09 outubro 2017

MARTA OU MARIA – QUEM É VOCÊ?


Marta, Marta! Tu te preocupas e andas agitada por muitas coisas (Lc 10, 41)
Em Betânia, as duas irmãs – Marta e Maria - representam duas atitudes. Marta e Maria são duas discípulas de Jesus. E ele está nos indicando qual o melhor caminho que devemos seguir, como discípulos.
Marta mostrou-se muito trabalhadora, muito preocupada com os afazeres da casa, super atarefada, tudo para receber bem o Senhor. Uma excelente anfitriã. Maria sentou-se aos pés do Senhor, como faziam os discípulos nas escolas dos rabinos. Estava escutando a sua Palavra. Como discípula, estava aprendendo, atenta, interessada nos ensinamentos do Mestre. Ouvir a palavra do Senhor é fundamental para encontrar o sentido e a direção do que precisamos fazer. Na palavra do Senhor, o discípulo encontra a orientação de sua ação. Maria é modelo de discípula.
Jesus corrigiu Marta. ‘Uma coisa só é necessária, Marta. Você se preocupa e anda agitada com tanta coisa!’.  O que será essa coisa necessária?A coisa necessária foi a que Maria escolheu. Podemos pensar assim: Marta está se ocupando com muitas coisas. Maria está se ocupando de Jesus.
De verdade, a gente, normalmente, faz muita coisa, corre muito, e sempre há mais o que fazer. Ocupa-se com muitas coisas. O mais importante não é fazer coisas, mesmo que seja para Deus. O necessário mesmo é ocupar-se de Deus, curtir a presença do Senhor, acolher a sua Palavra.
Vamos guardar a mensagem de hoje
Marta foi uma boa anfitriã, fazendo coisas pra Jesus, ocupada com tantos afazeres na preparação da casa e do almoço. Maria foi uma discípula exemplar, ocupando-se de Jesus, atenta à sua pessoa, à sua Palavra. Como estamos na Semana da Criança, podemos aplicar isso também aos pais. O principal não é fazer coisas para a criança, por mais necessário que pareça, como é trabalhar, pagar as contas, arrumar a casa, levar o filho para a escola. O mais importante não é fazer coisas pela criança, ou enchê-la de presentes. É ser-lhe um presente, ou seja, estar ao seu lado, partilhar do seu tempo, curtir a sua presença, estar com ela. Isso é o mais importante. Marta se ocupa com muito trabalho. Precisa dar mais tempo a Jesus.
Marta, Marta! Tu te preocupas e andas agitada por muitas coisas (Lc 10, 41)
Vamos acolher a mensagem de hoje com uma prece
Senhor Jesus,
é nobre a ação, o compromisso do trabalho, o exercício da missão. É santo o tempo da oração, da escuta amorosa da tua Palavra, para encontrar sentido para a ação, pra gente não virar escravo do trabalho, mas sermos sempre operários de tua vinha. Sem a oração, Senhor, minha correria fica estéril. Faço muito e colho pouco. Com a oração, meu esforço ganha luz e sentido. Faço menos e colho mais. Senhor, dá-me um pouco de Maria, porque de Marta já tenho bastante. Tranquiliza-me aos teus pés, orienta-me com tua Palavra, conduze-me com a tua luz. Seja bendito o teu santo nome, hoje e sempre. Amém.
Pe. João Carlos Ribeiro – 09.10.2017
Postar um comentário