10 abril 2019

UM POVO LIVRE E SOLIDÁRIO

Vocês conhecerão a verdade, e a verdade os libertará (Jo 8, 32)
10 de abril de 2019.
Todo mundo quer ser livre e viver na liberdade. Um sonho maravilhoso do coração humano. Ser livre, não ser escravo. E foi para isso que Jesus veio, ele veio nos libertar.
Jesus estava dialogando com alguns que acreditaram nele. Mas, eles não estavam ainda muito convertidos. Jesus estava insistindo para que eles permanecessem na sua Palavra, para assim serem realmente seus discípulos, conhecerem a verdade e serem libertados pela verdade.
Claro, eles achavam que não precisavam ser libertados, porque já eram livres. É o que ocorre com muita gente, hoje. Já se acham livres, não precisam de Jesus para serem libertados. Esses que estavam conversando com Jesus disseram logo: nós somos filhos de Abraão, nunca fomos escravos, nós já somos livres.
Já que falaram de Abraão, achando-se filhos e descendentes livres do pai Abraão, Jesus aproveitou para dizer-lhes que, sendo assim, eles estavam agindo completamente diferente de Abraão, porque estavam querendo acabar com ele. ‘Por que vocês não fazem as obras de Abraão?’, perguntou Jesus. O pai de vocês não é Abraão, é outro. Vocês fazem a obra dele. Ih, isso rendeu uma boa discussão.
Jesus sempre dizendo que, na verdade, eles não eram livres. Eles estavam fazendo a obra de outro pai, não a obra de Abraão. Eles eram escravos do pecado. Igual a esse pai deles que é homicida desde o início, o pai da mentira. Mais pra frente Jesus disse quem era o pai deles: o Inimigo, o Diabo. A confusão foi grande, basta dizer como terminou: eles pegaram pedras e queriam apedrejar Jesus.
Guardando a mensagem
Para sermos realmente livres, precisamos permanecer na Palavra de Jesus, isto é, vivê-la, praticá-la. Assim, seremos seus discípulos, conheceremos a verdade e a verdade nos libertará. Aquelas pessoas com quem Jesus estava discutindo não reconheciam o seu pecado, a sua condição de rejeição ao Filho que o Pai enviara e o desejo homicida que estava no seu coração. Olha o que Jesus disse a eles: “Quem comete o pecado é escravo do pecado. Vocês querem me matar, porque eu lhes disse a verdade que ouvi de Deus”. Para eles e para nós, fica o convite de Jesus. Permaneçamos na sua Palavra para conhecermos a verdade e sermos libertados por ela. Para sermos realmente livres, é preciso que ele nos liberte.
Rezando a palavra
Senhor Jesus,
Reconhecemos nossa condição de pecadores, nossa inclinação para o mal. Mas, não queremos viver como escravos, filhos do mal. Queremos ser livres e viver como filhos de Deus. É a tua Palavra que nos liberta. Ela nos revela a grandeza do amor de Deus, que te enviou para nos resgatar. Tu pagaste, com teu sangue, o preço de nossa liberdade. Ajuda-nos a viver libertos da escravidão do pecado. Ajuda-nos a viver como filhos, um povo libertado.
Senhor, nem bem nos inteiramos da catástrofe da passagem do ciclone e das enchentes em Moçambique, fomos surpreendidos pela situação de crise na cidade do Rio de Janeiro castigada por intensas chuvas, com mortes e prejuízos. Nós te pedimos em favor das famílias enlutadas, dos desabrigados e desalojados e pelos que estão se empenhando em minimizar o sofrimento dos seus irmãos. Ajuda-nos a ser um povo livre e solidário.
Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.
Vivendo a palavra
Aparecendo alguma campanha em favor das vítimas de tragédias como estas que estamos acompanhando, abra o coração e a carteira, com espírito de fraternidade e senso de justiça. Cristo nos libertou do pecado para sermos irmãos solidários e filhos amorosos do Senhor nosso Deus.

Pe. João Carlos Ribeiro – 10.04.2019



A partir de agora, você pode ouvir o programa TEMPO DE PAZ também no aplicativo. O programa é transmitido às 9 da manhã e às 9 da noite. Baixe o aplicativo PADRE JOÃO CARLOS, no seu celular android, clicando aqui: http://bit.ly/2UFkClz​

15 comentários:

E você, o que pensa sobre isso?