PADRE JOÃO CARLOS - MEDITAÇÃO DA PALAVRA: A fé que vence o medo.

A fé que vence o medo.


   23 de junho de 2024.   

   12º Domingo do Tempo Comum.   


   Evangelho.  


Mc 4,35-41

35Naquele dia, ao cair da tarde, Jesus disse a seus discípulos: “Vamos para a outra margem!” 36Eles despediram a multidão e levaram Jesus consigo, assim como estava na barca. Havia ainda outras barcas com ele. 37Começou a soprar uma ventania muito forte e as ondas se lançavam dentro da barca, de modo que a barca já começava a se encher. 38Jesus estava na parte de trás, dormindo sobre um travesseiro. Os discípulos o acordaram e disseram: “Mestre, estamos perecendo e tu não te importas?” 39Ele se levantou e ordenou ao vento e ao mar: “Silêncio! Cala-te!” O vento cessou e houve uma grande calmaria. 40Então Jesus perguntou aos discípulos: “Por que sois tão medrosos? Ainda não tendes fé?” 41Eles sentiram um grande medo e diziam uns aos outros: “Quem é este, a quem até o vento e o mar obedecem?”

   Meditação.   


Então Jesus perguntou aos discípulos: “Por que vocês são tão medrosos? Vocês ainda não têm fé?” (Mc 4, 40)

Quem é que não tem problemas na vida? Qual é a vida que não tem sofrimento, crises, desencontros? Pois é, todo mundo tem a sua tempestade. Aliás, muitas tempestades. As coisas vão andando bem, tudo em ordem, de repente, um problema, uma turbulência.

Na história dos discípulos de Jesus, eles estão na barca em pleno mar da Galileia. De repente, vento forte, ondas revoltas, tempestade no mar. E o pessoal ficou com muito medo, porque o barco estava afundando. Era gente experiente no mar, mas a coisa estava ficando feia. Jesus estava dormindo no barco, eles o acordaram pedindo ajuda. Jesus acalmou o vento e o mar. Mas também reclamou que eles tivessem uma fé tão fraca.

Essa história do evangelho pode responder a uma inquietante pergunta: Como é que a gente faz pra vencer uma tempestade? Eles, naquela situação-limite (a tempestade no mar), tiveram uma profunda experiência de Deus. Viram de perto a sua atuação salvadora. Admiraram-se com aquele homem, a quem o vento e o mar obedecem. Em Jesus, eles viram o próprio Deus agindo para salvá-los.

Como é que se faz pra vencer a tempestade? A história dos discípulos dá a resposta em três tempos. Primeiro: Tenha Jesus no seu barco. Tenha Jesus no seu barco. O barco é uma representação de sua vida, de seu casamento, de sua profissão, de sua comunidade. Aliás, no evangelho, a barca de Pedro é a própria Igreja, singrando os mares do mundo. É uma representação da igreja missionária. Se Jesus não estiver no barco, a coisa fica mais difícil ou mesmo sem solução. É preciso que Jesus esteja presente em sua vida, em sua profissão, em sua família. Às vezes, pode até parecer que ele esteja ausente (na história, estava dormindo). Então, tenha Jesus no seu barco.

A segunda pista também está no texto. Os discípulos acordaram Jesus e pediram que os salvasse. A segunda pista é essa: Recorra ao Senhor, pela oração. Deus já sabe de que precisamos, mas precisamos pedir. É uma forma de afirmar nossa dependência dele, nossa confiança. Então, recorra a Jesus, pela oração. Pede quem precisa e confia. É claro que a oração não é só na hora da necessidade, mas também nela. Na tempestade, recorra a Jesus, reze.

A terceira pista é essa: Mantenha uma atitude de fé e de confiança em Deus. Jesus achou que os discípulos, pelo desespero que demonstraram, tinham uma fé ainda fraca. Especialmente nessas horas é preciso ter uma atitude de fé e de confiança em Deus. A fé nos dá serenidade nas horas difíceis, tranquilidade para enfrentar os problemas, sem desespero.





Guardando a mensagem

A cena da tempestade no Mar da Galileia é especialmente uma representação das crises que se abateram na comunidade de Jesus. A primeira grande crise foi, com certeza, a morte dele executado como malfeitor. Talvez seja por isso que nessa cena, ele apareça dormindo na parte de trás da barca. Os discípulos precisam de mais fé, para não deixar que o medo os desoriente e os leve ao desespero. As crises estão sempre presentes em nossa vida. Assim, você pode aprender nessa passagem como enfrentar e vencer uma tempestade. Primeiro: Tenha Jesus no seu barco. Segundo: Recorra ao Senhor, pela oração. Terceiro: Mantenha sempre uma atitude de fé e de confiança em Deus.

Então Jesus perguntou aos discípulos: “Por que vocês são tão medrosos? Vocês ainda não têm fé?” (Mc 4, 40)

Rezando a palavra

Senhor Jesus,
deves ter acordado assustado com aquela gritaria de desespero dos teus discípulos. Tu te levantaste e deste ordem ao mar e ao vento para se acalmarem. Neste teu levantar-se, vemos claramente a imagem de tua ressurreição. Na tua ressurreição, temos a garantia da vitória em nossas lutas e em todas as crises em que vivemos em família, na Igreja ou em sociedade. Aumenta, Senhor, a nossa fé, para enfrentarmos e vencermos contigo todas as tempestades. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

Em sua oração pessoal, repasse com o Senhor alguma crise pela qual você tenha passado.

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb


19 comentários:

  1. Boa tarde a todos e obrigada pela meditação Padre João Carlos. Agradeço a Deus por tudo que nos dá todos os dias e peço saúde para mim e toda minha família, filhos, netos, genros e nora e todos. Senhor cura meu netinho Bento e aumenta a nossa fé amém.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde. Obrigado padre João Carlos pela linda meditação do 12o. Domingo. Ela me ajudou muito na preparação da Celebração da Palavra, da qual serei a Ministra, levando me a meditar também as nossas fraquezas e tempestades na vida. Bendito seja Deus pra sempre.

    ResponderExcluir
  3. Qdo o senhor , estará aqui na praia grande , e qual a data , Louvado ,seja Deus 🙏🙏

    ResponderExcluir
  4. Palavra tão pequena FÉ , mas tão complicada de experimentar, mesmo pedindo constantemente essa graça ao nosso Deus.....mas continuo tentando e pedindo.um feliz dia do Senhor

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Padre João Carlos. Tenho muita gratidão por ter esta meditação todos os dia.. muita glória

    ResponderExcluir
  6. Senhor tenha misericórdia de nós 🙏 abençoe nosso Brasil, cura os enfermos e paz para todos nós. Amém 🙏

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Padre João Carlos senhor meu Deus aumentei a minha fé em nome do Pai filho Espírito Santo Amem 🌷❤️🙏👨‍👩‍👦‍👦💒🌄

    ResponderExcluir
  8. Obrigado Deus por tudo🙏 Obrigado padre por essa liturgia diária 🙏 Maria mãe de Jesus dar para minha um José, como você teve e foi feliz , ajude a minha filha ser também 🙏

    ResponderExcluir
  9. Muito grata Padre João Carlos! Sou Maysa Almeida Costa, de Mossoró/Rn.
    Já lhe acompanho há muitos anos. Tive oportunidade de ouvir e ver o senhor quando veio a nossa cidade para cantar na festa de Santa Luzia.(muitos anos atrás). Hoje só agradecimentos pelo bem que nos faz seus ensinamentos.

    ResponderExcluir
  10. Bom dia padre João Carlos sua benção até amanhã se Deus quiser

    ResponderExcluir
  11. Bom Dia!!! Padre , peço a sua benção e suas orações sobre o nosso Brasil e nossas famílias para que tenhamos Fé e estejamos sempre com JESUS em nosso barco e .

    ResponderExcluir
  12. Glória a Vós Senhor!
    Quantas vezes nas nossas vidas estamos calmos, tudo tranquilo em nossa volta e assim do nada quando estamos indo para outra margem aparece uma simbólica tempestade, como nesta passagem?
    Más, podemos ter a certeza que, em todas as vezes Jesus apareceu e aparecerá na mansidão, na serenidade para acalmar, claro a todos que depositaram sua fé nas mãos de um DEUS Amoroso, assim sabemos que Ele se preocupa conosco e nos protege de todas as formas, não nas mãos de homens comuns, pois é pela nossa fé que confiamos e reconhecemos que Ele o Criador de todas as coisas visíveis e invisíveis, assim esteve, está e sempre estará no comando de tudo, Ele pode acalmar, transformar, porque sabemos que Ele é o Único que tem o controle do tempo, por isso Ele nunca falha, pois Ele não é homem para mentir, nEle podemos confiar, nEle devemos colocar nossa esperança, entendendo que Sua misericórdia é infinita e tudo é possível ao que crê, se for para nosso bem e para nossa salvação, será permitido se realizar, acontecerá, não tardará, basta confiar que Ele tudo fará em favor daqueles que permanecem confiantes, perseverantes e fiéis,.

    ResponderExcluir
  13. Bom dia Pe João Carlos, sua benção. Jesus aumenta nossa fé. Que Deus nos abençoe com saúde, paz e fé a mim a minha família. Amém 🙏🙏🙏🙏🙏🙏

    ResponderExcluir
  14. Bom dia Padre João Carlos que Deus abençoe proteja sempre o senhor amém 🙏

    ResponderExcluir
  15. SENHOR JESUS! EU amo e creio em TI, mas aumentai a minha fé. Perdoa os meus pecados e permaneça junto de mim. Peço pela recuperação de minha saúde e de meu filho Ivan. Pela reconciliação de meu filho e nora. Pelo bem estar de minha esposa e toda a minha família. Pe. João Carlos intercedei por nós.. Amém 🙏

    ResponderExcluir
  16. Bom dia padre Deus
    nós abençoe, obrigada senhor por tudo e mim ajuda a vencer as tempestade com muira fé, amém

    ResponderExcluir
  17. Está semana eu tivi uma Cris de nervo cheguei passar mal de mais

    ResponderExcluir
  18. Bom dia vc padre João Carlos linda suas palavras, seu vc evangelho e de emocionais. Obrigado!

    ResponderExcluir
  19. Deus da esperança, eu LHE agradeço pela vida de São José Cafasso. No entanto, me conceda a graça para vencer o sofrimento, o medo, a tempestade e a arrogância. Me conceda a graça para seguir o caminho do discipulado, do amor, do serviço, do conhecimento, da obediência e da fé. Me conceda a graça para fugir do pecado. Me conceda a graça para viver com a SANTÍSSIMA TRINDADE. Isso eu LHE peço por Cristo Nosso
    Senhor. Amém.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 3224-9284.

Postagem em destaque

Os pequeninos do evangelho.

   17 de julho de 2024    Memória do Bem-aventurado Inácio de Azevedo,  presbítero, e companheiros, mártires    Evangelho.      25Naquele te...

POSTAGENS MAIS VISTAS