PADRE JOÃO CARLOS - MEDITAÇÃO DA PALAVRA: AGIR COM MISERICÓRDIA

AGIR COM MISERICÓRDIA

 


1º de março de 2021

EVANGELHO


Lc 6,36-38

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 36“Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso. 37Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai, e sereis perdoados. 38Dai e vos será dado. Uma boa medida, calcada, sacudida, transbordante será colocada no vosso colo; porque com a mesma medida com que medirdes os outros, vós também sereis medidos”.

MEDITAÇÃO


Sejam misericordiosos como também o Pai de vocês é misericordioso (Lc 6, 36)

Começamos a segunda semana da Quaresma. Toda a Quaresma é um programa de crescimento cristão, que poderíamos resumir no apelo à conversão cultivada pela oração, pela penitência e pela caridade. E este já é o 12º dia de nossa caminhada. Em foco, hoje, a caridade: como tratar quem errou.

Não julgar, não condenar, perdoar, doar. Quatro ações onde exprimimos nossa comunhão com Deus no confronto com quem errou. Nós somos seus filhos. Imitando-o, exprimimos nossa condição de filhos. Jesus nos disse: Sejam perfeitos como o Pai de vocês é perfeito. Sejam misericordiosos como também o Pai de vocês é misericordioso.

Ele é misericordioso. É mais pai do que juiz. Não é só imparcial e reto. Está escrito no salmo: “Se levares em conta nossas faltas, Senhor, quem poderá subsistir? Mas, em ti, encontra-se o perdão” (Salmo 129). Nosso Pai é, sobretudo, misericordioso, não nos trata segundo nossas faltas.

Mesmo sendo nós, os responsáveis pela morte de Jesus na cruz, o Pai não nos condenou. Antes, pelo sacrifício oferecido pelo seu filho, abriu a porta da reconciliação e da restauração aos pecadores. Pela cruz, ofereceu o perdão.

Doar, emprestar, partilhar... são atitudes que copiam o modo como Deus, generosamente, cuida de nós, e, em sua providência, nos alimenta, nos veste e sustenta. O convite é para sermos misericordiosos como o nosso Pai, por isso: não julgar, não condenar, perdoar e doar com generosidade.

Uma atitude muito comum de nossa parte em relação a quem errou, quando não é o juízo e a condenação sumária, é a indiferença. Pela indiferença, nos isentamos de sofrer com o outro, de ser solidários com a dor alheia. Ser misericordioso é interessar-se pela vítima e também pelo faltoso. Não se trata de acobertar o seu erro, mas de encontrar caminhos para que ele se recupere, se emende, se converta.

Acrescenta ainda o Senhor, que seremos tratados como tratarmos o nosso semelhante, em sua necessidade e em sua fragilidade. Não julgando, não seremos julgados. Não condenando, não seremos condenados. Perdoando, seremos perdoados. Doando, receberemos ainda mais. Com a mesma medida com que medirmos os outros, seremos também medidos. É exatamente isso que cantamos na Oração de São Francisco: Ó Mestre, fazei que eu procure mais consolar que ser consolado. Compreender que ser compreendido. Amar que ser amado. Pois é dando que se recebe. É perdoando que se é perdoado. E é morrendo que se vive para a vida eterna.

Guardando a mensagem

Imitamos a Deus no amor aos irmãos, particularmente pelos mais frágeis e sofredores. Esse amor se manifesta particularmente no confronto com os que erram. Nessa condição, o amor e o respeito pelos que cometeram erros se mostram em não julgá-los, nem condená-los. Ao contrário, oferecemos-lhe o perdão. Não somos juízes do nosso irmão. Isso não quer dizer que estejamos de acordo com o seu erro. Quer dizer que não nos arvoramos em juízes dele, pois também somos fracos e pecadores. Longe de cultivar ódio ou indiferença, oferecemos-lhe uma nova chance. Isso não o isenta de ser penalizado na forma da lei pelos seus atos, quando seu comportamento entra em conflito com a norma. Mas, não o abandonamos no seu erro, mas oferecemos-lhe o caminho da regeneração, do perdão. Assim, imitamos o modo misericordioso com que Deus nos trata, procurando ser misericordiosos como ele.

Sejam misericordiosos como também o Pai de vocês é misericordioso (Lc 6, 36)

Acolhendo a Mensagem

Senhor Jesus,
O teu apelo à misericórdia, ao tratamento fraterno com os adversários, ao perdão às ofensas está chegando num momento em que estamos no meio de uma interminável polarização política. Estamos vivendo esse clima nas famílias, nos ambientes de trabalho, nas redes sociais. Tuas palavras nos ajudam a perceber que estamos num caminho que pode provocar fraturas muitos graves entre nós, sem nenhuma contribuição para o crescimento da consciência ou do compromisso cidadão. Senhor, ajuda-nos a exercer nossa cidadania, a defender a democracia, a salvaguardar nossos direitos com o coração desarmado, pautando-nos pela misericórdia, distanciando-nos de polarizações inúteis e destrutivas. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

Faça, hoje, um exame de consciência. Veja se identifica alguma pessoa do seu círculo de amizade ou de sua história de vida que tenha cometido um erro razoavelmente grave. Diante dessa pessoa, o seu comportamento foi misericordioso?

Estamos subindo hoje, o 12o. degrau da Quaresma. O passo de hoje é: Agir com misericórdia.Ter paciência com os outros, discordar sem ofender, não condenar ninguém. 

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

21 comentários:

  1. BOM DIA! padre João Carlos gratidão por todos os dias nos enviar as explicações da palavra de DEUS, uma catequese maravilhosa que o sr. nos trás. fique sempre com nossas preces.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vdd! Uma catequese simples e profunda. 🙏🙏

      Excluir
  2. Boa noite!!
    Louvado seja Deus por nos oportunizar refletir sobre a palavra de Deus todos os dias,obrigada Pe. João, por tão grande ensinamentos...Jesus os abençoe ricamente!

    ResponderExcluir
  3. À sua bênção Padre João Carlos. Muito lindo o evangelho de hoje. E bem explicado pela sua sabedoria. Que o Nosdo Senhor Jesus Cristo, me ajude a ser mansa e humilde como ele. Jesus nanso e humilde de ❤, fazei o nosso ❤ semelhante ao vosso. Amém.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia , Padre, sábias palavras que nós alerta e nos acorda para realidade , viver e ouvi a palavra do senhor com amor .

    ResponderExcluir
  5. Bom dia padre.
    Sua benção.
    Agradeço pelo ensinamento, por eu poder refletir sobre o evangelho. Sábias palavras. Deus nos abençoe infinitamente.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia a todos!Compaixão sempre e principalmente nesse momento da pandemia em que tantas pessoas estão sofrendo.Obrigada padre por ser mensageiro dos ensinamentos de Jesus.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia padre sua benção, que o senhor me encine amar mais compreende mais o próximo perdoa mais amolecer mais meu coração obg por mais um dia de oportunidade 🙏🙌

    ResponderExcluir
  8. Bom dia padre sua benção, que o senhor me encine amar mais compreende mais o próximo perdoa mais amolecer mais meu coração obg por mais um dia de oportunidade 🙏🙌

    ResponderExcluir
  9. Bom dia e um abençoado mês de março a todos nós

    ResponderExcluir
  10. Anônimo1/3/21 08:31

    Hoje, 13° dia da Quaresma.

    ResponderExcluir
  11. Bendito seja seu Santo nome agora e para sempre AMÉM!!!

    ResponderExcluir
  12. Anônimo1/3/21 08:54

    Bom dia Padre João Carlos.Amor e muita paz na sua vida hoje e sempre .

    O coração convertido alcança a misericórdia de Deus . Sejam misericordiosos como também o Pai de vocês é misericordioso ( Lc 6, 36 )
    Devemos agir com misericórdia. Não julgar, não condenar, perdoar, doar. Tenhamos paciência com os irmãos sofredores e marginalizados que nos cercam , não condenar ninguém.
    Que seja abençoada a semana de Padre João Carlos e todos da AMA. Fiquem com Deus.
    Ester de Campinas São Paulo.

    ResponderExcluir
  13. Meu Deus meu pai eu t peço abençoe a fala de minha filha ,pelos cem teto,doentes triste é abatido,desempregado Andersom Mariane Janine ,desanimado endividado ,misericórdia senhor eu creio em t pai todo poderoso médico dos médicos cura liberta salva toda minha família amigos e o mundo inteiro...

    ResponderExcluir
  14. Autenticada do amor sem jugo é a plenitude que elevadas almas evoluídas aos olhos do evangelho,sendo do mundo dá misericórdia será o veículo essêncial que exime as falhas humanas mediante as barreiras que são instrumento que insola ao invés de aproximar, cada um usando do acolhimento ao invés do jugo o projeto de Deus vai realizar o mundo urge tais atitudes.

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde Padre João Carlos, suas bênçãos e obrigado Sempre. Estaremos em Oração para o Amor no Perdão e na Misericórdia e que Jesus nos ilumine com seu Amor e sua misericórdia para a Cura das faltas cometidas por nós e também para nós. Salve Maria 🙏

    ResponderExcluir
  16. Peço ao Senhor Jesus que tenha misericordia de todos nós para que. Sejamos obedientes e possamos crescer , conseguir tudo que desejarmos nas nossas vidas atraves dos ensinamentos e fortalecimentos daquele que fez com que os seus filhos cresçam na tuas palavras para o bem da sua vida e progressos em sua vitoria perante aqueles que se unam como irmãos.

    ResponderExcluir
  17. Ó Deus, eu LHE agradeço por todos os profetas. Contudo, me ajude amá-Lo santamente. Me ajude cumprir os VOSSOS mandamentos e a VOSSA lei. Me ajude fugir do pecado, da injustiça e da impiedade. Me ajude servi-Lo com amor. Me ajude ser fiel e justo. Me ajude com o VOSSO perdão e a VOSSA misericórdia. Me ajude ouvi-Lo atentamente. Me ajude ser VOSSO discípulo missionário. Me ajude ser misericordioso e caridoso. Me ajude não julgar e não condenar. Me ajude perdoar com sinceridade. Me ajude tratar dos outros da melhor forma possível. Isso eu LHE peço pela intercessão de Jesus Cristo, VOSSO querido filho e meu amado REDENTOR. Amém.

    ResponderExcluir
  18. Boa tarde padre João Carlos a sua benção obrigada pela palavra que homilia tocante

    ResponderExcluir
  19. Boa noite padre João Carlos sua bênção obrigado por tudo que nós Encina e maravilhoso essas mensagens de todos os dias são José e o divino espírito santo lhe ilumine sempre amém 🙏🙏 paz e bem

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 3224-9284.

Postagem em destaque

Venham a mim.

   18 de julho de 2024.   Quinta-feira da 15ª Semana do Tempo Comum    Evangelho.    Mt 11,28-30 Naquele tempo, tomou Jesus a palavra e diss...

POSTAGENS MAIS VISTAS