PADRE JOÃO CARLOS - MEDITAÇÃO DA PALAVRA: Imitar Jesus: a prova dos nove.

Imitar Jesus: a prova dos nove.



25 de março de 2024

   Segunda-feira da Semana Santa.   

  Evangelho.  


Jo 12,1-11

1Seis dias antes da Páscoa, Jesus foi a Betânia, onde morava Lázaro, que ele havia ressuscitado dos mortos. 2Ali ofereceram a Jesus um jantar; Marta servia e Lázaro era um dos que estavam à mesa com ele. 3Maria, tomando quase meio litro de perfume de nardo puro e muito caro, ungiu os pés de Jesus e enxugou-os com seus cabelos. A casa inteira ficou cheia do perfume do bálsamo.
4Então, falou Judas Iscariotes, um dos seus discípulos, aquele que o havia de entregar: 5“Por que não se vendeu este perfume por trezentas moedas de prata, para dá-las aos pobres?” 6Judas falou assim, não porque se preocupasse com os pobres, mas porque era ladrão; ele tomava conta da bolsa comum e roubava o que se depositava nela.
7Jesus, porém, disse: “Deixa-a; ela fez isto em vista do dia de minha sepultura. 8Pobres, sempre os tereis convosco, enquanto a mim, nem sempre me tereis”.
9Muitos judeus, tendo sabido que Jesus estava em Betânia, foram para lá, não só por causa de Jesus, mas também para verem Lázaro, que Jesus ressuscitara dos mortos. 10Então, os sumos sacerdotes decidiram matar também Lázaro, 11porque, por causa dele, muitos deixavam os judeus e acreditavam em Jesus.

  Meditação.  


A casa inteira ficou cheia do perfume do bálsamo (Jo 12, 3)

Seis dias antes da Páscoa, Jesus hospeda-se na casa de Marta, Maria e Lázaro, seus amigos e discípulos. Prepararam um bom jantar para receber Jesus e o seu grupo. Muita gente curiosa apareceu por lá. É que esse Lázaro era aquele que Jesus tinha ressuscitado. 

Durante o jantar, aconteceu uma coisa muito curiosa. Marta estava servindo. Lázaro estava à mesa com Jesus, com outras pessoas. Aí Maria veio com meio litro de perfume de nardo puro, muito caro e ungiu os pés de Jesus. A casa ficou cheia do perfume de Maria. Judas ficou incomodado. Ele calculou que aquilo estaria custando umas 300 moedas de prata. Fez logo um aparte: era melhor ter vendido aquele perfume para ajudar os pobres. Conversa daquele dissimulado, ele estava de olho no dinheiro que o perfume poderia render.

Maria representa quem aprendeu a amar como Jesus. O perfume é coisa que fala de amor, de carinho. Lavar os pés do visitante era um gesto de serviço, trabalho de criados. O que ela fez foi um gesto de amor, de gratuidade, de serviço. Com certeza, ela empregou um bom dinheiro para comprar aquele perfume e o derramou sem pena nos pés do Mestre. Foi um gesto de gratuidade, de um amor generoso que não faz as contas de quanto está gastando, quanto está empenhando, quanto está colocando de si. Amor gratuito, como o de Jesus que estava para dar a própria vida, sem reserva, sem fazer contas. Dar a própria vida: ninguém tem maior amor.

Judas representa quem não é capaz de amar como Jesus; ou quem não quer acolher o amor de Jesus, assim tão generoso e gratuito como é. Por isso, ele reclama do desperdício de derramar aquele perfume todo ou mesmo o dinheiro que poderia ter sido economizado para ajudar os pobres. Judas não entendeu: não se trata apenas de ajudar os pobres. Trata-se de amar os pobres, sendo solidários com eles com a própria vida. Como Jesus, comprometendo a própria vida, numa atitude de serviço gratuito e generoso.




Guardando a mensagem

Maria ungiu os pés de Jesus com um perfume super caro. Jesus disse que ela fez isso já antecipando o dia do seu sepultamento. É como se já estivesse preparando o corpo do Mestre para a sepultura. Na proximidade da morte de Jesus, temos aqui duas visões, a de Maria e a de Judas. Pelo seu gesto, vê-se que Maria intui que, na morte, Jesus realiza radicalmente a entrega de si mesmo em favor dos outros. Ele é o ungido (é o que quer dizer Messias) para servir e dar a sua vida em favor da humanidade. Pela conversa interesseira de Judas, sua percepção é que Jesus é uma oportunidade para se ganhar dinheiro. Ficou de olho no valor de 300 moedas de prata. Vendeu Jesus, depois, por 30 moedas de prata. Maria mostrou sua compreensão de Jesus como servidor até o fim. Estava pronta para segui-lo até à cruz. Judas mostrou sua compreensão de Jesus como uma oportunidade de um bom negócio. Não tinha mesmo condição de seguir Jesus até à cruz.

A casa inteira ficou cheia do perfume do bálsamo (Jo 12, 3)

Rezando a Palavra

Senhor Jesus,
tua discípula Maria, naquele jantar de Betânia, mostrou que aprendeu contigo, assimilou bem tua vida. O perfume do seu amor e de sua fidelidade encheu a casa toda, encantando a todos. Teu discípulo Judas Iscariotes, naquela mesma mesa, mostrou que não aprendeu as tuas lições, não assimilou teu estilo de vida. Ele revelou o sentimento mesquinho de quem está interessado mesmo é no seu próprio bolso e não está disposto a por-se a serviço dos outros. Ajuda-nos, Senhor, a participar dessa Semana Santa com o desejo sincero de realizar tua palavra e de imitar teu modo de ser filho de Deus e irmão nosso, pela amorosa doação de si mesmo. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a Palavra

Com o Domingo de Ramos, começamos a Semana Santa. Procuremos vivê-la intensamente. Comecemos, inspirados no evangelho de hoje, a examinar em que medida temos assimilado o caminho de Jesus. Maria ofereceu o perfume do seu amor e do seu serviço, com largueza e generosidade. Quanto você tem oferecido a Jesus e ao seu evangelho de si mesmo(a), de suas iniciativas, dos seus recursos, do seu tempo? Pense nisso.

Comunicando

Nesta quarta-feira santa, vamos realizar, com a AMA, a nossa 25ª Via Sacra da Fraternidade, no centro da cidade do Recife. A concentração será no Pátio de São Pedro, começando às sete da manhã. Haverá coleta de alimentos para entidade beneficente: o abrigo São Francisco do Cabo. Depois de percorrermos as 14 estações em ruas do centro da cidade, chegaremos à Basílica da Penha, para o encerramento com a Santa Missa presidida pelo arcebispo metropolitano Dom Paulo Jackson.

Hoje é dia de Segunda Bíblia, nosso terceiro encontro bíblico no Youtube sobre o livro do Profeta Ezequiel. Canal Padre João Carlos, 20:30h. Só está faltando você!

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

19 comentários:

  1. Bom dia Pe João Carlos, sua benção, ajuda nos senhor há viver uma semana santa com amor, saúde, união, solidariedade e fé, para uma vida plena no amor a Jesus. Que Jesus nos abençoe a mim e a minha família, que Deus acompanhe minha sobrinha e marido em sua viagem. Amém

    ResponderExcluir
  2. Senhor, perdoe os meus pecados e me conduza a uma vida de paz e harmonia.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia padre João Carlos sua benção oração para mim mim minha família.obrigado péla às palavras que o senhor manda de de nosso senhor Jesus Cristo amém

    ResponderExcluir
  4. SENHOR JESUS! Eu creio em ti mas aumentai a minha FÉ. Por sua intercessão Padre J.Carlos, peço pela recuperação de meu filho Ivan e a libertação do Brasil do COMUNISMO.

    ResponderExcluir
  5. Ajuda-me Senhor a reencontrar o perfume do meu ministério, sobretudo no local em que estou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo1/4/24 06:04

      Jesus derrame uma nova efusão do teu Espírito santo e salve na sua misericórdia e que seu ministério e vida seja purificado e renovado como a forças das águias

      Excluir
  6. Bom dia Padre Carlos,que o Espírito Santo venha ne conduzir,enche a minha vida minha casa com o seu amor,que eu possa viver intensamente a semana Santa e todos os dias da minha vida com intensidade com o seu amor,que a paz esteja com nosco,amém.

    ResponderExcluir
  7. Amém padre João Carlos! bom dia.obrigada por essa reflexão. que Deus nosso senhor Jesus Cristo nos abençoe e nos livre de todo mal. uma segunda feira santa e abençoada pra todos nós. obrigada meu Deus!

    ResponderExcluir
  8. Glória a Vós Senhor!
    Jesus sabia de tudo que pensava Judas Iscariotes, naquele momento, sentia também a bondade e a pureza do coração de Maria, onde demonstrou tantos carinhos não só com os pés, mas em toda a trajetória de vida do nosso Salvador e Redentor do mundo, por isso ela depois de ter experimentando Jesus, deixou a vida pecaminosa da mulher velha, se tornando a serva, demonstrando puro amor ao Senhor, como a eleita para ser a primeira a contemplar e anunciar que o Senhor ressuscitou, que Ele não estava morto e assim decidida continuou obediente até o fim da vida.
    Da mesma forma Ele conhece nossas vidas, nossos sentimentos, nossas razões, nossas alegrias e tristezas.
    A certeza que temos é que Ele nunca abandona os justos, ressuscitou Lázaro e se necessário for também ressuscita nossa vida, pois Sua misericórdia e Seu Amor são infinitos, Ele anseia nossa salvação pois nos ama sem igual.
    Mas também podemos observar o coração fechado dos sumos sacerdotes em decidirem também matar Lázaro, devido a ele ser uma prova do milagre da vida ressucitada e o povo sabendo que foi por Jesus, muitos estavam deixando o judaísmo para se tornarem cristãos, se pensarmos até hoje continua essa disputa de religião, crenças, Igrejas, carismas, más desde a aquela época até a eternidade sabemos, que um só salvava, salvou e continua salvando, Jesus Cristo,.

    ResponderExcluir
  9. bom dia padre João Carlos para mim e uma maravilha do senhor fazer parte do grupo de whatsapp e muito maravilhoso ouvir a meditação e ler o evangelho todos os dias para mim e o alimento da alma e que nesta semana santa seja uma semana de benção paz pra todos nós

    ResponderExcluir
  10. Bom dia Padre
    Que nessa semana da Páscoa , Jesus conceda as bênçãos para nós

    ResponderExcluir
  11. Bom dia padre , Deus nós abençoe, senhor obrigada oelo dom da vida minha e dis meus filhos Lucas e Gabriel nós livra de todo e.o mal , cuida da minha família, amém

    ResponderExcluir
  12. Glória a vós senhor Jesus descha bem Claro no evangelho que Maria fez certo jesus merece tudo isso muito más ainveja atraí gratidão senhor por tudo que fizeste can nossco minha benção padre João Carlos minha gratidão por tudo que enviaste para nós ficar com Deus boa tarde

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde e obrigada pela meditação Padre João Carlos. Peço saúde para mim e toda minha família filhos, netos, genros e nora e todos. Agradeço por tudo que Deus nos dá todos os dias e hj tenho um pedido especial que é pela união da minha família. Algumas coisas não vão bem por isso Senhor peço que nos ajude para q tudo volte ao normal amém.

    ResponderExcluir
  14. Deus da luz e da vida, eu LHE agradeço pela Solenidade da Anunciação do Senhor. Contudo, me ajude servir com alegria. Me ajude fazer a VOSSA vontade. Me ajude ser fiel ao Espírito Santo. Me ajude seguir o caminho do discipulado, da verdade, da justiça, da evangelização, da ressurreição, da fé, da hospitalidade, da conversão, da caridade, da aliança e da luz. Me ajude abrir os olhos dos cegos, tirar os cativos da prisão, livrar do cárcere os que vivem nas trevas. Me ajude ter uma boa páscoa. Me ajude fugir do pecado. Isso eu LHE peço por Cristo Nosso Senhor. Amém.

    ResponderExcluir
  15. Boa noite e obrigada pela meditação Padre João Carlos. Peço saúde para mim e toda minha família. Agradeço por tudo que Deus nos dá todos os dias e hj tenho um pedido especial que é pela minha mãe. Uma pessoa dificil de lidar, orgulhosa, teimosa, debochada. Que nós tenhamos sabedoria para lidar com ela. Depois da perda de meu pai que era marido dela tudo ficou difícil, uma vez que só ele dominava os pensamentos dela.. Senhor peço que nos ajude para qie as coisas melhorem.amém.

    ResponderExcluir
  16. Obrigado padre João Carlos, Deus abençoe o senhor sempre

    ResponderExcluir
  17. BOM DIA PE. JOÃO CARLOS. AGRADEÇO A DEUS POR TER COLOCADO O SENHOR NO MEU CAMINHO. PQ. O SENHOR NOS ENSINA A LER E ESTUDAR A PALAVRA DE DEUS. A IMPORTÃNCIA DA PALAVRA. ELA NOS ALIMENTA, NOS FORTALECE NOS CURA E NOS LIBERTA .DEVIMOS COMER A PALAVRA COMO DEUS.FÊZ COM O PROFETA EZEQUIEL.

    ResponderExcluir
  18. Senhor, te vendi por tão pouco.
    Misericórdia Senhor

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 3224-9284.

Postagem em destaque

A fé que vence o medo.

   23 de junho de 2024.       12º Domingo do Tempo Comum.       Evangelho.   Mc 4,35-41 35Naquele dia, ao cair da tarde, Jesus disse a seus ...

POSTAGENS MAIS VISTAS