PE. JOÃO CARLOS - MEDITAÇÃO: O SER HUMANO DE PÉ

20211024

O SER HUMANO DE PÉ






25 de outubro de 2021

Dia de Santo Antonio de Santana Galvão

EVANGELHO

Lc 13,10-17

Naquele tempo, 10Jesus estava ensinando numa sinagoga, em dia de sábado. 11Havia aí uma mulher que, fazia dezoito anos, estava com um espírito que a tornava doente. Era encurvada e incapaz de se endireitar. 12Vendo-a, Jesus chamou-a e lhe disse: “Mulher, estás livre da tua doença”. 13Jesus pôs as mãos sobre ela, e imediatamente a mulher se endireitou, e começou a louvar a Deus.
14O chefe da sinagoga ficou furioso, porque Jesus tinha feito uma cura em dia de sábado. E, tomando a palavra, começou a dizer à multidão: “Existem seis dias para trabalhar. Vinde, então, nesses dias para serdes curados, não em dia de sábado”.
15O Senhor lhe respondeu: “Hipócritas! Cada um de vós não solta do curral o boi ou o jumento, para dar-lhe de beber, mesmo que seja dia de sábado? 16Esta filha de Abraão, que Satanás amarrou durante dezoito anos, não deveria ser libertada dessa prisão, em dia de sábado?” 17Esta resposta envergonhou todos os inimigos de Jesus. E a multidão inteira se alegrava com as maravilhas que ele fazia.

MEDITAÇÃO



Jesus colocou as mãos sobre a mulher encurvada, e imediatamente a mulher se endireitou, e começou a louvar a Deus (Lc 13, 13)

Nos filmes de guerra, aparece o general vencedor e seu exército entrando na cidade, num desfile onde se exibe inimigos acorrentados como troféus. Eles desfilam sua humilhação, de cabeça baixa.

Nas partidas de futebol, ao apito final, o time vencedor festeja aos pulos e gritos, partilhando a euforia da torcida. Os jogadores do time perdedor retiram-se, desviando-se no quanto possível da torcida e da imprensa. Escondem-se do constrangimento, de cabeça baixa.

Na vida real, pessoas habituadas a serem tratadas aos gritos, a sempre cumprir ordens sem serem ouvidas, humilhadas pela miséria ou atormentadas pelo sentimento de impotência ou inferioridade se apresentam, em público, de cabeça baixa.

"Cabeça baixa" é um sinal da pessoa vencida, humilhada, perdedora; arqueada pela prepotência, pela impotência; aviltada em sua dignidade de ser humano. Há pessoas que de tanto sofrimento, de tanto olhar para o chão, adoecem fisicamente, contraem doenças na coluna vertebral.

Era um dia de sábado. Jesus estava pregando numa sinagoga. E curou uma mulher encurvada. O chefe da Sinagoga não gostou. Achou que Jesus estava fazendo um trabalho que não devia ser feito no dia de sábado. E falou ao povo: ‘Em dia de sábado, não. São seis dias de trabalho na semana, venham nesses dias’. Mas Jesus insistia em curar no sábado. Por quê? Bom, a Obra da Criação, que teve seu ponto alto na criação do ser humano, foi coroada com o descanso de Deus, no sétimo dia, no sábado. Mas, o homem, obra prima de Deus foi desfigurado pelo pecado. Então, era preciso libertar o homem para que a glória de Deus fosse realmente completa. E ‘a glória de Deus é o homem vivo’, escreveu Santo Irineu, um dos primeiros teólogos da Igreja. O ser humano de pé é glória para Deus, gente de cabeça erguida, não de cabeça baixa, humilhada, desfigurada. Esse sim manifesta a glória de Deus, de quem é a imagem. O sétimo dia, o sábado da Bíblia, é o dia da glória de Deus, da obra de Deus perfeita, restaurada. É o trabalho de Jesus, coroado na ressurreição no primeiro dia da semana.

No texto, está dito que um espírito a fazia doente esse tempo todo. Temos que fazer um desconto: o povo de Jesus achava que toda doença era uma obra de um espírito mal. Mas, de verdade o sofrimento, a humilhação, a violência geram pessoas fisicamente cabisbaixas, encurvadas. O evangelho de hoje está nos ensinando que a obra de Jesus é a restauração da pessoa humana. Ele ‘conserta’ a obra prima de Deus arrebentada pelo pecado (o próprio ou o dos outros). Ele nos liberta de tudo o que tira nossa dignidade de filhos de Deus.

Guardando a mensagem

Num sábado, numa sinagoga, Jesus cura uma mulher encurvada. As lideranças da comunidade consideram que não se pode fazer esse trabalho em dia de sábado. Mas, Jesus aparece sempre curando no sábado. O sábado é o dia de dar glória a Deus. E a glória de Deus é ver seus filhos libertados e felizes. Jesus está restaurando o homem decaído pelo pecado. A obra de Jesus, o seu trabalho, é esse mesmo: conduzir-nos da morte para a vida, nos ressuscitar para vivermos na dignidade de filhos e filhas de Deus. Há muita coisa que oprime as pessoas: a violência doméstica, a falta de oportunidades, o trabalho escravo, a prostituição infantil, o preconceito... Sobre tudo isso, nossa fé em Cristo nos faz vitoriosos. Com ele, trabalhamos para erguer os encurvados.

Jesus colocou as mãos sobre a mulher encurvada, e imediatamente a mulher se endireitou, e começou a louvar a Deus (Lc 13, 13)

Rezando a palavra

Senhor Jesus,
Recordamos-te, hoje, todos os que estão na situação de encurvados, humilhados pelo desemprego, pela miséria, pelo abandono, pela violência. Concede-nos viver, com destemor, a dignidade de filhos e filhas de Deus, em solidariedade com todos os que precisam do nosso apoio, de nossa consciência cidadã, de nossa caridade cristã. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

No meu programa diário, que vai em rede em quase uma centena de rádios, rezo sempre a oração de consagração do dia. Vamos rezá-la?

Eu te adoro, meu Deus, 
e te amo de todo o coração. 
Agradeço-te por me teres criado, 
feito cristão e conservado até hoje. 
Ofereço-te as ações deste dia, 
faz que sejam todas segundo a tua santa vontade, 
para maior glória tua. 
Preserva-me do pecado e de todo o mal. 
Esteja a tua graça sempre comigo 
e com todos os meus caros. 
Assim seja. 
       
Vivendo a palavra

No dia de hoje, tente identificar alguma pessoa “encurvada” no seu convívio e veja em que você pode ajudá-la a não perder a esperança e a não se deixar vencer pelo desânimo.

Pe. João Carlos Ribeiro sdb

12 comentários:

  1. Amém padre João Carlos bom dia obrigada pelas suas palavras tão lindas. que Deus nosso senhor Jesus Cristo nos abençoe e livre nos de todo mal.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Padre João Carlos Que Deus lhe abençoe e lhe dê saúde e paz neste dia.
    O SER HUMANO DE FÉ E ESPERANÇA...
    Peçamos ao Senhor que preencha o nosso coração de misericórdia e de FÉ...
    Desejo à padre João Carlos e toda equipe da AMA uma excelente e abençoada semana com saúde e paz.
    Ester de Campinas São Paulo.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia padre João Carlos,
    Peço sua benção.gosto de homilia . obrigada pôr ter mandado a oração de consagração da manhã vou imprimir pra ser minha oração do meu dia a dia.
    Que Deus abençoe.

    ResponderExcluir
  4. rigidez não é um dom de Deus. A mansidão, sim; a bondade, sim; a benevolência, sim; o perdão, sim. Mas não a rigidez! Por trás da rigidez há sempre algo escondido, em muitos casos uma vida dupla. Oremos ao Senhor, oremos por nossos irmãos e irmãs que acreditam que caminhar na Lei do Senhor é tornar-se rígido. Que o Senhor os faça sentir que Ele é Pai e que a Ele agrada a misericórdia, a ternura, a bondade, a mansidão e a humildade. E que ele nos ensine a todos a caminhar na Lei do Senhor com estas atitudes. (Santa Marta, 24 de outubro de 2016)


    ResponderExcluir
  5. Bom dia Padre, que benção são suas palavras. Jesus o abençoe! Todos os dias ouço a sua palavra! Eu a envio para todos os meus familiares. Todos gostam muito.grande abraço fraterno

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Padre João Carlos, suas bênçãos e obrigado pelas palavras recebidas e cantadas e estaremos em Oração para o Amor na Fé e no Perdão e que Jesus nos ilumine e nos endireite em todas as coisas que façamos. Santo Antônio de Santana Galvão, rogai por nós,. Salve Maria 🙏

    ResponderExcluir
  7. Jesus é maravilhoso endereita os tortos da sociedade inclusive os marginalizados,pois é excelente ser humano destemido aquela mulher que o evangelho trata é as mesmas de hoje que sofrem no silêncio angustiante,mas a misericórdia Divina vêm constantemente manifestando esse socorro para todos,mulher sempre foi pessoa desprezível na sociedade,certo Cristo exemplificou ela pra descrever a fragilidade daquela pessoa que sem voz manifesta seu desejo ao está na presença de Cristo.

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde padre João Carlos que o

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde padre João Carlos que o senhor tenha um ótimo começo de semana abençoado e iluminado que papai do céu te proteja sempre e nossa senhora auxiliadora envolve o senhor no seu caminho 🙏🙋😇🌟🌟🌟🌹
    Jesus faz novas todas as coisas, salvar todos e tudo,nos dá descanso, tirando o pecado do coração e buscar o que estava perdido.
    Poderia ter vindo como um anjo , mais não quis,veio como nós para sentir o que agente sente ele nos restaura e liberta.🙏🙋😍🌹💕

    ResponderExcluir
  10. Deus pai, eu LHE agradeço por todas as curas que foram feitas na vida do VOSSO povo. Entretanto, me conceda a graça de viver segundo o espírito. Me conceda a graça de ser conduzido pelo Espírito Santo. Me conceda a graça de ser um bom filho. Me conceda a graça de sofrer com Jesus. Me conceda a graça de ensinar com sabedoria. Me conceda a graça de louvá-Lo alegremente. Me conceda a graça de fugir da hipocrisia e do pecado. Isso eu LHE peço por Cristo Nosso Senhor. Amém.

    ResponderExcluir
  11. Boa noite padre João Carlos sua bênção obrigado padre por essa palavra tão lindas que Deus lhe proteja sempre amém 🙏🙏 paz e bem Nilza Maria de jardim paulista pe

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 9.9964-4899.