial para a educação das novas gerações, responsabilidade nossa como pais e educadores. É claro que à medida que a criança cresce vai se tornando mais autônoma, mas já sabe seguir certas regras. Já tem aprendido que não pode fazer tudo que der na telha, que há razões para se escolher uma coisa, razões que vão além do que é gostoso, ou do que é prazeroso ou do que está na moda. Lembremos, o adolescente ainda está sob a autoridade dos pais. 
Ouvir, dialogar, levar sua opinião em conta, tudo certo, mas a última palavra ainda é dos genitores em coisas importantes e decisivas. Um jovem respeitoso da autoridade dos seus pais não se improvisa. Ele começa na educação da criança. Sim, sim. Não, não. O mais vem do maligno, já disse Jesus.

Seja o seu sim, sim; e o seu não, não (Mt 5, 37)

Rezando a palavra

Senhor Jesus,
achaste que não se deve jurar de modo nenhum. E por quê? Porque quem fala a verdade, quem anda na verdade, não precisa dar nenhuma garantia do que está dizendo. Dá sua palavra e pronto. Jurar seria, então, como dar um peso de verdade à própria fala. Mas, se já se está falando a verdade, a verdade se impõe. Como disseste: “A verdade vos libertará”. Concede, Senhor, que sejamos pessoas da verdade, sem duas conversas, sem enroladas, sem mentiras. Livra-nos dos mentirosos, dos enganadores, dos falsos. E ajuda-nos a educar as novas gerações para decisões responsáveis e duradouras. Que o nosso sim seja sim. E o nosso não seja não. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.


Vivendo a palavra

Que tal você conversar com outra pessoa sobre o tema desta meditação? Você pode não concordar com tudo que eu disse. Tudo bem. Fale, converse, confronte seu pensamento... isso é importante. Gente que não pensa, não acerta.

Comunicando

Você sabe, estamos estudando o Livro do Profeta Ezequiel toda segunda-feira, à noite, pelo YouTube. É a nossa Segunda Bíblica. Uma sugestão: aproveite este final de semana para ficar em dia com os últimos encontros. Você os encontra facilmente no Canal Padre João Carlos. Você concorda comigo: todos nós precisamos crescer mais no conhecimento da Palavra de Deus. E essa, me parece, é uma boa oportunidade.

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

16 comentários:

  1. AMÉM 🙇 🙏 ASSIM SEJA SENHOR JESUS 😇 💟 GRATIDÃO PELA MEDITAÇÃO DA PALAVRA MARAVILHOSA. BOM DIA PE JOÃO CARLOS. DEUS O ABENÇOE GRANDEMENTE. ATÉ AMANHÃ SE DEUS QUISER ❤ 😊

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pe João Carlos.essa palavra é de muita sabedoria.deus lhe abençoe.

      Excluir
  2. SENHOR JESUS! Novamente lhe peço para aumentar a minha fé. Eu preciso que meu amor por ti chega infinito. Rogo pelo Fabrício e Cida que encontrem o caminho da reconciliação. Pela minha saúde e de meu filho Ivan. Pela minha esposa e meus netos para que sejam iluminados para receber o sim e o não. Abençoe toda a minha família. Padre João Carlos, interceda por mim.

    ResponderExcluir
  3. obrigado padre João Carlos pela palavra de hj

    ResponderExcluir
  4. Amém, PE João ,o ensinamentos das palavras do Senhor é gratidão , pós o nosso criador nos deu essa sabedoria e a dignidade de pessoas de verdade.

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o Evangelho de hoje rico de aprendizado para os casais nos dias de hoje que na gde maioria acham que amar é deixar o filho fazer tudo o que eles querem.

    ResponderExcluir
  6. Muito bom o evangelho e muito bom a meditação da palavra eu que você padre reza pela minha família e pela minha vocação de ser freira

    ResponderExcluir
  7. Glória a Vós Senhor!
    O Evangelho de hoje, Jesus nos ensina a não jurar em momento algum, ou seja não podemos jurar nem por nós nem por ninguém, pois como diz o ditado popular "jurar não presta", tendo em vista que não sabemos do nosso próximo segundo, tudo é graça e depende dos desígnios de DEUS, só Ele sabe de todas as coisas, por isso quando nós buscamos cada vez mais a intimidade com a Palavra do Senhor descobrimos mais ainda nossa fragilidade de humanos, sendo assim a exemplo dos Santos, também devemos ser verdadeiros e determinados com nossos sim ou nossos não e confiar sempre na providência Divina e na infinita misericórdia que jamais nos abandonará, independente do tempo que vivemos é assim que deve estar nossas esperanças, num DEUS que nunca falha porque Ele não é homem para mentir, só Ele tem a primazia e a razão de todas os acontecimentos,.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Padre João Carlos por todas as meditações da palavra de Deus que ouço todos os dias. É onde encontro conforto e paz. Jesus lhe abençoe.

    ResponderExcluir
  9. Bom dia a todos e obrigada pela meditação Padre João Carlos. Agradeço a Deus por tudo que nos dá todos os dias. Peço saúde para mim e toda minha família, filhos, netos, genros e nora e todos. Senhor cura meu netinho Bento e protege a todos amém.

    ResponderExcluir
  10. Bom dia a todos e obrigada pela meditação Padre João Carlos. Agradeço a Deus por tudo que nos dá todos os dias. Peço saúde para mim e toda minha família, filhos, netos, genros e nora e todos. Senhor cura meu netinho Bento e protege a todos amém.

    Responder

    ResponderExcluir
  11. Lúcia de Fátima15/6/24 12:22

    Louvado seja Deus por sua santa palavra e pelos seus comentários Padre João! Concordo plenamente com tudo o que o senhor disse! Muitas vezes, amargamente percebemos o quanto a insegurança, o medo, a falta de compromisso pode torna nossas atitudes distantes da verdade que cura, salva e liberta! Só a Palavra de Deus nos educa pra sermos como Jesus Cristo anseia! Verdadeiros Cristãos, seus seguidores!🌹

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde Pe João Carlos, sua benção. Abençoe nosso Jesus Cristo e nos proteja de todo mal. Que sejamos abençoados com saúde, paz, felicidade, paz e fé a mim e a minha família .Amém 🙏🙏🙏

    ResponderExcluir
  13. Boa Tarde Padre João Carlos a sua benção Deus abençoe todos nós gratidão eternamente obrigado por todos os Evangelho que a Patrícia manda pra mim todos os dias e muito bom conhecer a palavra de Deus gratidão eternamente obrigado meu Deus Amem 🙏👏👏👏❤️👨‍👩‍👦‍👦💒🌄

    ResponderExcluir
  14. Boa tarde povo de Deus. Agradeço a Deus por colocar no coração do Pe João Carlos o desejo de nos ensinar sua palavra. Maravilhas tenho vivido nos seus ensinamentos. Que o Espírito Santo o capacidade cada vez mais e nos ajude a viver estes ensinamentos.

    ResponderExcluir
  15. Meu Deus e meu Pai, eu LHE agradeço pela vida da Bem-aventurada Albertina Berkenbrock. No entanto, me ensine seguir o caminho do discipulado, do profetismo e da obediência. Me ensine fugir do pecado. Me ensine falar somente a verdade. Isso eu LHE peço por Cristo por Cristo Nosso Senhor. Amém.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 3224-9284.

Postagem em destaque

Os pequeninos do evangelho.

   17 de julho de 2024    Memória do Bem-aventurado Inácio de Azevedo,  presbítero, e companheiros, mártires    Evangelho.      25Naquele te...

POSTAGENS MAIS VISTAS