Meditação da Palavra

20 junho 2011

Escolher Jesus como caminho

Pense um pouco e responda: o que faz você ser uma pessoa cristã? ... Pensou? O que faz você ser uma pessoa cristã? ... Confira sua resposta: o que faz uma pessoa ser cristã é o fato de ela ter escolhido Jesus, como referência fundamental para a sua vida. Escolher Jesus como caminho. Na Bíblia, isso se chama crer. Crer em Jesus, então é mais do que simplesmente acreditar nele, é escolhê-lo como direção da própria existência. É, como os evangelhos explicam: seguir Jesus.

 

Os evangelhos fazem-nos uma proposta: sigam Jesus. O próprio Jesus sempre aparece chamando discípulos: venham, sigam-me. Por isso ler ou ouvir o evangelho de Jesus não é simplesmente tomar contato com uma bela história, mas ser levado a tomar uma decisão. Decisão que pode mudar a própria vida, que deve mudar a própria vida, melhor dizendo. A Bíblia chama isso de conversão. Conversão é a mudança de rumo de quem encontrou um novo caminho. Quem escolheu Jesus como caminho, tomou uma nova direção na vida, converteu-se. Se você puder dizer que escolheu Jesus como caminho de sua vida, então podemos dizer que você é uma pessoa convertida!

 

E como é que Jesus nos chama hoje? Em primeiro lugar, pelo testemunho das pessoas que crêem. Nós todos recebemos este primeiro testemunho de nossas próprias famílias. O testemunho não é só de palavras, é especialmente de atitudes. São as atitudes, os gestos, as decisões que mostram em que realmente damos valor. Junto com o testemunho de quem crê, há também o livro da Palavra de Deus que nos traz o testemunho dos apóstolos e das primeiras gerações de cristãos. O testemunho abre o caminho para o seu encontro com Cristo. O testemunho é dos outros. A resposta tem que ser sua, pessoal. A resposta é a sua adesão pessoal a Cristo. Essa é a sua parte: escolher Jesus e seu caminho.

 

O caminho de Jesus já foi trilhado por outros e outras, antes de mim e de você. E por gente que continua fazendo o seu caminho agora. A condição de quem está no caminho de Jesus, portanto aprendendo a viver segundo ele, é a condição de aprendizes, de discípulos. O discípulo deixa-se guiar pelo mestre, aprende a viver com ele. Essa nova condição de seguidores de Jesus é vivida na comunidade dos discípulos, na Igreja. Por isso, o ato de crer, ou seja escolher Jesus como referência fundamental da vida, se completa com a entrada na comunidade dos discípulos. A entrada na vida nova, no caminho, ou seja, a entrada na comunidade dos discípulos, é celebrada com o batismo. O batismo é o novo nascimento, a acolhida da salvação que Cristo nos trouxe, da vida nova em Deus.

 

Se por um lado, a vida cristã é um dom, você sabe muito bem que, também é um esforço cotidiano de seguimento de Cristo. Esforço para compreender a novidade de vida na qual já fomos mergulhados em Cristo, esforço para deixar que a graça produza frutos em nós, para viver em fidelidade à escolha do caminho de Jesus. É o esforço cotidiano para secundar a graça de Deus que nos habita e que vai construindo em nós uma pessoa segundo a imagem do filho de Deus.

 

Pe. João Carlos