PE. JOÃO CARLOS - MEDITAÇÃO : EU SOU O PÃO DA VIDA

20210731

EU SOU O PÃO DA VIDA



01 de agosto de 2021
18º Domingo do Tempo Comum

EVANGELHO


Jo 6,24-35

Naquele tempo, 24quando a multidão viu que Jesus não estava ali, nem os seus discípulos, subiram às barcas e foram à procura de Jesus, em Cafarnaum. 25Quando o encontraram no outro lado do mar, perguntaram-lhe: “Rabi, quando chegaste aqui?”
26Jesus respondeu: “Em verdade, em verdade, eu vos digo: estais me procurando não porque vistes sinais, mas porque comestes pão e ficastes satisfeitos. 27Esforçai-vos não pelo alimento que se perde, mas pelo alimento que permanece até a vida eterna, e que o Filho do Homem vos dará. Pois este é quem o Pai marcou com seu selo”.
28Então perguntaram: “Que devemos fazer para realizar as obras de Deus?”
29Jesus respondeu: “A obra de Deus é que acrediteis naquele que ele enviou”.
30Eles perguntaram: “Que sinal realizas, para que possamos ver e crer em ti? Que obra fazes? 31Nossos pais comeram o maná no deserto, como está na Escritura: ‘Pão do céu deu-lhes a comer’”.
32Jesus respondeu: “Em verdade, em verdade vos digo, não foi Moisés quem vos deu o pão que veio do céu. É meu Pai que vos dá o verdadeiro pão do céu. 33Pois o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo”.
34Então pediram: “Senhor, dá-nos sempre desse pão”.
35Jesus lhes disse: “Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim nunca mais terá sede”.

MEDITAÇÃO


Pois o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo (Jo 6, 33)

Jesus tinha razão. Aquele povo estava atrás de coisas e não dele. Mesmo andando atrás dele, não o estava buscando, mas buscando coisas que ele poderia lhes dar.

No dia anterior, Jesus tinha alimentado uma grande multidão com pouquíssimos pães e peixes. Terminado o dia, aquele povo todo tinha ido embora. Mas, no dia seguinte, voltou atrás de Jesus. Quando notaram que ele e os discípulos tinham ido para o outro lado do grande lago, eles pegaram barcos e foram atrás de Jesus. Quando o encontraram, Jesus lhes disse logo: ‘Vocês vieram atrás de mim por causa do pão que vocês comeram ontem’. Comeram o pão e permaneceram no nível de matar a fome. Não entenderam o sinal. Aquele pão era só um sinal a indicar o verdadeiro alimento que sustenta para a vida eterna.

Essa palavra de Jesus, no evangelho de hoje, é muito atual. Aplica-se direitinho a nós e a muita gente. Quanta gente corre, hoje, atrás de coisas que Jesus pode dar! Que ele pode dar, pode. Que ele pode nos conceder graças, fazer milagres em nossa vida, claro que pode. Mas, que andemos atrás de Jesus unicamente movidos por esses interesses, é triste. O nosso interesse não pode estar unicamente nas coisas ou nas soluções materiais ou físicas para os nossos problemas. Continuamos, assim, a ser interesseiros e ingratos. Estamos interessados realmente em Jesus ou nas coisas que ele pode nos dar?

Jesus acolheu bem aquelas pessoas, mas as convidou para um nível mais alto de sua busca. “Esforcem-se, não pelo alimento que passa, mas pelo pão que permanece até a vida eterna”. Uma palavra atual, não acha? Não falta gente correndo atrás de milagres e curas. Agora, perguntemos se estão se comprometendo com o evangelho do Senhor. Nada. E olha que, infelizmente, não faltam pregadores apregoando milagres em nome de Jesus, mas sem convidar seus fiéis a seguirem Jesus, a praticarem os seus mandamentos.

Precisamos passar do sinal para a realidade que ele aponta. Moisés alimentou o povo, no deserto, com o Maná, como está narrado no Livro do Êxodo. E se dizia que aquele era o pão descido do céu. Mas, aquele era apenas um sinal. Não é Moisés que dá o pão do céu. O verdadeiro pão do céu quem o dá é Deus. E esse pão de Deus descido do céu que dá vida ao mundo tem nome, é uma pessoa, é Jesus. Aquela experiência de Jesus alimentando o povo no deserto aponta para a verdade de Jesus que está comunicando a vida de Deus ao seu povo e o fará de maneira total na cruz. Então, aquela cena do pão entregue no deserto é um sinal da vida entregue na cruz, gerando perdão, restauração, vida. É isso que celebramos na Eucaristia. Na Santa Missa, como rezamos com as palavras de São Paulo, anunciamos a sua morte e a sua ressurreição que nos salvam.

Guardando a mensagem

A palavra de hoje nos convida a passar do sinal para o encontro com Cristo. Do sinal para a fé em Jesus Salvador. A refeição no deserto prepara a refeição da Eucaristia, a celebração da entrega de Cristo em favor da humanidade. O nosso encontro com o Senhor na comunidade, na palavra e no pão eucarístico nos põe no caminho da conversão. Como explica a Carta aos Efésios, passamos do homem velho para o homem novo, criado à imagem de Deus, em verdadeira justiça e santidade. Despojamo-nos do homem velho e revestimo-nos do homem novo. Assim, como disse Paulo, não podemos mais continuar a viver como os pagãos, mas como pessoas renovadas no espírito, e na mentalidade também.

Pois o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo (Jo 6, 33)

Rezando a Palavra

Senhor Jesus,
Igual àquele povo que estava te procurando por causa do pão material que comera naquele encontro, nós também ficamos correndo atrás das coisas e daquilo que podes nos dar. Tua Palavra, hoje, nos ensina, que nosso maior esforço, nosso maior empenho, deve ser buscar-te como nosso Deus e Salvador; não estar interesseiramente atrás do que tu podes nos conceder na tua misericórdia, mas buscar a ti que és o verdadeiro pão dado para a vida do mundo. Senhor, dá-nos sempre deste pão. E como neste primeiro domingo de agosto, celebramos a vocação do padre, nós te pedimos, Senhor Jesus, uma bênção especial para os nossos padres, dispensadores do pão de tua palavra, ministros do teu pão eucarístico. Concede à tua Igreja santas e numerosas vocações para os ministérios ordenados de diáconos e padres, para que,  em teu nome, apascentem o rebanho. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a Palavra

Durante o dia de hoje, repita em prece, muitas vezes: “Senhor, dá-nos sempre deste pão” (Jo 6, 34).

Mesmo se não lhe for possível, hoje, participar presencialmente da Santa Missa, acompanhando a celebração pelos meios de comunicação, faça a sua Comunhão Espiritual. Vou lhe deixar, no final do texto da Meditação, a Oração para a Comunhão Espiritual, composta por Santo Afonso Maria de Liguori. É só seguir o link que estou lhe enviando.

Celebro a Santa Missa hoje, às 17 horas, com transmissão pela Rádio Tempo de Paz. É só baixar o aplicativo no seu celular.

ORAÇÃO PARA A COMUNHÃO ESPIRITUAL

“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós. Amém."

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

18 comentários:

  1. Amém padre João Carlos bom dia obrigada pelas suas palavras tão lindas. que nosso senhor Jesus Cristo nos dê sempre desse pão, e nos livre de todo mal

    ResponderExcluir
  2. Padre João Carlos o senhor é abençoado e iluminado escolhido por Deus,nos guia
    por um caminho de fé e amor.
    Que Deus continui te dando saúde e entusiasmo para celebrar a vida de Deus na nossas vidas.
    Desejo um maravilhoso dia do padre que nossa senhora auxiliadora envolve o senhor no seu caminho.
    🙏🙋😇🌟🌟🌟🌹🌹🌹
    Jesus Cristo quem dá vida espiritual e eterna ao homem,suprido o vazio do coração e sustenta a alma.
    Ele ser o pão da vida, somente Ele provê vida eterna, isso é a verdade da pessoa de Cristo sua divina missão.
    🙋🙏😍🌹💕
    Ficar com Deus um bom domingo

    ResponderExcluir
  3. A conduta aqui é de trocar nessa linha cristã.Abraçam emocionados,talentos oferecidos para solucionar os eventuais problemas humanos,isso são características da sociedade de troca,dando que se recebe,mas o objetivo aqui é fazer homens livres capazes de resolver suas coisas.Hoje ainda somos dá mesmo forma;tudo de difícil deixamos pra Deus,em momento nenhum queremos sermos instrumentos dele,é nos deixarmos ser usado deixar que o Espírito Santo aja em nós, acontecendo seremos capazes comprende:Jesus que saciar essa sede da eternidade começa aqui entrega pessoal e jamais negócio,o evangelho mostra-se presente tais atitudes, Cristo mostrou a face das situações adiversas:Vocês gosta do que ofereço,porém querem muito qu
    busquem solucionar seus problemas:lembre da eternidade requer bastante planejamento não tenham pressa...As palavras atitudes que venham do Espírito Evoluído dedicado é do céu,segue uma eternidade o imediatismo nunca pertenceu a Deus 🙏🙏.Sejamos ponderados na prática das palavras exemplificadas nesse momento,

    ResponderExcluir
  4. 🙏🙏🙏🙏🙏🙏🌻Senhor dai-nos sempre deste pão, obrigada padre João Carlos , por ser tbm ser um representante de Deus a nos guiar

    ResponderExcluir
  5. Amém padre João Carlos bom dia obrigada pelas suas palavras tão lindas. Que Deus nosso senhor Jesus Cristo nos abençoe e livre nos de todo mal. Um abençoado domingo do senhor a todos.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia e um abençoado domingo com a proteção de Deus e Nossa Senhora

    ResponderExcluir
  7. Bom dia, gostaria de receber através do WhatsApp, diariamente a msg do evangelho, se for possível, fico agradecido... DEUS abençoe ao senhor Padre.
    meu contato(81)99664.1049 Robson Alves de Morais

    ResponderExcluir
  8. Obrigada padre João Carlos pela sua vocação ao sacerdócio, aí de nós na vida cristã se não fosse os padres como o senhor que explica tão bem a palavra.
    Hoje,rezo por todos os padres bispos e pelo papa Francisco e o papa emérito.
    Que Deus possa me perdoar dos meus pecados para que minhas orações sejam atendidas.
    Obrigada a vocês por dizerem SIM a Deus.

    ResponderExcluir
  9. Senhor meu Deus dá- me este pão da vida renova- me com teu amor amém

    ResponderExcluir
  10. Bom dia Padre João Carlos obrigada pelas palavras que Deus abençoe

    ResponderExcluir
  11. Anônimo1/8/21 13:40

    Boa tarde Padre João Carlos. Paz e bem.
    Jesus, tu és o pão da vida. Quem come
    deste pão não terá mais fome e e nem terá mais sede ( João 6, 35 ). Jesus sacia a nossa fome e a nossa sede e dá-nos sempre deste pão que alimenta o homem em Macha para Deus...
    Um domingo abençoado para Padre João Carlos e todos da AMA.
    Ester de Campinas São Paulo.

    ResponderExcluir
  12. Ó Deus de Misericórdia, eu LHE agradeço pela vida de Santo Afonso Maria de Ligório. Todavia, me ajude evitar o pecado da murmuração e das paixões enganadoras. Me ajude vencer o sofrimento e a provação. Me ajude com a VOSSA proteção. Me ajude cumprir a VOSSA lei. Me ajude viver santamente. Me ajude renunciar o pecado. Me ajude despojar-me do homem velho. Me ajude renovar o meu espírito e a minha mentalidade. Me ajude revestir-me do homem novo. Me ajude ser VOSSO discípulo missionário. Me ajude esforçar-me pelo alimento que permanece até a vida eterna. Me ajude ter fé e confiança no meu REDENTOR. Me ajude fazer boas comunhões. Isso eu LHE peço por Cristo Nosso Senhor. Amém.

    ResponderExcluir
  13. Bom Domingo Padre João Carlos, suas bênçãos e obrigado Sempre e estaremos em Oração para o Amor na Eucaristia. Salve Maria 🙏

    ResponderExcluir
  14. Boa noite Pe João Carlos.
    Hj assisti no canal do Pai Eterno o filme contando a vida de Sto Inacio de Loiola. Maravilhoso. Parecido com a vida de São Francisco. Paz e bênção para o Sr.

    ResponderExcluir
  15. Boa noite padre João carlos .. Amèm.

    ResponderExcluir
  16. Boa noite padre João Carlos sua bênção obrigado padre Deus abençoe este pão do Céu quem come este pão não tera fome nem ceder maravilhoso Deus paz e bem Nilza Maria de jardim paulista pe

    ResponderExcluir
  17. Deus está conosco,onde ele estiver presente estaremos a sua procura pois é ele que nos dar forças nos momentos difíceis da nossa vida. Estamos em comunhão com vós.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 9.9964-4899.