27 outubro 2019

A ORAÇÃO QUE TRANSFORMA


Jesus contou esta parábola para alguns que confiavam na sua própria justiça e desprezavam os outros (Lc 18, 9) 


27 de outubro de 2019. 

A pergunta deste 30º Domingo Comum é a seguinte: A sua oração está mudando a sua vida? Vale dizer: a sua oração tem sustentado o seu caminho de conversão? 

A história que Jesus conta, hoje, nos deixa com a pulga na orelha. Não basta rezarmos e sermos fieis à oração. Precisamos estar atentos ao risco de nossa oração reforçar o nosso egoísmo e justificar a exclusão dos irmãos e assim, ofender seriamente a Deus. 

Dois homens subiram ao Templo para rezar. Um era fariseu, um homem praticante da Lei de Moisés. O outro era publicano, um cobrador de impostos, com pouca ou nenhum observância da Lei de Deus. 

Jesus descreveu assim a oração do fariseu: “O fariseu, de pé, rezava assim em seu íntimo: ‘Ó Deus, eu te agradeço porque não sou como os outros homens, ladrões, desonestos, adúlteros, nem como este cobrador de impostos. Eu jejuo duas vezes por semana, e dou o dízimo de toda a minha renda’”. 

Essa oração do fariseu parecia um louvor a Deus feito por um homem santo, bom cumpridor de suas obrigações religiosas, de comportamento ilibado. Na verdade, sua oração apresenta, pelo menos, cinco falhas graves: 1. Mesmo dirigindo-se a Deus, ele fez uma homenagem a si mesmo por ser tão bom, tão praticante, tão piedoso. Assim, ele tomou o lugar de Deus, louvando-se a si mesmo, invocando sua honestidade e sua santidade. 2. Tendo ele já tanto merecimento, Deus ficaria, na verdade, obrigado a abençoa-lo, a recompensá-lo por sua santidade. 3. Sua oração reforçou o seu egoísmo. Tem muito “eu” na sua breve oração: (eu te agradeço, eu jejuo duas vezes por semana, eu dou o dízimo..). 4. A sua oração reforçou a discriminação do irmão, do publicano, ao invés de criar solidariedade (“te dou graças, porque não sou como os outros homens, nem como esse aí”). 5. Em sua presunção, a sua oração não abriu espaço para conversão, mudança de vida. 

Jesus descreveu a oração do publicano assim: “O cobrador de impostos, porém, ficou à distância, e nem se atrevia a levantar os olhos para o céu; mas batia no peito, dizendo: ‘Meu Deus, tem piedade de mim que sou pecador!’ 

O cobrador de impostos reconhece a grandeza de Deus e a sua condição de pecador. Em três gestos, isso fica claro: fica à distância, não se atreve a elevar os olhos, bate no peito. Assim, invoca a misericórdia de Deus: “Meu Deus, tem piedade de mim que sou pecador”. Deus está no centro de sua oração. Ele reconhece a sua condição de pecador. A sua oração abre caminho para a conversão, para a mudança de vida. Coloca-se nas mãos de Deus, invocando sua misericórdia. 

Guardando a mensagem 

Nesta história do fariseu e do publicano, Jesus, hoje, nos instrui sobre a oração. Muitas vezes, a nossa oração pode reproduzir o nosso egoísmo, nossa vaidade, nossa presunção. Assim, tomamos o lugar de Deus, nos auto-homenageando e julgando o irmão, reforçando a sua discriminação e exclusão. O fariseu mostra-se merecedor das graças de Deus, do seu favor. Em seu orgulho, fecha-se a qualquer apelo de mudança, de conversão. Assim, avisou Jesus, ele não voltou para casa justificado, perdoado, abençoado. O publicano, com humildade, reconhece-se necessitado da misericórdia de Deus. Na oração, abre-se para a ação de Deus, para sua graça, para sua misericórdia. Disse Jesus, este voltou pra casa justificado, perdoado, abençoado. 

Jesus contou esta parábola para alguns que confiavam na sua própria justiça e desprezavam os outros (Lc 18, 9) 

Rezando a palavra 

Rezemos com as palavras do Salmo (Sl 33) 

— O pobre clama a Deus e ele escuta: o Senhor liberta a vida dos seus servos. 

— Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo,/ seu louvor estará sempre em minha boca./ Minha alma se gloria no Senhor;/ que ouçam os humildes e se alegrem! 

— Mas ele volta a sua face contra os maus,/ para da terra apagar sua lembrança./ Clamam os justos, e o Senhor bondoso escuta/ e de todas as angústias os liberta. 

— Do coração atribulado ele está perto/ e conforta os de espírito abatido./ Mas o Senhor liberta a vida dos seus servos,/ e castigado não será quem nele espera

Vivendo a palavra 

Hoje, reze como o publicano, muitas vezes no dia: “Meu Deus, tem misericórdia de mim, porque sou um pecador”. 

Com a meditação de hoje, estou lhe enviando o vídeo de UTOPIA, faixa do meu novo trabalho musical. 

Pe. João Carlos Ribeiro – 27 de outubro de 2019 

25 comentários:

  1. Pe. João Carlos! Tenha um abençoado Domingo com as graças da Santíssima Trindade, abraços 😇😇😇

    ResponderExcluir
  2. Que minha oração humilde e manda

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pela João Carlos pelas palavras e reflexões profundas e sábias.Que o Senhor continue sempre te iluminando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada padre João Carlos muito lindo o evangelho de hoje que Deus abençoe o senhor padre João Carlos

      Excluir
  4. O video é muito lindo, adorei a bela homenagem a sua família. Bom trabalho. Deus o abençoe padre. Obrigada por existir. Bom domingo.

    ResponderExcluir
  5. Pe João Carlos Jesus abençoe grandemente sua vida.Feliz domingo.

    ResponderExcluir
  6. Gostei do seu comentário,pela primeira x que assisto,espero outras x.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia padre João Carlos. Sua música Utopia me leva a infância qdo aínda não tínhamos televisão nós reunimos após jantar

      a conversar. Obrigada padre João Carlos

      Excluir
  7. Bom dia Padre João Carlos tenha um abençoado Domingo muito obrigado pela mensagem tão Linda pela a palavra de Deus Jesus Cristo lhe Ilumine sempre 🙏🙏🙏🙏

    ResponderExcluir
  8. Pé. JOÃO CARLOS tenha um Domingo altamente abençoado por essa mensagem muito profunda pela palavra de DEUS.Que o ESPÍRITO SANTO o envolva com todos os SEUS DONS em nome do SENHOR JESUS sempre iluminando a sua caminhada.

    ResponderExcluir
  9. O senhor esteja com tigo!

    ResponderExcluir
  10. Já mencionei a minha admiração, mas nunca é demais repetir a verdade! O vídeo ficou simplesmente maravilhoso! Que me perdoe Padre Zezinho, mas esta nova versão superou a dele e qualquer outra! Amo esta música! Parabéns ao senhor, Cecília, Coral, Banda e todos que fizeram deste vídeo uma benção do Bom Deus para as famílias!

    ResponderExcluir
  11. Bom dia! Gostaria de receber as oração todos os dias pelo meu celular. Como eu consigo?

    ResponderExcluir
  12. Bom dia Padre João Carlos. Lhe desejo um domingo muito feliz repleto de muita saúde e muita paz. Oh!!! SENHOR, te suplico que abençoe o teu zeloso Pastor Padre João Carlos ,ele trabalha com tanto afinco!por teu amor...para que empossa levar para as pessoas palavras de AMOR E PAZ. E que a linda reflexão de hoje seja vivida por todos nós. Ester de CAMPINAS SP.

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde Padre, gostaria de receber orações e meditações diárias do evangelho mm

    ResponderExcluir
  14. Eu recebo, tinha mãe, que me explicava, a vida, com seu exemplo.hj tenho Jesus,que eu saiba ser humilde comigo mesma.

    ResponderExcluir
  15. padre João Carlos abençoado seja seu domingo e de seus familiares. sua bênção.

    ResponderExcluir
  16. Bom dia Padre João!
    Um abençoado domingo

    ResponderExcluir
  17. Meu Senhor e meu Deus tenha misericórdia de mim pois sou um pecador.

    ResponderExcluir
  18. Deus continue iluminando nas suascancoequenosevaangelizadando paz e alegria

    ResponderExcluir
  19. Senhor Jesus no evangelho de hoje tu nos conta está parabula , que nos ensina como fazer uma oração agradável a Deus nosso Pai , muitas as vezes somos como os fariseus tomamos o lugar de Deus em vez de nós humilhar dente dele reconhecendo nossos pecados e pedindo perdão ajuda-me senhor a aprender a fazer orações agradável aos teus ouvidos e tenha misericórdia de mim que sou pecador

    ResponderExcluir
  20. Senhor nosso Deus, eu LHE agradeço por mais um domingo. Todavia, me ajude tratar bem todas as pessoas. Me ajude trabalhar pela libertação dos oprimidos. Me ajude suplicar com humildade, perseverança, fé e confiança. Me ajude servi-Lo conforme a VOSSA vontade. Me ajude ser justo diuturnamente. Me ajude combater o bom combate, completar a corrida e guardar a fé. Me ajude esperar com amor a VOSSA manifestação gloriosa. Me ajude com a VOSSA proteção. Me ajude evangelizar da melhor forma possível. Me ajude evitar o mal, a arrogância e o orgulho. Me ajude alcançar a salvação eterna. Me ajude glorificá-Lo cada vez melhor. Me ajude perdoando os meus pecados. Isso eu LHE peço pela intercessão de Jesus Cristo, VOSSO querido filho e meu amado SALVADOR. Amém.

    ResponderExcluir
  21. Bom dia Padre João Carlos, Jesus te abençoe. Te peço perdão meu Jesus, e me ajude a ser humilde, honesto e não julgar os outros, não me achar a melhor. Quero ser luz na vida do meu irmão, e que a minha oração seja agradável a Jesus. Sua benção Padre João Carlos.🙌🙌

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@hotmail.com ou o whatsapp 81 9.9780-8230