PADRE JOÃO CARLOS - MEDITAÇÃO DA PALAVRA: Expulsamos o filho do dono.

Expulsamos o filho do dono.



   01 de março de 2024.   

Sexta-feira da 2ª Semana da Quaresma  


   Evangelho   


Mt 21,33-43.45-46

Naquele tempo, dirigindo-se Jesus aos chefes dos sacerdotes e aos anciãos do povo, disse-lhes: 33“Escutai esta outra parábola: Certo proprietário plantou uma vinha, pôs uma cerca em volta, fez nela um lagar para esmagar as uvas e construiu uma torre de guarda. Depois arrendou-a a vinhateiros, e viajou para o estrangeiro. 34Quando chegou o tempo da colheita, o proprietário mandou seus empregados aos vinhateiros para receber seus frutos.
35Os vinhateiros, porém, agarraram os empregados, espancaram a um, mataram a outro, e ao terceiro apedrejaram. 36O proprietário mandou de novo outros empregados, em maior número do que os primeiros. Mas eles os trataram da mesma forma. 37Finalmente, o proprietário, enviou-lhes o seu filho, pensando: ‘Ao meu filho eles vão respeitar’.
38Os vinhateiros, porém, ao verem o filho, disseram entre si: ‘Este é o herdeiro. Vinde, vamos matá-lo e tomar posse da sua herança!’ 39Então agarraram o filho, jogaram-no para fora da vinha e o mataram. 40Pois bem, quando o dono da vinha voltar, que fará com esses vinhateiros?”
41Os sumos sacerdotes e os anciãos do povo responderam: “Com certeza mandará matar de modo violento esses perversos e arrendará a vinha a outros vinhateiros, que lhe entregarão os frutos no tempo certo”.
42Então Jesus lhes disse: “Vós nunca lestes nas Escrituras: ‘A pedra que os construtores rejeitaram tornou-se a pedra angular; isto foi feito pelo Senhor e é maravilhoso aos nossos olhos?” 43Por isso eu vos digo: o Reino de Deus vos será tirado e será entregue a um povo que produzirá frutos.
45Os sumos sacerdotes e fariseus ouviram as parábolas de Jesus, e compreenderam que estava falando deles. 46Procuraram prendê-lo, mas ficaram com medo das multidões, pois elas consideravam Jesus um profeta.

  Meditação   


Finalmente, o proprietário enviou-lhes o seu filho, pensando: ‘Ao meu filho, eles vão respeitar’ (Mt 21, 37)

Olha só essa história de Jesus.... Um homem plantou uma vinha. Arrendou-a e viajou para longe. No tempo combinado, mandou buscar a renda. Os rendeiros negaram-se violentamente a pagar a renda.

Para entender essa história de Jesus, basta saber quem é a vinha. E quem seriam os agricultores covardes que se apossaram da vinha. Você tem uma ideia sobre quem é a vinha? A vinha, quem é? Vou lhe ajudar. Uma vinha é uma unidade de produção de vinho: a plantação da uva, a colheita e a fabricação do vinho, tudo feito na mesma fazenda. A vinha é uma imagem bíblica do povo de Deus. A vinha é o povo de Deus. No caso, o povo de Israel era a vinha. Foi Deus que plantou aquela vinha e a aparelhou de tudo para produzir um bom vinho. O vinho é uma coisa nobre, é uma representação dos frutos que o povo devia produzir.

Então, quem é a vinha? O povo de Deus. O povo com sua terra, sua organização, seu desenvolvimento. E de quem é a vinha? Claro, de Deus. Foi ele que a plantou e organizou tudo. Ele deixou um grupo de agricultores tomando conta, os rendeiros. E quem seriam esses agricultores? Pense aí... É só prestar bem atenção no começo da leitura, que a gente fica sabendo de quais agricultores Jesus estava falando. Deixe-me ler o comecinho do evangelho de hoje: “Jesus começou a falar aos sumos sacerdotes, mestres da Lei e anciãos, usando parábolas”. Quem são os agricultores que ficaram como rendeiros, tomando conta da vinha? Isso, essa turma aí... os sumos sacerdotes, os mestres da lei, os anciãos... os líderes do povo, os seus governantes. Eles não são donos da vinha. Eles devem dar conta do seu trabalho e dos frutos que a vinha produzir, dar contas ao dono da vinha. E quem é o dono da vinha? Claro, Deus.

Mas, os agricultores da parábola maltrataram os empregados que o dono da vinha mandou para receber a renda. Bateram neles, expulsaram, até mataram alguns. E quando o dono da vinha resolveu enviar o seu filho único, o herdeiro, eles se combinaram para matá-lo. Os empregados enviados foram os profetas. E você já advinha quem foi o filho único que o dono da vinha mandou... quem foi? Claro, o próprio Jesus que está contando a história.




Guardando a mensagem

Por que será que essa palavra está chegando a você hoje? Aí eu já não sei. Mas que ela é uma palavra viva de Deus para você hoje, eu não tenho dúvida. Vou lhe dar uma sugestão. Você poderia pensar na sua vida. A sua vida é uma vinha que Deus plantou e dispôs muitas oportunidades para que ela produza muita coisa boa, um bom vinho. A sua vida é uma vinha. Você é o agricultor (a agricultora) que ficou tomando conta dela. Não vá pensar que a vinha é sua. Não é. Não vá negar a quota que é devida ao dono dela. Nem tratar os emissários dele com violência. E que quota você deve dar ao dono de sua vida? É bom você perguntar ao Espírito Santo de Deus que habita em você desde o batismo. Ele vai lhe dizer alguma coisa. Mas, eu já adianto: você precisa reconhecer claramente que a vinha é de Deus, que o que você consegue não é só fruto do seu suor. Você precisa agradecer mais, obedecer mais, partilhar mais.

Finalmente, o proprietário enviou-lhes o seu filho, pensando: ‘Ao meu filho eles vão respeitar’ (Mt 21, 37)

Rezando a palavra

Senhor Jesus,
nesta tua história de hoje, a parábola dos vinhateiros, disseste que o dono da vinha mandou seu filho único para receber a parte do arrendamento. Sabemos que és tu que vieste. Tu és o filho unigênito que o Pai nos enviou. O que está na parábola foi o que te aconteceu: eles te mataram e jogaram pra fora da vinha. Até hoje, nós tínhamos ficado com raiva daqueles agricultores violentos. Mas, agora está nos ocorrendo que os rendeiros somos nós também. Queremos, hoje, com a tua graça, reconhecer que é o Pai o dono da nossa vida e te acolher como o filho único enviado por ele, o herdeiro, o Senhor. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

Hoje é sexta-feira, dia de abstinência de carne. A sugestão: vamos levar isso a sério. Nada de carne, hoje. Este pequeno sacrifício, durante a quaresma, é para nos unir ainda mais ao filho do dono da vinha, a quem o nosso pecado expulsou e levou à cruz numa sexta-feira. O 17º passo de nossa caminhada quaresmal é levar a sério a abstinência de carne nas sextas-feiras da quaresma. 

Comunicando

Hoje, aqui em Fortaleza, participo, pela manhã, na FM Dom Bosco, de uma entrevista com o arcebispo Dom Gregório Paixão. E à tarde, participo da Caravana Dom Bosco à cidade de Pindoretama. 

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb  

35 comentários:

  1. Anônimo1/3/24 06:25

    Obrigada padre João Carlos por essa meditação Deus te abençoe sempre

    ResponderExcluir
  2. Anônimo1/3/24 06:53

    Deus lhe pague pela explicaçao do evangelho.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo1/3/24 06:55

    Todas manhas leio o evangelho do dia e a explicaçao que o senhor faz. Deus lhe pague.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo1/3/24 06:56

    Não consegui abrir a mensagem. Será meu aparelho

    ResponderExcluir
  5. Anônimo1/3/24 06:58

    Padre Joao Carlos todas manhas leio seus ensinamentos.Deus lhe pague

    ResponderExcluir
  6. Anônimo1/3/24 07:12

    Padre Joao Carlos

    ResponderExcluir
  7. Anônimo1/3/24 07:15

    Padre Joao Carlos.O meu dia se inicia com a sua palavra.Deus te abencoi grandemente'fico mt grata pela dedicacao a todos.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo1/3/24 07:19

    Bom dia padre,sua benção! Estou implorando por oração para cura da minha neta de apenas 11 anos, diagnosticada com depressão grave! Que o dono da vinha possa cura-la!

    ResponderExcluir
  9. Glória a Vós Senhor!
    Nesta parábola dos vinhateiros, Jesus falando naquela época, hoje continua falando aos nossos corações, explica que DEUS mandava e continua mandando muitos profetas e enviados para orientar o povo, mas infelizmente não davam importância e os maltratavam, até enviar o Seu próprio Filho, assim representando Jesus Cristo, a Pedra Angular, mas mesmo assim o povo de cabeça dura não O aceitaram, pois seus corações estavam duros, só pensando na ganância, nas riquezas materiais e em seus interesses, e infelizmente porventura fechados a Graça. Mas mesmo assim também hoje nos afirma, que por mais que enxergamos as coisas erradas neste mundo, situações adversas, quem deve fazer a justiça e até mesmo julgar é só DEUS, porque todos somos pecadores e imperfeitos, não podemos afirmar que se fosse um de nós naquela situação, com a falta do Amor no coração, dominados pelas paixões mundanas, desacreditados, não faríamos igual ou pior a aquele irmão, ou aqueles irmãos ?
    Jesus ainda completa, citando A Pedra Angular, da mesma forma entendemos que por mais ruim que a pessoa seja, se estar arrependido e confessar pedindo perdão de seus erros e pecados, Jesus lhe dá uma vida nova, uma chance de converter seu caminho para produzir frutos bons, frutos novos, trabalhar para aumentar o Reino de DEUS e em tempo conquistar a salvação,.

    ResponderExcluir
  10. Anônimo1/3/24 07:38

    Que maravilhosa é a explicação do Padre João Carlos.

    ResponderExcluir
  11. Anônimo1/3/24 07:38

    Bom dia Padre sua benção. Obrigada pela palavra de Deus. Sua explicação é muito importante pra mim.

    ResponderExcluir
  12. Anônimo1/3/24 07:53

    Bom dia padre João Carlos sua benção obrigado pelas meditação que recebo todos os dias obrigado orem por mim e minha família que Deus abençoe sempre sua vida e dá sua família 🙏 até amanhã se Deus quiser 🙌🙏

    ResponderExcluir
  13. Anônimo1/3/24 07:56

    Bom dia padre João Carlos sua benção obrigado por explicar bem claramente o evangelho para nós 🙏🏽

    ResponderExcluir
  14. Anônimo1/3/24 08:01

    Deus abençoe padre João Carlos pela explicação da palavra de Deus.

    ResponderExcluir
  15. Anônimo1/3/24 08:22

    Bom dua padre, Deus abençoe a mim e meus filhos Lucas e Gabriel e toda minha família, obrigada senhor por tudo e que mês de março seja um mês de muiras graças, amém

    ResponderExcluir
  16. Anônimo1/3/24 08:58

    Entendo bem a bíblia através do Senhor. E é através de você que vive em sintonia com Deus peço sua intercessão junto a Deus para recuperar a saúde de meu filho Ivan. Eu creio em ti meu Deus mas aumentai a minha fé.

    ResponderExcluir
  17. Anônimo1/3/24 08:59

    Bom dia padre João Carlos e a vocês todos, meus caríssimos irmãos na fé. Que a graça de Deus nos ajude a levar a sério este desafio de abstinência em todas às sexta feira.
    Muito obrigado padre João Carlos!

    ResponderExcluir
  18. Anônimo1/3/24 09:55

    Bom dia. Agradeço pelas meditçoes que todos os recebemos. Gostaria de me associar, contribuir com a AMA , mas não sei como fazer. Obrigada

    ResponderExcluir
  19. Anônimo1/3/24 11:28

    Bom dia Padre João Carlos
    a minha mãe se encontra enternada
    Ivone matos Clementino

    ResponderExcluir
  20. Bom dia a todos. Agradeço ao Padre João Carlos pela meditação diária e pelo mês que passou cheio de bençãos. Peço a Deus que abençoe muito o mês de março e q possamos ter uma semana Santa mais abençoada ainda. Senhor cura meu netinho Bento, e protege minha mãe q ontem teve um desmaio. Senhor obrigada por tudo, peço saúde para mim e toda minha família, filhos, netos, genros e nora e todos. Não deixa q nosso país caia na mão de comunistas amém.

    ResponderExcluir
  21. Anônimo1/3/24 12:06

    Palavra do senhor Glória a Deus linda explicação do evangelho de hoje muito boa para quem não entendeu

    ResponderExcluir
  22. Anônimo1/3/24 12:07

    Se vc expulsa o próprio Deus de sua vida já está dizendo tudo

    ResponderExcluir
  23. Anônimo1/3/24 12:29

    Como é maravilhoso ouvir a palavra de Deus Deus é infinitamente bom

    ResponderExcluir
  24. Anônimo1/3/24 13:01

    Boa tarde Pe João Carlos sua bênção Jesus tenha misericórdia desse povo que não conhece a palavra de Deus Perdão Senhor eles não sabem o que faz 🙏🙌

    ResponderExcluir
  25. Anônimo1/3/24 13:03

    Obrigado padre João Carlos pela meditação

    ResponderExcluir
  26. Anônimo1/3/24 13:23

    Amei , vou acompanhar todos os dias, Amém

    ResponderExcluir
  27. Jesus ajude-me a renascer para o Seu amor Incondicional! Renascer para uma vida nova em Deus, sabendo que tenho que devolver , perfeitos, os talentos que ELE me concedeu. Gratidão, sempre!
    Aidael Andrade Bezerra

    ResponderExcluir
  28. Anônimo1/3/24 16:38

    Boa tarde Paulo João Carlos, sua benção, que Deus e Nosso Senhor Jesus Cristo, nos abençoe com saúde e Paz, pela recuperação, minha irmã, minha sobrinha e minha netinha, que Deus mim abençoe sempre e meus familiares. Amém 🙏 🙏🙏🙏🙏

    ResponderExcluir
  29. Anônimo1/3/24 18:00

    Boa tarde padre João peso sua benção pra mim é toda minha família e que abençoe minha filha na avaliação dela com assistente social que é a manhã e a perícia médica vai ser no dia28/03 que Deus abençoe ela

    ResponderExcluir
  30. Deus do universo, eu LHE agradeço pela vida de Santa Inês. Contudo, me ensine seguir o caminho do profetismo, do amor, da evangelização, da fé, da obediência e da paz. Me ensine fugir do ódio, do pecado, da violência e da mentira. Me ensine trabalhar virtuosamente. Me ensine dá bons conselhos. Me ensine produzir bons frutos. Me ensine trabalhar na construção do VOSSO reino. Me ensine ter bons pensamentos. Me ensine construir a minha vida, sobre a pedra angular. Me ensine vencer o sofrimento e o medo. Isso eu LHE peço por Cristo Nosso Senhor. Amém.

    ResponderExcluir
  31. Anônimo1/3/24 22:15

    Como é bom ler o texto e ter uma interpretação tão esclarecedora sobre tal. Deus o abençoe e o capacite cada dia mais. Amém!!!

    ResponderExcluir
  32. Anônimo1/3/24 22:56

    PE JOÃO CARLOS, JÁOUVI MUITA HOMÍLIA SOBRE ESSE EVANG4LHO , PORÉM À SUA FOI À MAIS ESCLARECEDORA!!

    ResponderExcluir
  33. Anônimo4/3/24 07:10

    Bom dia padre ! Sua benção,sou uma pessoa pouco esclarecida , sempre recebo palavra que meu sobrinho Sandro Sousa que mora na reserva são são Lourenço lá ele faz parte das missas ele e a esposa envia todos os dias não vou negar que nem todos os dias eu leio mas hoje essa parábola me esclareceu muito sobre minha vida . Obrigada padre . Deus lhe abençoe sempre 🙏🏽

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 3224-9284.

Postagem em destaque

Vocês também querem ir embora?

20 de abril de 2024 Sábado da 3ª Semana da Páscoa    Evangelho   Jo 6,60-69 Naquele tempo, 60muitos dos discípulos de Jesus, que o escutaram...

POSTAGENS MAIS VISTAS