27 março 2019

A PALAVRA DE DEUS É A VERDADE


Não pensem que vim abolir a Lei e os Profetas (Mt 5, 17).
27 de março de 2019.
Já estamos passando da metade da Quaresma. E, hoje, nos chega um estímulo para que coloquemos, no centro de nossa espiritualidade, a Palavra de Deus.
Tudo o que está na Bíblia está valendo para os cristãos? Uma boa pergunta. Jesus era judeu e vivia na fé do povo de Israel. A Bíblia do povo de Deus era só o Antigo Testamento, onde estavam os livros de Moisés, dos profetas e os Salmos. Os seguidores de Jesus, aos poucos, acrescentaram outros escritos: o Novo Testamento. No Novo Testamento, estão os evangelhos, os Atos dos Apóstolos, as Cartas e o Apocalipse. Tanto no Antigo, como no Novo Testamento, reconhecemos a ação do Espírito Santo que assistiu os escritores sagrados ao registrarem a experiência da fé do povo santo, a quem Deus foi revelando o seu projeto de salvação.
O Evangelho de Mateus, lido hoje, nasceu entre comunidades cristãs que estavam em ambiente judeu, com a maioria dos membros vindos do judaísmo; gente, portanto, que prezava por demais a Lei que Deus lhes tinha dado por meio de Moisés. Nessas comunidades vindas do judaísmo, era muito necessário esclarecer bem qual tinha sido a relação de Jesus com a Lei de Moisés. Havia sempre uma dúvida: Será que Jesus deu valor à Lei de Moisés? E ele, realmente era praticante fiel dessa Lei? Será que ele não veio mudar essa Lei? Então, a esse respeito, foram lembrados os ensinamentos de Jesus que estão no Sermão da Montanha.  Jesus disse: “Não pensem que eu vim abolir a Lei e os Profetas. Não vim para abolir, mas dar-lhes pleno cumprimento”. Então, para tranquilidade de todos, estava claro, Jesus deu valor à Lei. Não veio acabar com ela. Nem modifica-la. Veio dar-lhe plenitude.
Jesus deixou claro que a Lei de Deus não é um fardo pra gente carregar. É uma manifestação do amor de Deus para nos conduzir à felicidade e à salvação. Por isso, ele criticou muito os fariseus. Apesar de serem muito zelosos no cumprimento da Lei de Moisés, eles, no dizer de Jesus, “amarravam fardos pesados nas costas do povo”, transformando a Lei de Deus num instrumento de discriminação e opressão das pessoas.
Então, lendo o Antigo Testamento, percebemos que toda a Lei encontra seu sentido e seu coroamento em Jesus e no seu evangelho. O amor a Deus e ao próximo é a síntese completa da Lei do Senhor.
Guardando a mensagem
No Sermão da Montanha, está como Jesus explicou a Lei e como devemos realizá-la.  E como devemos seguir a Lei de Deus?
Devemos seguir a Lei de Deus com a Liberdade que ele nos deu. É na liberdade que escolhemos o bem, a verdade e rejeitamos o mal. Deus nos fez livres para escolher o bem.
Devemos seguir a Lei de Deus com a Sabedoria que ele nos dá. Não a sabedoria do mundo, nem a sabedoria dos poderosos. A Sabedoria de Deus. Ele preparou coisas maravilhosas para nós, um mistério que só o Espírito Santo nos revela.
Devemos seguir a Lei de Deus com a Caridade para os com irmãos que ele nos pede. O que está escrito na Lei? Não matarás. Perfeito. Mas, não matar quer dizer também não odiar o irmão, não desqualificá-lo, não humilhá-lo. A caridade é uma das marcas da nossa vivência da Lei.
Não pensem que vim abolir a Lei e os Profetas (Mt 5, 17).
Rezando a palavra
Senhor Jesus,
Hoje, neste 22º dia da Quaresma, em nosso caminho para a Páscoa, acolhemos com carinho a tua santa Palavra. O povo antigo amava o que eles chamavam a Lei. E nós continuamos a amar e venerar as Escrituras Sagradas, onde Deus nos fala. E continuamos a rezar, com os Salmos do povo bíblico: “A lei do Senhor é perfeita”. Ajuda-nos, Senhor, pela assistência do teu Santo Espírito, a conhecer, através do livro santo, a vontade de Deus e realizá-la em nossas vidas. Como nos inspiras, queremos também ser anunciadores do amor de Deus testemunhado no livro da história sagrada de nossa salvação. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.
Vivendo a palavra
Onde anda a sua Bíblia? Hoje, deixe-a num lugar de destaque. Nela, leia o evangelho que meditamos: Mateus 5,17-19.

Pe. João Carlos Ribeiro – 27.03.2019

22 comentários:

  1. Respostas
    1. Padre gosto muito da.sua meditaçao quê o senhor envia pra nossas casa quê nos trz paz e muita fé que deus abençoe o senhor sempre Amém Quê a sua palavra seja sempre bem vinda so tenho quê lhe agradesse por tudo Amêm

      Excluir
    2. Quem nao tem tempo para Deus não tempo para viver. Sem Deus não somos nada. Que Deus continuo abençoando seus belos áudios e suas belas explicaçoes. Pra mim esses audios serve de grande alimento para minha vida espiritual e física. É agua viva que sasseia minha cede. Deus te encha de saude e sabedoria. Continua nos alimentando. Brigada

      Excluir
  2. Que sejamos a Palavra de Deus revelada no mundo de hoje.🙌

    ResponderExcluir
  3. Senhora tua palavra é vida eterna amém

    ResponderExcluir
  4. "


    Ajuda-nos,Senhor a conhecer a vontade de Deus,através do teu livro Santo"

    ResponderExcluir
  5. Padre, sempre gosto muito da Palavra explicada pelo senhor. Ela é simples, profunda e penetra no nosso dia, com ação e no coração. Obrigada pela simplicidade e pela abundância.

    ResponderExcluir
  6. Amém 🙏🙏 leio a bíblia quase todos os dia, é muito bom

    ResponderExcluir
  7. Excelente! Deus seja louvado!

    ResponderExcluir
  8. Essa reflexão é belíssima! Muito obrigada por receber todos os dias a meditação da palavra de Deus.

    ResponderExcluir
  9. Gostei muito,aprendemos melhor,otima forma de evangelizar parabéns!

    ResponderExcluir
  10. A nossa eterna Senhora na palavra tão atual..
    Viva a Palavra de Deus!!!

    ResponderExcluir
  11. A Palavra de Deus é viva e eficaz em nossa vida!! Amém!!

    ResponderExcluir

  12. Reflexão sobre o Evangelho:
    (28/03/19 - Lucas 11,14-23) A cena do evangelho de hoje retrata um julgamento injusto. Jesus estava fazendo o que lhe era próprio: curava os doentes, expulsava os demônios e fazia o bem a todas as pessoas. Por isso dizem que ele agia por Belzebu, chefe dos demônios. Ele fazia bem todas as coisas, porém o julgamento errado impedia que muitas pessoas acreditassem nele. Muitas vezes corremos o risco de agir como as pessoas daquela época e nos deixamos levar pelos juízos temerários e os pontos de vista pessoal sem nos atermos à verdade dos fatos. Peçamos ao Senhor que nos livre dos juízos temerários. Deus abençoe você! #ParoquiaMissionaria #CatolicoOrante #ParoquiaEvangelizadora #evangelizar #discipular #enviar #PalavradoPadre #PlanoMissionarioePastoral
    Reflexão por: Pe. João Manoel Lopes

    ResponderExcluir
  13. Senhor Deus Todo Poderoso, eu LHE agradeço pela vida de Frei Damião de Bozano. No entanto, me ajude cumprir e ensinar as VOSSAS leis e os VOSSOS decretos. Me ajude com os dons da sabedoria e da inteligência. Me ajude a invocá-Lo santamente. Me ajude ser VOSSO discípulo missionário. Me ajude praticar e ensinar os VOSSOS mandamentos. Isso eu LHE peço pela intercessão de Jesus Cristo, VOSSO querido filho e meu amado SALVADOR. Amém

    ResponderExcluir
  14. Querido Deus nosso pai amado. Obrigada pelo vida do Padre João Carlos. Ilumina Senhor cada passo dele nessa caminhada de Sacerdote. E que nada nesse mundo tire ele dessa linda caminhada. E que ele continui nos alimentando através dos audios que nos envia.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.