13 maio 2018

NÃO FIQUE PARADO, OLHANDO PRO CÉU


Vão pelo mundo inteiro e anunciem o evangelho a toda criatura! (Mc 16, 15)

13 de maio de 2018.

O risco é a gente ficar parado, olhando pro céu. Foi o que aconteceu com os discípulos na ascensão de Jesus. Jesus se despediu e disse bem clarinho: “Vocês vão pelo mundo todo, anunciem o evangelho a toda criatura”. E foi subindo, subindo, subindo... até que uma nuvem o encobriu. E eles ficaram ali, parados, olhando pro céu.

Jesus voltou para o Pai. Ele tinha vindo da parte dele. E tinha realizado a missão que recebera do Pai, com todo empenho e obediência. A cruz fora o sinal maior de sua obediência e de seu amor ao Pai e a nós. O Pai o ressuscitou, aceitando o sacrifício de sua vida em reparação dos nossos pecados. Depois da ressurreição, ele ainda tinha se demorado, por 40 dias, instruindo os discípulos. Enfim, tinha chegado a hora de voltar, de reintegrar-se no seio da Trindade.

E os discípulos ficaram ali parados, olhando p’ro céu. Como são bonitos os mistérios de Deus! Como Jesus foi amoroso e obediente!  Como o Pai o colocou acima de tudo e de todos! Como ele assentou-se à direita de Deus, participando no comando de tudo, com ele! Verdades maravilhosas que contemplamos na ascensão do Senhor. Mas, essas verdades não são para nos desviar da realidade da terra, nos alienar de nossa vida humana. E por quê? Porque elas  enchem de sentido a nossa vida humana. O caminho de Jesus é o nosso. Ele vai à nossa frente. E já está na glória, na plenitude do Pai. É para lá que estamos indo. Somos testemunhas de tudo isso.

Até aquela hora, Jesus esteve realizando pessoalmente a missão. Com sua volta, estava se encerrando uma etapa da missão, em que ele pessoalmente estava entre nós, levando adiante o anúncio do evangelho. Dali pra frente, a missão está entregue aos discípulos, a nós. Pela presença do Espírito Santo, Jesus continua presente e atuante, entre nós, o mundo, de um modo novo. Ele age, a partir daquele momento, por meio dos seus discípulos.

Então, nada de ficar parados, de braços cruzados. Foi o que os dois homens vestidos de branco disseram. Eles perguntaram: “Homens da Galileia, por que vocês estão aí parados, olhando para o céu?”. O Jesus que foi é o Jesus que vai voltar. Jesus foi, mas permaneceu presente de outra forma. Agora, é a hora da missão entregue aos discípulos, a nós. Jesus continua agindo e evangelizando. Ele age em nossa ação, fala em nossa pregação, liberta em nossos gestos de atenção e compromisso com os sofredores e injustiçados.

Nada de ficar parados, de braços cruzados. Conhecemos Jesus, ouvimos sua pregação, sabemos de sua morte redentora, de sua surpreendente ressurreição. Esse é o evangelho que anunciamos. A boa notícia é essa manifestação de Deus no seu filho Jesus Cristo, evangelizador dos pobres, amigo dos pequenos. Disto, fomos constituídos testemunhas.

Vamos guardar a mensagem

Jesus voltou para o Pai, subiu ao céu. É o que festejamos nesse dia da ascensão do Senhor. Depois de ter realizado sua vida humana como revelação do amor de Deus e ter oferecido o sacrifício de sua vida por nós pecadores, Jesus já não está entre nós, como antes. Com a vinda do Espírito Santo, inaugura-se o novo modo de Jesus estar entre nós, nos conduzindo e sendo caminho para o Pai. Ele age por meio de seus discípulos, de sua comunidade, de sua Igreja. Há um risco de ficamos paralisados, apenas contemplando o grande mistério da glorificação de Jesus. O desafio é assumirmos sua missão. Somos as suas testemunhas. A sua missão continua pelas nossas mãos, pela nossa voz, pela nossa entrega e fidelidade.

Vão pelo mundo inteiro e anunciem o evangelho a toda criatura! (Mc 16, 15)

Vamos rezar a palavra

Senhor Jesus,
Há 52 anos, a Igreja celebra o dia mundial das comunicações, no dia de hoje, dia da tua ascensão ao céu. E a razão é que a ascensão, a tua volta ao Pai, é a oportunidade em que nos entregaste a tua missão. E os meios de comunicação social são uma grande oportunidade para anunciarmos o teu evangelho a toda criatura, levando a missão até os confins da terra. Neste ano, estamos preocupados com as fake news: as mentiras, os boatos e as notícias falsas disseminados nas redes sociais.  Nosso compromisso é ser da verdade, comunicar a verdade, desmascarando o erro e a enganação. Nós somos tuas testemunhas, Senhor. Nós te anunciamos ao mundo como caminho, verdade e vida. Amém.

Vamos viver a palavra

Não faltam razões para você rezar o terço hoje e oferecê-lo por sua mãe, pelos comunicadores, por sua missão de testemunha de Jesus. Só para recordar: Domingo é dia dos mistérios gloriosos (a ressurreição, a ascensão, a vinda do Espírito Santo, a assunção de Maria e a sua coroação na glória de Deus).

Pe. João Carlos Ribeiro – 14.05.2018
Postar um comentário