PE. JOÃO CARLOS - MEDITAÇÃO : A SEMENTE E OS QUATRO TERRENOS

20210720

A SEMENTE E OS QUATRO TERRENOS



21 de julho de 2021

EVANGELHO


Mt 13,1-9

1Naquele dia, Jesus saiu de casa e foi sentar-se às margens do mar da Galileia. 2Uma grande multidão reuniu-se em volta dele. Por isso Jesus entrou numa barca e sentou-se, enquanto a multidão ficava de pé, na praia. 3E disse-lhes muitas coisas em parábolas: “O semeador saiu para semear. 4Enquanto semeava, algumas sementes caíram à beira do caminho, e os pássaros vieram e as comeram. 5Outras sementes caíram em terreno pedregoso, onde não havia muita terra. As sementes logo brotaram, porque a terra não era profunda. 6Mas, quando o sol apareceu, as plantas ficaram queimadas e secaram, porque não tinham raiz.
7Outras sementes caíram no meio dos espinhos. Os espinhos cresceram e sufocaram as plantas. 8Outras sementes, porém, caíram em terra boa, e produziram à base de cem, de sessenta e de trinta frutos por semente. 9Quem tem ouvidos, ouça!”


MEDITAÇÃO


Outras sementes, porém, caíram em terra boa, e produziram à base de cem, de sessenta e de trinta frutos por semente (Mt 13, 8)

Com certeza, você tem tido muitas oportunidades de ouvir a Palavra de Deus, não é verdade? Na leitura pessoal da Bíblia, na pregação da Missa, na Meditação (a leitura orante), na conversa com outras pessoas... de muitas maneiras, a Palavra vem sendo semeada em sua vida. E você fica feliz e agradece a Deus por isso, estou certo? Agora, essa Palavra tem feito algum efeito em sua vida? Essa é a pergunta do evangelho hoje. Essa Palavra tem produzido alguma mudança em sua vida?

Jesus estava falando com o povo exatamente sobre isso: sobre como cada um estava recebendo a mensagem do Reino de Deus. Foi assim que ele contou uma parábola, uma história de agricultor. Era como se ele estivesse dividindo as pessoas ali presentes em quatro grupos, em quatro terrenos. Cada grupo, cada terreno é uma resposta à pergunta: “A Palavra tem produzido alguma mudança em sua vida?”.

Primeiro grupo. Veja se não é esse o seu caso. Quem está neste grupo, responde assim: ‘Sabe de uma coisa, eu não compreendo a Bíblia, é uma coisa muito complicada. Na verdade, de tudo que eu escuto, não fica quase nada’. É o seu caso? Jesus comparou essa primeira situação com a semente que caiu à beira do caminho. Veio o maligno e roubou o que foi semeado. E, claro, não nasceu nada. Sabe o que é isso? Não compreender o que é anunciado. E o recado é simples: prestar atenção, dedicar-se mais à escuta da Palavra, pedir a assistência do Espírito Santo. Sem compreender, não se pode dar nem o primeiro passo.

Segundo grupo. Pode ser o seu caso. Quem está neste grupo, diz assim: “Ah, eu fico muito feliz em ouvir a Palavra de Deus. Eu gosto demais. Se ela faz algum efeito? Acho que pouco. Na verdade, quando a gente volta para a vida real, nem se lembra mais”. É o seu caso? Jesus comparou essa segunda situação com a semente que caiu num terreno pedregoso. Nasceu, mas não pode se enraizar. Morreu queimada pelo sol. A Palavra precisa se enraizar na vida da gente. Qual é o problema? A superficialidade. Não deixar que a Palavra penetre na própria vida. O recado é simples: dedicar mais tempo à Palavra de Deus, rezar mais. Isso é como cavar mais para que a Palavra se enraíze.

Terceiro grupo. Vai ver que esse é que é o seu caso. A pessoa diz assim: ‘Olha, é uma bênção a Palavra de Deus na minha vida. Na hora, é aquela alegria que me dá! Agora, tudo aquilo que eu ouço, que eu entendo, que eu abraço, acaba se esvaziando no meu corre-corre, no meio de tanta preocupação, de tantas distrações’. É esse o seu caso? Jesus comparou essa terceira situação com a semente que caiu no meio de espinhos. Ela germinou, cresceu, mas não deu frutos, porque os espinhos a sufocaram. E os espinhos, o que seria? Ele lembrou duas coisas: as preocupações do mundo e a ilusão da riqueza. Isso tudo sufoca a Palavra que está no nosso coração e a torna estéril. O recado é simples: Dê mais importância à Palavra, que ela seja a primeira na sua vida, a luz mais importante. A Palavra ajuda você a conhecer a vontade de Deus. É com essa luz que você vai olhar tudo ao seu redor, sua família, seu trabalho, seu lazer.

Quarto grupo. Se até agora, você não se encontrou... com certeza, esse é o seu caso. A pessoa diz assim: ‘Sou muito feliz porque na Palavra, eu encontro o próprio Deus que me orienta e me dá forças para caminhar. A Palavra tem modificado minha vida. Estou me tornando um cristão mais amoroso e um cidadão mais consciente’. Tomara que seja o seu caso! Jesus comparou essa quarta situação com a semente que caiu em terreno fértil. Germinou, cresceu e frutificou. Deu frutos: 30, 60 e até 100%. Quer dizer, alguns bem que poderiam estar rendendo mais... um chegou a 30, outro a 60. O recado é smples: que bom que a Palavra esteja dando frutos na sua vida! Mas, ela pode dar mais frutos ainda...

Guardando a mensagem

Para que a Palavra produza muito fruto em sua vida, quatro recomendações. Primeira – dê a atenção que a Palavra merece, isto é não a escanteie numa área marginal de sua vida (à beira do caminho). Segunda recomendação – dê mais espaço à Palavra, para que ela crie raízes em sua vida. Terceira – dê à Palavra o lugar que ela merece, ela é a luz para iluminar seus problemas, suas escolhas, suas lutas. Quarta recomendação - não se contente com o que a Palavra já fez na sua vida. Ela pode produzir muito mais.

Outras sementes, porém, caíram em terra boa, e produziram à base de cem, de sessenta e de trinta frutos por semente (Mt 13, 8)

Rezando a palavra

Senhor Jesus,
No nosso terreno, tem uns espinhozinhos, não vamos negar. Mas, sabemos que a tua própria palavra é uma força para nos ajudar a removê-los. Contamos com a tua graça. Queremos que a tua palavra, que recebemos cada dia com grande alegria, seja a luz a orientar a nossa vida. Dá-nos, Senhor, a paciência do agricultor que prepara o terreno, rega a plantinha, limpa os matos e espera pacientemente que ela cresça e produza frutos. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

No seu caderno espiritual, responda a esta pergunta: A Palavra tem produzido alguma mudança em sua vida?

Lembro que, amanhã, como todas as quintas-feiras, temos a Santa Missa, transmitida pelas redes sociais, às 11 horas. 

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb

13 comentários:

  1. Muitas vezes a gente se alegram com a Palavra ....ouve ....mas com o primeiro tropeço esquecemos .
    Mas se colocar Deus a frente de tudo .percebemos q não somos nada sem Ele

    ResponderExcluir
  2. Amém Padre João🌹!Louvado seja Deus por tão preciosa explicação!
    Diante de muitas situações em minha vida, principalmente nesses últimos tempos, tenho vivenciado cada um desses "grupos"! Mas o meu desejo sempre será pertencer ao quarto grupo sem me contentar apenas com os 30%!
    Que as bênçãos do Bom Deus e da Virgem Maria Auxiliadora dos Cristãos lhe ilumine sempre mais! Obrigada por tudo de bom que o senhor tem feito por mim e por minha família, nos ensinando como deve ser o agir de um verdadeiro cristão e honesto cidadão! Bom dia!

    ResponderExcluir
  3. A comparação dos grupos faz pensar se em cada situação se espalha uma pessoa iluminada pode trabalhar os terrenos que ainda não estão adequados ao ponto ideal presisa mais paciência para esperar que cada um têm seu tempo,esse contexto de dizer que há terrenos diferentes isso verdade,pois hoje às diferenças é algo necessário para convivermos socialmente bem,no mundo atual precisa refletir muito sobre como Jesus nos ensinariam evangelho hoje?Com certeza com mais compreensão e menos rigidez,mas leve isso não mudaria nada a única coisa é que ele pede é amar infinitamente a todos sem exceção e no amor conhecemos o que e verdadeiro.Pertencer ou não ao solo importa pouco,o
    Ideal é trabalhar cada solo para torna-los produtivos,porque até nas camadas mais áridas do Sertão Nordestino a terra com recursos favoráveis germinarão.E assim é a palavra de Deus.Precisa de recusar para chegar nas pessoas que ainda não ponhem em prática.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Padre João Carlos. Paz e serenidade na sua vida. A SEMENTE E OS QUATRO TERRENOS
    Ouçamos a palavra que é semeada em nosso coração.
    Senhor, contamos com a tua graça. Que a palavra, que recebemos seja a luz a orientar a nossa vida...
    Um bom dia muito feliz e abençoado por Deus à padre João Carlos e todos da AMA
    Ester de Campinas São Paulo.

    ResponderExcluir
  5. Que esta Santa Palavra de DEUS sempre nos guie e nos faça cada dia mais, compreender o que ELE nos fala, que possamos seguir com nossa FÉ cada dia mais forte. Obrigada padre João Carlos, DEUS abençoe seu dia e de sua família com muita saúde e a proteção DIVINA. Fique com nosso abraço fraterno, e nossas preces também.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Padre João Carlos, suas bênçãos e obrigado pelas palavras explicadas e cantadas e estaremos em Oração para o Amor na Fé e na Palavra e que possamos ser terra boa. Salve Maria 🙏

    ResponderExcluir
  7. Padre João Carlos uma quarta feira abençoada e iluminada que papai do céu te proteja sempre e nossa senhora auxiliadora envolve o senhor no seu caminho

    ResponderExcluir
  8. Boa-tarde Reverendo Padre!
    Agradeço a partilha da Palavra de Deus que recebo todos os dias.
    Eu estou em Angola mas também partilho com fiéis que estão em Moçambique e o feedback tem sido bom. Porque é grande a sede da Palavra de Deus para falar nos corações humanos.
    Bem haja Reverendo Padre João Carlos.

    ResponderExcluir
  9. Padre João Carlos os espinhos quando surge nas nossas vidas são muito doloridos, mais eu vou ao pai peço, choro e esperneio para Ele me livra deles.🙏🙋😇🌟🌟🌟🌹
    Se estivermos plantados em Deus, uma vida com profundas raízes, todos ramos pode da fruto.
    Ser não permanece nele e na sua palavras, obediente aos mandamentos por si mesmo não dará frutos.
    Eu os escolhi para Irem e darem frutos,o pai lhe concedera o que pedirem em meu nome .🙏🙋😍🌹💕

    ResponderExcluir
  10. O Senhor quer que as pessoas compreendam o sentido do que Deus nos ensina através das palavras, para que possamos entender o que e5 dito por Jesus existe pedregulhos em nossos caminhos,espinhos ,como existe tb a terreno bom para o nosso crescimento espiritual da nossa obediência com o Pai ele nos oferece o dom de termos uma vida melhor e com tranquilidade ,pois é o nosso verdadeiro protetor e acolhedor das nossas vidas. Amém.

    ResponderExcluir
  11. Boa noite padre João Carlos sua bênção obrigado padre Jesus Cristo lhe abençoe muito amém gosto muito de ouvir meditar a palavra de deus e lê a Bíblia paz e bem Nilza Maria de jardim paulista pe

    ResponderExcluir
  12. A palavra de Deus é muito edificante é o que me da força e alegria obgda

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@gmail.com ou o whatsapp 81 9.9964-4899.