31 maio 2011

Você, sua mãe e seus irmãos

"Quem é minha mãe e quem são meus irmãos, perguntou Jesus. E apontando para os discípulos: Aqui estão a minha mãe e os meus irmãos, porque aquele que fizer a vontade do meu Pai que está nos Céus, esse é meu irmão, irmã e mãe". Como entender essas palavras de Jesus? Haveria alguma crítica a Maria nesta palavra?

 

Maria, a mãe de Jesus, foi elogiada no Evangelho por ser cumpridora fiel da vontade do Pai. A resposta que ela deu ao anjo Gabriel foi: "Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a sua palavra". A vontade de Deus, na sua vida, estava acima de qualquer interesse ou projeto pessoal. Ela, a cheia de graça, foi escolhida por Deus par ser a mãe do seu divino filho. Esta era vontade de Deus. Ela prontamente aceitou cumpri-la, mesmo que isto significasse enfrentar "uma espada de dor que transpassaria seu coração".

 

Jesus ensinou na oração do Pai Nosso a rezar assim: "seja feita a vossa vontade". E ele mesmo na hora difícil de acolher a vontade do Pai, antes de sua paixão, rezou: "Pai, afasta de mim este cálice. Mas, cumpra-se antes a tua vontade do que a minha". Bom discípulo de Jesus é quem imita Jesus e sua mãe e faz da vontade de Deus o soberano princípio que orienta sua existência.

 

A descoberta da vontade de Deus na vida de quem crê não é uma coisa imediata, simples. A vontade de Deus se manifesta em nossa vida, através da compreensão que vamos tendo das coisas, da luz que a sua Palavra joga em nossos planos, no aconselhamento, na oração. Deus não nos dispensa de usar a inteligência e recorrer, com humildade, à ajuda dos outros. O discernimento da vontade de Deus é um dom que precisamos pedir ao Espírito Santo.

 

A vontade de Deus é a realização de seus mandamentos. Este é o caminho de nossa felicidade. O que nos aproxima de Jesus é a obediência à vontade de Deus, mais do que qualquer laço sangüíneo. Parente de Jesus é aquele que cumpre a vontade de Deus, da qual ele é o primeiro cumpridor. O discípulo fiel imita Maria, sua mãe, a Virgem obediente. A comunidade dos discípulos obedientes é a Igreja de Cristo. Na comunidade-Igreja, os discípulos procuram juntos ouvir sua Palavra e praticá-la.

 

"Aqui estão a minha mãe os meus irmãos, porque aquele que fizer a vontade do meu Pai que está nos Céus, esse é meu irmão, irmã e mãe". Foi o que Jesus disse. Maria foi apresentada por Jesus como modelo para os seus seguidores. Ela tornou-se sua mãe porque foi obediente à vontade do Pai. Quem faz como ela, colocando a vontade de Deus antes de tudo e de todos, é o verdadeiro parente de Jesus.

 

Maria sempre colocou a vontade de Deus acima de tudo e de todos. Jesus a apresenta como modelo para todo discípulo. A vontade de Deus é a lei que rege a vida de quem crê.