PE. JOÃO CARLOS - BLOG DA MEDITAÇÃO: O SÁBADO FOI FEITO PARA O HOMEM

O SÁBADO FOI FEITO PARA O HOMEM


19 de janeiro de 2021

EVANGELHO


Mc 2,23-28

23Jesus estava passando por uns campos de trigo, em dia de sábado. Seus discípulos começaram a arrancar espigas, enquanto caminhavam. 24Então os fariseus disseram a Jesus: “Olha! Por que eles fazem em dia de sábado o que não é permitido?”
25Jesus lhes disse: “Por acaso, nunca lestes o que Davi e seus companheiros fizeram quando passaram necessidade e tiveram fome? 26Como ele entrou na casa de Deus, no tempo em que Abiatar era sumo sacerdote, comeu os pães oferecidos a Deus, e os deu também aos seus companheiros? No entanto, só aos sacerdotes é permitido comer esses pães”.
27E acrescentou: “O sábado foi feito para o homem, e não o homem para o sábado. 28Portanto, o Filho do Homem é senhor também do sábado”.

MEDITAÇÃO


O sábado foi feito para o homem e não o homem para o sábado (Mc 2, 27)


Na semana passada, dedicamos dois programas, no rádio, a uma conversa sobre o desemprego. Ouvimos relatos dolorosos. Gente desempregada há bastante tempo, gente perdendo a esperança, gente passando necessidade. Diante dessa situação, as pessoas se viram como podem, com a ajuda de parentes, a caridade de desconhecidos e muito espírito de iniciativa. Uma grande maioria sobrevive no mercado informal, sai vendendo alguma coisa de porta em porta ou batalha algum trocado como camelô pelas ruas. Quando não pode mais pagar aluguel, fica pela rua mesmo ou ocupa algum imóvel fechado ou constrói um barraco na beira de um canal. No aperto, empurra o filho adolescente para vender alguma coisa no semáforo ou farol de uma avenida ou ser flanelinha em algum lugar. É, o desemprego é um drama pra todo mundo, mas para a família pobre é uma verdadeira tragédia.

Diante da lei, essa família está cometendo graves irregularidades. No comércio informal, não recolhe impostos e atrapalha a atividade dos comerciantes estabelecidos. A fiscalização da Prefeitura e os lojistas estão de olho no camelô. Na moradia, é um invasor de propriedade privada. Mais cedo ou mais tarde a justiça, a polícia e a prefeitura vão chegar lá, nem sempre com bons modos. No cruzamento ou nas ruas, a sociedade olha com desconfiança o flanelinha e já o julga um trombadinha, um marginal, quem sabe, um traficante. No aperto da família pobre, a lei e a sociedade os condenam. 

Os fariseus estavam de olho nos discípulos de Jesus. Essa turminha era vista com reserva e desconfiança. Eles não jejuavam como os discípulos piedosos de outros mestres. Não se mantinham separados, evitando contato com gente reconhecidamente pecadora. Não guardavam o sábado, com o respeito e a seriedade que ele merecia. Afinal, mal cumpridores da Lei. No texto de hoje, os fariseus vão tomar satisfação com Jesus. “Num dia de sábado, em que não se pode trabalhar por respeito à Lei de Deus, os teus discípulos vem pelo caminho, arrancando espigas de trigo para comer”. Por que eles fazem uma coisa dessas num dia de sábado, violando a lei?

Jesus foi claro. Eles estavam com fome. A necessidade da pessoa humana interpela a norma, a regra, a lei. A lei foi feita para o homem. Não o homem para a lei. Aí Jesus lembrou um episódio do Antigo Testamento. Davi e seus guerreiros, com fome, chegaram ao Santuário e comeram os pães exclusivos dos sacerdotes. Na necessidade, agiram acima da lei. O sábado foi feito para o homem, não o homem para o sábado.

Guardando a mensagem

O camelô não é um fora da lei. O ocupante não é invasor mal intencionado. O flanelinha não é um marginal. A lei é que precisa se adaptar à sua realidade, à sua fome, à necessidade premente de sobrevivência. Aliás, a situação de desemprego e abandono social não foi criada pelos marginalizados. A lei deve estar aí para assegurar oportunidades para todos. O pobre não merece cadeia porque está “arrancando espigas em dia de sábado”. Merece emprego, moradia digna, escola integral para os seus filhos.

O sábado foi feito para o homem e não o homem para o sábado (Mc 2, 27)

Rezando a palavra

Senhor Jesus,
Disseste aos fariseus que o “o filho do homem é senhor também do sábado”. Falavas de ti mesmo; e do sábado, que era uma lei civil e religiosa, ao mesmo tempo. És o senhor também do sábado. Teu evangelho nos liberta de uma interpretação da lei que desconheça a necessidade do outro. Estás nos ensinando que a situação de carência e sofrimento deve ser a primeira inspiração da lei. As leis, as normas, as regras, nós as estabelecemos para garantir a justiça, o direito, a segurança, a boa convivência. Elas estão a serviço do homem. Podem ser revistas e modificadas, se se tornarem instrumento de opressão ou quando não respeitarem as pessoas em suas reais condições. Obrigado, Senhor, por dares à pessoa humana o primeiro lugar, por nos ensinares a viver com respeito e liberdade. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

Quem sabe, hoje, você não veja na rua ou no noticiário alguma situação em que a pessoa humana necessite ser respeitada, acima de qualquer regra estabelecida!

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

19 comentários:

  1. Amém Padre João! Bom dia!🌹Como eu preciso aprender de verdade o que significam as santas palavras de Jesus: Misericórdia é o que eu quero! Sabedoria é o que eu peço! Obrigada por suas mensagens de luz, suas meditações, que me ajudam a não desistir nunca de recomeçar a cada dia!Sua benção!

    ResponderExcluir
  2. Olá padre João Carlos a sua benção que Deus proteja todos nós obrigada pelas palavras

    ResponderExcluir
  3. Amém Padre João Carlos Á sua Bênção ..Salve Maria Sempre existe um Flanelinha atrás do seu Sustento..mais Deus dará, força para eles enfrentar á vida de hoje....Deus Proteja todos Nós..cada um com suas Condições de vida🙏

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Padre João Carlos e muito obrigado pela leitura do Evangelho

    ResponderExcluir
  5. A dignidade humano passa pôr cima de qualquer situação que venha ferir os valores, direitos humanos,midiante há tantas pessoas que costumava jugar com severidade qual seria o valor fundamental em momentos sub humano? Jesus mostrou quê a vida é o bem mais preciso.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia padre João Carlos, por todos os dias meditar a palavra de Deus, a sua benção, todos os dias leio o Evangelho do dia, pra mim é um aprendizado importantíssimo, pois estou cada vez mais sendo grata à Deus. Peço orações para mim e todos da minha família.

    ResponderExcluir
  7. Deus tenha misericórdia de nós e do mundo inteiro desse vírus maldito 🙌

    ResponderExcluir
  8. A sua benção padre João Carlos,que as palavras que evangelho nos ensina a viver com más cuidado, dignidade, respeito,...

    ResponderExcluir
  9. Bom dia família Tempo de Paz,Deus nos abençoe.Sua bênção ,padre João Carlos.

    ResponderExcluir
  10. Obrigada padre João Carlos, por não deixar que percamos a Fé, nos orientando com a palavra de DEUS, todos os dias e nos trazendo esta LUZ DIVINA para iluminar nossos passos com perseverança em CRISTO.

    ResponderExcluir
  11. Bom dia Padre João Carlos. Só Deus tem a solução pra tudo em nossa vida.
    Obrigado, Senhor, por dares á pessoa humana o primeiro lugar, por nos ensinares a viver com respeito e liberdade... Senhor, te peço que fortaleça a minha Fé...
    Bom dia a Padre João Carlos e todos da AMA. Fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
  12. Amém padre João Carlos bom dia obrigada pelas suas palavras tão lindas. que Deus nosso senhor Jesus Cristo nos abençoe e livre nos de todo mal

    ResponderExcluir
  13. Precisamos iluminar a escuridão xom o missão Cristã!
    Torna.nos, Senhor, imagem da Tua misericórdia para com o próximo.

    ResponderExcluir
  14. Bom dia Padre João Carlos e obrigado Sempre. Estaremos em Oração para o Amor na Verdade e que possamos abrir nossos corações e que Ele nos ajude no melhor discernimento em nossas pequenas ações. Salve Maria.🙏

    ResponderExcluir
  15. Bom dia Padre João Carlos e obrigado Sempre. Estaremos em Oração para o Amor na Verdade e que possamos abrir nossos corações e que Ele nos ajude no melhor discernimento em nossas pequenas ações. Salve Maria.🙏

    ResponderExcluir
  16. Ó Deus, que na VOSSA misteriosa providência mandais os VOSSOS ANJOS para guardar-nos, por isso, eu LHE agradeço por todas as bênçãos. Todavia, me ensine fazer caridade. Me ensine servi-Lo com amor, perseverança, compreensão, fé e esperança. Me ensine aproveitar melhor a VOSSA consolação. Me ensine ser VOSSO discípulo missionário. Me ensine defender a vida. Isso eu LHE peço pela intercessão de Jesus Cristo, VOSSO querido filho e meu amado REDENTOR. Amém.

    ResponderExcluir
  17. Tende piedade de todos aqueles que lutam pela sobrevivencia de forma correta, sem tirar daqueles que menos tem . Deus é justo com as pessoas que lutam pela sobrevivencia, por isto devemos respeitar, amar e reconhecer o sacrifício das pessoas que de forma correta trabalham para o sustento da família conforme o ensinamento do Pai. Lutando com liberdade e dignidade.

    ResponderExcluir
  18. Boa noite padre João Carlos que o senhor tenha um final de noite iluminada e abençoada que papai do céu te proteja e nossa senhora auxiliadora envolve o senhor no seu caminho 🙌😇🌟🌟🌹
    Jesus não estabeleceu regras e obediência para ser atendido as pessoas necessitadas.
    Regras as vezes só atrapalhar.
    Só devemos obedecer a Deus.
    👏👍🌹💕

    ResponderExcluir
  19. Boa noite padre João Carlos sua bênção muito obrigado por tudo sua paciensia e carinho que o senhor tem com os fiéis Deus te proteja sempre junto com a sua equipe de trabalho eu uso macula quando saio na rua só por necessidade tenho rezado pelas pessoas que estão sofrendo com essa pademia com fé e gratidãbás vacina chegar se Deus quiser vai ficar tudo bem amém 🙏🙏🙏

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 9.9964-4899.

Postagem em destaque

JESUS É VIDEIRA, NÓS SOMOS OS RAMOS

18 de maio de 2022 Quarta-feira da 5ª Semana da Páscoa EVANGELHO Jo 15,1-8 Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 1“Eu sou a videira ...

POSTAGENS MAIS VISTAS