PE. JOÃO CARLOS - MEDITAÇÃO : FAMÍLIA, SANTUÁRIO DA VIDA E DA FÉ

20201226

FAMÍLIA, SANTUÁRIO DA VIDA E DA FÉ



27 de dezembro de 2020, 
Domingo da Sagrada Família de Jesus, Maria e José 

EVANGELHO


Lc 2,22-40

22Quando se completaram os dias para a purificação da mãe e do filho, conforme a Lei de Moisés, Maria e José levaram Jesus a Jerusalém, a fim de apresentá-lo ao Senhor. 23Conforme está escrito na Lei do Senhor: “Todo primogênito do sexo masculino deve ser consagrado ao Senhor”. 24Foram também oferecer o sacrifício — um par de rolas ou dois pombinhos — como está ordenado na Lei do Senhor. 25Em Jerusalém, havia um homem chamado Simeão, o qual era justo e piedoso, e esperava a consolação do povo de Israel. O Espírito Santo estava com ele 26e lhe havia anunciado que não morreria antes de ver o Messias que vem do Senhor.
27Movido pelo Espírito, Simeão foi ao Templo. Quando os pais trouxeram o menino Jesus para cumprir o que a Lei ordenava, 28Simeão tomou o menino nos braços e bendisse a Deus: 29“Agora, Senhor, conforme a tua promessa, podes deixar teu servo partir em paz; 30porque meu olhos viram a tua salvação, 31que preparaste diante de todos os povos: 32luz para iluminar as nações e glória do teu povo Israel”.
33O pai e a mãe de Jesus estavam admirados com o que diziam a respeito dele. 34Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe de Jesus: “Este menino vai ser causa tanto de queda como de reerguimento para muitos em Israel. Ele será um sinal de contradição. 35Assim serão revelados os pensamentos de muitos corações. Quanto a ti, uma espada te traspassará a alma”.
36Havia também uma profetisa, chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. Era de idade muito avançada; quando jovem, tinha sido casada e vivera sete anos com o marido. 37Depois ficara viúva, e agora já estava com oitenta e quatro anos. Não saía do Templo, dia e noite servindo a Deus com jejuns e orações. 38Ana chegou nesse momento e pôs-se a louvar a Deus e a falar do menino a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém.
39Depois de cumprirem tudo, conforme a Lei do Senhor, voltaram à Galileia, para Nazaré, sua cidade. 40O menino crescia e tornava-se forte, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava com ele.

MEDITAÇÃO

O pai e a mãe de Jesus estavam admirados com o que diziam a respeito dele (Lc 2, 33).



Chegamos ao último domingo deste ano. Dentro da oitava do natal, este é o domingo da Sagrada Família. Abramos o coração para acolher as lições da Palavra de Deus para nossa vida em família e para iniciarmos bem o ano novo de 2021. Ao menos três lições, podemos recolher da Palavra de Deus neste domingo.

Vamos à primeira. Ela vem do Evangelho, hoje lido em Lucas, capítulo 2. A cena é a ida da família de José ao Templo de Jerusalém. José e Maria, com seu filhinho de colo, cumprem ali os ritos previstos no pós-parto: a purificação da mãe e o resgate do primogênito. Eles são judeus piedosos, cumpridores da Lei. Pela consagração do filho, eles o estão inserindo na história da salvação do seu povo. Os dois idosos, Simeão e Ana, podem representar o Antigo Testamento que encontra seu sentido e sua luz na pessoa daquela criança, o salvador prometido. Eles podem também representar nossos avós e todos os idosos de nossas comunidades que criam um ambiente de fé em torno da família. O menino cresce forte e sábio nesse ambiente de fé e amizade com Deus. Essa é a contribuição da família e da comunidade no crescimento de uma criança batizada: sustentar um ambiente de fé e de prática religiosa no qual ela cresça sadiamente. Os pais são somente geram um filho, mas o inserem na sociedade humana e no caminho de fé do povo de Deus. Que lição, podemos guardar? Os pais e a comunidade se esforcem para criar um ambiente religioso positivo para o crescimento sadio dos filhos.

Vamos à segunda lição. Ela vem do Livro do Eclesiástico e fala da atenção dos filhos aos seus pais. Os filhos devem amor, respeito, obediência aos seus pais. Honrar pai e mãe é o quarto mandamento da Lei de Deus. Particularmente, essa santa obrigação continua quando os pais envelhecem. É preciso cuidar deles, com todo o carinho e paciência. Vivemos numa sociedade que valoriza quem é jovem e produtivo, descartando os idosos. Olha a palavra de hoje, no livro do Eclesiástico (Eclo 3): “Meu filho, ampara o teu pai na velhice e não lhe causes desgosto enquanto ele vive. Mesmo que ele esteja perdendo a lucidez, procura ser compreensivo para com ele. Não o humilhes em nenhum dos seus dias. A caridade feita a teu pai não será esquecida”. Que lição, podemos guardar? Os filhos amem e respeitem os seus pais, sempre, e, com todo carinho, cuidem deles, quando eles envelhecerem.

Vamos à terceira lição. Ela vem da Carta aos Colossenses e diz respeito à nossa convivência em família. Diz o apóstolo (Cl 3) “Revistam-se de sincera misericórdia, bondade, humildade, mansidão e paciência, suportando-se uns aos outros e perdoando-se mutuamente se um tiver queixa contra o outro”. Olha que belo programa de convivência em família! Somos responsáveis uns pelos outros. São sete atitudes que o apóstolo está recomendando: misericórdia, bondade, humildade, mansidão, paciência, tolerância e perdão. Que lição, podemos guardar? A caridade cristã começa em casa. 

Guardando a mensagem

O Senhor hoje nos brinda com muitos conselhos e recomendações sobre a nossa vida em família. Com a família de Nazaré, aprendemos que os pais e a comunidade são responsáveis pelo ambiente religioso positivo para o crescimento sadio dos filhos. Com a tradição da fé, recordamos que os filhos devem amar e respeitar os seus pais, sempre, e, com todo carinho, cuidar deles, quando eles envelhecerem. E o apóstolo nos recomendou que a caridade cristã comece em casa: misericórdia, humildade, paciência, perdão. Nesse finalzinho de ano, em família e no encontro com os parentes, temos muito a exercitar.

O pai e a mãe de Jesus estavam admirados com o que diziam a respeito dele (Lc 2, 33).


Rezando a palavra

Senhor Jesus, 
nasceste e cresceste numa família humana tão especial! Nossas famílias também são especiais, porque nasceram do amor e são sustentadas pela tua graça. Elas são comunidades de fé, berço da vida, igrejas domésticas. Abençoa, Senhor, os pais, as mães, filhos e filhas, os avós, os tios e primos. Que a teu exemplo, os filhos vivam o mandamento de honrar e obedecer a seus pais. Que a exemplo de Maria, tua mãe, as mães guardem tudo no seu coração, em profunda comunhão contigo. Que a exemplo de José, teu pai adotivo, os pais nunca se afastem de Deus e honrem suas esposas com um amor fiel. Abençoa, hoje, de maneira especial, os idosos de nossas famílias. Que eles se sintam amados e valorizados. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

Muita coisa você pode fazer, hoje, por sua família, especialmente rezar por todos de sua casa. Mas, posso lhe dar mais uma sugestão. Procure, hoje, sem pressa, tomar ao menos uma refeição na companhia de seus familiares.

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

12 comentários:

  1. Sonia Aparecida Gobato Lopes27/12/20 00:41

    Agradeço a Deus cada dia pela família abençoada em que Ele me fez nascer.

    ResponderExcluir
  2. Amém Padre João 🌹Bom dia! Ter uma família é ter a certeza de que O Amor e A Comunhão da Sagrada Família de Nazaré está presente em cada um dos seus membros e que o Natal de Jesus renasce nas ações de misericórdia que cada um tiver uns pelos outros! Obrigada por tão linda meditação! Um grande e carinhoso abraço para o senhor e toda sua família! Bênçãos sejam derramadas sobre ela com a mesma intensidade que recebemos de suas mãos sacerdotais!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia padre João Carlos que o senhor tenha um ótimo domingo abençoado e iluminado que papai do céu te proteja sempre e nossa senhora auxiliadora envolve no seu caminho 🙌😇🌟🌟🌹
    Padre João Carlos, hj não vou fazer comentário,me desculpa, vou fazer um desabafo.
    A meditação e falando de família.
    Padre João Carlos, estou passando momentos difícil com um membro da família.
    Está me deixando muito nervosa e chateada, até já chorei, está
    fazendo e relembrando coisas que me fez sofrer muito, que eu tirei da minha vida.
    Bastante conselho estou da dor
    espero que mude.
    Não deve se espelhar em pessoa que nunca deu exemplo, já tem idade de cria assar e voa.
    😭😭💕

    ResponderExcluir
  4. Bom Domingo Padre João Carlos e obrigado pela Homilia e canções. Estaremos em Oração para o Amor no Espírito Santo e que nossas Famílias sejam guiadas Nele na Fé. Salve Sagrada Família: Maria, Jesus e José, exemplo de Amor para a Caridade, Vida e Fé. 🙏

    ResponderExcluir
  5. A família é a base de tudo, hoje a cada dia me encanto pôr tudo que Jesus nos insinou, através das atitudes junto a Maria e seu pai José, além do mas quando ele usava o termo família têm um sentido amplo,que todos os que fazem a comunhão com os princípios de Deus,sendo assim estamos cientes que em qualquer lugar do mundo material temos família, então hoje se estivermos juntos em qualquer ambiente devemos festejar na casa no trabalho,no Bar,na igreja ou só na presença do Espírito Santo.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia PADRE JOÃO CARLOS a sua benção.
    Obrigado SENHOR pela existência da minha linda família e, que o Senhor nos abençoe, hoje e sempre amém.

    ResponderExcluir
  7. A sua benção padre João Carlos obrigada pela reflexão que minha família seja com Família de Nazaré

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde Padre João Carlos.
    Que a paz e a felicidade estejam no lar
    De todos nós e o sentimento de amor e união em cada coração... Que a oração tenha um lugar sublime na sua casa. A oração dá a direção certa para que a nossa família não se perca no meio da ilusão. Que tenhamos fé neste domingo
    da família de Jesus, Maria e José. Que a minha família se abençoada pela família de Jesus de Nazaré.
    Muitas bênçãos para Padre João Carlos e todos da AMA. Fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
  9. Boa noite padre João Carlos obrigado por belo evangelho e a homilia muito bom a família e uma benção de Deus na nossa vidas quando ha compreensão respeito amor então se conhecimento de Deus Deus seja louvado Jesus e Maria lhe abençoe amém paz e bem

    ResponderExcluir
  10. Ó Pai, que resumistes toda lei no amor a Deus e ao próximo, eu LHE agradeço por todas as famílias. Entretanto, me ajude honrar, obedecer, amparar e respeitar os meus pais. Me ajude ser caridoso e solícito com as pessoas. Me ajude evitar o pecado da humilhação e da intimidação. Me ajude seguir o caminho da santificação e da purificação. Me ajude revestir-me de sincera misericórdia, amor, paz, bondade, humildade, mansidão e paciência, suportando e perdoando todas as pessoas. Me ajude guardar a VOSSA palavra no meu coração. Me ajude ensinar e admoestar com sabedoria. Me ajude cantar salmos, hinos e cânticos espirituais, em ação de graças. Me ajude cumprir a VOSSA lei. Me ajude ser justo e piedoso. Me ajude ser guiado pelo Espírito Santo. Me ajude bendizê-Lo e louvá-Lo com humildade. Me ajude servir com generosidade. Me ajude abençoar com amor. Me ajude ter bons e santos pensamentos. Me ajude vencer o sofrimento. Me ajude fazer bons jejuns e boas orações. Me ajude ser forte, cheio de sabedoria e de graça. Isso eu LHE peço pela intercessão de Jesus Cristo, VOSSO querido filho e meu amado SALVADOR. Amém.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 9.9964-4899.