Meditação da Palavra

07 maio 2013

Semana da Unidade

Preparando a festa de Pentecostes, realizamos em todo o Brasil a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, de 12 a 19 deste mês de maio. O tema deste ano é "O que Deus exige de nós?", inspirado em Miquéias 6, 6-8.  Esta semana de oração é realizada em conjunto pelas igrejas que formam o CONIC - Conselho Nacional de Igrejas Cristã do Brasil. A semana da unidade nos prepara para a grande festa de Pentecostes, o derramamento do Espírito sobre a Igreja.


Pentecostes foi o contrário de Babel. Foi e é. Babel foi a torre da discórdia, do desentendimento, da dispersão. O orgulho, os interesses particulares, o individualismo destruíram o projeto coletivo da torre que chegaria aos céus. O resultado foi a dispersão por toda a terra. Em Pentecostes, aconteceu o contrário. A nova torre elevou finalmente a humanidade aos céus. Na "torre" do cenáculo, venceu o espírito de humildade, de comunidade, de amor. O amor de Deus se derramou sobre todos, reunindo os dispersos, encorajando os tímidos, fazendo a comunhão dos diferentes. Em Babel, o povo se dispersou por toda a terra. Em Pentecostes, o povo disperso por todo o mundo convergiu para um só lugar, entendeu uma só língua, batizou-se na comunhão.

Na Semana de Oração, os cristãos de diferentes denominações rezam pela unidade. Pela unidade do único corpo de Cristo. É em Jesus que todos nos encontramos. Somos membros do seu corpo. Paulo escreveu aos Efésios: "Ele, o ressuscitado, o glorificado à direita do Pai, é a cabeça do Corpo, que é a Igreja". Há uma única cabeça. E claro, um só corpo. Não somos corpos diferentes. Todos os cristãos pertencem a esse único corpo. É questão de nos reconhecermos irmãos, membros uns dos outros, companheiros na mesma caminhada. Quanto mais nos aproximamos, nos respeitamos, nos entendemos. mais respeitamos e honramos Cristo Jesus, cabeça da Igreja, seu Corpo místico. A unidade em Cristo é um dom do Espírito Santo, por isso não podemos celebrar Pentecostes sem um claro compromisso com a unidade de todos os  cristãos.

Em cada Missa, nós cristãos católicos rezamos pela unidade. Isso ocorre na oração antes da comunhão: "Senhor Jesus Cristo, dissestes aos vossos apóstolos, eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz. Não olheis os nossos pecados, mas a fé que anima a vossa Igreja. Dai-lhe, segundo o vosso desejo, a paz e a unidade. Vós que sois Deus com o Pai e o Espírito Santo. Amém".  "Dai-lhe, segundo o vosso desejo, a paz e a unidade": é a prece dos irmãos comprometidos com o sonho de Jesus: um só rebanho e um só pastor. 

Ao longo da Semana de Oração, cristãos do mundo inteiro aprofundam, através do companheirismo ecumênico, o que significa fazer justiça, amar a fidelidade e caminhar humildemente com Deus. Na Semana de Oração pela unidade dos cristãos deste ano empenhemo-nos para que ela aconteça de fato em nossos corações e em nossas comunidades, para a glória de Cristo e para o vigor do nosso testemunho no mundo.

Pe. João Carlos Ribeiro, sdb