PE. JOÃO CARLOS - BLOG DA MEDITAÇÃO DA PALAVRA: TRATAR COMO GOSTARÍAMOS DE SER TRATADOS

TRATAR COMO GOSTARÍAMOS DE SER TRATADOS





21 de junho de 2022

Terça-feira da 12ª Semana do Tempo Comum


EVANGELHO


Mt 7,6.12-14

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 6“Não deis aos cães as coisas santas, nem atireis vossas pérolas aos porcos; para que eles não as pisem com o pés e, voltando-se contra vós, vos despedacem.
12Tudo quanto quereis que os outros vos façam, fazei também a eles. Nisto consiste a Lei e os Profetas. 13Entrai pela porta estreita, porque larga é a porta e espaçoso é o caminho que leva à perdição, e muitos são os que entram por ele! 14Como é estreita a porta e apertado o caminho que leva à vida! E são poucos os que o encontram”!



MEDITAÇÃO


Tudo quanto vocês querem que os outros lhes façam, façam também a eles (Mt 7, 12).

Jesus disse que ‘fazer aos outros aquilo que queremos que nos façam’ realiza o núcleo da Lei e dos Profetas. ‘A Lei e os Profetas’ – é uma forma de falar da própria Palavra de Deus, da Bíblia. Fazer o bem aos outros é uma forma de realizar integralmente a palavra de Deus.

"Faça aos outros aquilo que você deseja que lhe façam" é outra forma de dizer "ame o seu próximo como a si mesmo". Faço ao outro aquilo que eu quero que façam a mim. Como eu acho que sou merecedor de atenção, de respeito, de consideração, assim devo tratar os outros, com atenção, respeito, consideração, em qualquer circunstância.

Na verdade, por trás de uma pessoa que humilha, menospreza ou desdenha do seu semelhante há uma pessoa mal resolvida. Uma pessoa que age com rispidez e ignorância com os outros revela alguém com déficit de humanidade. Sua ação grosseira e ferina reflete seu estado interior depauperado.

Fazer aos outros o que nós queremos que façam conosco. Não é fazer com os outros o que fazem conosco. Fazer o queremos que façam conosco. Isso quer dizer que mesmo que alguém me maltrate, me trate com indiferença, eu preciso tratá-la(lo) como eu gostaria de ser tratado. E isso não é fácil, e nem parece muito natural. Normal seria responder com a mesma moeda, no mesmo tom de voz, jogar com as mesmas armas. Mas não é o que Jesus falou. Ele disse pra gente tratar os outros como nós merecemos ser tratados. Responder a um tratamento ríspido, descortês, grosseiro com um tratamento educado, respeitoso, cordial. É assim que gostaríamos de ser tratados. Então, é assim que temos que responder.

E por que isso? O cristão tem várias motivações para seguir esse conselho de Jesus. Primeiro, porque o outro é uma pessoa humana, merecedora de respeito e consideração em qualquer situação. Pode ser questionado, repreendido, corrigido, mas sempre com educação, com cordialidade, com o respeito que merece uma pessoa humana. Segundo, porque nele eu posso identificar a semelhança de Deus que toda pessoa humana carrega. Ele nos fez à sua imagem e semelhança. Menosprezando um irmão ou uma irmã, eu estou desonrando o próprio Deus criador. Terceiro, porque Jesus se identificou com o outro, especialmente com o mais abandonado e sofrido (o faminto, o doente, o prisioneiro). Ele disse: o que você fez a um desses irmãos fez a mim.



Guardando a mensagem

Fazer aos outros o que nós queremos que façam a nós mesmos é a regra de ouro. Humaniza nossas relações. Estende a boa imagem que faço de mim mesmo, de minha dignidade, de meus direitos aos outros. Faz-me dar o primeiro passo, como construtor de relacionamentos respeitosos e humanizadores. Fazer aos outros o que nós queremos que façam a nós mesmos é uma forma de realizar o mandamento do amor ao próximo. Agindo assim dou testemunho do meu amor a Cristo Jesus que assumiu nossa humanidade e se fez solidário com os últimos e os pecadores.

Tudo quanto vocês querem que os outros lhes façam, façam também a eles (Mt 7, 12).

Rezando a palavra

Senhor Jesus,
tratavas todo mundo bem. Não fazias acepção de pessoas. Aliás, aos que a sociedade menos considerava, a eles tu te dirigias com maior deferência e atenção. Dá-nos, Senhor, a graça de tratar a todos com o reconhecimento da grandeza de sua dignidade, vendo em cada um a imagem e semelhante do nosso Criador e Pai e honrando a tua própria presença neles, sobretudo nos mais humildes e discriminados. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

Como todos os dias, hoje, você pode encontrar alguém que trate você com indiferença, desatenção ou falta de consideração. Seu esforço vai ser tratar bem, como gostaria de ser tratado.

Comunicando

Todas as terças-feiras, às 20 horas, apresento o Programa Encontros, no meu canal do Youtube. Quando tiver um tempinho, dê uma olhada. Canal Padre João Carlos.

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

11 comentários:

  1. A tensão em função das circunstâncias pode nos deixar com pré-disposição para uma relação recheada de toxicidade. Temos que tentar mostrar a prática da tolerância, da cordialidade e prudência. Que Deus coloque quebrantados nossos corações, para construirmos laços de bons relacionamentos com nossos irmãos. 🙏

    ResponderExcluir
  2. Bom dia sua benção padre João Carlos meu nome é Antonieta Soares sou grata em receber todos os dias a meditação da palavra de Jesus Cristo glória a Deus repasso para todas amiga do zap é uma rotina diária fico feliz de receber a palavra de Jesus e repassar é maravilhoso assim que acordo as cinco já repasso graças à Deus um abraço Deus te abençoe paz e benção

    ResponderExcluir
  3. Bom dia padre, sua benção!

    ResponderExcluir
  4. Bom dia. Padre João Carlos a meditação da Palavra diária me fortalece. Muito obrigada por estar presente em minha vida.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Padre João Carlos.
    Que o Senhor Jesus abençoe sua vida e sua caminhada evangélizadora. Tenha um dia repleto da graça de DEUS. Fique com Deus...Deus te abençoe sempre

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Padre !obrigada pelo a meditação de todos os dias, que Deus lhe fortalece cada vez mais

    ResponderExcluir
  7. Bom Dia Padre João Carlos sua benção

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Pe João Carlos, peço em suas orações, para que aumente minha fé, pois estou passando uma fase muito difícil da minha vida, mim ajude em suas orações, precisando da ajuda de Deus e de suas orações, para viver minha vida, depois que Deus levou minha mainha, obrigada por tudo, abraço, quero sua benção, Amém

    ResponderExcluir
  9. Bom dia padre João Carlos. Obrigada pela palavra .que Jesus derrame às graças sobre todos nós. A palavra me fortalece.

    ResponderExcluir
  10. Pai de infinita bondade, eu LHE agradeço pela vida de São Luís Gonzaga. Contudo, me conceda a graça de seguir o caminho do discipulado, do livramento, do serviço, da proteção, da salvação, da oração e da confiança. Me conceda a graça de ter bons pensamentos. Me conceda a graça de vencer o sofrimento e o pecado. Me conceda a graça de viver na VOSSA presença. Me conceda a graça de zelar por aquilo que é sagrado. Me conceda a graça de fazer somente o que é bom para os outros. Me conceda a graça de entrar pela porta estreita. Isso eu LHE peço por Cristo Nosso Senhor. Amém.

    ResponderExcluir
  11. Boa noite padre muito pela meditação que Deus abençoe

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 9.9964-4899.

Postagem em destaque

A AFLIÇÃO DE UMA MÃE

25 de junho de 2022 Imaculado Coração de Maria EVANGELHO Lc 2,41-51 41Os pais de Jesus iam todos os anos a Jerusalém, para a festa da Páscoa...

POSTAGENS MAIS VISTAS