PADRE JOÃO CARLOS - MEDITAÇÃO DA PALAVRA: COMO TRATAR QUEM ERROU

COMO TRATAR QUEM ERROU




14 de março de 2022

13º dia da Quaresma


EVANGELHO


Lc 6,36-38

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 36“Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso. 37Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai, e sereis perdoados. 38Dai e vos será dado. Uma boa medida, calcada, sacudida, transbordante será colocada no vosso colo; porque com a mesma medida com que medirdes os outros, vós também sereis medidos”.

MEDITAÇÃO


Sejam misericordiosos como também o Pai de vocês é misericordioso (Lc 6, 36)

Começamos a segunda semana da Quaresma. Toda a Quaresma é um programa de crescimento cristão, que poderíamos resumir no apelo à conversão cultivada pela oração, pela penitência e pela caridade. E este já é o 13º dia de nossa caminhada. Em foco, hoje, a caridade: como tratar quem errou.

Não julgar, não condenar, perdoar, doar. Quatro ações onde exprimimos nossa comunhão com Deus no confronto com quem errou. Nós somos seus filhos. Imitando-o, exprimimos nossa condição de filhos. Jesus nos disse: Sejam perfeitos como o Pai de vocês é perfeito. Sejam misericordiosos como também o Pai de vocês é misericordioso.

Ele é misericordioso. É mais pai do que juiz. Não é só imparcial e reto. Está escrito no Salmo: “Se levares em conta nossas faltas, Senhor, quem poderá subsistir? Mas, em ti, encontra-se o perdão” (Salmo 129). Nosso Pai é, sobretudo, misericordioso, não nos trata segundo nossas faltas.

Mesmo sendo nós os responsáveis pela morte de Jesus na cruz, o Pai não nos condenou. Antes, pelo sacrifício oferecido pelo seu filho, abriu a porta da reconciliação e da restauração aos pecadores. Pela cruz, ofereceu o perdão.

Doar, emprestar, partilhar... são atitudes que copiam o modo como Deus, generosamente, cuida de nós, e, em sua providência, nos alimenta, nos veste e sustenta. O convite é para sermos misericordiosos como o nosso Pai, por isso: não julgar, não condenar, perdoar e doar com generosidade.

Uma atitude muito comum de nossa parte em relação a quem errou, quando não é o juízo e a condenação sumária, é a indiferença. Pela indiferença, nos isentamos de sofrer com o outro, de ser solidários com a dor alheia. Ser misericordioso é interessar-se pela vítima e também pelo faltoso. Não se trata de acobertar o seu erro, mas de encontrar caminhos para que ele se recupere, se emende, se converta.

Acrescenta ainda o Senhor que seremos tratados como tratarmos o nosso semelhante, em sua necessidade e em sua fragilidade. Não julgando, não seremos julgados. Não condenando, não seremos condenados. Perdoando, seremos perdoados. Doando, receberemos ainda mais. Com a mesma medida com que medirmos os outros, seremos também medidos. É exatamente isso que cantamos na Oração de São Francisco: "Ó Mestre, fazei que eu procure mais consolar que ser consolado. Compreender que ser compreendido. Amar que ser amado. Pois é dando que se recebe. É perdoando que se é perdoado. E é morrendo que se vive para a vida eterna".


Guardando a mensagem

Imitamos Deus no amor aos irmãos, particularmente pelos mais frágeis e sofredores. Esse amor se manifesta particularmente no confronto com os que erram. Nessa condição, o amor e o respeito pelos que cometeram erros se mostram em não julgá-los, nem condená-los. Ao contrário, oferecemos-lhe o perdão. Não somos juízes do nosso irmão. Isso não quer dizer que estejamos de acordo com o seu erro. Isso quer dizer que não nos arvoramos em juízes dele, pois também somos fracos e pecadores. Longe de cultivar ódio ou indiferença, oferecemos-lhe uma nova chance. Isso não o isenta de ser penalizado na forma da lei pelos seus atos, quando seu comportamento entra em conflito com a norma. Mas, não o abandonamos no seu erro. Oferecemos-lhe o caminho da regeneração, do perdão. Assim, imitamos o modo misericordioso com que Deus nos trata, procurando ser misericordiosos como ele.

Sejam misericordiosos como também o Pai de vocês é misericordioso (Lc 6, 36)

Rezando a palavra

Senhor Jesus, 
o teu apelo à misericórdia, ao tratamento fraterno de quem errou, ao perdão das ofensas é muito oportuno. Vivemos em meio a relacionamentos agressivos, intolerantes, violentos nas palavras e nas atitudes. E aos poucos vamos nos tornando também nós agressivos, intolerantes, violentos, quando deveríamos levar para a sociedade um testemunho de fraternidade, de diálogo, de compromisso com a paz. Este é o testemunho que se espera dos teus seguidores, dos filhos e filhas do Pai da Misericórdia. Senhor, ajuda-nos a enfrentar o dia-a-dia difícil da luta pela sobrevivência e a defesa da justiça e da paz com o coração desarmado, pautando-nos pela misericórdia e distanciando-nos de polarizações inúteis e destrutivas. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

Faça, hoje, um exame de consciência. Veja se identifica alguma pessoa do seu círculo de amizade ou de sua história de vida que tenha cometido um erro razoavelmente grave. Diante dessa pessoa, o seu comportamento foi misericordioso?

Cantando a palavra

Oração de São Francisco

Testemunho
      
Comunicando para integrar

A Associação Missionária Amanhecer, a AMA, atua comigo num amplo leque de evangelização nos meios de comunicação. Para falar conosco, use este whatsapp que estou lhe enviando. É bom salvá-lo em seu celular.

Sejamos misericordiosos uns com os outros, como o nosso Pai é misericordioso conosco. 

Até amanhã, se Deus quiser!

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

14 comentários:

  1. OBRIGADA, MEU DEUS POR ME PERMITIR LER ESSA PALAVRA. ELA DIZ TUDO QUE EU PRECISAVA OUVIR. GRATIDÃO, SENHOR!

    ResponderExcluir
  2. Obg Sr pela sua presença em nossa vida,pelo padre,e pela inteligência dos homens,através do celular,ouvimos sua palavra de qq lugar eu ouço no fretado indo ou vindo pro serviço distante,,,isso tbm é uma benção de Deus

    ResponderExcluir
  3. Obg Sr pela inteligência q destes aos homens para a invenção do celular assim posso ouvir sua palavra do fretado indo ou vindo do serviço distante isso tbm é uma benção

    ResponderExcluir
  4. Padre João Carlos bom dia um ótimo começo de semana abençoada e iluminada que papai do céu te proteja sempre e nossa senhora auxiliadora envolve o senhor no seu caminho 🙏🙋😇🌟🌟🌟🌹
    Jesus Cristo,é uma forma divina e nós forma humana, será que vamos alcançar essa perfeição é desafiador ter todo essa personalidade forma divina.
    Jesus Cristo é o alicerce de nossa esperança, mandado de Deus.
    🙏🙋😍🌹💕
    Um ótimo começo de semana para todos nós abençoado e amor no coração para não machucar nossos irmãos ❤️

    ResponderExcluir
  5. Gratidão. Que palavra abençoada . Era exatamente o que eu precisava, pra abrandar meu coração tão magoado. 🙏🏽

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Padre João Carlos. Deus lhe abençoe sempre e encha seu coração de amor e paz.
    Sejamos misericordiosos uns com os outros, como o nosso Pai é misericordioso connosco. Que a nossa maior certeza seja o amor de Deus na nossa vida e no nosso coração...
    Uma abençoada semana à todos...
    Ester de Campinas São Paulo.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia que Deus nos abençoe a sua bença Padre obrigado por essas mensagens eu Escuto todos os dias que eu recebo a mensagem porque quem manda para mim já é uma outra pessoa da Comunidade São Francisco no grupo da igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro mas eu gosto de escutar suas mensagens que Deus te proteja e guie seus passos com muita saúde paz amor e alegria para o seu passar para os fiéis.
    Que assim seja.
    AMÉM AMÉM AMÉM 🙏

    ResponderExcluir
  8. Bom Dia!Peço perdao e conversao pra me e minha família;Mae,filho, irmãs, cunhados, sobrinhos, parentes e a misericordia de Deus para as almas do meu pai Davi,meus sobrinhos Davi e Francisco, antepassados,entes e amigos.Amem e Gratidão ♥️

    ResponderExcluir
  9. Bom dia Padre João Carlos, sua bênção em minha vida, que Deus misericordioso abranda os corações endurecidos para perdoar, peço conversão pra mim e para todos aqueles que não conseguem perdoar seu irmão, seja misericordioso como Deus é conosco. Uma abençoada semana a todos!

    ResponderExcluir
  10. Padre João Carlos bom dia gosto muito da sua pregação. Me chamo Maria Das graças silva

    ResponderExcluir
  11. Ó Deus criador do universo, eu LHE agradeço pelo dom da vida. Entretanto, me ajude seguir o caminho da oração, da aliança, da justiça, da conversão, da misericórdia da benevolência, do profetismo, do discipulado, do amor e do perdão. Me ajude cumprir os VOSSOS mandamentos e a VOSSA lei. Me ajude evitar o pecado, o julgamento, a condenação, a injustiça, a infidelidade, a impiedade e a rebeldia. Me ajude ouvir os VOSSOS servos. Isso eu LHE peço por Cristo Nosso Senhor. Amém.

    ResponderExcluir
  12. Boa noite padre João Carlos sua bênção obrigado padre Jesus te proteja sempre eu leio todos os dias o evangelho e as reflexões maravilhosa que o senhor enviar peço a jesus misericórdia de mim porque tenho poucos tempo trabalho muito em casa também cuido de uma criança meu neto para a mãe trabalhas eu queria dedicar só para igreja mas não foi possível peço oração pela pessoas que estão sofrendo na guerra paz e bem Nilza Maria de jardim paulista pe

    ResponderExcluir
  13. Bom dia pe,chuvas de bênçãos p/o Sr e tds os irmãos e irmãs,me preparando pra ir trabalhar obg pela msg e meditação de hj,,,

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 3224-9284.

Postagem em destaque

Venham a mim.

   18 de julho de 2024.   Quinta-feira da 15ª Semana do Tempo Comum    Evangelho.    Mt 11,28-30 Naquele tempo, tomou Jesus a palavra e diss...

POSTAGENS MAIS VISTAS