15 junho 2019

FAZER OPÇÃO. NÃO CAIR NA TENTAÇÃO

O seu sim seja sim; e o seu não seja não. Tudo o que for além disso vem do maligno (Mt 5, 37)
15 de junho de 2019.
“O sim de vocês seja sim. O não de vocês seja não”. Palavras sábias de Jesus. Programa de vida para os seus seguidores. Um sim que seja sim, um não que seja não. É o que ele quer de nós. Como educador, quero refletir com vocês numa aplicação muito clara e prática dessa palavra do Senhor.
A gente observa hoje na educação dos filhos pequenos que os pais não sabem mais dizer sim ou não. Deixam tudo à escolha das crianças, como se elas tivessem já critérios para fazer opções duradouras. Os pais é que têm que ter critérios para escolhas sérias, responsáveis, duradouras. O perigo é que as crianças cresçam escolhendo sem critérios. Fazendo opções que não sejam opções verdadeiras estão na verdade correndo para o mais fácil, o prazeroso, o que está na moda. Isso não é fazer opção. Isso é cair em tentação.
Pais sem critérios para escolhas deixam os filhos em escolhas sem critérios. Pensemos, por exemplo, na escolha da escola em que a criança vai estudar. É claro que é interessante ouvir a criança a respeito disso, sobretudo no caso de uma mudança de escola. Mas, esperar que a escolha da criança seja a decisão final é abdicar da própria responsabilidade. Pais e mães têm responsabilidade na educação dos filhos, têm obrigação de providenciar o melhor, dentro de suas condições. E o melhor pode não ser o que parece melhor à criança que ainda não tem uma visão global da vida, nem suspeita o que a vida vai lhe cobrar amanhã ou o que cabe no bolso dos pais. Isso vale também para outras escolhas: a alimentação, como vai ocupar o final de semana, onde vai passar as férias, a hora de estudar, de brincar, de dormir.  A criança precisa ser ouvida, mas não está correto que tome decisões importantes, como se já fosse gente grande.
Aliás, muita gente grande sem critérios para escolhas vai sendo conduzida na vida pelos instintos, pelo faro, pela mera busca de prazer. Não pensa, não pesa, não escolhe. Vai no impulso, procura o mais fácil, o que lhe pode trazer apenas mais satisfação momentânea. Por isso, suas escolhas são passageiras, irresponsáveis, interesseiras. É bem possível que essa seja a raiz de muita escolha fracassada. Matricula-se e logo abandona a faculdade. Começa uma academia e não termina o primeiro mês. Casa-se e se separa com a facilidade de quem despreza o brinquedo que perdeu a graça. Vai ver é gente que nunca fez escolhas verdadeiras, não foi preparada para escolhas responsáveis, para opções duradouras.
Guardando a mensagem
Essa palavra de Jesus, hoje, sobre a seriedade do ‘sim’ e do ‘não’ nos faz olhar de maneira especial para a educação das novas gerações, responsabilidade nossa como pais e educadores. É claro que à medida que a criança cresce vai se tornando mais autônoma, mas já sabe seguir certas regras. Já tem aprendido que não pode fazer tudo que der na telha, que há razões para se escolher uma coisa, razões que vão além do que é gostoso, ou do que é prazeroso ou do que está na moda. Mas, o adolescente ainda está sob a autoridade dos pais, a última palavra ainda é deles em coisas importantes e decisivas. Um jovem respeitoso da autoridade dos seus pais não se improvisa. Ele começa na educação da criança. Sim, sim. Não, não.
O seu sim seja sim; e o seu não seja não. Tudo o que for além disso vem do maligno (Mt 5, 37)
Rezando a palavra
Senhor Jesus,
Achaste que não se deve jurar de modo nenhum. E por quê? Porque quem fala a verdade, quem anda na verdade, não precisa dar nenhuma segurança do que está dizendo. Dá sua palavra e pronto. Jurar seria, então, como dar um peso de verdade à própria fala. Mas, se já se está falando a verdade, a verdade se impõe. Como disseste: “A verdade vos libertará”. Concede, Senhor, que sejamos pessoas da verdade, sem duas conversas, sem enroladas, sem mentiras. Livra-nos dos mentirosos, dos enganadores, dos falsos. E ajuda-nos a educar as novas gerações para decisões responsáveis e duradouras. Que o nosso sim, seja sim. E o nosso não, seja não. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.
Vivendo a palavra
Que tal você conversar com outra pessoa sobre o tema dessa meditação? Você pode não concordar com tudo que eu lhe disse. Tudo bem. Fale, converse, confronte seu pensamento... isso é importante. Gente que não pensa, não acerta.

Pe. João Carlos Ribeiro, 15 de junho de 2019.

22 comentários:

  1. A sua bênção padre João !
    Eu concordo com tudo q o senhor falou ,e procuro viver com as filhas !É muito bom ouvilo traz sempre a palavra certa na hora certa . Obrigada !

    ResponderExcluir
  2. Sua benção padre eu tbm concordo com tudo que Senhor esplicou tenho duas netas moram comigo os pais são sse

    ResponderExcluir
  3. Bom Dia Padre João Carlos é tudo verdade eu aida sou desse tempo sim é sim não é não quando vejo os meus netos fazer algumo errado eu falo com o meus filhos tem tres folhos e quantro netos mais é dificícil

    ResponderExcluir
  4. Muito importante essa orientação às famílias. Sim ja sei com que irei conversar hoje sobre essa orientação.
    Agradeço Senhor a iluminação do Padre João Carlos.

    ResponderExcluir
  5. Bom Dia. Deus abençoe o senhor,padre João Carlos.

    ResponderExcluir
  6. bom dia padre sua benção para minha família e vdd tudo que disse Cris 3 filhos hoje sao todos casados crie com essa educação no sim e na não é me deu muito bem graças ao senhor hoje cada um seg seu caminho do bem. obg senhor.

    ResponderExcluir
  7. A sua bênção padre que meus netos continua no caminho do Sim ou do não .Amém.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia!
    Hoje, você arrasou! Vou encaminhar a mensagem para grupos de pais, de professores!! Obrigada! Deus o abençoe sempre!

    ResponderExcluir
  9. E uma vetdade devemos saber educar, e saber p valor do sim e do nao

    ResponderExcluir
  10. Bom dia padre. Obrigado pelas orações. Gratidão a Deus por tudo!
    Amém

    ResponderExcluir
  11. Amém que Deus abençoe tordos noise🙏🙏

    ResponderExcluir
  12. Senhor que tenhamos firmeza nas nossas decisões. Pe João Carlos orai por nós!

    ResponderExcluir
  13. Gosto muito da meditação que o senhor faz aprendo muito e me dá muita luz pra mim viver bem o meu dia dia Deus abençoe o Senhor

    ResponderExcluir
  14. Bom dia Pe. João carlos a sua bênção, todos os dias as 6 da manhã envio o evangelho a todos os meus contatos e é uma grande bênção!

    ResponderExcluir
  15. Ó Deus Todo Poderoso e Cheio de Misericórdia, eu LHE agradeço por mais uma semana que passou. Entretanto, me ajude amar da melhor forma possível. Me ajude viver para o meu SALVADOR. Me ajude está em Cristo. Me ajude receber bem o ministério da reconciliação. Me ajude perdoando as minhas faltas. Me ajude ser VOSSO humilde embaixador. Me ajude ser um bom cristão. Me ajude ser VOSSO discípulo missionário. Me ajude falar somente a verdade. Me ajude fugir do maligno. Isso eu LHE peço pela intercessão de Jesus Cristo, VOSSO querido filho e meu amado REDENTOR. Amém.

    ResponderExcluir
  16. Boa noite Padre João Carlos, que Deus lhe cubra de bençãos!

    ResponderExcluir
  17. Eu concordo com tudo que o senhor falou os filhos tem que ter um direcionamento na vida e os pais são a peça principal eles precisam dessa autoridade para crescem sendo pessoas de bem e com capacidades para tomarem decisões em sua vida de maneira acertada.

    ResponderExcluir
  18. Amém padre João Carlos que Deus te abençoe sempre

    ResponderExcluir

E você, o que pensa sobre isso?