06 junho 2019

QUE TODOS SEJAM UM

Eu lhes dei a glória que tu me deste, para que eles sejam um, como nós somos um (Jo 17,22)
06 de maio de 2019.
Ao aproximar-se a festa de Pentecostes, quando celebramos a vinda do Santo Espírito, a Igreja nos lê a oração sacerdotal de Jesus, em João capítulo 17. Na última ceia, com os discípulos, Jesus ora por nós. Ontem, ficamos encantados como ele pediu ao Pai que não nos tirasse do mundo, mas nos livrasse do mal. Hoje, ele fez um pedido ainda mais especial: ‘que todos sejamos um’, isto é, que vivamos em perfeita unidade.
O que será essa ‘unidade’ que Jesus está pedindo ao Pai para nós? O que podemos pensar de ‘unidade’, nós um povo marcado por tanta divisão, nós mesmos tão egoístas e interesseiros, com tanta gente desencantada pelo desamor e até pela traição. A gente fala de unidade, mas nem sabe mesmo o que realmente seja, nem acredita que realmente ela possa existir entre nós.
Jesus pediu ao Pai que nós sejamos um, como ele e o Pai são um, isto é,  como eles estão identificados no amor. Olha como ele disse: “para que todos sejam um como tu, Pai, estás em mim e eu em ti, para que eles estejam em nós, a fim de que o mundo creia que tu me enviaste”.
Então, entre Jesus e o Pai existe essa unidade perfeita. A unidade é uma expressão do amor. Jesus, entre nós, manifestou o amor do Pai. Ele nos deu a conhecer quem é o Pai. O Pai amou o mundo e enviou Jesus. O que é de um é do outro. “O que é meu é teu e o que é teu é meu”. No dizer de Jesus, o Pai lhe deu suas palavras e a sua glória.  Jesus ama o Pai e realiza com todo amor a sua vontade. Nada do que Jesus diz ou faz, o faz por sua conta, mas porque o Pai mandou fazer ou dizer. É tanta identificação, que, mesmo sendo duas pessoas, os dois são um, estão em perfeita unidade.
Essa unidade entre o Pai e Jesus é o modelo de unidade que ele está nos apresentando. É assim que devemos viver na comunidade, em unidade, como Jesus e o Pai. O mandamento que ele nos deu foi o amor fraterno - ‘amem-se uns aos outros’ - com um finalzinho muito, muito sério: ‘como eu amei vocês’. E como foi que Jesus nos amou? Dando-se por nós, entregando-se em nosso favor, tomando o nosso lugar na morte. Esse é o amor com que ele nos amou: ‘morrendo por nós’. Então, esse é o amor que devemos aos irmãos: acolher, ser solidário, compreender, perdoar, sacrificar-se pelos outros,... A unidade é uma expressão do nosso amor.
O que Jesus pediu ao Pai, então? Que ele nos ajude a amar; a permanecer nele, nos identificando com ele; a amar os irmãos, como ele nos amou. Jesus nos deu a glória do Pai, que é o seu amor, cuja máxima expressão é o dom do seu Espírito. É o Espírito Santo que nos faz filhos de Deus, que nos forma como discípulos, com os mesmos sentimentos de Jesus. É o Espírito da verdade que nos conduz para a unidade perfeita entre nós e com o Pai e o Filho.
Guardando a mensagem
Jesus pediu para os que crerem nele o dom da unidade, sermos um, vivermos em perfeita unidade entre nós e com Deus. Não somente imitemos o Pai e o Filho, mas estejamos neles, na sua própria unidade. Isso é possível, particularmente, pelo grande dom do Espírito Santo, que nos faz filhos, unidos a Cristo. A unidade é possível, porque ela já existe entre Jesus e o Pai, no Espírito Santo. E nós fomos alcançados pelo amor de Deus manifestado em Jesus, por suas palavras e suas obras e, sobretudo, pelo dom de sua vida em nosso favor.
Eu lhes dei a glória que tu me deste, para que eles sejam um, como nós somos um (Jo 17,22)
Rezando a palavra
Senhor Jesus,
Nós estamos na Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos. Tu disseste, Senhor,  que a unidade é a condição para que o mundo creia. Perdoa, Senhor, nossas faltas contra a unidade do teu rebanho, pelo pouco amor que demonstramos por tua Igreja e pela distância que alimentamos dos que creem em ti, mas pertencem a outras tradições cristãs. Pelo dom do teu Espírito, estamos unidos a ti, que nos amas de verdade. Por este mesmo dom, estamos unidos a todos os que creem em ti. Que o nosso amor, vivido nas comunidades cristãs e espalhado na sociedade, seja motivo de alegria e de glória para o Pai. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.
Vamos viver a palavra
Se se apresentar, hoje, uma ocasião, fale com respeito e amor de sua comunidade cristã. Com igual afeto, faça referências a outras denominações cristãs. A unidade começa no coração.

Pe. João Carlos Ribeiro – 06 de maio de 2019.

24 comentários:

  1. Amém Padre que Deus abençoe todos nós....

    ResponderExcluir
  2. Amém,obrigada Jesus por nós amar também nto !🙏🏻🙌🏻

    ResponderExcluir
  3. Amém 🙏 que Deus nos abençoe

    ResponderExcluir
  4. Que nós sejamos oh Pai uma unidade no Teu amor.

    ResponderExcluir
  5. Amém! Que Deus abençoe a todos nós

    ResponderExcluir
  6. Amém,o amor de Jesus por nós é infinito, Deus abençoe o Senhor Padre João Carlos e tenha um bom dia na paz de Cristo!

    ResponderExcluir
  7. Bom dia, amém , que nós estejamos sempre unidos e que Deus nos abençoe hoje e sempre ,como é bom ouvir este e sentir este amor de Deus por nós

    ResponderExcluir
  8. Amém!
    Obrigada meu Pai por tanto amor!
    Fazei com que eu ame a todos meus irmãos como Vós nos ama!

    ResponderExcluir
  9. Amém. Gratidão meu Deus por tudo.
    Padre João Carlos, peço orações para minha filha Gioconda e o meu neto Paolo. Estão necessitando muito das palavras sagradas de Deus. Obrigado, Padre.
    Amém

    ResponderExcluir
  10. Daí mim senhor um coração novo para
    poder viver está unidade com meus irmãos e alcançar a salvação eterna peço também senhor por todos da minha família que aprendam a buscar a te com amor e que saibam amar e ser menos ignorantes e buscar o caminho da salvação.Amem

    ResponderExcluir
  11. Seja bendito o teu Santo Nome hoje e sempre amém.
    Eu te peço pai que todos sejam um como tu estar em mim e eu em ti.
    Abençoa Senhor os meus filhos amém.

    ResponderExcluir
  12. Deus é mais. Viva a unidade cristã!

    ResponderExcluir
  13. Parabéns padre João Carlos !
    Que Deus continue abençoando sua vida fazendo do senhor instrumento para o crescimento da sua igreja!
    Que está data 08 de junho , se repita por muitos anos e que a sua fé continue contagiando todos nós !
    Parabéns !

    ResponderExcluir
  14. Amém que Deus abençoe a todos nós

    ResponderExcluir
  15. Senhor que estejamos unidos a vós e aos nossos irmãos! Pe João Carlos orai por nós.

    ResponderExcluir
  16. Amém 🙏 nós estamos precisando muito procura mais Jesus, o amor de Jesus....

    ResponderExcluir
  17. Divino Pai Eterno, eu LHE agradeço por tantos missionários santos. Entretanto, me ajude vencer o sofrimento. Me ajude ter mais fé, confiança e esperança no meu REDENTOR. Me ajude testemunhá-Lo com humildade. Me ajude rezar da melhor forma possível. Me ajude evangelizar cada vez melhor. Me ajude trabalhar pela unidade e união dos cristãos. Me ajude ficando comigo para sempre. Me ajude contemplá-Lo com amor. Isso eu LHE peço pela intercessão de Jesus Cristo, VOSSO querido filho e meu amado SALVADOR. Amém.

    ResponderExcluir
  18. Boa noite padre João Carlos.
    Sua bênção Padre. A cada dia me sinto muito bem lendo a palavra de Deus, na sua explicação clara , com palavras compreensivas. Que Deus nos faça obediente e seguidores da sua palavra. Amém Amém Amém.

    ResponderExcluir
  19. Muito obrigado meu Senhor🙏🏼🙏🏼🙏🏼🙏🏼🙏🏼

    ResponderExcluir
  20. Muito bom dia recebeu a palavra de DEUS e o belo comentário do padre João Carlos, abraço a.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@hotmail.com ou o whatsapp 81 9.9780-8230