01 novembro 2019

A PROVA DOS NOVE


Se algum de vocês tem um filho ou um boi que caiu num poço, não o tira logo, mesmo em dia de sábado? (Lc 14, 5)
01 de novembro de 2019.
A gente sempre vê o evangelho falando mal dos fariseus. Mas, na cena de hoje, a gente descobre um pouco mais. Era um dia de sábado e Jesus estava numa refeição na casa de um dos chefes dos fariseus. Olha que surpresa. Um líder fariseu convidou Jesus para ir comer na casa dele. Um gesto bonito! E Jesus aceitou. Está lá comendo com eles: mestres da lei e fariseus. E você sabe que comer juntos era uma coisa muito forte na cultura do povo de Jesus! Comer juntos é sinal de comunhão. Lembre que eles não comiam junto com pagãos.
Então, podemos pensar que havia certa aproximação entre Jesus e os fariseus. Ao menos, alguns tinham certa simpatia por Jesus e Jesus os acolhia com muito boa vontade. Essa refeição na casa de um dos chefes dos fariseus está nos dizendo isso.
E você lembra que era um dia de sábado. Esse detalhe de ser num ‘sábado’ deve ser importante, porque essa informação se repete por três vezes nesse pequeno texto. Sábado era uma marca muito forte na religião deles. Os fariseus matavam e morriam pra todo mundo respeitar o sábado. Era o dia do descanso, nada de trabalho. E, você sabe, isso é maravilhoso, porque é uma afirmação da dignidade do trabalhador. O ser humano, como o Senhor Deus, pára para contemplar a sua obra. É senhor do seu trabalho, não é escravo. O sábado era também o dia do culto a Deus. Todo mundo se encontrava na sinagoga, para cantar os salmos e ouvir as Escrituras. Nisso tudo, Jesus, que era um bom judeu, estava também de acordo.
A refeição, talvez fosse um jantar, estava indo bem. Jesus e os fariseus cordialmente à mesa. Maravilha! Honrando o sábado. Tudo certo. Estranhamente, ali na frente de Jesus tem um hidrópico, um doente do barrigão, coitado. Aqui mostra-se a diferença entre Jesus e os religiosos do seu tempo. Está ali um filho de Deus sofrendo, um desgraçado estendendo a mão, pedindo ajuda a Jesus. E aí? Dia de sábado é dia de socorrer o irmão ou não? Foi a pergunta de Jesus. Ficaram calados. E se fosse um filho de vocês que caísse num poço, sendo sábado, vocês iriam ou não socorrê-lo logo? Ficaram confusos. E Jesus curou o hidrópico. Tomou-o pela mão, curou-o e o despediu.
Nós católicos temos muitas diferenças com outras igrejas, outros grupos religiosos e mesmo com pessoas que não têm fé. Mas, podemos e devemos ser amigos, parceiros, convivendo com respeito, diálogo, amizade, não é verdade? O que, de verdade, vai por a prova nossa amizade e nossa comunhão não será a doutrina, que tem, claro, diferenças. Mas a verdadeira prova, como foi para Jesus e os fariseus, é o hidrópico. Diante do colossal sofrimento do irmão marginalizado, explorado, excluído, o nosso sábado nos compromete com ele, ou, em seu nome, lavamos as mãos e nos omitimos. O sábado pode representar nossas práticas religiosas, nossas tradições. Nossa religiosidade (o sábado) nos impulsiona a retirar o filho que caiu no poço ou nos faz omissos diante do irmão que caiu à beira da estrada, como foi o caso do sacerdote e do levita na parábola do bom samaritano?

Guardando a mensagem
Jesus aceitou o convite para uma refeição na casa de um líder fariseu, num dia de sábado. Os fariseus foram gentis ao convidar Jesus. Isso mostra uma certa aproximação desse grupo com o grupo de Jesus. Comer juntos era um gesto de comunhão e amizade. Ia tudo bem, mas eis que apareceu um irmão doente, precisando de ajuda: um hidrópico. Jesus perguntou se o sábado, onde era proibido fazer qualquer trabalho, permitia que se desse socorro a ele. Eles não souberam responder. E Jesus o curou. Pelo ecumenismo com outras igrejas, nos sentamos à mesma mesa de refeição. O que vai marcar a diferença, vai ser a prova dos nove, para eles e para nós, é se o nosso sábado ou seja nossa religiosidade nos faz comprometidos ou omissos diante do sofrimento dos irmãos.
Se algum de vocês tem um filho ou um boi que caiu num poço, não o tira logo, mesmo em dia de sábado? (Lc 14, 5)
Rezando a palavra
Senhor Jesus,
Tu também respeitavas o sábado dos judeus. E, como se tratava do dia de dar glória a Deus, mostravas como a fé se manifesta na louvação a Deus e na restauração dos humilhados. Assim, vivias e ensinavas o amor a Deus e ao próximo. Obrigado, Senhor, por tuas lições de fé e de vida. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.
Vivendo a palavra
Para estimular o entendimento e a prática da palavra, sugiro que você leia em sua Bíblia o evangelho de hoje (Lc 14, 1-6).
Pe. João Carlos Ribeiro – 01 de novembro de 2019.

22 comentários:

  1. Jesus me dê a graça de fazer o bem sem tá preocupada. Com o dia sábado ou não, foi assim que o senhor nos ensinou.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada padre João Carlos por existir em minha vida

    ResponderExcluir
  3. Obrigada por estas mensagens diárias,Deus lhe abençoe muito

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Senhor. A minha gratidão pela vida ,pela minha familia ,esposa ,filho e filhas ,saude ,emprego e pelas bençãos e muito obrigado pela mensagem, que Deus vós abençoe .

    ResponderExcluir
  5. Bom dia!!! Pe. João Carlos, tenha uma abençoada sexta feira com a Santíssima Trindade, abraços 😇😇😇

    ResponderExcluir
  6. BOM DIA! padre João Carlos,obrigada pela meditação,tenha um abençoado fim de semana,na paz do SENHOR. Santa Filomena sempre interceda por todos da AMA. sua bênção.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia!!!Padre João Carlos louvando seja nosso senhor Jesus Cristo que bênção todos os dias recebe o senhor em minha casa com a palavra de Deus com muita bênção Jesus Cristo lhe Ilumine sempre um feliz e um abençoado final de semana Deus abençoe 🙏🙏🙏🙏🙏

    ResponderExcluir
  8. Abençoa minha vida com um emprego! Que Deus olhe por mim nessa graça!🙌🤲

    ResponderExcluir
  9. Glória a vós senhor obrigada pelas palavras do Evangelho

    ResponderExcluir
  10. Só gratidão a Deus, e Nsra, por tudo que representam em minha vida e da minha família.

    ResponderExcluir
  11. Jesus manso e humilde de coração fazei nosso coração semelhante ao vosso! Amém.

    ResponderExcluir
  12. Bom dia à todos, como faço para receber ou baixar diariamente a liturgia diária? Criei uma linha de transmissão e gostaria de enviar junto com a q faço diariamente.

    ResponderExcluir
  13. Bom dia Padre João Carlos. Que este primeiro dia do mês de novembro seja abençoado e repleto de muita saúde e muita paz.obrigado pela MEDITAÇÃO de hoje que nos faz a reflexão da aproximação entre Jesus e os Fariseus...Mas, como pode? O Evangelho falava mau dos Fariseus e Jesus foi comer na casa do chefe deles? Assa foi uma lição para nós, humanidade... Jesus, ensina-me a viver no teu Amor, obrigado por tua lições de Fé e de vida. Minha gratidão eterna por viver de bem com a vida!!! SENHOR, neste mês de novembro, abençoa LITHA Moraes e todo da AMA, para que todos sejam fortes e que ninguém os vença. Que Padre João Carlos seja abençoado e muito feliz. AMÉM. Ester de Campinas São Paulo.

    ResponderExcluir
  14. Obrigado Senhor Jesus por mais um dia de vida e que seja bendito o teu santo nome hoje e sempre amém.

    Bom dia Padre João Carlos

    ResponderExcluir
  15. Somos convidados a sentar à mesa da comunhão com os irmãos.
    O nosso humano ,ás vezes,confunde os nossos projetos á Deus,somos fracos para reconhecer que o Senhor foi um mestre em ensinamentos,passou por várias experiências por Ele almejada,para nos mostrar como enfrentar as coisas do mundo,isso,chama muito a minha atenção,porque Jesus pediu pra gente se espelhar nEle ,mostrou como se vencer batalhas,com a força do bem que existe em nós.
    Não sou muito de lê a Bíblia e,decorar,mas qdo leio ,tento participar ,levar-me pro local onde foi contado e relatado,toda a vida de Jesus.
    Sabe o que é pior?A nossa inclinação,para continuar fazer as coisas que não deveríamos fazer,isso,deixa-me constrangida,porque por mais que tento,sempre me vejo caíndo no julgamento, no murmúrio,na infedilidade com Jesus.
    O caminho é,estreito e, mesmo sendo estreito,ainda, sobra espaço ,para escorregar e,mesmo sendo apertado,ainda, deixo brechas ,para o pecado me contaminar.
    Sou pecadora,sou infiel,mesmo diante de tanta imperfeição, fogo á Deus,o seu olhar de misericórdia.

    ResponderExcluir
  16. Corrigindo:rogo á ....

    ResponderExcluir
  17. Amém!Obrigada padre João Carlos por nos mandar essas mensagens todos os dia ,

    ResponderExcluir
  18. Gratidão Pé João Carlos, muitas bênção de amor e Luz. Deus abençoe sempre

    ResponderExcluir
  19. Ó Deus, fonte de todo bem, eu LHE agradeço por todos os santos da VOSSA igreja. Contudo, me ensine dizer somente a verdade, apoiado no testemunho do Espírito Santo e da minha consciência. Me ensine vencer a tristeza e o sofrimento. Me ensine bendizê-Lo, louvá-Lo e adorá-Lo da melhor forma possível. Me ensine servir os doentes do corpo e da alma. Me ensine colocar a lei a serviço da vida. Isso eu LHE peço pela intercessão de Jesus Cristo, VOSSO querido filho e meu amado REDENTOR. Amém.

    ResponderExcluir
  20. Padre Joao Carlos, gratidão.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@hotmail.com ou o whatsapp 81 9.9780-8230