15 julho 2020

EU TE LOUVO, Ó PAI!


Eu te louvo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos (Mt 11, 25)


15 de julho de 2020.

Jesus usa muito a palavra “pequeninos”. O tempo todo, ele está cercado por gente sem grande expressão social, pobres, doentes, mulheres, crianças, sofredores de todo tipo. Eles são os pequeninos. Quase toda a atividade de Jesus ocorreu na periferia do mundo judaico, na Galiléia, norte do país, terra de agricultores, artesãos, pescadores, moradores de vilas e pequenas cidades. Os evangelhos nem chegam a citar a capital da Galileia, Tiberíades, onde morava o rei Herodes. Em Jerusalém, capital da Judéia, Jesus ia, basicamente, nas grandes romarias.

Os grandes, os importantes, os ricos tinham mais dificuldade de acolher o Reino. Basta lembrar o episódio do encontro com o jovem rico e o comentário que Jesus fez em seguida: “Como é difícil o rico entrar no Reino de Deus”. A Nicodemos, um membro importante do Sinédrio que o procurou à noite, Jesus explicou que ele precisava nascer de novo, renascer do alto. Muitas vezes disse aos discípulos e discípulas que só dava para entrar no Reino de Deus quem fosse como as crianças, isto é, quem se tornasse como os pequeninos ou fosse solidário com eles.

No evangelho de hoje, Jesus está em oração. Ele louva o Pai porque o Reino está sendo revelado aos pequeninos. Igualmente o louva porque, revelando o Reino a uns, o Pai o esconde a outros, os sábios e entendidos. E o que é que está havendo com os sábios e entendidos, isto é, com os estudados, os professores da Lei, os que se sentiam conhecedores da Palavra de Deus? Estes fecharam o coração. Não conseguiram ver em Jesus de Nazaré a revelação do Pai amoroso e fiel que fez aliança com Israel. Encheram o peito de presunção de que já sabiam de tudo. E de inveja, sentindo-se ameaçados pela popularidade de Jesus, por seus ensinamentos e por seus milagres.

Embora Jesus pregasse pra todo mundo, a todos procurasse iniciar no Reino, via-se cercado de gente simples e pobre, pecadores, sofredores. Os grandes também se aproximavam, mas quase sempre para censurar, para tentar coibir a sua palavra, para desafiá-lo... Estes tentavam desmoralizar o seu ministério ou encontrar motivo para denúncias e perseguições. Os grandes fecharam o coração. Os pequenos abriram-se à obra de Deus. É o que Jesus está vendo. E por isso está louvando o Pai.

Guardando a mensagem

Jesus rezou, publicamente, louvando o Pai porque este estava revelando o Reino aos pequeninos. E o estava revelando por meio do Filho. Em Jesus, reconhecemos a bondade e a misericórdia do nosso Deus, atuando em favor do seu povo. Os grandes fecharam o coração. Os grupos de poder rejeitaram Jesus. Os pobres e os pecadores aproximaram-se dele, acolhendo o Reino que ele anunciava. A lógica de Jesus é a lógica do Pai. Ele escolhe os pequenos. A lógica de Jesus deve ser a nossa também. Valorizemos os pequenos. O Reino é deles. No sermão da Montanha ele disse: “Felizes os pobres porque o Reino de Deus é deles”. Tornemo-nos pequenos, sejamos solidários com eles, se quisermos ter parte no Reino.

Eu te louvo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos (Mt 11, 25)

Rezando a palavra

Senhor Jesus,
Na oração que nos ensinaste, pedimos ao Pai: “venha a nós o vosso Reino!” . Tu nos ensinaste a rezar assim para que entendamos que o Reino é, antes de tudo, um dom que nos vem do Pai, não é uma conquista de nossas obras, de nossa inteligência ou de nossa santidade. O Reino vem a nós por pura bondade e graça de Deus, nosso Pai. E és tu, Senhor Jesus, que nos revelas o Pai, que nos comunicas o seu Reino, sua presença amorosa em nossa história. Venha a nós o vosso Reino! Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

Hoje, durante o dia, reze com Jesus, mais de uma vez: “Eu te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste essas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos”.

No início desse mês de julho, nós meditamos sobre essa mesma passagem que ocorreu num domingo. Naquela meditação, eu acentuei a revelação que Jesus faz do Pai ao fazer esta prece. Seria muito interessante você reler ou ouvir de novo essa meditação. Você a encontra no meu blog no dia 05 de julho. Para quem recebe a Meditação pelas redes sociais, vou deixar já o link, para facilitar:  https://bit.ly/Med05julho

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb


11 comentários:

  1. Quando estamos abertos para o conhecimento tudo fica mais fácil como exemplo no evangelho encontramos "os povos simples, considerados leigos sem Instruçõea mas a eles foi compreedido os segredos que Jesus Cristo ensinou", tinham tempo e coração aberto pra aceitar ideias que as libertador.Diante de um cenário político daquela época os detentores da poder não davam crédito ao um pobre e além do mais Galileu, Filho de José o carpinteiro,na cabecinha daquele homem foi depositado ideias que deu uma direção diferente a humanidade,tanta informação que ele escultado durante qs tantas reuniões que parcticipol percebeu que seu povo merece alguém que instrua e ele conhecedor da classe os explicava eles acreditavam e tinham o poder de interpretação quem outro não possuíam.*Ao" pequenos foi revelado",que a força do Espírito Santo continuie sobre NOSSAS VIDAS acolher o novo é missão do Cristão.

    ResponderExcluir
  2. Amém Padre João! Bom dia com as bênçãos do Bom Deus e da Virgem Auxiliadora dos Cristãos 🌹

    ResponderExcluir
  3. José Lúcio15/7/20 08:03

    Sejamos "pequeninos", pois esses carregam a mais sublime das virtudes: a humildade !

    ResponderExcluir
  4. Senhor Jesus eu acredito na ressureição mas, almentai a minha fé.
    Seja bendito o teu Santo nome hoje e sempre amém.

    Bom dia PADRE JOÃO CARLOS.

    ResponderExcluir
  5. Louvado Sejais tú Senhor JESUS 🙏 .
    Bom dia Padre João Carlos

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Padre João Carlos. Que Deus na sua infinita bondade, lhe abençoe, lhe dê um dia de paz e harmonia na sua caminhada missionária...
    "EU te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste essas coisas dos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos". Venha a nós o vosso Reino!
    Bom dia a todos da AMA.
    Ester de Campinas São Paulo.

    ResponderExcluir
  7. Amém padre João Carlos bom dia,obrigada pelas suas palavras tão lindas. Deus lhe abençoe

    ResponderExcluir
  8. Pe. João Carlos suas reflexões são claras e muito importantes para todos. Louvo e agradeço ao Pai pelo seu ministério. Bom dia!

    ResponderExcluir
  9. Bom dia padre João Carlos que o senhor tenha uma ótima quarta feira abençoada e iluminada que nossa senhora do Carmo te proteja e cubra com seu manto sagrado 🙌😇🌟🌟🌹👏
    Venha a nós o vosso reino
    Queremos manter nossos olhos em ti, viver de maneira santa, palavra ações, pensamentos para trazer glória a ti,e trazer honrar ao teu glorioso nome.
    Não importa quais provações que tenham surgido em nossos caminhos.
    Senhor Jesus, tu nos mostraste como suportar,tu continuaste seguindo em frente.
    Senhor Jesus,tu me das força quando preciso ser forte.
    Eu te adoro e desejo dar honrar a ti, preciso salvador.
    Faça tudo com amor,a vida sem amor não tem sentido.
    Simplesmente ame.
    🙌👏🌹💕

    ResponderExcluir
  10. Jesus nossa senhora do Carmo valei nos

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@hotmail.com ou o whatsapp 81 9.9964-4899.