12 junho 2019

O LIVRO SANTO

Não vim para abolir a lei e os profetas, mas para dar-lhes pleno cumprimento (Mt 5, 17)
12 de junho de 2019.
O evangelho desta quarta-feira nos fala da Palavra de Deus. É um pedacinho do Sermão da Montanha, no evangelho de São Mateus. Jesus está explicando aos seus seguidores que ele veio dar pleno cumprimento à Lei e os Profetas.
O povo da antiga aliança (do antigo testamento) fez uma forte experiência de Deus, em sua história. Olhando a história desde que o povo foi se formando, reconheciam como Deus tinha se revelado a eles de uma maneira muito especial. Deus começou esse povo com Abraão. Do neto de Abraão, Jacó, surgiram as doze tribos. Num tempo de seca e fome, o grupo de Jacó mudou-se para o Egito. Lá, acabaram se tornando escravos no regime dos Faraós. A libertação e a volta para sua terra foi um processo em que aprenderam muito sobre a bondade e a vontade de Deus. No Sinai, Deus lhes deu uma Lei escrita, por meio de Moisés. Um pouco mais adiante, o povo das tribos se tornou um reinado. Nesse tempo, apareceram os profetas que falavam em nome de Deus, instruindo o povo. Essas palavras foram guardadas nos livros dos Profetas. O reino se dividiu em dois. E os dois reinos acabaram sendo invadidos por outros povos. Marcou muito o exílio de uma parte do povo na Babilônia. Na volta do exílio, houve muito trabalho para a restauração de tudo que tinha sido destruído. Aos poucos, foi se organizando a coletânea das Livros de Sabedoria, com os Salmos e outros escritos.  
Assim, no tempo de Jesus, o povo da antiga aliança quando falava das Escrituras referia-se a três grupos de escritos: a Lei, os Profetas e os Salmos. Agora, dá para entender melhor o que Jesus fala hoje no evangelho: “Não pensem que eu vim abolir a lei e os profetas. Não vim para abolir, mas para dar-lhes pleno cumpriumento”.  Toda a experiência de fé do povo eleito e seus escritos sagrados continuam valendo. Na verdade, percebemos como seguidores de Jesus, toda essa revelação de Deus preparou a vinda de Jesus. Em Jesus, a revelação de Deus se completou. Ele é o Verbo que se fez carne, explicou o evangelista São João. Ele é a própria palavra personificada.
É verdade que somos o povo da nova aliança. Lendo os evangelhos e os demais escritos do novo testamento, acolhemos Jesus, o salvador da humanidade e seus ensinamentos. E, com ele, acolhemos também a tradição da fé do povo da antiga aliança. Mas, entendemos que Jesus é o auge da revelação de Deus e do seu Reino, esboçada no antigo testamento. Ele ensinava com autoridade. Não ficava apenas repetindo o que estava escrito. Chegou a aperfeiçoar a antiga Lei. No Sermão da Montanha, ele referiu-se a vários pontos das escrituras, dizendo “vocês ouviram o que foi dito aos antigos... mas, eu porém, lhes digo....”. Ele é o verdadeiro intérprete das escrituras.
Ao lado da Sagrada Escritura, a Igreja tem em conta igualmente a pregação apostólica que nos entrega e nos explica as escrituras. Diz a Dei Verbum, o documento do Concílio Vaticano II sobre a Revelação Divina:  “A Sagrada Escritura é a palavra de Deus enquanto foi escrita por inspiração do Espírito Santo; a sagrada Tradição, por sua vez, transmite integralmente aos sucessores dos Apóstolos a palavra de Deus confiada por Cristo Senhor e pelo Espírito Santo aos Apóstolos”.
Guardando a mensagem
Jesus nasceu no mundo dos judeus, o povo da antiga aliança. Toda a história desse povo foi uma grande experiência do amor de Deus. Deus foi se revelando aos poucos. Os seus escritos sagrados estavam distribuídos em três blocos: a Lei, os Profetas e os Salmos. São os livros do antigo testamento. Jesus nos ensinou a considerar e venerar essas escrituras sagradas do seu povo, pois elas nos revelam o próprio Deus e a sua vontade salvífica. Jesus, o filho de Deus, o verbo, a palavra feita carne, é o ponto mais alto dessa revelação de Deus. Somos o povo do novo testamento, dos evangelhos, dos escritos dos apóstolos e das primeiras comunidades cristãs. A partir de Jesus, lemos e interpretamos o antigo testamento, lembrados que a Bíblia não é um livro de receitas, mas um testemunho de fé, uma direção para a nossa vida.
Não vim para abolir a lei e os profetas, mas para dar-lhes pleno cumprimento (Mt 5, 17)
Rezando a palavra
Senhor Jesus,
Aprendemos de ti, que veneravas as escrituras sagradas do teu povo. Nós, em espírito de fé, acolhemos o livro santo da palavra de Deus, no antigo e no novo testamentos, como escritos inspirados pelo Santo Espírito, como Palavra de Deus. Em ti, reconhecemos a plena revelação de Deus, esboçada já nos antigos escritos. Tu és o Verbo que se fez carne. O teu Santo Espírito faz atual a tua palavra e abre o nosso coração para o encontro contigo nas páginas sagradas do santo livro. É o mesmo Espírito que assiste os líderes da Igreja na correta transmissão da Palavra e da Tradição da fé. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.
Vivendo a palavra
O Salmo 119 (ou 118) é um elogio à Lei de Deus. É uma longa louvação, seguindo as letras do alfabeto hebraico. Mas, a tarefa de hoje é simples e rápida. Rezar o Salmo 119, 1-16.

Pe. João Carlos Ribeiro – 12 de junho de 2019.

25 comentários:

  1. Sim,oh vem senhor. Jesus

    ResponderExcluir
  2. Padre João Carlos muito agradecida pelas mensagens que me envia, saiba que é muito importante, edificante, e mim deixa muito feliz. E as mesmas, repasso para familiares amigos e conhecidos. Ótimo dia padre, para todos nós ! Com as graças de Deus e da virgem Maria.

    ResponderExcluir
  3. Como é bom pela manhã já desfrutarmos da palavra de Deus trazida pra nós por esse grande homem de Deus, Padre João Carlos, obrigado por todas as manhãs enriquecer o nosso dia!

    ResponderExcluir
  4. Padre, suas orações diárias são bençãos diárias em nossas vidas Quantas vezes me vi aflita e me apeguei as orações diárias que recebo. Que Deus abençoe e prospere mais e mais a essa missão é a palavra de Deus. Patrícia de Fortaleza.

    ResponderExcluir
  5. Peço oração pela conversão do meu esposo e a libertação do vício do alcoolismo

    ResponderExcluir
  6. Amém 🙏🙏 bom dia! Deus seja louvado

    ResponderExcluir
  7. Pedido de. Oração. Para. Regulariza. Minha. Aposentadoria. Pois sou aposentado. Como. Motorista. E. Jango. Um. Salário. Mínimo. 43. Anos. De. Contribuição. Tô. Aguardando. Resposta. Dá. Justiça. Já. Faz mais. Dê. Ano.


    ResponderExcluir
  8. Bom dia Padre João Carlos. Peço orações para minha filha Gioconda Oliveira de Araujo e para o meu neto Paolo de Flavio de Oliveira Lemos. Eles estão necessitando muito das suas orações.
    Obrigado, Padre.
    Amém.

    ResponderExcluir
  9. Padre, nós somos de João Pessoa-Pb

    ResponderExcluir
  10. Lendo o livro Santo me sinto mais forte.

    ResponderExcluir
  11. Amém padre João Carlos que Deus te abençoe sempre

    ResponderExcluir
  12. Jesus veio para consolidar e nos ensinar sua maior lei, o AMOR! Pai ensina-me a absorver e colocar em prática seus mandamentos através do amor, da fé e da oração! Assim seja. Saudações e gratidão ao padre João Carlos por suas mensagens diárias.

    ResponderExcluir
  13. Senhor, seja bendito o teu santo nome hoje e sempre amém.

    Boa tarde Padre João Carlos que Deus esteja sempre presente em sua linda da vida amém.

    ResponderExcluir
  14. Pe João, o senhor fala com profundidade, cada dia mais. Obrigada e que Deus o abençoe hoje e sempre!!

    ResponderExcluir
  15. Boa noite Pé.Joao Carlos a sua benção!!! estou há dois meses o acompanhando e sou uma associada da Ama estou Amando e tenho muita fé que irei vencer na minha caminhada.Obrigada Pe.João Carlos.Deus o abençoe!

    ResponderExcluir
  16. Deus seja louvado 🙏❤📿

    ResponderExcluir
  17. Favor colocar o áudio por favor.

    ResponderExcluir
  18. Favor colocar o áudio
    Obrigadooo

    ResponderExcluir
  19. Com o áudio a gente pode ouvir no carro trabalhando
    Desde já agradeço muito Obrigadooo

    ResponderExcluir
  20. Por favor coloquem o áudio para ouvir o evangelho do padre João Carlos por favor
    Obrigadooo

    ResponderExcluir
  21. Não está vindo o áudio
    O que eu tenho que faze
    Por favor responda
    Obrigadooo

    ResponderExcluir
  22. Glória a Deus. E muito gratificante ouvir a palavra pelas manhãs

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.