17 dezembro 2017

ACOLHA O TESTEMUNHO PARA RECONHECER JESUS


No meio de vocês, está aquele que vocês não conhecem (Jo 1, 26).

Quando começamos o caminho do advento, eu tentei fazer um pequeno roteiro e o passei pra vocês. Nos quatro domingos do advento, há um programa para o nosso crescimento. No primeiro domingo, foi o tema da vigilância (aguardar Jesus acordados). No segundo domingo, o tema da conversão (esperar Jesus com uma vida santa). Chegamos ao terceiro domingo. O tema é o testemunho (reconhecer Jesus pelo testemunho). Bom, vamos ao texto.

No evangelho deste terceiro domingo do advento – João capítulo 1º  - , é apresentado um personagem central na preparação da vinda de Jesus: João. Esse nome se repete sete vezes neste evangelho. E há uma pergunta que se repete três vezes: “Quem és tu?”. É a pergunta dos enviados dos judeus de Jerusalém. “Quem és tu?” Querem saber quem é João. A dúvida é se ele é o Messias, o Elias ou o Profeta.

O Messias é aquele prometido por Deus de quem o profeta Isaías falou, o “ungido” pelo Espírito do Senhor para anunciar a boa nova aos humildes e a libertação dos oprimidos. João disse claramente: “Eu não sou o Messias”. O Elias era o profeta antigo que chegaria antes do Messias, segundo o profeta Malaquias. Esse converteria o povo para o encontro com o seu Senhor que estaria chegando. O Profeta parece ser também uma expectativa do povo: um grande profeta apareceria antes do Messias. João achou melhor se definir como aquele anunciador da chegada de Deus, descrito pelo profeta Isaías: “Voz que clama no deserto: preparem o caminho do Senhor”.

“Quem és tu?”. O próprio evangelista responde quem é João: Um homem enviado por Deus que veio dar testemunho da luz. Ele é a testemunha do Messias. A palavra “testemunho/testemunha” está repetida quatro vezes nesse evangelho. João é a Testemunha. Ele não é a luz, ele é a testemunha da luz. Ele apontará Jesus. Ele o apresentará ao seu povo, na hora certa.

E onde está Jesus de quem João está dando testemunho? Certamente, já está no meio do grupo que o escuta; daqui a pouco, vai entrar na fila para se batizar também. Os judeus querem saber quem é João. Pronto, já sabem. Ele não é o Messias. Ele é a testemunha da luz. Ele prepara o povo para acolher o Messias, que é a grande luz. Daqui a pouco João o apresentará. Então, é importante se preparar para reconhecer o Messias, acolhendo o testemunho de João. Um dia, mais na frente, João irá apresentar Jesus, quando o vir na fila do batismo: “Eis o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”.

Mas, João adiantou uma coisa muito importante: “No meio de vocês, está aquele que vocês não conhecem”. Dá para entender essa palavra? “No meio de vocês, está aquele que vocês não conhecem”. Claro, o Messias já está no meio deles. Ele já está presente ali no meio daquele povo. Ou mesmo, pode-se entender, já está presente no meio do povo de Israel. Ele já está por ali.. O Messias já está presente. Falta reconhecê-lo, acolhê-lo. E o que fazer para reconhecê-lo? Resposta: acolher o testemunho de João. João nos diz quem é ele. João nos aponta Jesus.

Vamos guardar a mensagem

Estamos na preparação para o natal; e para o encontro com o Senhor que já veio (no natal), vem sempre e virá no último dia. Que passo a Palavra de Deus nos convida hoje a dar, depois de nos ter pedido vigilância e conversão? Acolher o testemunho sobre Jesus. É esse testemunho que nos fará reconhece-lo, pois ele já está entre nós. João é o modelo da testemunha de Jesus. João não é a luz, ele dá testemunho da luz que é Jesus, o Messias. Acolher o testemunho sobre Jesus para reconhecê-lo.

No meio de vocês, está aquele que vocês não conhecem (Jo 1, 26).

Vamos acolher a mensagem com uma prece

Senhor Jesus,
É engraçado que estejamos te esperando, pois tu já estás entre nós. Certo, voltarás glorioso um dia. Mas, hoje já estás conosco. Prometeste isto, ao voltar ao seio do Pai: “Eis que estarei com vocês todos os dias até a consumação dos séculos”. Para reconhecer-te hoje, precisamos acolher o testemunho que dão sobre ti. E quem dá testemunho sobre ti? João Batista, que é o modelo de testemunha; as Escrituras Sagradas; a tua Igreja; a minha comunidade. Eu mesmo dou testemunho de ti. Só acolhendo esse testemunho podemos reconhecer-te e descobrir-te presente no meio de nós. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.

Vamos vivenciar a palavra que meditamos

Fique atento, atenta. Da próxima vez que o ministro da Igreja disser: “O Senhor esteja convosco!”, abra bem a boca pra falar com toda convicção: “Ele está no meio de nós!”.

Pe. João Carlos Ribeiro – 17.12.2017


Nenhum comentário: