PE. JOÃO CARLOS - BLOG DA MEDITAÇÃO DA PALAVRA: Nossa vida humana, caminho de santidade

Nossa vida humana, caminho de santidade



24 de setembro de 2022

Sábado da 25ª Semana do Tempo Comum


EVANGELHO


Lc 9,43b-45

Naquele tempo, 43b todos estavam admirados com todas as coisas que Jesus fazia. Então Jesus disse a seus discípulos: 44“Prestai bem atenção às palavras que vou dizer: O Filho do Homem vai ser entregue nas mãos dos homens”. 45Mas os discípulos não compreenderam o que Jesus dizia. O sentido lhes ficava escondido, de modo que não podiam entender; e eles tinham medo de fazer perguntas sobre o assunto.

MEDITAÇÃO


O Filho do Homem vai ser entregue nas mãos dos homens (Lc 9, 44).

Todos estavam admirados com todas as coisas que Jesus fazia. Mas, não entendiam o que Jesus dizia. Notaram? Admirados com que ele fazia, mas nem tudo que ele dizia chegavam a compreender. E ele foi claro: “Prestem atenção às palavras que eu vou dizer: o Filho do Homem vai ser entregue nas mãos dos homens”. Aí é que eles não entenderam mesmo. Não pegaram o sentido dessa palavra. E até mesmo tinham medo de fazer perguntas sobre isso.

Pela insistência de Jesus, o que ele está dizendo é muito importante para que ele seja compreendido. “O Filho do Homem vai ser entregue nas mãos dos homens”. Quem é o Filho do homem? Jesus, ele mesmo. E ele gostava de se anunciar assim com essa expressão “o Filho do homem”. Essa expressão ocorre no livro do profeta Daniel. Chamar-se a si mesmo de “Filho do homem”, com certeza, era uma forma de sublinhar a sua encarnação, a sua condição humana.

As pessoas estavam admiradas com aqueles sinais que mostravam sua ligação com Deus, sua participação no poder divino: a multiplicação dos pães no deserto, a tempestade acalmada no lago, a cura do cego de Jericó, a ressurreição de Lázaro... Esses são sinais de grandeza, de poder, reflexos de sua condição divina. Mas, ele assumiu a nossa condição humana. Encarnou-se. Nessa condição, será perseguido, condenado, executado. Agora, é claro, isso não podia passar pela cabeça dos discípulos. Pedro mesmo uma vez falou com Jesus, dando-lhe conselho para que ele não dissesse isso. Deus o livraria de qualquer coisa.

Veja você, isso tem repercussão no modo como compreendemos Jesus. Jesus é Deus, mas de verdade fez-se gente, humano. E quando chegasse a hora da Paixão, ele não iria fugir, evadir-se pela força do seu poder divino. Não nos esqueçamos, ao olhar para Jesus, que ele assumiu de verdade a condição humana, no seio da virgem Maria e em nossa história.

Apliquemos também esta compreensão à nossa vida. Mesmo sendo elevados à condição de filhos de Deus, ainda continuamos humanos, sujeitos às doenças, às contrariedades e à morte. Às vezes queremos escapar de nossa precariedade humana. Há quem até cobre de Deus que o livre de qualquer dor de cabeça, de uma doença perigosa, de uma complicação... mas, não podemos nos esquecer que essa nossa vida humana é o palco de nossa história de amor e fidelidade ao nosso Deus. É aqui, na precariedade de nossa vida, que experimentamos e vivemos nossa condição de filhos de Deus. Um dia, na eternidade, nossa condição de filhos de Deus será plenamente revelada.

Guardando a mensagem

Não podia passar pela cabeça dos discípulos que Jesus passaria por tantos sofrimentos e por uma morte cruel. Jesus os preveniu, repetidas vezes, que ele seria entregue nas mãos dos homens. Mesmo sendo Deus, Jesus fez-se humano de verdade, assumindo também o sofrimento, a traição e a morte como parte do seu caminho. Nós, em nossa condição humana, às vezes somos tentados a não aceitar os sofrimentos e as contrariedades que as nossas limitações humanas nos impõem. A encarnação de Jesus foi de verdade, por opção dele e do Pai. Assim, ele santificou o nosso caminho humano. Com todos os seus limites, nossa vida humana é o nosso caminho de santificação e de realização da vontade de Deus.

O Filho do Homem vai ser entregue nas mãos dos homens (Lc 9, 44).

Rezando a palavra

Senhor Jesus,
que no meio de nossas dificuldades e problemas, de nossa fragilidade diante da doença, do sofrimento, expressemos, com fidelidade, o amor ao Senhor nosso Deus e Pai. Com a tua humanidade, santificaste o nosso caminho humano. Com a tua Paixão, encheste de sentido o percurso de nossos sofrimentos. Abriste um caminho para a vida, passando pela morte. Tu, Senhor, és o caminho, a verdade, a vida. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

Você consegue recordar, ao menos, dois momentos de grande sofrimento em sua vida? E você conseguiu atravessar essas fases difíceis ao lado de Jesus?

Comunicando

Hoje, temos a 5ª Aula do Curso Bíblico sobre o Livro de Josué. Começa às 15 horas, pelo Youtube. Amanhã, participarei da Romaria ao Santuário de N. Sra. Auxiliadora, em Jaboatão, área metropolitana do Recife. O meu show começa às 14 horas, antes da Missa de encerramento.

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

15 comentários:

  1. O sofrimento vicário de Cristo nos ensina que o caminho da Cruz é também o caminho não somente da aceitação de nossas dores, senão que é também o de nossa purificação espiritual... Com efeito, nenhum de nós gostamos do sofrimento mas, através do sofrimento experimentado por Jesus Cristo podemos ressignificar o sentido espiritual de nossas dores, de nossas tribulações... A autorreferência de Cristo deve ser para nós um exercício em nossa caminhada de Fé, como peregrinos na terra!!!!

    ResponderExcluir
  2. Que Jesus Tenha piedade de nós aliviando o nosso sofrimento, nós ajudando a conseguir ultrapassar as nossas dificuldades. Que o nosso final de semana seja muito abençoado.

    ResponderExcluir
  3. Estou muito feliz ao ler este evangelho, obrigado padre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Deus abençoe! Passei sim, momentos difíceis, com a perda do meu filho, uma dor insuportável, só Deus na misericórdia consola meu coração, já está com dez anos e sinto muita falta, ele era maravilhoso! Fiquei com único filho , mas e muito indiferente comigo, muito grosseiro, vive muito bem mas não me dá nenhuma atenção! Mas confio no Senhor!🙏🙏🙏🙏

      Excluir
  4. Amém 🙏 🙏 jesua

    ResponderExcluir
  5. Hoje completando 2 anos e 10 meses que meu filho único voltou para o pai o evangelho de hoje confortou um pouquinho meu coração ...Só gratidão pela maneira que o senhor explica ...🙏💙

    ResponderExcluir
  6. Com jesus ao meu lado e intercessão de nossa senhora eu consigo enfrentar os obstáculos 📿🙏🛐

    ResponderExcluir
  7. Bom dia padre sua benção. Aqui e sua associada leonice Souza de Jaboatão do Guararapes pe padre João eu não feis minha descrição proque não sei meche com muito com internet e estou so mais mão prego a leitura que osenhor mim mandar obrigado por tudo

    ResponderExcluir
  8. Padre João Carlos eu amo as explicações que o senhor da na leitura e uma maravilhoso ouvir a palavras de Deus através do senhor e e muito bom assim eu estou apresentando mais como sua equipe padre João eu estou com pouco tempo na ama mais sinto de casa proque o senhor e uma pessoa maravilhosas obrigado pela atenção e carinho pro mim e hoje eu quero te dizer padre João Carlos o senhor é um benção na minha casa amém amém..leonice ana

    ResponderExcluir
  9. Bom dia Pe.Joao Carlos.
    Fico feliz todas as vezes quando escuto suas meditações sobre o Evangelho.sou católica e amo a palavra de Jesus.
    Deus te abençoe poderosamente hoje e sempre

    ResponderExcluir
  10. Padre João Carlos eu quero dizer que ja alcancei uma grande graças no seu grupo padre tiver muitas atribuições no meu caminho proque estou com vcs desde da pandemia foi muito coisas para tira mimtira do igrejas católica

    ResponderExcluir
  11. José Lúcio de Araújo24/9/22 09:09

    " ... mas, não podemos nos esquecer que essa nossa vida humana é o palco de nossa história de amor e fidelidade ao nosso Deus." Pe. João Carlos

    ResponderExcluir
  12. Deus de Todo Poder, Soberano dos séculos, eu LHE agradeço por mais um sábado que passou. Contudo, me ensine seguir o caminho do bem, do discipulado, da verdadeira alegria e da eternidade. Me ensine ter boas aspirações no meu coração. Me ensine fugir da tristeza, da malícia e da vaidade. Me ensine vencer o sofrimento. Isso eu LHE peço por Cristo Nosso Senhor. Amém.

    ResponderExcluir
  13. A morte o rondava, e Jesus homenageava a vida. Virgem Santa Mãe de Deus, interceda por nós. Sua benção Padre. Amém.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 9.9964-4899.

Postagem em destaque

Os caminhos do Batista continuam nos caminhos de Jesus

03 de fevereiro de 2023 Primeira sexta-feira do mês Dia de São Brás EVANGELHO Mc 6,14-29 Naquele tempo, 14o rei Herodes ouviu falar de Jesus...

POSTAGENS MAIS VISTAS