PADRE JOÃO CARLOS - MEDITAÇÃO DA PALAVRA: Nossa Senhora das Candeias, rogai por nós!

Nossa Senhora das Candeias, rogai por nós!



   02 de Fevereiro de 2024.   

Festa da Apresentação do Senhor

Dia da Vida Consagrada


   Evangelho.   


Lc 2,22-40

22 Quando se completaram os dias para a purificação da mãe e do filho, conforme a lei de Moisés, Maria e José levaram Jesus a Jerusalém, a fim de apresentá-lo ao Senhor. 23 Conforme está escrito na lei do Senhor: “Todo primogênito do sexo masculino deve ser consagrado ao Senhor”.
24 Foram também oferecer o sacrifício — um par de rolas ou dois pombinhos — como está ordenado na Lei do Senhor. 25 Em Jerusalém, havia um homem chamado Simeão, o qual era justo e piedoso, e esperava a consolação do povo de Israel. O Espírito Santo estava com ele 26 e lhe havia anunciado que não morreria antes de ver o Messias que vem do Senhor.
27 Movido pelo Espírito, Simeão veio ao Templo. Quando os pais trouxeram o menino Jesus para cumprir o que a Lei ordenava, 28 Simeão tomou o menino nos braços e bendisse a Deus: 29 “Agora, Senhor, conforme a tua promessa, podes deixar teu servo partir em paz; 30 porque meus olhos viram a tua salvação, 31 que preparaste diante de todos os povos: 32 luz para iluminar as nações e glória do teu povo Israel”.
33 O pai e a mãe de Jesus estavam admirados com o que diziam a respeito dele. 34 Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe de Jesus: “Este menino vai ser causa tanto de queda como de reerguimento para muitos em Israel. Ele será um sinal de contradição. 35 Assim serão revelados os pensamentos de muitos corações. Quanto a ti, uma espada te traspassará a alma”.
36 Havia também uma profetisa, chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. Era de idade muito avançada; quando jovem, tinha sido casada e vivera sete anos com o marido. 37 Depois ficara viúva, e agora já estava com oitenta e quatro anos. Não saía do Templo, dia e noite servindo a Deus com jejuns e orações. 38 Ana chegou nesse momento e pôs-se a louvar a Deus e a falar do menino a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém.
39 Depois de cumprirem tudo, conforme a Lei do Senhor, voltaram à Galileia, para Nazaré, sua cidade. 40 O menino crescia e tornava-se forte, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava com ele.


   Meditação.   


O pai e a mãe de Jesus estavam admirados com o que diziam a respeito dele (Lc 2, 33)

E, hoje, nós celebramos a Apresentação do Senhor. Esta é uma festa que vem dos primeiros séculos do cristianismo, celebrada quarenta dias depois do natal. Ela nos recorda a revelação sobre Jesus, quando seus pais o levam ao Templo, para cumprir o que manda a Lei de Moisés: a purificação da mãe e o resgate do primogênito.

Como o parto envolve sangue, o tempo de purificação da mãe (no caso de um filho homem) era de quarenta dias. Depois disso, ela oferecia um sacrifício no Templo (um cordeiro de um ano ou, sendo pobre, um par de rolinhas ou de pombas). Está tudo bem explicado no Livro do Levítico (Lv 12). Todo primeiro filho, dos humanos ou dos animais, pertencia a Deus. Os primogênitos dos animais eram sacrificados no Templo, como oferta ao Senhor. Os primogênitos dos humanos eram resgatados, substituídos pelo sacrifício de um animal. Tudo explicado no Livro do Êxodo (Ex 13).

O que temos? Um jovem casal, chegando ao grande Templo, em Jerusalém, com sua criança nos braços, em cumprimento das leis do seu povo. Tudo como outros tantos casais, agradecendo a bênção de terem gerado um filho varão e cumprindo os ritos que a tradição de sua fé mandava. Como tantos, o cansaço da viagem, a alegria de estar chegando à casa do seu Deus, o encontro com parentes e conhecidos, todos felizes pela bênção de um primogênito. Nesta cena, vemos algo da encarnação, como disse São Paulo: “Deus enviou o seu filho, nascido de uma mulher, sujeito à Lei” (Gl 4). Nós o vemos na normalidade da vida, no ritmo normal da existência humana de vinte séculos atrás. Um Deus encarnado.

Mas, o véu da normalidade encobre uma realidade maravilhosa. Aquele menininho frágil é o prometido de Deus, anunciado pelos profetas. Seus pais - não parece - têm uma história pessoal de colaboração com Deus. A encarnação na história passa por eles: são sua família, estarão ao seu lado no seu desenvolvimento humano, no seu crescimento espiritual, na sua inserção na história do povo eleito. Ele não é só o primogênito de José, ele é o primogênito de Deus.

Essa verdade profunda escondida sob o véu da normalidade, do habitual, da simplicidade do jovem casal é revelada por dois idosos profetas, como que representando toda a história daquele povo com Deus e sua tradição profética. Simeão, movido pelo Espírito Santo, toma a criança nos braços e revela: ‘Ele é salvação que Deus mandou, luz para iluminar o mundo todo, a glória do seu povo santo’. Simeão abençoa o pai e a mãe do menino e revela que Maria terá parte nas dores do filho: “Uma espada te transpassará a alma”. E Ana, idosa profetiza que vivia no Templo, começa a louvar a Deus e a falar do menino a quem estava passando por ali.

A Presidente da Conferência dos Religiosos do Brasil, Irmã Eliane Cordeiro de Souza, compartilha conosco sua mensagem por ocasião deste Dia Mundial da Vida Consagrada. Diz ela: 
"No dia 02 de fevereiro, unimos nossas orações em celebração do Dia Mundial da Vida Consagrada. Agradecemos a vida de dedicação e compromisso daqueles que, seguindo os ensinamentos de Cristo, escolheram consagrar suas vidas a Deus. Recordando as palavras do Santo Papa João Paulo II: “A Vida Consagrada, profundamente enraizada nos exemplos e ensinamentos de Cristo Senhor, é um dom de Deus Pai à sua Igreja. Damos graças a Deus por este dom da vida consagrada na variedade dos seus carismas e instituições.”



Guardando a mensagem

Celebramos hoje a festa da Apresentação do Senhor. José e Maria e seu primogênito chegam ao Templo para cumprir a Lei de Moisés: a purificação da mãe e a consagração do primogênito. O mistério do filho de Deus, enviado como Messias e Salvador da humanidade, está escondido na normalidade, na simplicidade dos seus piedosos pais e na sua fragilidade de criança de braço. O evangelista nos leva, por um momento, a retirar o véu e descobrir a beleza e a grandeza da presença de Deus no meio do seu povo. Simeão e Ana, profetas idosos, representando a tradição da fé do povo eleito, reconhecem nele o Messias prometido e louvam o Senhor que está cumprindo suas promessas. A liturgia nos ajuda a celebrar essa revelação: ele é o Anjo da Aliança que está chegando no Templo, o Senhor da glória para o qual os portões se abrem, o sumo-sacerdote que expiará o pecado do povo.

O pai e a mãe de Jesus estavam admirados com o que diziam a respeito dele (Lc 2, 33)

Rezando a palavra

Senhor nosso Deus,
escolheste a encarnação, como o jeito pelo qual o teu Filho se aproximou, fez-se um de nós, expiou nossa culpa por sua morte e, ressuscitado, nos conduz na história. Assim, consagraste o nosso dia-a-dia, o nosso cotidiano, como lugar de salvação. Um véu de normalidade cobre a nossa vida, mas, a verdade é mais profunda e luminosa: somos teus filhos, Jesus está conosco, somos o povo santo em páscoa. Só com a luz da fé, podemos perceber a glória de filhos e filhas que nos habita, pelo dom do teu Santo Espírito. Na vida dos consagrados, nossos irmãos e irmãs que vivem em comunidades nos conventos, nos mosteiros, nas casas religiosas ou vivem sua consagração em suas 
famílias, na normalidade de sua vida de oração e serviço, já brilha a radicalidade de nossa fé, no seguimento a Cristo. Neles e nelas, todos suspiramos: “Só Deus nos basta”. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

Peça, hoje, ao Senhor que chame e inspire muitos jovens para o seguimento de Jesus na vida consagrada.

Comunicando

Em Juazeiro do Norte, está acontecendo a grande Romaria das Candeias. Amanhã, teremos, aqui, a Dedicação da Igreja do Senhor Bom Jesus do Horto do Padre Cícero, começando às 18 horas. A celebração será transmitida para todo o território nacional pela Rede Vida de Televisão, TV Evangelizar, TV Pai Eterno e TV Canção Nova. 

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

13 comentários:

  1. Bom dia Pe João Carlos, sua benção, que Deus Nosso Senhor Jesus Cristo, nos conceda saúde, felicidade, paz, união a mim e toda minha família. Que Deus mim ajude a ter fé, ser forte e corajosa, para resolver e mim orientar em minhas decisões. Pela cura da minha irmã. Amém 🙏🙏🙏🙏🙏

    ResponderExcluir
  2. Anônimo2/2/24 07:10

    Bom dia padre João Carlos a sua benção. Paz e bem que Deus te ilumine. Glória a voz senhor senhor

    ResponderExcluir
  3. Anônimo2/2/24 07:55

    Bom dia , nós abençoe e afaste tido o mal de oerto de mim e dis meus filhos Lucas e Gabriel e toda minha família, senhor cure meu irmão nenem eu te ouço piedade e misericórdia para ele , senhor eu creio mas aumentai minha fé, obrigada por tudo , amém

    ResponderExcluir
  4. Anônimo2/2/24 08:39

    Gratidão senhor Jesus por mais um dia que espirito santo de deus nos guia na estrada da vida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo2/2/24 10:20

      Jesus aumenta minha fé Marcelo 🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏

      Excluir
  5. Bom dia a todos e obrigada pela meditação Padre João Carlos. Devemos sempre seguir o modelo de Maria e José orientando nossos filhos e netos para uma vida cheia de fé em Deus. Peço saúde para mim e toda minha família filhos, netos, genros e nora e todos. Obrigada por tudo Senhor e aumenta sempre a nossa fé amém.

    ResponderExcluir
  6. Glória a Vós Senhor!
    Imaginemos a alegria de Simeão e Ana quando contemplaram a apresentação do menino Jesus, eles foram fiéis até o fim das suas vidas buscando aprofundamento em Sabedoria e intimidade voltados sempre na esperança aguardando a vinda do Salvador, e anunciando a todos que Jesus Cristo era o Messias, nosso Emanuel, o DEUS Conosco.
    Até o último dia das nossas vidas devemos ter a mesma alegria e convicção e permanecer sempre na esperança aguardando o retorno Glorioso do Ressuscitado, a apresentação do nosso Salvador.
    Como Santa Ana e São Joaquim os pais de Maria fizeram, a educando na Sabedoria na humildade, para quando fosse a Mãe de Jesus formando a Sagrada Família pudessem educar e acompanhar O Menino DEUS, O Cristo, hoje ainda faz conosco, como Mãe Imaculada protetora, intercessora da humanidade, Rainha do Céu e da Terra.
    Precisamos ter uma fé profética como Ana, madura e formada conforme Simeão e os anciões nos ensinam, a adquirir cerne, vontade de buscar a Sabedoria e a servir a DEUS a Igreja e os irmãos da melhor forma, voltando nossos corações para caridade a favor dos mais necessitados, conforme o Messias nos ensinou com o cumprimento da sua missão, Cristo Redentor veio para nos provar que é possível mesmo nas provações, nas perseguições, nas dores dos espinhos da carne, do peso da nossa cruz, permanecermos na fé e alimentarmos esperança, como Ele testemunhou com Sua própria vida, assim também nós precisamos testemunhar,.

    ResponderExcluir
  7. Anônimo2/2/24 11:00

    Deus,pela sua bondade e misericórdia abençoe o mundo inteiro

    ResponderExcluir
  8. Anônimo2/2/24 12:36

    Jesus daí nus saúde força e paz,e aumentai a nossa fé amém 🙏

    ResponderExcluir
  9. Anônimo2/2/24 12:41

    Boa Tarde Jesus mim dais minha saúde amém 🙌🙌🙌

    ResponderExcluir
  10. Anônimo2/2/24 12:56

    Boa tarde Pe João Carlos Peço Orações por todos os jovens adolescentes para que eles se convertam e se aproxime mais de Jesus para que todos sejam salvos Amém Senhor que assim seja 🙏🙏🙏

    ResponderExcluir
  11. Anônimo2/2/24 15:11

    Boa tarde padre João Carlos,a sua bênção.

    ResponderExcluir
  12. Deus misericordioso e compassivo, eu LHE agradeço pela vida de São Cornélio de Cesareia. Entretanto, me conceda a graça para seguir o caminho do profetismo, do jejum, da sabedoria, da libertação, da esperança, da oração, da salvação, da bênção, da consagração, da luz, da purificação, da paz, da conversão e da aliança. Me conceda a graça para fugir do pecado. Me conceda a graça para fazer boas ofertas. Me conceda a graça para participar da santa missa. Me conceda a graça para cumprir a VOSSA lei. Me conceda a graça para ser justo e piedoso. Me conceda a graça para ser movido pelo Espírito Santo. Me conceda a graça para servi-Lo na VOSSA igreja. Me conceda a graça para bendizê-Lo, louvá-Lo e glorificá-Lo. Me conceda a graça para ter bons pensamentos. Me conceda a graça para vencer o sofrimento. Isso eu LHE peço por Cristo Nosso Senhor. Amém.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 3224-9284.

Postagem em destaque

Vocês também querem ir embora?

20 de abril de 2024 Sábado da 3ª Semana da Páscoa    Evangelho   Jo 6,60-69 Naquele tempo, 60muitos dos discípulos de Jesus, que o escutaram...

POSTAGENS MAIS VISTAS