06 novembro 2017

NÃO ME DIGA QUE VOCÊ NÃO VAI AO BANQUETE!


Na hora do banquete, mandou seu empregado dizer aos convidados: venham, pois tudo está pronto” (Lc 14, 16)
Jesus comparou o Reino de Deus com o banquete que o pai de família preparou e para o qual convidou muita gente. Essa imagem do Reino como um banquete ocorre muitas vezes no Evangelho. É o casamento do filho, é a volta do filho pródigo, é a própria última ceia... o banquete é uma imagem eloquente do Reino, da festa que o Pai preparou para os seus filhos. Da parte do Pai, está tudo certo. O banquete foi posto, está tudo pronto. Da parte dos convidados, é que a coisa ficou complicada.
O Reino de Deus é, antes de tudo, uma oferta de Deus, um oferecimento gratuito, acompanhado de um convite. Aceitar o convite, ir à festa é a parte dos convidados. Mas, a primeira leva de convidados recusou o convite, com desculpas de todo tipo. Essa recusa deixou o dono da casa muito triste. Mas, foi oportunidade para outro tipo de convidados: os pobres, os pecadores. De fato, Jesus constatava que as prostitutas e os cobradores de impostos, a ralé da sociedade judaica, estavam entrando no Reino de Deus e os fariseus e escribas dele se esquivavam. A entrada no Reino de Deus é a acolhida do convite feito pela evangelização. Aceitar o Reino é o mesmo que converter-se, isto é, colocar a própria vida na direção do amor de Deus.
A primeira leva de convidados não compareceu. Esses, na parábola, foram os piedosos do tempo de Jesus. A grande maioria do povo da antiga aliança refugiou-se em seus preconceitos e desculpas, e não aceitou o convite de Jesus para tomar parte na grande festa do Reino de Deus. A segunda leva de convidados, foram os pobres de Israel, foram esses que aderiram de maneira especial ao ministério de Jesus. Eles estão representados pelas quatro categorias: pobres, coxos, cegos e aleijados.  A terceira leva, recolhida pelas estradas e atalhos são os convertidos através da evangelização fora de Israel, pelo trabalho dos missionários, mundo afora.
Vamos guardar a mensagem de hoje
Jesus comparou o Reino de Deus com o banquete que um pai de família preparou e para o qual convidou muita gente. Os primeiros convidados não compareceram. Esses faltosos alegaram razões para sua ausência: compras, trabalho, casamento. Foram, então, convidados os pobres. E, depois, mais gente ainda foi chamada para a festa. A casa ficou cheia de gente. Essa palavra  hoje é pra você. A festa está pronta. O banquete está na mesa. Deus manda chamar você, ele o espera. Não invente desculpas, não faça ouvidos de mercador. A chance é única. Não esqueça como termina a parábola: “nenhum daqueles que foram convidados (e não vieram) provará do meu banquete”.
Na hora do banquete, mandou seu empregado dizer aos convidados: venham, pois tudo está pronto” (Lc 14, 16)
Vamos acolher a mensagem de hoje com uma prece
Senhor Jesus,
Foram três desculpas pelas quais os primeiros convidados se disseram impedidos de participar do banquete. Um tinha comprado uma terra e queria vê-la; outro ia testar cinco juntas de bois que tinha comprado para arar a terra; e o outro, estava de lua de mel. Gente voltada para seus negócios e para o seu casamento, sem tempo para participar do banquete de Deus. Senhor, não queremos repetir isso em nossas vidas. Não queremos perder esse convite maravilhoso de participar do Reino de Deus. Queremos estar contigo, ao redor da tua mesa, participando de tua felicidade. Bendito seja o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.
Vamos praticar a palavra que meditamos hoje
Pense um pouco... Peça a ajuda do Santo Espírito  de Deus. Qual é a sua desculpa número um para não participar da vida da Igreja? O resto é com você.
Pe. João Carlos Ribeiro – 01.11.2017/06.11.2017