20200919

VOCÊS TAMBÉM NA MINHA VINHA


Vão também vocês para a minha vinha! (Mt 20, 4)

20 de Setembro de 2020.

Os que acolheram Jesus, como Messias, reconheceram que ele era o filho unigênito de Deus. Perceberam que sua vida, suas atitudes, sua morte e ressurreição manifestavam com grande clareza quem era o Deus que havia se revelado a Israel. O filho é quem sabe quem é o Pai. E o filho revelou que o Deus único que Israel conheceu é Pai, um pai amoroso, não simplesmente um senhor poderoso e justo. Um pai de família, preocupado com os seus filhos, não um fiscal marcando o que a gente faz de bom e de ruim. Pai não só dos filhos de Israel, mas pai amoroso de cada pessoa humana, nascida à sua imagem e semelhança. Pai que é Deus junto com o Filho. E os dois nos comunicam uma terceira pessoa, o Santo Espírito, os três compondo a Trindade Santa, o único Deus. Pela obra de Jesus, o Pai dá a cada filho o seu Espírito. Assim, quem se une a Jesus, pelo batismo, recebe a adoção filial, fica filho de Deus.

A maior parte dos religiosos do tempo de Jesus irritou-se com essas coisas que Jesus revelou sobre Deus. Isso abalava o seu modo de viver a religião e de organizar a vida em sociedade. Jesus mostrava, com suas palavras e suas atitudes, que Deus estava mais preocupado com as pessoas do que com as leis, as normas, por mais religiosas que fossem. Os fariseus viam nisso uma falta de respeito ao sábado, uma coisa tão sagrada para louvar a Deus. Jesus mostrou que o mais agradava a Deus era amar o irmão necessitado, com atitudes e obras, como o fez o samaritano da história que ele contou. Sacerdotes e levitas, a turma do Templo, ficaram com raiva dessa história. Nela, eles é que não acudiram o pobre. Quando prenderam Jesus, a principal acusação no Sinédrio foi que Jesus se dizia filho de Deus. O que Jesus revelou sobre Deus foi o que mais escandalizou o seu povo. Isso abalava o modo deles crerem e de organizarem a vida em sociedade.

Aí é que entra a parábola dos vinhateiros contratados em várias horas do dia. Chegou o tempo da colheita da uva, a vindima. Muita gente não tinha mais sua terrinha pra trabalhar e ia trabalhar na terra dos outros. Ficava-se esperando, na praça da cidade, algum contratante. O dono de uma vinha passou às seis da manhã e contratou um grupo. Acertou a diária. E passou pela praça mais outras vezes, sempre contratando para o trabalho, mas sem marcar o preço: às 9 da manhã, ao meio dia, às três da tarde. E, de novo passou às cinco da tarde, uma hora antes de terminar o serviço. E levou mais um grupo. O pagamento era no fim do dia. Na hora de pagar, começou pelos últimos. E pagou uma diária. Ficou todo mundo surpreso. Quando chegaram os primeiros, estes receberam o combinado, uma diária. Ficaram revoltados. Revoltados com quê? Com a generosidade do patrão, com o fato de ele ter pago uma diária a quem só trabalhou uma hora.

O que Jesus revelou sobre Deus, com essa parábola? Ficou claro que Deus está preocupado com todos os seus filhos, todos precisam ganhar o pão de cada dia. Por isso, o patrão deu oportunidade a todos. Passou e chamou todo mundo para o trabalho, durante vários horários do dia. Ficou claro que Deus não nos paga segundo os nossos méritos, conforme o que a gente faz. O povo do Antigo Testamento sempre pensou, e nós continuamos pensando, que Deus nos abençoa, segundo nossas boas obras e nossa santidade. O que conta é a bondade dele, não é o nosso merecimento, ter feito mais ou ter feito menos. Como todos precisavam sustentar sua família, o patrão pagou a todos por igual, começando dos últimos. Vendo a nossa necessidade, ele nos cumula de todo bem e de toda graça. É misericordioso, bondoso, generoso. Assim é Deus.

Guardando a Mensagem

Não basta dizer que crê em Deus. Como é esse Deus que você crê? Jesus nos revela quem é esse Deus maravilhoso que fez aliança com Israel em vista das nações da terra e o enviou como nosso redentor. Na parábola dos trabalhadores contratados em vários horários do dia, aparece um Deus preocupado com todos os seus filhos, criando oportunidades para todos e provendo suas necessidades, sem levar em conta quem tem mais merecimento ou importância. Aliás, como bom Pai, para ele o mais importante é o filho mais frágil, desprezado e com menos oportunidade. E por que os religiosos do seu tempo ficaram tão irritados com Jesus, a ponto de crucificá-lo? Porque conhecer e amar a esse Deus leva a pessoa a mudar suas atitudes de vida e a buscar um mundo bem diferente do que esse que temos.

Vão também vocês para a minha vinha! (Mt 20, 4)

Rezando a palavra

Senhor Jesus,
Nós te bendizemos por nos revelares Deus como um pai compassivo, providente, justo, misericordioso. Igualmente te agradecemos pelo fato de o Pai nos querer todos empenhados e comprometidos no seu Reino. Somos todos operários de sua vinha. Liberta-nos, Senhor, da preguiça, da inveja, do individualismo, de tudo o que nos impeajça de trabalhar, com amor e em unidade, na vinha do Senhor. Possamos Senhor, com a luz da tua palavra e a força do teu Espírito, contribuir para uma sociedade que garanta oportunidades para todos, pela prioridade na educação, pela geração de emprego e por sua justa remuneração. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vivendo a palavra

Seria muito bom, neste domingo, você ler esta parábola em sua Bíblia: Mateus 20,1-16.

Pe. João Carlos Ribeiro sdb 

23 comentários:

  1. BOA NOITE PE JOÃO CARLOS!.
    Muito Obrigada pela dedicação.
    Entendi q
    Aquele q faz menos mas faz com Amor supera o muito q faz por obrigação, p aparecer e etc..
    Um abraço
    ROMILDA.

    ResponderExcluir
  2. Ser um vinhateiro na condição humana segundo Cristo é está disponível para um trabalho invisível aos olhos físicos serviço do reino porque todo trabalho é desgastante,mas quando fazemos planos Espíritos fica mais fácil, exercer todas as outras lidas diárias,melhora o entendimento,mobilizar os outros,na colheita das uvas, percebe um disputa que faz parte da condição humana no mundo físico."O convite -Venham você para minha colheita"!Revela que existe uma coisa diferente além das visíveis,pois naquela lugar já existia uma plantação bem estruturada,pessaos mais experientes; que o próprio Jesus.De plantação ele não intedia nada,mas precisava falar a língua local da comunidade familiar rural para dispertar a lado imaterial da essência da vida. Vamos o convite é o mesmo?

    ResponderExcluir
  3. Bom dia padre João Carlos sua bença e muito bom ter.a palavra de Deus tenha um bom domingo e uma semana cheia de paz saúde oração pra mim é minha família padre amém 🙌🙌🙌🌹

    ResponderExcluir
  4. Amém padre João Carlos bom dia, obrigada pelas suas palavras tão lindas

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Padre João Carlos, Deus te abençoe e muito obrigado pelas meditações tão rica, só tenho agradecer, como Jesus é Misericórdioso com todos iguais, principalmente com os mais necessitados, que sejamos misericordioso com os nossos irmãos. Padre tenho um Domingo de bençãos para o Sr, sua mãezinha e toda família.🙌🙌❤️

    ResponderExcluir
  6. Padre é muito linda essa meditação da palavra do senhor. Sera que eu entendi que deus ñ fazes distinção quem chegou primeiro ou não. Tem pessoa que ta muito tem na igreja outros n deus que a salvação de todos e fez essa comparação com a vinha lindo o modo de nosso deus.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Padre João Carlos, é uma benção ouvir o Sr todas as manhãs, me sinto aliviado e mais próximos de Deus. Muito obrigado !!!

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Padre João Carlos.
    Que o Espírito Santo de DEUS derrame bênçãos sem medida sobre você . Nós te Bendizemos, Senhor JESUS, por nós revelares DEUS como um pai compassivo, justo, misericordioso. Que a graça de Deus nos acompanhe em todos os momentos deste dia. Desejo um domingo muito feliz e abençoado por DEUS para Padre João Carlos e toda equipe da AMA.
    Ester de Campinas São Paulo.

    ResponderExcluir
  9. Bom dia PADRE JOÃO CARLOS, obrigado pelas lindas palavras do evangelho de hoje amém.

    ResponderExcluir
  10. Bom dia!amado Pe.João Carlos.Amei!tudo q realizamos com amor e dedicação fica mais fãcil...quando algo fica mt dificil pra mando para o Capital de Graças ai torna _se tão leve e fãcil...Nesta párabola Jesus nos mistra q devemos ser misericordiosos e ñ prepotentes e q os últimos serão os primeiros e q tds temos q receber nosso Pão de cada .Parabéns!Sua homilia é uma bênção. Q o Espirito Santo de Deus te ilumine plenamente...obrigada...

    ResponderExcluir
  11. Bom dia padre João Carlos que o senhor tenha um ótimo domingo abençoado e iluminado junto com seus familiares e papai do céu te proteja 🙌😇🌟🌟🌹
    O meu Deus, é um papai amoroso, bondoso e misericordioso,e ele não nos deixa sozinho, sempre mostrando o caminho que devemos seguir.
    E se acontecer um imprevisto no meio do caminho, devemos voltar e a encontrar lo.
    E Ele nós diz, não chores estou indo, vou te ajudar porque te eu te amo, porque sozinho vc não pode ficar, e Ele fala acalma eu estou aqui,tente de novo eu te espero.
    Assim devemos ser na caminhada da vida, quando percebemos que alguém ficou para trás.
    Não chores estou indo vou te ajudar, acalma eu estou aqui.
    Nossos irmãos necessitados, de amor, carinho e compaixão.
    Padre João Carlos o senhor me fez me emocionar guando colocou essa música no final da meditação.Guando eu escutei essa música pela primeira vez foi uma emoção tam grande, que coloquei o celular no meu coração e comecei a dançar suavemente, eu amo de paixão essa música, quando eu coloco para escutar repito várias vezes, pena que no kit que comprei não veio essa música.
    Obrigada pela essa emoção que o senhor me fez sentir.🙌👏🌹🐑💕

    ResponderExcluir
  12. Bom dia padre João Carlos
    Que Deus nos abençoe hj e sempre
    Hoje venho pedir pela minha filha Marília Gabriela que está com problema de ansiedade ore por ele padre entrego nas mãos Santa e poderosa Deus estou de coração partido pira está longe ela está em São Paulo e eu aqui no Pernambuco 😏💔👏🙌

    ResponderExcluir
  13. Bom dia padre João Carlos! Sua bênção, que Deus derrame sobre o senhor muitas bênção, para que nos passe sempre com sua sabedoria as mais lindas passagens desse livro tão importante para o nosso aprendizado espiritual que se chama bíblia sagrada.
    Já estou sentindo falta do curso padre, aguardamos por outro curso abençoado amém!

    ResponderExcluir
  14. Bom Domingo Padre João Carlos e obrigado pelas palavras. Deus é Generoso e oferece oportunidades a todos nós e que consigamos retribuir esse Amor recebido.

    ResponderExcluir
  15. Ó Pai, que resumistes toda lei no amor a Deus e ao próximo, eu LHE agradeço por mais um domingo. No entanto, me conceda a graça de buscá-Lo e invocá-Lo da melhor forma possível. Me conceda a graça de abandonar o caminho da injustiça, da inveja, da murmuração e do pecado. Me conceda a graça da minha conversão. Me conceda a graça de ter bons e santos pensamentos. Me conceda a graça de viver à altura do Evangelho. Me conceda a graça de trabalhar na VOSSA vinha. Isso eu LHE peço pela intercessão de Jesus Cristo, VOSSO querido filho e meu amado REDENTOR. Amém.

    ResponderExcluir
  16. Peço a intercessão de todos junto a Deus por minha saúde, estou deprimida e triste . Obrifada!

    ResponderExcluir
  17. Boa noite padre Joao Carlos JESUS cubra de bênçãos, saúde e paz e que sempre esteja sempre disponível e com tanta bondade de nos instruir na palavra de Deus. Um Deus bondoso e justo que não faz distinção entre seus filhos, nos encina que devemos imitalo.SOCORRO MARTINS de FORTALEZA

    ResponderExcluir
  18. Boa noite padre João Carlos agradeço muito por mim enviar está meditação maravilhosa que Deus lhe abençoar e proteja amém peço sua bênção

    ResponderExcluir
  19. O Reino de Deus é dom gratuito para todo aquele que crer n'ELE,como único e suficiente salvador.
    Não existe marginalizados,aos olhos de Jesus somos todos iguais,pela sua bondade e misericórdia.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.
Desejando comunicar-se em particular com o Pe. João Carlos, use esse email: padrejcarlos@hotmail.com ou o whatsapp 81 9.9964-4899.

Postagem em destaque

Vá e faça a mesma coisa

Eu já andava desconfiado que o bom samaritano do evangelho fosse Jesus. Agora, já não tenho mais dúvidas. Bom, Jesus contou a históri...