Mostrando postagens com marcador o bem se organiza. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador o bem se organiza. Mostrar todas as postagens

20201024

É HORA DO BEM SE ORGANIZAR!


25 de outubro de 2020

EVANGELHO


Mt 22,34-40

Naquele tempo, 34os fariseus ouviram dizer que Jesus tinha feito calar os saduceus. Então eles se reuniram em grupo, 35e um deles perguntou a Jesus, para experimentá-lo: 36“Mestre, qual é o maior mandamento da Lei?”

37Jesus respondeu: “‘Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento!’ 38Esse é o maior e o primeiro mandamento. 39O segundo é semelhante a esse: ‘Amarás ao teu próximo como a ti mesmo’. 40Toda a Lei e os profetas dependem desses dois mandamentos”.


25 de outubro de 2020

MEDITAÇÃO

Mestre, qual é o maior mandamento da Lei? (Mt 22, 36)

E a Meditação deste domingo, com certeza, vai sair sob o impacto do nosso Acampamento Tempo de Paz que terminou ontem, na entrada da noite. Um acampamento missionário que, tenho certeza, mesmo virtual, ajudou muita gente a rever a sua vida cristã sob a ótica da missão. A missão é tarefa de todos nós. E, na AMA, na Associação Missionária Amanhecer, nós procuramos realizá-la como uma grande família comprometida com a evangelização na comunicação social, com o jeito salesiano de viver e atuar. Agradeço de coração a quem esteve conosco nas tardes de sexta e sábado e no show de sexta-feira à noite. Igualmente agradeço a quem, como você, nos ajudou a divulgar o evento e a rezar por ele. 

Comentando o evangelho de hoje, na Missa do encerramento do acampamento, chamei a atenção para uma informação no início do texto. Os fariseus se reuniram em grupo para traçar uma estratégia contra Jesus. Estavam assustados com o modo como ele tinha calado os saduceus. Ensinando as palavras de Deus, Jesus falava claramente sobre aqueles que se faziam de muito religiosos, mas usavam a religião a serviço de seus interesses, praticando uma religião de fachada. E logo os fariseus chegaram com uma pergunta, tentando encontrar alguma coisa que pudesse desmoralizá-lo. 

Sempre que aparece uma necessidade comum, as pessoas tendem a se reunir, pra encontrar uma solução para o problema. Acertam-se passos e formam-se equipes, comissões... afinal, a necessidade provoca a organização. Mas, nem sempre as pessoas se juntam para o bem. Há quem se junte para o mal. Aliás, ao que parece, o mal é muito bem organizado. Basta lembrar da expressão que já se tornou corrente “crime organizado”... pense-se em milícias, facções, gangues... o mal se organiza bem. E o bem? Na homilia de ontem, no acampamento, lembrei um pensamento de São João Bosco: “Os maus se organizam para praticar o mal. Convém que os bons não fiquem de braços cruzados ou apenas se lamentando... é hora do bem se organizar!”. Neste sentido, falei da AMA como uma organização para se fazer o bem: evangelizar com a comunicação.

A pergunta do fariseu foi ‘qual é o maior mandamento’. Ninguém pôde rebater a resposta de Jesus. Amar a Deus de todo o coração, com toda alma, com todo entendimento. E ao próximo, como a si mesmo. E acrescentou que toda a Escritura depende desses dois mandamentos. 

Aos participantes do acampamento, lancei uma pergunta: “O que significa para você, amar o próximo?” Amar a Deus, eu já fui adiantando uma explicação. Amar é muito mais que querer bem. Amar a Deus é, em primeiro lugar, honrá-lo, com reverência e temor. Temor de não ofendê-lo. Amar é também ser-lhe grato, reconhecendo que existimos por um ato de sua vontade e de seu amor. Amar é particularmente acolher o seu enviado, seu filho Jesus Cristo. Amar é, finalmente, obedecer e confiar nele. 

Sobre o amor ao próximo, li as respostas que chegaram dos ouvintes. Muitas respostas. Amar o próximo é ver nele Jesus Cristo e contribuir para o seu bem. É não ser indiferente ao seu sofrimento. É colocar-se no lugar do outro. O mandamento não foi amar a si mesmo no próximo, mas amar o próximo como a si mesmo. O próximo tem o direito de ser diferente de mim. Acolhê-lo na sua diferença. Ser solidário, oferecendo-lhe apoio material ou espiritual. 

Guardando a mensagem

Os fariseus reuniram-se para tramar contra Jesus. Isto nos lembra que o mal muitas vezes se mostra organizado. Convém que os bons se unam para praticar o bem. O bem também precisa de organização. O fariseu perguntou a Jesus qual era o maior mandamento. A resposta de Jesus surpreendeu. Não se trata apenas de uma ordem hierárquica. O amor a Deus e ao próximo estão unidos, não se separam e são o coração das Escrituras Sagradas. 

Mestre, qual é o maior mandamento da Lei? (Mt 22, 36)

Rezando a palavra

Senhor Jesus, 
Tua resposta ao fariseu foi uma resposta e tanto. Não é possível demostrar amor verdadeiro a Deus, tratando mal o seu irmão, tramando contra ele, como eles o estavam fazendo contigo. Como podiam honrar a Deus, rejeitando o seu enviado, tramando contra o seu próximo? Acolher-te é a melhor forma de amar o Deus e Pai que te enviou. Que o respeito e a solidariedade com que queremos acolher e tratar o nosso próximo manifestem o amor com que tu nos amas e o amor que nós te devotamos. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém. 

Vivendo a palavra

É possível que alguma coisa precise ser mudada no seu comportamento em relação ao seu próximo. Comece enxergando nele ou nela, seja quem for, um irmão ou uma irmã.

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

Postagem em destaque

Vá e faça a mesma coisa

Eu já andava desconfiado que o bom samaritano do evangelho fosse Jesus. Agora, já não tenho mais dúvidas. Bom, Jesus contou a históri...