20 outubro 2019

NÃO ABAIXE OS BRAÇOS

E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que dia e noite gritam por ele? Será que vai fazê-los esperar? (Lc 18, 7)


20 de outubro de 2019

O juiz e a viúva. A viúva tinha uma causa na justiça. O juiz era iníquo, não temia a Deus, não respeitava ninguém. As chances da viúva eram mínimas. É a situação de muita gente. Tendo um problema sério para resolver, encontra barreiras muito grandes para ultrapassar. Tem diante de si um sistema burocrático, a força do poder econômico, a má vontade de quem deveria encaminhar uma solução... é problema de trabalho, é problema de saúde, é problema de família. Problemas grandes, com pouca chance de solução. Não seria o seu caso?

Bom, na parábola que Jesus contou, a situação estava difícil para a viúva. Ela tinha uma causa na justiça. E o juiz não era confiável. A fama dele era de injusto, sem temor a Deus. Tudo levava a crer que o juiz demoraria demais a resolver o assunto e, claro, como não tinha compromisso com a justiça, iria prejudica-la, pois ela era a parte mais frágil, mais desprotegida.

Mas, não foi bem assim. Ela conseguiu que ele julgasse o processo logo e lhe desse ganho de causa. Olha que surpresa! E o que mudou a situação? Jesus deixou claro: a insistência da viúva. Frequentemente, ela estava na porta do juiz: “Faça-me justiça contra o meu adversário”. O seu pedido insistente, perseverante acabou chateando o juiz. Ele pensou: ‘vou resolver logo isso, senão essa viúva vai acabar com o meu juízo’. E resolveu logo. E resolveu dando razão a quem tinha razão, à viúva. Que história interessante!

Por que será que Jesus contou essa história? Com certeza, pra gente não desanimar diante dos problemas, pra gente não cruzar os braços diante de situações difíceis; ir à luta, insistir, lutar pelo certo, pela verdade, pela justiça... A viúva não ficou em casa, se lamentando.... “Estou perdida, eu sou uma pobre viúva, e aquele juiz é um sujeito corrupto”. Não, não ficou se lamentando. Foi à luta, enfrentou o magistrado, insistiu, cobrou, encheu a paciência daquele homem... Nada de ficar esperando pra ver no que vai dar, nada de se bloquear imaginando-se sem chance... Ir à luta, enfrentar, cobrar, insistir. Entendeu?

A parábola também pode ser aplicada ao nosso relacionamento com Deus. Mesmo que Deus não tenha nada de parecido com o juiz da história, precisamos ser perseverantes naquilo que pedimos. É que Deus, como bom educador, quer ver a gente se mexendo pra encontrar solução para os problemas; quer que tenhamos um grau de compromisso com o que estamos pedindo; quer que cultivemos um sentimento de verdadeira confiança nele.

Nossa oração deve ser constante, perseverante. No livro do Êxodo, conta-se um fato curioso na batalha do povo de Deus contra os amalecitas. Moisés, no monte, rezava com as mãos elevadas, enquanto o povo lutava lá embaixo. “Enquanto Moisés conservava a mão levantada, Israel vencia; quando abaixava a mão, venciam os seus inimigos”. A vida é uma luta permanente. Não vencemos sem a força de Deus. Então, mantenha suas mãos erguidas, em prece, o tempo todo. Sem Deus, estamos perdidos.

Guardando a mensagem

A viúva da história de Jesus é um exemplo para nós. Diante de dificuldade quase intransponível, acreditou na sua causa e, de tanto insistir, terminou mobilizando o injusto juiz em seu favor, com o incômodo de sua cobrança persistente. Você mesmo tem coisas difíceis pra realizar, sonhos quase impossíveis pra conquistar. Aprenda da viúva do evangelho. Não fique de braços cruzados. Não se deixe vencer pelo desânimo, pelo cansaço. A vitória depende de sua perseverança, de sua insistência. Deus também, como um bom pai que é, gosta de dar um tempo quando a gente faz um pedido. Ele quer ver a gente se mexer com confiança e perseverança e amadurecer o grau de compromisso com aquilo que estamos pedindo. Só pais inexperientes dão tudo o que filho pede e na velocidade que ele deseja.

E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que dia e noite gritam por ele? Será que vai fazê-los esperar? (Lc 18, 7)

Rezando a palavra

Senhor Jesus,

Quantas lições, aprendemos no teu santo evangelho! Hoje, nos dizes para sermos perseverantes, insistentes, chatos se for preciso, mas não desistirmos diante das dificuldades. E disseste isto comparando também com a oração. Deus não é como aquele juiz. Ele é um pai amoroso. Mas, é um pai que quer o nosso bem, e sabe se o que pedimos servirá mesmo para o nosso crescimento; e sabe a hora certa para nos conceder o que pedimos. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

Na sua Bíblia, procure o Salmo 120 (ou 121) para rezá-lo, hoje. Ele começa assim: “Eu levanto os meus olhos para os montes:/ de onde pode vir o meu socorro?”

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb – 20 de outubro de 2019

27 comentários:

  1. Bom dia Padre João Carlos. A MEDITAÇÃO me proporciona a alegria de viver... Parabéns padre João Carlos por. Continue com sua caminhada missionária que faz tanto bem para toda humanidade. Peço orações...Ester de Campinas São Paulo.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Pe João Carlos.Peco que olhes com compaixão para vossa serva Rose Mary. Tende piedade dela. Amém 🐟🙏🙏🙏

    ResponderExcluir
  3. Bom dia padre joão Carlos peço q reze por Fernanda uma jovem q está com cancer terminal .

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Padre,a meditação de hoje fala do momento que estou vivendo,no estou desempregada,mas vou persistir,encarar todas as dificuldades para conquistar meu objetivo,eu tenho que me dedicar mais e correr atrás,Deus é bom o tempo todo, e não vou desistir.

    ResponderExcluir
  5. Foi a palavra que precisava ouvir

    ResponderExcluir
  6. Padre muito lindo seu comentário da palavra que nos faz ver que Deus e nosso pai e nunca nos abona e sim nós encima a não abaixar a cabeça e ser firme na fé, Deus o abençoe na sua caminhada na evangelização com muita oração estaremos sempre orando firmes na fé...

    ResponderExcluir
  7. Gloria a vós Senhor! ! Meu socorro vem do céu .Amém!

    ResponderExcluir
  8. Amém 🙏🙏 palavras da salvação glória a vós senhor

    ResponderExcluir
  9. Obrigado pela meditação, que a santíssima trindade lhe abençoe hoje e sempre, abraços 😇😇😇

    ResponderExcluir
  10. Padre João Carlos santificada seja sua vida,tenha um santo e abençoado domingo,na paz do Senhor.obrigada por todos os dias nos presentear com a palavra de DEUS e sua presença em nosso coração,sua bênção.

    ResponderExcluir
  11. Um santo e abençoado domingo a todos que fazem essa Paroquia. Um reflexão que me deixou um conhecimento diferente sobre a oração. Obrigado Pe: João Carlos.

    ResponderExcluir
  12. Padre obrigada peloquep transmite com sua palavra de tanta sabedoria

    ResponderExcluir
  13. Amém 🙏 que assim sempre seja 🙌

    ResponderExcluir
  14. Bom dia padre João Carlos que Deus nos ilumine e que sejamos perseverante como a viúva da palavra !

    ResponderExcluir
  15. Padre João Carlos a meditação de hoje é muito parecido com o que eu estou vivendo eu estou com uma causa na justiça mas já entreguei nas mãos de Deus ele tomar conta ele sabe todas as coisas Padre João Carlos louvando seja a Deus pela suas palavras é maravilhoso todos os dias ouvir a palavra de Deus quando estou angustiada mas quando ouço as suas pregações suas palavras é mensagens de Deus eu mim sinto muito abençoada muito obrigado pelo Evangelho que Deus abençoe sempre o senhor Jesus Cristo lhe Ilumine sempre 🙏🙏🙏🙏

    ResponderExcluir
  16. Muito boa reflexão! Gostaria de receber todos os dias. Como posso?! Obrigada pela partilha!

    ResponderExcluir
  17. Ele está dizendo que o Deus do crente é o mesmo Deus deu do católico é isso

    ResponderExcluir
  18. João Carlos A benção viu Padre o padre Me explique sobre essa questão das pessoas dizer os católicos diesel Deus do crente é o mesmo Deus dos católicos que quer dizer isso

    ResponderExcluir
  19. Amém, boa tarde Padre João Carlos,obrigada pelas homilias.

    ResponderExcluir
  20. Amém,Deus seja louvado!

    ResponderExcluir
  21. Boa noite! Muito bonita a reflexão do evangelho de hoje. Devemos ser firmes na fé e na esperança de alcançarmos os nossos objetivos.Parabéns! Gosto muito dos seus comentários.

    ResponderExcluir
  22. Senhor na minha casa, faz a sua vontade.maria Emilia

    ResponderExcluir
  23. Pai Santo Todo Poderoso, eu LHE agradeço por esse dia mundial das missões. Entretanto, me ensine lutar contra a injustiça. Me ensine rezar com fé, perseverança e confiança. Me ensine permanecer firme naquilo que aprendi. Me ensine conhecer as Sagradas Escrituras. Me ensine adquirir a sabedoria, que conduz à salvação pela fé, no meu SALVADOR. Me ensine argumentar, corrigir e educar na justiça, com a santa palavra. Me ensine ser perfeito e qualificado para praticar boas obras. Me ensine proclamar a palavra, repreender e aconselhar com paciência e doutrina. Me ensine ser VOSSO discípulo missionário. Isso eu LHE peço pela intercessão de Jesus Cristo, VOSSO querido filho e meu amado REDENTOR. Amém.


    ResponderExcluir
  24. Bom dia Padre João Carlos, Jesus te abençoe e obrigado pelas meditações, peço forças a Jesus, para ser perseverante na oração, nesse mundo tão barulhento, precisamos rezar e não desisti, só perto de Jesus conseguimos. Sua benção e fique com Jesus e a virgem Maria.

    ResponderExcluir
  25. Amém!! Que reflexão extraordinária. Amei.
    Deus te abençoe grandemente Padre João Carlos.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@hotmail.com ou o whatsapp 81 9.9780-8230