PE. JOÃO CARLOS - MEDITAÇÃO: COMPANHEIROS NA MESMA VIAGEM

20210925

COMPANHEIROS NA MESMA VIAGEM



26 de setembro de 2021

26º Domingo do Tempo Comum

Dia da Bíblia

EVANGELHO 



Mc 9,38-43.45.47-48

Naquele tempo, 38João disse a Jesus: “Mestre, vimos um homem expulsar demônios em teu nome. Mas nós o proibimos, porque ele não nos segue”.
39Jesus disse: “Não o proibais, pois ninguém faz milagres em meu nome para depois falar mal de mim. 40Quem não é contra nós é a nosso favor.
41Em verdade eu vos digo: quem vos der a beber um copo de água, porque sois de Cristo, não ficará sem receber a sua recompensa.
42E, se alguém escandalizar um destes pequeninos que creem, melhor seria que fosse jogado no mar com uma pedra de moinho amarrada ao pescoço.
43Se tua mão te leva a pecar, corta-a! É melhor entrar na Vida sem uma das mãos, do que, tendo as duas, ir para o inferno, para o fogo que nunca se apaga.
45Se teu pé te leva a pecar, corta-o! É melhor entrar na Vida sem um dos pés, do que, tendo os dois, ser jogado no inferno.
47Se teu olho te leva a pecar, arranca-o! É melhor entrar no Reino de Deus com um olho só, do que, tendo os dois, ser jogado no inferno, 48‘onde o verme deles não morre, e o fogo não se apaga’”.

MEDITAÇÃO

Quem não é contra nós é a nosso favor (Mc 9, 40)

Vivemos numa sociedade pluralista: muitas opiniões, muitas visões de mundo, muitas escolhas possíveis. Houve um tempo, no Brasil, em que o pensamento cristão católico era dominante. Todo mundo pensava conforme a tradição da fé católica. Quem pensasse diferente era repreendido e discriminado. Hoje, a coisa já não é mais assim. Sentimos que o pensamento cristão é cada vez mais, na sociedade, um pensamento, ao lado de outros. Sabemos que estamos com a verdade, mas não somos donos da verdade. Há outros que também expressam essa mesma verdade, seja porque são cristãos de outras igrejas, seja porque são pessoas de boa vontade que estão buscando o bem.

Essa nova condição que vivemos hoje nos assusta. Pertencemos a uma instituição bimilenar, que vem guardando fielmente o depósito da fé, desde o tempo dos apóstolos. Mas, agora convivemos com pessoas e instituições que expressam sua fé, suas crenças, independentemente de nós. Algumas dessas crenças parecem próximas das nossas, outras parecem bem diferentes e até opostas às nossas. Não é que tudo agora seja relativo e esteja todo mundo certo. Isso não. Mas, já não somos os únicos, nem podemos negar que outros possam estar próximos da verdade.

Em outros tempos, essas divergências podiam se resolver facilmente pela negação do diferente, por sua proibição ou pela repressão às novas crenças e atitudes. Hoje, se espera que estejamos em condição de agir de forma diferente.

O evangelho de hoje (Marcos 9) vem em nosso auxílio. Os apóstolos encontraram alguém expulsando demônios em nome de Cristo. Mas, esse tal não fazia parte do grupo deles. Então, eles o proibiram. 'Quem já se viu, usando o nome de Cristo, expulsando demônios em seu nome e não pertencer ao nosso grupo!'. Jesus não concordou com essa atitude. Jesus lhes disse: "Quem não é contra nós é a nosso favor"

O que essa cena nos ensina? A missão não estava só no grupo dos discípulos, mesmo eles tendo a presença de Jesus. A missão também estava acontecendo fora do grupo deles. Aquela pessoa não era um inimigo, nem estava usurpando o poder deles. A mão de Deus operava também lá, mesmo fora do grupo deles. A visão de Jesus é surpreendente: "Quem não é contra nós é a nosso favor", isto é, alguém que pode somar conosco.

Guardando a mensagem

Já no Concílio Vaticano II, a Igreja, examinando sua presença no mundo, reconheceu que as sementes do Verbo estão em todas as culturas; e que, mesmo onde não chegaram os nossos missionários, o Espírito Santo já chegou e lá vem atuando para que todos cheguem ao conhecimento da verdade. Mesmo nos reconhecendo portadores do Evangelho do Senhor ao mundo, cabe-nos sempre uma atitude de humildade, de diálogo, de abertura para com quem não pensa como nós ou que não pertence ao nosso grupo. Moisés não se deixou levar pelo ciúme: “Quem nos dera que todo o povo do Senhor profetizasse!”. Jesus nos deixou o exemplo maior: "Quem não é contra nós é a nosso favor". Humildade, diálogo, tolerância, para sermos significativos no Brasil de hoje e contribuirmos na construção de um mundo melhor.

Quem não é contra nós é a nosso favor (Mc 9, 40)

Rezando a palavra

Senhor Jesus,
Queremos aprender contigo: dialogar, não eliminar o adversário; expor a nossa verdade, não impor a nossa verdade; saber conviver com quem pensa diferente, sem deixarmos de ser fiéis aos nossos princípios. Senhor, ajuda-nos, com teu Santo Espírito, a aprender também com os outros e nos sentirmos aliados de quem luta pela vida, pela justiça e pela paz. Ajuda-nos a construir pontes de diálogo e respeito num mundo tentado pela polarização e pela intolerância. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

Este final de semana está marcado pelo Dia da Bíblia e pelo Dia Mundial do Migrante e do Refugiado. Sobre a data, o Papa Francisco divulgou em vídeo a seguinte mensagem: "Somos chamados a sonhar juntos, sem medo de sonhar, a sonhar juntos como uma única humanidade, como companheiros na mesma viagem, como filhos e filhas desta mesma terra que é a nossa Casa Comum, todos irmãs e irmãos".

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

8 comentários:

  1. Amém padre João Carlos bom dia obrigada pelas suas palavras tão lindas. que Deus nosso senhor Jesus Cristo nos abençoe e livre nos de todo mal.um feliz e abençoado domingo do senhor a todos.

    ResponderExcluir
  2. JESUS Cristo também aberto ao novo sem barreras arrasta os que professam ao seu favor sem por dificuldades nos diferentes ramos Cristã,mas hoje perdemos tempo medindo fé entrear em detalhes em que pessoa estão sendo verdadeiros Cristãos não é difícil,pois naquela época Jesus Cristo afirmou então todos comigo,isso basta.

    ResponderExcluir
  3. Padre João Carlos um abençoado domingo e no longo do dia iluminado que papai do céu te proteja sempre e nossa senhora auxiliadora envolve o senhor no seu caminho 🙏😇🌟🌟🌟🌹
    É na religião que nos ajuda a busca,a perfeição semelhante à Deus, não de conflitos com os nossos irmãos dessa jornada terrena.
    Devemos evoluí espiritualmente.
    Não pense que não a briga nas pessoas da mesma religião.
    Praticar diferente, são mais reliosas,outras menos.
    As que prática mais se acha superior,
    as outras são toda errada, não tem um nível evolutivo espiritual,umas brigam
    até com os padres, fala deles e não vai mais a missa.
    Deus não quer adversário, Ele quer reconciliação.
    Esse é o ensinamento para estarmos em paz com todas as pessoas.
    Samos imperfeitos, portanto,mais inclinação para a práticas dos mares e vícios do que á prática das virtudes.
    Deus quer a gente feliz uns com os outros .🙏🙋😍🌹💕
    Um ótimo domingo para todos na paz do senhor 🙌


    ResponderExcluir
  4. Bom dia Padre João Carlos Que Deus esteja sempre presente em sua vida e lhe dê saúde e paz... Que o Espírito Santo de Deus lhe proteja de todo mal .
    Um excelente domingo a todos a graça de Deus em suas vidas.
    Campinas São Paulo.

    ResponderExcluir
  5. Pai Justo, eu LHE agradeço por esse dia nacional da bíblia. Todavia, me ensine ser fiel ao Espírito Santo. Me ensine profetizar com sabedoria. Me ensine evitar o ciúme, o escândalo, o luxo, o pecado e a riqueza com a exploração salarial. Me ensine cuidar do próximo. Me ensine fazer caridade. Isso eu LHE peço por Cristo Nosso Senhor. Amém.

    ResponderExcluir
  6. Boa Noite Padre João Carlos, suas bênçãos e obrigado pelas palavras recebidas e cantadas e estaremos em Oração para o Amor em Jesus na Eucaristia e na Palavra. Salve Maria 🙏

    ResponderExcluir
  7. Boa noite padre João Carlos sua bênção obrigado padre que jesus lhe proteja e ilumine no seu trabalho de evangelização eu estou com muitos problemas mas não deixem de escutar na rádio Recife todos os dias se Deus quiser vai melhorar paz e bem Nilza Maria de jardim paulista pe

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 9.9964-4899.